OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE
ARENA SHOPPING SERRINHA. Muito boa a iniciativa de trazer mais uma opção de lazer para a nossa cidade, além de valorizar mais o local onde se encontra o referido empreendimento!!!!

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Foi em vão que golpeei os seus filhos.Eles não aceitaram a disciplina.A própria espada de vocês devorou os seus profetas,Como um leão destruidor. Vocês desta geração, prestem atenção à palavra de Jeová. Será que eu me tornei para Israel como um deserto ? Ou uma terra de densa escuridão? Por que eles, o meu povo, disseram: ‘Estamos andando livremente. Não voltaremos mais para ti.Será que a moça se esquece dos seus enfeites,Ou a noiva das suas faixas? No entanto, não é possível contar os dias em que o meu próprio povo se esqueceu de mim". Jeremias 2:1-37

quarta-feira, 30 de junho de 2010

empresário serrinhense é candidato a deputado estadual



"Enquanto a sociedade achar que todos os políticos são iguais e como protesto não participar dela, vai permanecer dando lugar aos maus políticos, portanto temos que entrar na política sim para não deixar vaga para os oportunistas”

O empresário do ramo de farmácia, Sérgio Andrade, conhecido por Serginho da Farmácia, 43 anos, natural do Distrito de Pedralta, município de Araci, teve seu nome homologado como candidato a deputado estadual pelo PSB, durante a convenção do partido realizado no domingo (27), no Centro de Convenções da Bahia. Serginho, ao encontrar com a equipe do CN, falou da expectativa de estrear na Assembléia Legislativa e da sua principal bandeira, que é conscientizar a sociedade a acabar com o preconceito aos políticos e participar mais da política. "Enquanto a sociedade achar que todos os políticos são iguais e como protesto não participar dela, vai permanecer dando lugar aos maus políticos, portanto temos que entrar na política sim para não deixar vaga para os oportunistas". "Meu objetivo é resgatar a credibilidade da classe política e contribuir para retirar do poder aqueles sugadores do povo", falou Serginho.

Ainda segundo o candidato, os comentários negativos a respeito dos políticos, que ele ouviu ao longo do tempo, de clientes que chegavam aos balcões das farmácias e a falta de consciência destas pessoas, que sempre lamentavam a situação, no dia da eleição, votam nos mesmos políticos e a situação só tende a piorar. "Dai resolvi sair candidato e irei fazer um campanha, mostrando as pessoas que é possível fazer uma política diferente, sem comprometer nosso patrimônio e sem decepcionar aqueles que acreditam em nosso projeto".

"As prefeituras e outros órgãos do governo tem condições de fazer e não fazem porque não querem", afirmou Serginho. A única função pública que exerceu Fo no governo do então prefeito de Araci Daniel Ramos, em 1996, quando foi secretário de finanças. De acordo com informações de Serginho, na época encontrou a prefeitura com dificuldades e equilibrou as finanças. Falou também que esta aguardando apenas iniciar oficialmente a campanha e vai "correr trecho", com o material de divulgação, com suas propostas de mandatos, tendo com alvo principal os municípios da região nordeste do estado e como base principal, os municípios de Araci e Serrinha.

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) realizou convenção estadual no Centro de Convenções da Bahia e a cerimônia ocorreu no salão Oxalá, às 9h e o evento que homologou o nome de Sérgio Andrade, contou com a presença da candidata à presidência Dilma e confirmou os nomes de Wagner e Otto Alencar, candidatos a governador e vice; e de Lídice e Walter Pinheiro, como candidatos ao Senado.

Na convenção, com mais de 700 militantes, o PSB homologou a candidatura de Lídice da Mata ao Senado, 33 candidatos a deputado estaduais e 07 federais. "Nós estaremos fazendo dobradinha com o ex-secretário de Turismo, Domingo Leonelli, pessoa que confio e vamos caminhar", afirmou Sérgio Andrade.

O mais velho de quatro irmãos, Sérgio Andrade perdeu o pai aos nove anos de idade e logo, segundo ele, teve que “se virar” sozinho. Foi estudar em Serrinha, onde concluiu o curso de técnico em contabilidade em 1987, retornando a comunidade de Pedralta, montou sua primeira farmácia e foi plantar milho e feijão em um das terras herdada do pai. Ao longo do tempo, construiu uma rede de farmácias com a matriz em Serrinha e filiais em Coité, Araci e Euclides da Cunha.

Cidadão Serrinhense - Um dos reconhecimentos aos serviços prestados que mais lhe emocionou e Serginho fez questão de comentar sobre o assunto com a equipe do CN, foi a respeito do titulo de cidadão Serrinhense recebeu da Câmara de Vereadores no final de 2009.

O titulo foi concedido a Sérgio Andrade pelo trabalho realizado como empresário no segmento farmacêutico e longo do tempo do tempo, com a experiência adquirida, abre filiais em Serrinha e em outras cidades da região do sisal, inclusive fundando a Rede Melhor Preço, num modelo de franquia com diferencial competitivo para seus franqueados no que diz respeito a melhores condições comerciais, cartão de crédito próprio, padronização, gestão administrativa.

FONTE:CALILANOTICIAS.COM

EJACULAÇÃO PRECOCE


A Ejaculação Precoce ou Prematura (EP) é um dos problemas sexuais mais freqüentes nos homens e nos casais, sendo responsável por 40% das queixas encontradas em consultório de terapeutas sexuais. Acontece que a EP é um lugar comum na juventude, em encontros com parceiros novos ou após algum tempo de abstinência. Quando se estende pela maturidade e se torna presente em mais da metade dos encontros sexuais, torna-se, aí sim, um problema crônico e um Transtorno Sexual.

O que é uma ejaculação normal?

Do ponto de vista do funcionamento físico, a ejaculação se faz em dois estágios. No primeiro há a expulsão efetiva do líquido seminal (sêmen) dos órgãos acessórios de reprodução - próstata, vesícula seminal e canal ejaculatório - para a uretra. No segundo estágio, há a progressão desse líquido por toda a extensão da uretra até o meato uretral, que é o orifício na cabeça do pênis por onde sai também a urina. Acompanha-se desse processo fisiológico uma sensação subjetiva de profundo prazer conhecida como orgasmo.

Como saber se tenho ejaculação precoce?

Não existe um tempo específico antes de ejacular para definir esse problema sexual. A definição está na percepção, tanto sua quanto de sua parceira, de que a ejaculação foi mais rápida do que o esperado, de que não houve controle da ejaculação. As vezes o pênis nem chega a enrijecer, somente o movimento de aproximação e o toque do lençol já termina o que podia ser muito bom e prazeroso. Por vezes, o homem mantém a ereção por alguns minutos, começa a penetrar, mas logo ejacula, ficando insatisfeito e deixando a parceira "na mão". Sentimentos de culpa e ansiedade se tornam uma constante. Dificuldades maiores podem vir em seqüência, como a disfunção erétil (impotência) e a perda de intimidade no casal.

Por que ocorre a EP?

Os adeptos de Darwin (evolucionista inglês que propôs a teoria da seleção natural - 1859) explicam que a EP seria uma forma antiga de defesa contra predadores.

Imaginem os primórdios da humanidade, onde havia centenas de perigos, sendo o "animal-ser-humano" muito frágil e pequeno frente aos riscos de seu meio ambiente!

Aqueles indivíduos que demorassem muito para ejacular nas suas parceiras estariam muito mais predispostos a deixar seu flanco aberto às agressões de inimigos e animais selvagens.

O ejaculador precoce tinha mais vantagens em terminar logo a inseminação e fugir, deixando também a "fêmea" escapar, para poder inseminar o maior número delas em menor tempo.

Desta forma estaria aumentando a probabilidade de propagação de seus genes.

Outras razões levantadas como causas da EP seriam:
aumento anormal de sensibilidade da glande peniana,
ansiedade frente ao desempenho sexual,
inexperiência sexual,
primeira experiência com parceira que tenha estimulado um coito rápido e
culpa ou sentimentos negativos em relaçao à parceira.


Raramente há um problema médico que explique a EP, como a prostatite aguda ou a esclerose múltipla. Na verdade, não existe uma única causa comprovada cientificamente de EP.

E tem cura?

Existe tratamento, tanto medicamentoso quanto psicoterápico. A primeira linha de tratamento é a reorientação e a reeducação do homem ou do casal quanto à função sexual normal. Clareiam-se as situações em que se considera como "normal" o tempo de ejaculação mais curto ou insatisfatório (comum em jovens, com novos parceiros, ou após longa abstinência). Quando a EP se torna persistente, ou seja, aparece em mais da metade dos encontros sexuais, um tratamento mais específico se faz necessário.

A segunda linha terapêutica é o chamado tratamento cognitivo-comportamental. Constitui-se em uma série de exercícios e tarefas para serem realizadas em casa para controle do tempo de ejaculação. Seguem-se alguns exemplos meramente ilustrativos:
Técnica de distração
Durante o ato sexual, o homem é orientado a fixar o pensamento em alguma situação que o desligue de sexo, como em morte de alguém, ou em alguma mulher que não o agrada ou em contas bancárias. Assim que perceba que a ereção está se desfazendo, volta a se fixar na parceira. Deve usar essa distração, algumas vezes, para poder prolongar o tempo de penetração antes da ejaculação.
Técnica de compressão
O homem deve comprimir a base da glande (cabeça do pênis) por 4 a 5 segundos imediatamente após a primeira sensação de maior excitação. Com esse procedimento vai dificultar a entrada de sangue no pênis e retardar um pouco a ejaculação.
Técnica stop-start
Consiste em orientar o homem a ficar na posição superior à parceira para poder ter controle do movimento sexual. Deve iniciar a penetração e parar completamente os movimentos próximo ao momento de maior excitação. Pode usar a técnica de distração concomitantemente.


O objetivo destas tarefas é fazer o homem tomar consciência do momento que antecede o primeiro estagio de ejaculação, podendo voluntariamente controlar quando deseja ejacular, evitando frustração a ele e à parceira.

Pode-se combinar uma terceira linha de tratamento a esses exercícios: as medicações. Existe uma ampla gama de medicações que tem como efeito colateral o retardo do tempo de ejaculação. Tais drogas devem ser ministradas somente mediante prescrição médica criteriosa, pois possuem vários outros efeitos no organismo. Alguns deles, por exemplo, os antidepressivos tricíclicos são contra-indicados a pessoas com problemas de ritmo cardíaco. Algumas medicações tópicas (pomadas) à base de ervas ou anestésicos não foram comprovadas cientificamente como eficazes para o tratamento da EP.

De qualquer forma, esta disfunção sexual tem bom prognóstico, ou seja, apresenta bons índices de cura para a grande maioria dos indivíduos que procura orientação especializada. Geralmente, seis a dez sessões são suficientes para a melhora da vida sexual do homem e do casal.

fonte:www.abcdasaude.com.br

FUNDO DO BAÚ...




O que será que o Radialista Diego Costa,MORENA FM, quer atrás deste cidadão?É PAPAGAIO DE PIRATA???

Tarcízio pede desculpas a evangélicos e não comenta acusações de Tinga


Um discurso do prefeito Tarcízio Pimenta, pedindo desculpas aos evangélicos pela ausência da cantora Aline Barros na Marcha para Jesus, foi gravado pelo radialista Denivaldo Costa, da Rádio Subaé AM. O fato de Aline não ter sido contratada para o evento foi pivô de um bate-boca entre o suplente de vereador Tinga, evangélico e integrante da organização da Marcha, e o prefeito, na última quinta-feira.

Tinga disse que questionou ao prefeito sobre a contratação de Aline Barros –que Tarcízio havia prometido na Marcha para Jesus do ano passado – e obteve como resposta uma agressão verbal, além de ameaça de agressão física. O prefeito, segundo o suplente de vereador, teria xingado a mãe dele e dito que iria pegá-lo, além de fazer gestos obscenos.

No pronunciamento feito no palco da Marcha para Jesus, o prefeito disse que Aline Barros não foi contratada devido a “problemas de agenda”. “Se existe um culpado por ela não ter vindo, sou eu. Assumo a responsabilidade”, afirmou Tarcízio. Ao final, ele garantiu que contratará a cantora para uma apresentação pública para os evangélicos.

Com essas palavras, independente de problema de agenda da cantora, o prefeito assume que foi o responsável pela ausência dela no evento e que não cumprira promessa feita aos evangélicos.

É uma situação desagradável, para os coordenadores da Marcha para Jesus, que devem ter se aborrecido com o problema e até se sentido desprestigiados, mas isto não desqualifica um prefeito. O fato de não ter contratado uma atração prometida em determinado evento não denigre a imagem de um gestor, absolutamente. Salvo se ele tornar-se contumaz em prometer e não cumprir, o que não parece ser o caso.

O “Acorda Cidade”, da Rádio Sociedade, manteve contato com o prefeito para ouvir sua versão sobre o ocorrido com o suplente Tinga. Tarcízio informou à produção do programa que não gostaria de comentar as declarações do suplente de vereador.

Acredito que o assunto merece esclarecimentos do prefeito. Afinal, um suplente de vereador faz acusações até certo ponto graves, inclusive de que ele o teria ameaçado. Declarações dessa natureza não devem ficar no silêncio de quem é acusado. Ele precisa negar, confirmar ou relatar uma outra versão para o que está sendo divulgado por Tinga.

Por outro lado, Tinga precisa apresentar o testemunho de alguém ou provas materiais do que ele relata ter sido vitima, para dar uma forma mais concreta às acusações que está fazendo contra o prefeito.

Com lesão preocupante, Elano desfalca Seleção contra Holanda


Elano vai desfalcar a Seleção Brasileira na partida contra a Holanda, às 11h (de Brasília) da sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Port Elizabeth. Com uma lesão preocupante no tornozelo, o camisa 7 vai fazer tratamento durante a semana e pode até ficar de fora do restante do torneio.

A ausência de Elano foi comunicada pelo próprio jogador e pelo médico da Seleção, José Luis Runco, durante entrevista concedida nesta quarta-feira na concentração brasileira.

"Temos um edema no osso. Não é fratura. Ele consegue fazer tudo, clinicamente não tem nada, mas quando faz a desaceleração, incomoda. Está tratando. Temos que tirar o impacto. Isso pode levar dias, semanas, meses... não tem tempo definido", disse Runco.

Após a vitória contra o Chile por 3 a 0, na última segunda-feira, Runco tinha afirmado que Elano não seria problema para o jogo de sexta. Porém, o meio-campista deixou o treino de terça-feira antes do final aparentando sentir as mesmas dores no tornozelo que o tiraram durante o duelo com a Costa do Marfim, vencido por 3 a 1 ainda na segunda rodada, no último dia 20.

"Elano teve uma evolução muito boa dentro dos conceitos da medicina, evoluindo bem. Colocamos mais carga aos poucos. No domingo, ele trabalhou de uma maneira boa. Depois, reclamou que algo estava incomodando e aí não foi ao jogo. Na segunda ele trabalhou fisicamente e ontem (segunda) trabalhou de olho no duelo com a Holanda", completou o médico.

Ramires, o substituto imediato de Elano, levou o segundo cartão amarelo contra o Chile e está suspenso. O lateral direito Daniel Alves, improvisado algumas vezes no meio-campo, pode entrar na vaga do jogador.

Nesta quarta-feira, o Brasil treina ainda em Johannesburgo, na Hoerskool Randburg, e viaja de noite para Port Elizabeth. Quem vencer o duelo de sexta no estádio Nelson Mandela Bay, encara Uruguai ou Gana nas semifinais.

Mulher de Bruno: ‘O bebê é fruto da traição do meu marido'



Rio e Contagem (MG) - Acusada de subtração de incapaz por supostamente esconder o bebê que seria filho de Bruno com a ex-amante dele, Eliza Samudio, a mulher do goleiro do Flamengo, Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, 23 anos, falou ontem pela primeira vez sobre o caso que a manteve presa por oito horas. Em entrevista a O DIA, ela reforçou a versão de que Eliza abandonou o filho de 4 meses e disse que cuidou dele por dois dias com a mesma atenção que dedica às filhas, de 1 e 4 anos, do casamento com o atleta. Indagada sobre como a criança chegou ao sítio e o que aconteceu com Eliza, ela foi taxativa: “Só quando o Bruno chegar em Minas para esclarecer isso tudo”.

dayane tentou demonstrar carinho ao falar sobre o menino, criticando duramente Eliza pelo suposto abandono. Ela contou que passou alguns dias no Rio e voltou para o sítio dia 23 de junho com as filhas. Segundo ela, Bruninho já estava na casa. Dayanne disse ainda que não fala com o marido “desde que tudo aconteceu” e não soube explicar como o bebê foi levado para Minas Gerais.

Em depoimento à Delegacia de Homicídios de Contagem (MG), porém, ela foi contraditória. Primeiro, negou que tivesse tido qualquer contato com a criança. Na madrugada em que Dayanne passou na DH, um advogado de nome Campelo, que dizia representar Bruno, ligou para a delegada Alessandra Wilke alegando que ninguém sabia do bebê.

Mas Dayanne admitiu que tirou o neném do sítio por ordem de um amigo de Bruno, identificado como Luiz Henrique, o Macarrão, que a avisou sobre a ida da polícia ao local. À polícia, contou que entregou o bebê a Wemerson Marques de Souza, o Coxinha, e a um homem identificado como Flávio, na BR-040. A criança foi achada em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

“SÓ O BRUNO PODE EXPLICAR O QUE ACONTECEU”

1. As investigações mostram que Eliza e o bebê seguiram para Minas Gerais no início do mês. Como o menino chegou ao sítio? Bruno quis que você cuidasse dele?

— Cheguei ao sítio no dia 23 para organizar festa surpresa de aniversário para a minha mãe, e o bebê estava lá. Nunca vi a Eliza, só sei que ela abandonou o bebê. Ela deixou o menino com o pai. Acredito que meu marido não sabia da intenção dela de deixar a criança e desaparecer. Não sei o que passou pela cabeça dela e nem onde ela está. Só quando Bruno chegar em Minas para esclarecer tudo isso.

2. Eliza tentava provar na Justiça que Bruninho é filho de seu marido, o goleiro Bruno. O que você sentiu quando viu o bebê?

— Sou mãe de duas meninas e me deparei com um bebê abandonado. Não ia jogar ele na rua jamais, até porque nunca abandonaria minhas filhas! Minha intenção era cuidar do bebê. Ele é fruto da traição do meu marido, mas não pediu para nascer! Ele não tem nada a ver com esta situação, com o relacionamento entre meu marido e a moça.

3. Por que você tirou o bebê do sítio, ao ser avisada por Macarrão de que a polícia iria lá na sexta-feira? E por que deixou Bruninho com um conhecido, à beira da estrada, antes de ele ser abandonado?

— Fui dada como morta na manhã de sexta-feira, e ele (Macarrão) ligou simplesmente para me dizer que a delegada viria ao sítio para me ver. Só que tive que ir à casa da minha mãe e não tinha com quem deixar minhas filhas e o bebê. Acabamos nos desencontrando (ela e a polícia). Não sei o que leva uma mãe a abandonar seu filho, mas eu cuidei dele da mesma forma como cuido das minhas filhas, por isso, levei o bebê comigo. À noite, quando fui à delegacia, deixei o menino com outro amigo, para não envolver minha mãe em nada disso.

4. Quando Bruno vai depor? Como tem sido o relacionamento de vocês?

— Não falo com ele desde que tudo aconteceu. Nem pelo telefone. Estou em Minas, mas fora de casa, porque os policiais estão realizando buscas no sítio. Também não sei quando ele vem depor. E só ele vai poder explicar. Só quero que ela apareça para pegar o bebê de volta e resolver tudo isso.

DAYANNE RODRIGUES DO CARMO SOUZA, mulher do goleiro Bruno, do Flamengo

Vizinhos não veem jogador há dias

Sem ser visto pelos vizinhos há alguns dias, o goleiro Bruno Souza passou o dia de ontem mais uma vez longe do condomínio onde mora, no Nova Barra, no Recreio dos Bandeirantes. O DIA fotografou sua casa, que está fechada e sem nenhum de seus veículos estacionados na porta.

Durante todo o dia, a movimentação foi intensa na guarita, onde dois seguranças se revezam em esquema de plantão de 12 horas. Como há 145 casas no condomínio, o entra e sai de moradores é constante. “É assim todo dia. Esse movimento é normal”, constatou um dos guardas.

Como vários carros de imprensa estão estacionados antes da cancela, os vizinhos do goleiro costumam parar e perguntar o que está havendo. “Estão todos aqui por causa do Bruno, do Flamengo. Ele mora aqui”, explicou o segurança a uma moradora. “Sério? Nossa, como sou desligada, nem sabia”, espantou-se a moça.

NOTICIAS DO MUNDO ARTISTICO


Durante o jogo de segunda-feira, via Galvão Bueno e os seus pares, a Globo veio com uma série de estatísticas sem sentido que nada tinham a ver com o jogo em si.

O que muda na história ou na vida de algum telespectador saber que o Robinho se igualou ao Pelé, em números de gols, mas nas partidas contra o Chile? Coisa nenhuma. Essa e outras do tipo. Uma bobagem.

Tempo em televisão custa caro. Deve ser sempre bem utilizado e, de preferência, com informações que acrescentem alguma coisa ao que é transmitido.

Aliás, ainda sobre esse campo de jogo, não é possível admitir que a Fifa resista em não permitir o uso de uma tecnologia mais moderna para elucidar os lances duvidosos de cada partida. Será uma estupidez se isto não for adotado.

Se a televisão, hoje com meios bem avançados de transmissão, pode ajudar, por que não recorrer a ela? Todas as injustiças seriam corrigidas. Basta verificar os erros cometidos contra a Irlanda nas eliminatórias e agora com Inglaterra, México e Portugal, em pleno mundial.

Ontem, depois de tudo o que se viu, o presidente Joseph Blatter prometeu reabrir a questão. É o que se espera. Só pedir desculpas e proibir replay nos estádios não vai resolver.

Boninho renova
José Bonifácio B. de Oliveira, Boninho, acertou ontem novo contrato com a TV Globo. Vai até 2015.

Antes, como se sabe, ele chegou a ser procurado pela Record, mas a conversa não foi em frente. Se resumiu a dois encontros no Rio de Janeiro, que acabaram não dando em nada. Mas o próprio Boninho revela que a Globo sempre foi informada de tudo. Portanto, nunca existiu leilão ou algo parecido.

Ordem das coisas
A direção da Bandeirantes decidiu que, por enquanto, Márcia Goldschmidt vai continuar com dois programas, o diário e o novo, nas tardes de sábado.

Passado algum tempo, só o semanal será mantido.

Homenagem


Hebe Camargo durante visita à cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos (28/6/10)

TRAJETÓRIA DE HEBE CAMARGO
Hebe Camargo será homenageada com o prêmio “Personalidade Brasileira” no próximo Grammy Latino, em festa marcada para novembro, em Las Vegas. Está tudo certo. Ela deve comparecer.

Mas antes será necessário resolver a questão do aéreo. Foram muitos e bem desconfortáveis os problemas de sua última viagem.

Está certo
Warley Santana, que foi assessor de imagem no “CQC”, teve sua participação em “O Formigueiro” confirmada pela Bandeirantes.

Ele será uma das duas formigas do programa.


ala Marins e Cláudio Lins em "Uma Rosa com Amor"
DE UMA ROSA COM AMOR
Reconhecimento
Carla Marins e Cláudio Lins, protagonistas de “Uma Rosa com Amor”, novela do SBT, prestaram inesperada homenagem ao diretor Luiz Antonio Piá.

Em meio a gravação, no instante em que os seus personagens iriam se declarar um para o outro, os dois apareceram com uma camiseta escrito: “Eu te amo, Piá”. O diretor perdeu a fala.

Folga na Copa
Não existem jogos da Copa do Mundo marcados para hoje e amanhã. Folga geral. O mesmo vai acontecer no domingo e na segunda, e na quinta e sexta da semana que vem.

SBT e Record, com sérios prejuízos em suas audiências, não veem o dia que isso termine.




Luciano Szafir na festa de "Ribeirão do Tempo"
Próxima minissérie
Diretor da área de minisséries da Record, João Camargo, busca locações para “Sansão e Dalila”, próxima produção da emissora, fora do Rio de Janeiro. Existe a possibilidade de gravações em Minas Gerais ou até mesmo em um estado da região Nordeste do país.

Mel Lisboa viverá a personagem Dalila. Quanto ao ator que viverá Sansão, há muitos nomes circulando no Recnov, entre eles Luciano Szafir e André Segatti. Nessa ordem.

Volta o rodízio
Depois de quase um mês direto do Rio de Janeiro, em função da Copa do Mundo, o próximo “Domingão do Faustão”, com a sua “Dança” na reta final, será transmitido de São Paulo.


Problema




O SBT tem encontrado dificuldades em contar com artistas da TV Globo nos seus programas.

Coincidência ou não, isto passou a acontecer a partir do dia em que Cauã Reymond foi buscar o seu Troféu Imprensa e recebeu de Silvio Santos um tratamento pouco educado. O apresentador, na ocasião, referiu-se a Grazi Massafera, namorado do ator, com certo menosprezo.

Dia de festa
A produção do “Manhã Maior” da Rede TV! foi bem, no programa de ontem, apresentado de uma área livre da emissora, onde foi organizada uma festa junina.

E com tudo que tem direito. É um capricho que deve se repetir com maior frequência.

Pedra no sapato
O “Casseta”, da Globo, possivelmente o único do gênero que não invade festas, palestras ou a programas da concorrência, continua sua luta para evitar a fuga do público jovem para a internet e TV a cabo.

É a grande preocupação da equipe, porque a migração não para. Por outro lado, as apostas nas novelas da emissora e em sátiras ao cinema continuam agradando o telespectador do “Casseta” e devem prosseguir.

C'est fini
Luciana Gimenez, de volta dos Estados Unidos, irá apresentar o seu “Superpop” desta noite, ao vivo, na Rede TV!

A Globo acaba de realizar mudanças na lista dos convidados do próximo “Criança Esperança”. Por exemplo: Zezé di Camargo e Luciano, segundo se informa, não irão participar da edição deste ano.

“Um Mundo Melhor” é o título provisório da nova novela do Miguel Falabella, que pode entrar na fila das 19 horas na Globo. Sinopse em estudos.

E é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Presidente do DEM diz que “se possível” partido irá apoiar Serra


Depois de duas horas de reunião com cúpula do partido em Brasília, o presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia (RJ), afirmou que “se possível” o partido apoiará Serra, mantendo o discurso de que a sigla não irá abrir mão de indicar o vice e pode desistir da aliança caso o PSDB insista com o nome do senador Álvaro Dias (PR). Maia afirmou que o lançamento da candidatura de Osmar Dias (PDT) ao governo do Paraná é um “fato novo” que pode ajudar na negociação entre o DEM e PSDB uma vez que um dos pontos a favor de Dias é que Osmar desistiria da disputa ao governo deixando Dilma sem palanque no Estado caso o irmão fosse o vice. (Folha)

José Carlos Aleluia é o 2° candidato ao Senado na chapa de Souto


O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) foi escolhido para ser candidato ao Senado na chapa encabeçada por Paulo Souto (DEM). A definição aconteceu ontem, em reunião que também teve as presenças do candidato a vice-governador Nilo Coelho (PSDB) e do deputado federal ACM Neto (DEM). O senador ACM Júnior será o suplente de Aleluia.

“Fui eleito cinco vezes seguidas deputado federal, e fui considerado por 16 anos como destaque parlamentar. Já estava na hora de partir par um desafio maior. E como tenho total confiança na vitória de Paulo Souto, não há ocasião melhor para encarar esse desafio”, afirmou José Carlos Aleluia, que terá o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, como parceiro na disputa pelas duas vagas do Senado.

EXCLUSIVO: Lula pode não participar do 2 de Julho


Apesar de fontes do governo terem deliberadamente feito vazar ontem a informação de que Lula poderá participar do cortejo do 2 de Julho, nesta sexta-feira, devendo, em seguida, assistir ao jogo do Brasil contra a Holanda no Palácio de Ondina, o próprio governador Jaques Wagner (PT) teria afirmado ontem a diversos interlocutores com os quais conversou que nunca tratou da vinda do presidente à Bahia para a festa. Um sinal de que Lula, ao contrário do que os petistas muito próximos de Wagner vêm professando, pode passar ao largo do desfile que celebra a Independência do Brasil na Bahia e, portanto, do problemático palanque duplo da presidenciável Dilma Roussef (PT) no Estado, isto é, do fato de o governador baiano ter que dividir as atenções da cúpula da campanha nacional petista e do presidente Lula com seu adversário Geddel Vieira Lima, candidato a governador pelo PMDB.

Prazo para convenções partidárias termina nesta quarta-feira


Desde que a Lei 9.504/97 passou a ditar as regras do processo eleitoral brasileiro, o dia 30 de junho é a data limite para as legendas realizarem as convenções partidárias, que tiveram início em 10 de junho. A data marca o fim de uma etapa do processo eleitoral. A partir desta quinta-feira (1), os partidos têm cinco dias para registrar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nos tribunais regionais eleitorais os resultados homologados nas convenções partidárias. No dia 5 de julho, quem não estiver com a candidatura registrada no tribunal, não poderá começar a campanha eleitoral, que tem início no dia 6 do próximo mês. (G1)

TSE restringe presença de presidenciáveis na TV


O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu ontem que os partidos coligados regionalmente não poderão apresentar em suas propagandas a imagem e a voz de militantes de partidos que tenham outra coligação em nível nacional. Na prática, o principal atingido é Fernando Gabeira (PV-RJ), candidato do PV ao governo do Rio de Janeiro. Apesar de PSDB e o PV estarem coligados regionalmente, Gabeira não poderá contar nem com a participação de José Serra (PSDB) nem com a participação de Marina Silva (PV), candidatos à Presidência pelos respectivos partidos. A consulta é do PPS, que está coligado com o PV, o PSDB e o DEM, no Rio de Janeiro. (R7)

terça-feira, 29 de junho de 2010

Alguém viu Cristiano Ronaldo? Eu vi David Villa...



Contratado pelo Barcelona ao Valencia, pouco antes da Copa, por 40 milhões de euros, David Villa já tinha o considerável prestígio que o fez custar tão caro: aos 28 anos, l metro e 75 de altura, apresentava um currículo muito especial, por seus 35 gols marcados defendendo a Fúria em 54 jogos.



Agora, porém, ao longo desta Copa, o prestígio de Villa está crescendo cada vez mais. Não por acaso- e sim por suas belas virtudes de atacante, unindo habilidade, velocidade e oportunismo, Villa já um dos artilheiros da Copa do Mundo da África do Sul, com quatro gols marcados (ao lado do argentino Higuaín e do eslovaco Vittek), e autor da façanha que mandou Portugal de volta para casa.



Foi de David Villa o gol que levou a Espanha a vencer Portugal, 1 a 0, nesta- terça feira, depois de bola jogada de Iniesta e do toque de calcanhar de Xabi Alonso. Villa estava, é verdade, em posição duvidosa, mas era impedimento (se provado, depois de verdadeira investigação tecnológica) impossível de ser detectado a olho nu.



Enquanto isso, Cristiano, Ronaldo, o mais caro jogador do mundo, continuou a não jogar nada nesta Copa. Aliás, nestes jogos, o que de útil pode ser visto no futebol do xodó do Real Madrid e da Seleção de Portugal? Quase nada, apenas firulas, caras e bocas, e um só golzinho- mesmo assim, diante da Coréia do Norte, quando se enrolou todo com a bola. Ele foi uma decepção nesta Copa, tanto quanto o inglês Rooney e o francês Riberry, para se falar de alguns outros famosos.



Quanto à vitória que a classifica para as quartas de final (diante do Paraguai), creio que foi justíssima pelo que fez a Espanha, dona de um belíssimo toque de bola. E para Portugal que foi valente, é verdade, o consolo de ter perdido por placar apertado, graças às ótimas defesas de seu goleiro, Eduardo.



Eis a Fúria, atual campeã da Europa, firme em busca de sonhos maiores

DO FUNDO DO BAÚ



JOSÉ RIBEIRO QUANDO TRABALHAVA EM UM "CAMPO"DE SISAL EM QUEIMADA DO CURRAL-VALENTE.
LOGO EM SEGUIDA FOI CONTRATADO PARA TRABALHAR NA REGIONAL AM,MUITA SORTE MEU VELHO!HAHAHAHAHAHAHAHAHH...

A IMPORTÂNCIA DO SONO E AS PRINCIPAIS INTERFERÊNCIAS


O que é o sono?

Sono é o nome dado ao repouso que fazemos em períodos de cerca de 8 horas em intervalos de cerca de 24 horas. Durante esse período nosso organismo realiza funções importantíssimas com consequências diretas à saúde como o fortalecimento do sistema imunológico, secreção e liberação de hormônios (hormônio do crescimento, insulina e outros), consolidação da memória, isso sem falar no relaxamento e descanso da musculatura.

Qual é a real importância do sono?

Passamos cerca de um terço de nossa vida dormindo. Dormir bem é essencial não apenas para ficar acordado no dia seguinte, mas, para manter-se saudável, melhorar a qualidade de vida e até aumentar a longevidade. Nosso desempenho físico e mental está diretamente ligado a uma boa noite de sono. O efeito de uma madrugada em claro é semelhante ao de uma embriaguez leve: a coordenação motora é prejudicada e a capacidade de raciocínio fica comprometida, ou seja, sem o merecido descanso o organismo deixa de cumprir uma série de tarefas importantíssimas. O que nos aconteceria se não dormíssemos?

Em estudo realizado pela Universidade de Chicago – EUA, onze pessoas com idades entre 18 e 27 anos foram impedidas de dormir mais de quatro horas durante seis dias. O efeito foi assustador. No final do período, o funcionamento do organismo delas era comparado ao de uma pessoa de 60 anos de idade. E os níveis de insulina eram semelhantes aos dos portadores de diabetes. Em pesquisas de laboratório, ratos usados como cobaias não agüentaram mais de dez dias sem dormir. A conseqüência: morte por infecção generalizada.

É verdade que crescemos enquanto dormimos ?

Sim, é verdade. Na infância, cerca de 90% do hormônio do crescimento é liberado durante o sono. Crianças que dormem mal têm mais chances de ter problemas no seu desenvolvimento físico. O hormônio do crescimento continua sendo liberado mesmo na fase adulta. Embora em doses menores, isso continua ocorrendo durante o sono. Em pessoas adultas ele evita a flacidez muscular e garante vigor físico. Quais são as principais interferências ao sono?

As interferências ao sono poderiam ser classificadas em externas e orgânicas. Como exemplos de interferências externas poderíamos citar os trabalhos noturnos ou turnos rotativos, os eventuais problemas com fusos horários (em casos de viagens), as pessoas chamadas de corujas (que possuem mais energia ao entardecer!) e as chamadas de cotovias (deitam-se muito cedo e dormem cada vez menos com o passar do tempo!). Para exemplificar interferências orgânicas podemos citar o ronco, a apnéia (freqüentemente associada ao ronco), a insônia, a narcolepsia (sonolência diurna excessiva), o bruxismo (ranger de dentes) a síndrome das pernas inquietas e outras. O ronco e o bruxismo, geralmente, incomodam mais quem dorme nas proximidades do que quem apresenta o quadro clínico.

O que é apnéia?

A apnéia é o fechamento (colabamento) da passagem de ar ao nível da garganta pelos próprios tecidos da mesma (por isso freqüentemente está associada ao ronco) com conseqüente parada da respiração. Esse fechamento pode demorar vários segundos e até mesmo causar a morte súbita! Quem possui essa disfunção nem sempre a percebe e apresenta noites com “dorme e acorda” que podem chegar a 300 vezes! Você é capaz de imaginar como a pessoa levanta no dia seguinte?

O ronco e a apnéia podem ser evitados? Algumas providências podem ser tomadas como desde um posicionamento correto na cama à eliminação do hábito de tomar bebidas alcoólicas antes de dormir. A perda de peso pode eliminar depósitos de gordura na região do pescoço que são prejudiciais à passagem de ar, mas, alguns casos persistem e necessitam de tratamento. O que pode ser feito nesses casos?

A abordagem tradicional dos casos de ronco e apnéia tem na cirurgia (uvulopalatofaringoplastia) o seu maior armamento. Contudo, a cirurgia não apresenta índice de sucesso satisfatório (cerca de 40%) e deixa sequelas permanentes. Atualmente, está disponível a opção pelo uso do DAR (dispositivo anti ronco) que é um aparelho odontológico usado apenas para dormir, pequeno e simples que pode ser levado para qualquer lugar e apresenta excelente índice de sucesso (cerca de 87%). Contudo, o aparelho possui contra indicações e um exame clínico inicial deve ser feito.

Veja algumas dicas para melhorar a qualidade do seu sono:
1. Antes de tudo, durma em um local confortável, fresco, escuro e silencioso. As alterações de ruído, de luz e de temperatura podem atrapalhar o sono;
2. Prepare-se para dormir. Crie seus próprios rituais como a meditação, o relaxamento, a oração ou outra técnica de controle da tensão. Anote em um caderno todos os seus problemas antes de dormir. Não vá para a cama com eles! Isso funciona como um santo remédio para muita gente;
3. Evite olhar o relógio a cada vez que acordar: este hábito pode piorar uma eventual noite de insônia;
4. Pratique exercícios regularmente, pois isso melhora as condições do organismo. Mas procure fazer ginástica até duas horas antes de se deitar;
5. Não durma com fome. Uma boa dica é beber um copo de leite morno antes de ir para a cama: o leite é rico em triptofano, que é um precursor da serotonina - substância envolvida no processo de sono;
6. Faça apenas refeições leves à noite. A partir dos 16 anos, a capacidade digestiva de nosso organismo começa a diminuir e uma digestão difícil atrapalha terrivelmente o sono;
7. Use a cama apenas para dormir, e não para ver televisão, ler ou jogar videogame, pois esses hábitos são desfavoráveis ao sono;
8. A melhor posição para dormir é de lado, com as pernas ligeiramente flexionadas e um travesseiro não muito alto apoiando o rosto. Não se esqueça de colocar uma almofada entre as pernas na altura dos joelhos. A densidade correta do colchão é fundamental!
9. Se estiver numa noite de insônia, não fique na cama forçando o sono. Levante-se, procure alguma atividade e só retorne quando sentir sono;
10. Cuidado com líqüidos antes e, até mesmo, durante a noite, pois a necessidade de urinar irá interromper a seqüência do seu sono.


FONTE:WWW.ABCDASAUDE.COM.BR

Delegado revela que Bruno é o único suspeito por sumiço de ex-namorada


O delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigações de Minas Gerais, revelou nesta terça-feira, que o goleiro Bruno do Flamengo, é o único suspeito da polícia de Minas Gerais de estar envolvido no desaparecimento da estudante Eliza Silva Samúdio, de 25 anos, ex-namorada do jogador.

“O Bruno é o primeiro suspeito, porque não tem outro”, afirmou Edson Moreira, em entrevista ao vivo à TV Record, na manhã desta terça-feira. Apesar dessa situação, o delegado reafirmou que não há pressa para a delegada Alessandra Wilke, que presidente o inquérito, colher o depoimento do goleiro do Flamengo, que ainda não tem data marcada.

Segundo o delegado, há fortes indícios de que Eliza Samúdio tenha vindo para Minas Gerais encontrar com o goleiro do Flamengo, antes de desaparecer. “As imagens vão ser analisadas passo a passo, mas há indicativos fortíssimos, que vamos buscar através das provas, de que a Eliza esteve em Minas Gerais”, revelou Edson Moreira.

Ele se referiu às imagens do circuito interno do Condomínio Turmalina, que foram requisitadas pela Polícia Civil e estão sendo analisadas. Nesta segunda-feira, durante cerca de sete horas equipes de policiais civis e militares, além de soldados do Corpo de Bombeiros estiveram no sítio de Bruno e nas imediações em busca de detalhes que levem ao esclarecimento do desaparecimento de Eliza Samúdio, ocorrido no início deste mês.

A estudante, ex-namorada de Bruno, seria mãe do filho do goleiro, de quatro meses, sendo que há uma ação de investigação de paternidade em curso na Justiça do Rio de Janeiro. Duas cisternas existentes perto do sítio do jogador foram vistoriadas por bombeiros em função de uma denúncia anônima de que o corpo da jovem estaria naquele local. Nenhum cadáver foi localizado.

A busca no sítio de Bruno contou também com a participação de peritos do instituto de criminalística, que buscaram marcas de sangue na casa. Fraldas, roupas de mulher e passagens aéreas foram recolhidas como prova pela polícia civil e serão analisadas.

Edson Moreira não confirmou que o jogador será intimado a depor nesta terça-feira, em Belo Horizonte. “O importante é que nós consigamos ter o máximo de provas substanciais, para que a gente faça um relatório à altura para a investigação”, destacou Moreira.

O chefe do Departamento de Investigações informou que o sítio era o melhor local para se começar as buscas, mas que outros locais poderão ser investigados. Ele revelou ainda que o veículo Land Rover, de propriedade de Bruno, que foi apreendido no último dia 7, em poder de pessoas que se identificaram com amigos de Bruno, será periciado.

O veículo, com placa do Rio de Janeiro, foi apreendido pela Polícia Militar de Minas Gerais na estrada que liga o bairro Nova Contagem a Esmeraldas, onde fica o sítio em que há a suspeita de que Eliza tenha sido assassinada. Segundo Edson Moreira, o carro está à disposição da polícia. “Se tiver algum indício de que a moça esteve dentro deste carro nós vamos analisar”, afirmou.

JUDICIÁRIO BRASILEIRO ENTRA EM COLAPSO


A queda de confiabilidade no Judiciário brasileiro tem muita razão de ser. O exemplo vem de cima, do Supremo Tribunal Federal, que sequer consegue reunir número de ministros para as suas sessões. Observem: o ministro Eros Grau se afastou, aposentando-se antes do prazo; seu colega Joaquim Barbosa, desencantado, está de licença médica há dois meses; a ministra Ellen Gracie viajou para o exterior. E, assim, com outros ausentes, o STF parou. Se fosse pouca essa demonstração, o STF ofereceu um exemplo que se assemelha a um desleixo: depois de realizar um julgamento histórico, o primeiro a condenar um parlamentar após a Constituição de 1988, o Supremo Tribunal Federal perdeu o prazo para publicar o acórdão da condenação do deputado José Gerardo Arruda Filho (PMDB-CE), que deveria ter ocorrido até 23 de maio, apenas dez dias após a sessão. Condenado por crime de responsabilidade, o deputado irá usar isso como argumento para tentar driblar a Lei da Ficha Limpa e disputar novamente uma vaga na Câmara Federal nas eleições de outubro. Não se concebe que o Supremo perca o prazo de uma decisão sua e, com isso, beneficie a quem condenou. E o CNJ. Ah! Não tem ingerência sobre a maior Corte do País. O Brasil precisa de uma reforma. De cabo a rabo. Dessa forma jamais acompanhará o processo que experimenta de país emergente que se desenvolve para ser potência.

FONTE:www.samuelcelestino.com.br

MUNIZ E NESTOR SERÃO SUPLENTES AO SENADO


A direção da campanha do governador Jaques Wagner (PT) sacramentou os nomes do deputado Roberto Muniz (PP) e Nestor Duarte (PDT) à suplência na disputa por vagas no Senado dos candidatos Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB), respectivamente. É o que informa a coluna Tempo Presente, do A Tarde. Muniz, que possui grandes chances de reeleição, optou por ficar na geladeira política, sob a expectativa das chances de Pinheiro assumir um ministério em um eventual governo de Dilma Rousseff, além dele ser o mais cotado entre os petistas para candidato ao Governo do Estado em 2014, caso Wagner se reeleja.

Dilma terá 40% do tempo de TV, contra 29,5% de Serra


A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, terá 40% do total do tempo de TV destinado à propaganda eleitoral dos postulantes ao Palácio do Planalto, que começa em 17 de agosto. A fatia é 35% superior à que terá o tucano José Serra e representa fato inédito na história do PT –em nenhuma das cinco eleições presidenciais desde a redemocratização o partido ocupou o maior espaço na TV. O predomínio se dá porque o PT e os partidos coligados a ele –com destaque para o PMDB– elegeram um maior número de deputados federais, principal critério estabelecido na lei para a definição do tempo de TV. (Folha)

EXCLUSIVO: Lula coloca Geddel de escanteio ao participar do 2 de Julho; alguém duvidava?


Confirmando o antecipado por este Política Livre no último dia 17 (ver aqui), o presidente Lula agendou sua participação no cortejo do 2 de Julho, informa hoje na Tribuna da Bahia o jornalista Paulo Roberto Sampaio. Desfazendo de uma vez por todas dúvidas levantadas no post feito então pelo site, que apontava para o cuidado do cerimonial de Lula com o fato de sua participação na festa vir a ser interpretada como uma manifestação de apoio à candidatura de Jaques Wagner, em detrimento da do aliado Geddel Vieira Lima, candidato ao governo pelo PMDB, a Tribuna acrescenta que o presidente não só desfilará ao lado do governador como, após o cortejo, que este ano terá sua largada antecipada em função do jogo do Brasil contra a Holanda, marcado para as 11h, assistirá à partida no Palácio de Ondina, ao lado do “amigo”. Segundo ainda a Tribuna, a vinda de Lula foi praticamente definida ontem, “restando pequenos ajustes na programação”. No sentido de precaver-se contra eventuais questionamentos de Geddel e do seu estratégico PMDB nacional, suporte fundamental à candidatura da presidenciável petista Dilma Roussef, acrescenta a Tribuna que “petistas encarregados da Operação Lula na Bahia no 2 de Julho argúem que o presidente virá como Chefe de Estado para participar de uma cerimônia cívica e desfilará ao lado do governador do estado”. Ora, ora, é o mesmo argumento que o peemedebista se verá obrigado a usar, para justificar ser colocado de escanteio pelo presidente neste momento de largada das campanhas ao governo baiano. Também poderá dizer que já foi contemplado com a presença da candidata Dilma Roussef, que não fede nem cheira, em sua convenção. Se a manifestação da preferência do presidente Lula por Wagner terá consequências mais adiante – um eventual segundo turno é logo ali -, só o próprio Geddel ou o seu PMDB nacional dirão. Provavelmente, ao seu modo e em seu próprio tempo. (Raul Monteiro)

CNJ quer que tribunais enviem aos TREs lista de políticos com “ficha suja”


O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) vai recomendar nesta terça-feira aos tribunais que encaminhem aos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) a relação de políticos com “ficha suja”. O objetivo é cumprir a lei Ficha Limpa, aprovada pelo Congresso, que impede a candidatura de pessoas condenadas na Justiça em decisão colegiada. Para justificar a recomendação, o presidente do CNJ e do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Cezar Peluso, destacou a relevância da alteração da lei para a política nacional e para a dignidade do próximo processo eleitoral e a importância das informações para que a Justiça Eleitoral possa tipificar casos de inelegibilidade. (Folha)

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Cresce cerca de 50% o número de mortos nas estradas no São João

Aumentou cerca de 50% o número de mortos nas estradas que cortam a Bahia durante o São João este ano em comparação ao mesmo período de 2009, de acordo com as Polícias Rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF). Também houve alta nas estatísticas de acidentes em geral. Foram 302 acidentes com 169 feridos e 27 mortos em 2010 contra 229 acidentes, 148 feridos e 19 mortos em 2009.
O crescimento nos índices foi impulsionado pelas estatísticas das rodovias federais, onde dobrou o número de vítimas fatais, passando de 10 para 21 em 2010. Já nas estradas estaduais o movimento foi mais tranquilo e o feriadão menos violento, passando de 55 acidentes com 73 feridos e 9 mortos em 2009 para 44 acidentes com 44 feridos e seis mortos.
Os policiais rodoviários federais também flagraram 4.186 motoristas dirigindo em alta velocidade, 1.010 ultrapassagens irregulares e 669 condutores sem cinto de segurança, além de 24 motoristas que foram presos por crime de embriaguez no trânsito.

Brasil repete roteiro contra freguês Chile e vai às quartas diante da Holanda


Ao longo dos quase quatro anos do trabalho de Dunga à frente da seleção, o Chile foi o adversário mais vezes vencido pelo Brasil, com cinco derrotas em cinco partidas, algumas delas com goleadas.





Corta-luz Juan só subiu livre no 1º gol graças a Lúcio, que fez proteção dentro da área.
Contra-ataque Brasil arranca com Robinho pela esquerda em velocidade. A bola chega a Kaká. O resultado é o gol de L.Fabiano.
Nesta segunda-feira, brasileiros e chilenos repetiram o script de freguês dos confrontos recentes, com a vitória da equipe de Luís Fabiano e companhia por 3 a 0 em Johanesburgo, em resultado que conduz o time nacional adiante na Copa e manda os rivais de volta a Santiago.

Com mais uma vitória sobre o Chile, o Brasil agora vai às quartas de final enfrentar a Holanda, em confronto marcado para às 11h (de Brasília) de sexta-feira, em Port Elizabeth. Também nesta segunda, os holandeses asseguraram vaga na próxima fase com triunfo por 2 a 1 sobre a Eslováquia.

No êxito sobre os “rivais preferidos” da era Dunga, o Brasil enfim resgatou na Copa a eficiência de duas marcas que pontuaram o desenvolvimento da equipe nos últimos anos: as jogadas de bola parada e os contra-ataques.

Pela primeira vez no Mundial, a seleção conseguiu chegar ao gol adversário através da bola parada, pelo alto. Aos 34min do primeiro tempo, Maicon levantou da direita, e Juan foi mais ágil que a marcação para desviar para as redes.

Assim, ficava para trás um desenho de jogo desconfortável para a seleção, com o Chile rivalizando na posse de bola e esboçando contra-ataques perigosos.

Apenas três minutos mais tarde, a arrancada do tridente de frente enfim funcionou: Robinho para Kaká, Kaká para Luís Fabiano, que deixou o goleiro chileno no chão para fazer seu terceiro gol no Mundial.

Quase sem sustos para Julio Cesar atrás, a sexta vitória brasileira sobre o Chile com Dunga foi definida aos 13min do 2º tempo, com a novidade do time nesta segunda.

Escalado na vaga de Felipe Melo, em recuperação, Ramires roubou bola no círculo central e levou até Robinho na área. Em seguida, o atacante bateu colocado e finalmente acabou com o jejum em Copas, marcando seu primeiro gol no torneio.

No entanto, pouco depois de brilhar no lance do gol, Ramires levou cartão por uma falta na intermediária defensiva e perdeu a chance de ter sequência entre os titulares. Com dois amarelos, o volante é baixa confirmada contra a Holanda.

Do lado chileno, fica o gosto amargo da eliminação na Copa em mais uma oportunidade em que Bielsa renuncia a opção de retranca contra o Brasil. E desta forma cai a primeira seleção sul-americana no Mundial.

O que destrói o amor


Todo casal já brigou por causa de dinheiro ou de ciúme. Assim como crises sexuais e divergências geradas por visões de mundo distintas são comuns. Brigas e discussões fazem parte – e, se não acontecem, é um indício de que algo vai mal. Uma união deixa de ser saudável quando o que seria uma crise normal se torna uma constante. Um casal que compete agressivamente entre si, por exemplo, vive uma relação doentia. É o que o psicólogo argentino Bernardo Stamateas chama de “relação tóxica”. Ele reuniu em livro os nove tipos de relação que considera maléficos ao casal.

Em “Paixões Tóxicas”, recém-lançado no Brasil (editora Academia), Stamateas mostra como esses modelos de união geram desgastes que podem levar ao divórcio. E oferece possíveis saídas para quem vive um relacionamento com essas características. “Uma simples crise vira uma relação tóxica quando ela não é resolvida e passa a se repetir”, diz o autor.

Em uma relação assim, as duas partes se acusam entre si e buscam culpados para o problema. Segundo o autor, eles vão atrás de ajuda profissional muito mais para confirmar que seus pontos de vista são os corretos do que para encontrar uma solução. A relação está tão contaminada que ambos só querem ter razão. Para o psicólogo, não há receita de sucesso para uma união. Uma coisa, no entanto, ele garante: o bom humor é ingrediente básico para um casamento saudável. “A falta de senso de humor é certamente uma das maiores inimigas de um casal”, defende.

A seguir, conheça os nove modelos de relacionamento fadados ao fracasso:

1Humilhando o parceiro
Um desmerece o outro o tempo todo nas “relações de desqualificação”

O parceiro que sempre diminui e desqualifica o outro, inclusive na frente das demais pessoas, está buscando um culpado para os seus problemas. “Ninguém é só defeitos. Além disso, se você escolheu aquela pessoa para dividir a vida, é porque certamente viu qualidades em um primeiro momento”, alerta o psicólogo Bernardo Stamateas. Portanto, faça um resgate dessas qualidades. E não se esqueça de assumir a sua parcela de responsabilidade nas coisas. Não aponte o dedo em busca de culpados.

2 Solidão a dois
São as “relações de estancamento”, ou seja, quando reinam a indiferença e a falta de diálogo

Sabe aquele casal que está há tanto tempo junto que nem lembra mais por que se casou? Eles estão estancados. Uma vida tediosa, vivida em nome dos filhos e da convenção social. “São aqueles casais que não estão bem, mas também não estão ‘tão mal assim’ a ponto de querer mudar”, explica Stamateas. Esperam que a paixão inicial se reacenda um dia. Mas só esperam, não fazem nada para que isso aconteça. Segundo o psicólogo Ailton Amélio, especialista em relacionamentos afetivos, as relações de estancamento são, hoje, a maior causa das separações. “Mais do que as abaladas pela infidelidade”, garante ele, autor do livro “Para Viver um Grande Amor” (editora Gente). Para sair dessa estagnação, Stamateas aconselha: reative os sentidos. “Escute o seu parceiro, olhe mais para ele e diga o que você está sentindo”, diz. E não espere pelo movimento do outro. Tome a iniciativa.

3 Papéis sociais em conflito
Nas “relações dos modelos culturais”, o choque existe quando a expectativa é diferente da realidade

Homens e mulheres ainda assumem papéis sociais baseados naquilo que a sociedade e a família esperam de cada gênero. Os exemplos clássicos são o do macho provedor e o da mulher dedicada aos filhos e ao lar. Na hora em que duas pessoas com históricos diferentes se juntam, o conflito naturalmente acontece. Quando o modelo de um fere os princípios do outro, aí a união se torna um problema. Para tentar entender por que o outro se comporta dessa forma, é preciso enxergar o contexto no qual ele foi criado, aconselha Stamateas. “Questione-se sempre: quais são os padrões familiares que nos acompanham?”, diz. E, a partir disso, proponha mudanças. Uma mulher que trabalha fora e carrega todas as tarefas de casa nas costas, por exemplo, deve convocar o marido para também realizar os afazeres domésticos. “Uma família é uma equipe. Todo mundo deve ajudar a fazer tudo”, afirma o psicólogo.

4 Quando dinheiro é o problema
Nas “relações das crises financeiras”, até a vida sexual pode ser afetada



Brigar por dinheiro vira uma questão tóxica quando se estabelece uma relação de poder – quem ganha mais se sente no direito de controlar a vida do outro. “É mais problemático ainda quando é a mulher que ganha mais. Isso gera até problemas sexuais para o casal”, constata a psicóloga Silvia Aguilar. A questão financeira também faz mal à saúde do casamento quando as duas partes não conseguem chegar a um acordo sobre como o dinheiro deve ser gasto. “Nesses casos, o relacionamento vai bem do dia 1º ao dia 15 e mal no resto do mês”, brinca o Stamateas. Os mitos do dinheiro, como os do sexo, também só atrapalham. “Achar que ganhar mais ou gastar menos vai resolver a questão é uma lenda”, diz ele. “O equilíbrio financeiro deve ser obtido com sabedoria, a partir de muito diálogo.”

5 Sob controle total
As “relações de possessividade” são marcadas pelo ciúme



Quem vive um relacionamento assim tem a sensação de que está sempre em um detector de mentiras. “Onde você estava? Com quem?” são perguntas comuns nesse tipo de união. O controlador também checa tudo do parceiro: e-mails, carteira, bolsos. Esse tipo de união é das mais tóxicas, sobretudo quando a pessoa controlada acha que possessão é manifestação de amor. O controlador é inseguro por natureza, teme ser passado para trás. É ciumento e manipulador. Os primeiros sinais de ciúme e possessão surgem no começo do namoro. “Por isso digo que o primeiro princípio para uma relação bem-sucedida é escolher bem o parceiro”, ressalta Ailton Amélio. Mas, se pessoa mergulhou numa relação dessas e a situação se tornou insuportável, é preciso reagir. “Ela precisa lembrar que é livre, capaz e cheia de projetos próprios. E precisa saber dizer não”, diz Stamateas.

6 Comportamento sexual inadequado
Nas “relações da sexualidade tóxica”, o sexo não é vivido de forma saudável



Mulheres que trocam sexo por afe­to e homens que justificam traições múltiplas porque “é instintivo” são exemplos de comportamentos sexuais tóxicos. Obrigar o outro a fazer coisas que ele não quer, idem. “É muito comum ver no meu consultório mulheres que se submetem ao desejo do outro sem ter vontade só por medo de perdê-lo”, conta Silvia. “Isso faz com que ela passe a temer o sexo.” Dos nove tipos de relacionamentos “ruins” citados por Stamateas, o da sexualidade tóxica é o que mais envolve mitos – e um dos maiores motivos para a busca de terapia. Para não ser intoxicado por esse tipo de relação, fuja dos mitos, pare de medir a satisfação alheia e fale sobre o tema com o outro.

7 Amor competitivo
O casal disputa tudo e todos nas “relações de competitividade”



“Eu ganho mais que você, tenho mais amigos e estou bem mais em forma!” Em um relacionamento no qual há competição, o segundo passo é um querer boicotar o outro. Esquecer datas importantes, desautorizar o cônjuge na frente dos filhos, perder a hora quando o outro precisa de ajuda e gastar dinheiro que havia sido poupado para um projeto em comum são alguns exemplos de boicote do “amor competitivo”. Segundo Silvia, terapeuta de casais, os casamentos estão cada vez mais individualistas. “É cada um por si, como se fossem dois amigos bem-sucedidos vivendo juntos e que, de vez em quando, fazem sexo e saem para jantar”, diz. Não ter sonhos e projetos em comum pode levar à relação de competitividade. “Casais inteligentes que se ajudam mutuamente não entram em disputa. Sabem qual é o sonho do outro e o ajudam a realizá-lo”, resume Stamateas.

8 Traição, caminho rápido para o fim
As “relações de infidelidade” resultam em perda de confiança, o que deteriora o relacionamento

Este, de acordo com os especialistas, é um dos relacionamentos tóxicos mais difíceis de ser superado. “Ninguém está preparado para enfrentar uma frustração como essa. Por isso muita gente até finge que não vê a traição, para não ter que enfrentar o sofrimento”, explica Silvia. “O problema é que isso vira um bicho-papão dentro de um armário, mexe com a autoestima, com a confiança, e a relação vai se deteriorando.” Quem é traído passa pelo seguinte processo: desilusão, desconfiança, controle do outro, perda da capacidade de amar e sentimento de rejeição e abandono. A pessoa tende a buscar a culpa em si própria – “fui eu que fiz alguma coisa errada?” – ou nos outros – “minha vida estava tão perfeita com ele! Deve ter sido bruxaria de alguém!” Evitar a traição é, para Stamateas, o melhor caminho. “Veja o que está faltando no seu casamento e procure resolver”, aconselha. Mas, se acontecer, os dois precisam estar dispostos a reinvestir no matrimônio.

9 A agressão é a tônica
Nas “relações de emoções explosivas”, os casais se agridem o tempo todo



Quando o hábito de brigar virou uma constante e acontece em qualquer ocasião, mau sinal: a toxidade tomou conta. Especialmente quando uma parte se sente vítima das ofensas do outro e passa a guardar rancor. “Quem vive uma raiva silenciosa vai querer vingança em algum momento”, ressalta Stamateas. A relação de emoções explosivas acontece, em geral, com pessoas inseguras que querem manter o controle sobre a outra. “Ninguém foi criado para ser maltratado. Não se acostume a viver assim nem responda na mesma moeda”, aconselha o psicólogo.

MAIS UMA FOTO DO FUNDO DO BAÚ:ANTIGA ESTAÇÃO DE TREM EM SERRINHA-BA

BOLETIM INFORMATIVO DA ASSESSORIA ESPORTIVA SERRINHENSE





A equipe da Levada foi montada em cima da hora e o resultado não poderia ser outro. Perdeu todos os jogos que disputou. Mas até que as meninas do escrete do Ribeirão se despediram de forma honrosa porque só amargaram a última derrota, justamente para o Alto da Bandeira, vice líder da competição, pelo apertado escore de 2 a 1. E vale lembrar que no jogo de ida, na primeira rodada foi registrado o tradicional chocolate: 7 a 1. Que sirva de exemplo aos seus dirigentes. Um time para ser competitivo deve ser armado antecipadamente.
O Alto da Bandeira com o triunfo assegurou a segunda colocação.
A outra equipe que se despediu da competição foi a Terceira Aguada. Precisava vencer o Viramão com cinco gols de diferença e terminou amargando mais uma derrota. Desta feita pelo placar mínimo.
O Viramão com esse resultado garantiu a quarta vaga para a fase semifinal.
No Malhadão, as donas da casa também amargaram o tradicional gude preso e caíram para a treceira colocação.
A Lagoa de Fora disparou na liderança. E a autora do único gol do confronto, a atacante Sil se isolou ainda mais no topo da artilharia, agora com 10 tentos; seis a mais que as suas adversárias mais próximas.

RESULTADOS DOS CONFRONTOS DA 6ª RODADA * Domingo, 27/06 (08h30)
1ª Fase (Preliminar)
16- Terceira Aguada 0x1 Viramão (Local: Terceirão)
17- Malhada do Alto 0x1 Lagoa de Fora (Local: Malhadão)
18- Levada 1x2 Alto da Bandeira (Local: Ribeirão).


PRÓXIMOS JOGOS
Domingo, 04/07 (08h30) 7ª rodada-Geral (2ª fase / Jogos de Ida)
19- Viramão x Lagoa de Fora (Local: Arena do Raimundão)
20- Malhada do Alto x Alto da Bandeira (Local: Malhadão)

Raio X
Jogos Realizados: 18
Gols Marcados: 67
Média de Gols: 3,72
Gols Mandantes: 35
Gols Visitantes: 32
Vitórias da Casa: 6
Vitórias Visitantes: 10
Empates: 2
Cartões Amarelos: 44
Cartões Vermelhos: 1
Atos de Indisciplina: 0
Público Total: 5.000
Média de Público: 278
Maior Público: 500 (Alto da Bandeira 0x1 Malhada do Alto) 20/06
Menor Público: 200 (Viramão 0x1 Terceira Aguada) 23/05
Jogadoras Inscritas: 130

Artilheiras:
Com 10 Gols:
Sil (Lagoa de Fora);

Com 4 Gols:
Niní (Alto da Bandeira), Piu-Piu (Malhada do Alto) e Ludy (Viramão);

Com 3 Gols:
Bruna, Kêu, Poli e Rubinha (Alto da Bandeira), Karol e Suzy (Lagoa de Fora), Dami (Levada)
e Guêu (Malhada do Alto);

Com 2 Gols:
Ana e Marleide (Lagoa de Fora);
Ilma e Maria (Malhada do Alto) e Lulu (Viramão);

Com 1 Gol:
Guel e Juli (Alto da Bandeira); Netinha (Lagoa de Fora); Déda (Levada) Ane Selinho
e Pita (Malhada do Alto); Helenice, Izza e Paula (Terceira Aguada); Jú e Verônica (Viramão).

Goleiras
Sil (Lagoa de Fora), 0 gol sofrido;
Motorzinho (Lagoa de Fora), 1 gol sofrido;
Joy (Lagoa de Fora), Háia e Ura (Levada) e Paula (Terceira Aguada) 2 gols sofridos;
Néia (Terceira Aguada), 4 gols sofridos;
Néa (Malhada do Alto), 5 gols sofridos;
Thitiuil (Alto da Bandeira) e Tânia (Levada), 7 gols sofridos;
Lizzi (Viramão), 10 gols sofridos;
Minho (Terceira Aguada), 11 gols sofridos;
Cleide (Levada), 14 gols sofridos.

Árbitros que atuaram nas seis rodadas (18 jogos):
Lourival Silva (4 vezes);
Adenilso Leite (3 vezes);
Cleilton Ramos Lima, Feliciano Viana Filho,
Héber Lima Oliveira, Josenaldo Silva e Romilson José Reis (2 vezes)
José Sidnei Ferreira de Jesus. (1 vez).

Classificação Geral:
1- Lagoa de Fora, 16 Pontos Ganhos
2- Alto da Bandeira, 13
3- Malhada do Alto, 11
4- Viramão, 9
5- Terceira Aguada, 3
6- Levada, 0

Jorge Luiz da Silva, Serrinha, Bahia.

Ouça o nosso programa: Esporte Comunitário (de 2ª a 6ª feira, das 20h00 às 20h30), na Rádio Continental, 1330.
Visite o nosso site: www.esportecomunitario.com
Email: jolusi54@hotmail.com
Email: jolusi54@gmail.com
Fone: 0xx75 3261-1534

Falso Canários do Reino: três envolvidos permanecem presos em Ipirá


Dos 23 integrantes, apenas três continuavam presos neste domingo (27): o empresário, o responsável por contratar os músicos e o "tesoureiro" da banda, que emitiu notas fiscais em nome da falsa Canários do Reino. Os outros foram liberados mediante pedido à Justiça, pois afirmaram que não sabiam que estavam tocando para uma banda falsa.

A prisão ocorreu na madrugada de sábado (26) em pleno show, na cidade de Ipirá, acusados de utilizar o nome de uma outra banda.

Os músicos, que diziam fazer parte da banda Canários do Reino - grupo pernambucano bastante conhecido na região -, foram presos num show pago pela Prefeitura de Ipirá (a 2, que fazia parte dos festejos juninos da cidade. Antes disso, já haviam feito apresentações com o nome falso em Macajuba e Itaberaba. Cada show custava R$ 24 mil.

A denúncia foi feita à polícia pela própria - e autêntica - Canários do Reino. Segundo a delegacia de Ipirá, havia cerca de 30 mil pessoas no show - a cidade tem aproximadamente 60 mil habitantes, mas recebe milhares de visitantes na época junina. A apresentação foi interrompida por volta das quatro horas da manhã.

"O público ficou meio sem entender, porque a gente atuou para que eles não ficassem sabendo [das prisões", diz o policial Laerte Oliveira, que participou da operação. "A gente queria evitar um tumulto." A banda, conta Oliveira, apenas saiu do palco, mediante pedido dos policiais, e uma outra atração entrou logo em seguida.

Todos os 23 músicos foram indiciados e responderão por falsidade ideológica. Os líderes da banda são acusados também de estelionato e formação de quadrilha. O inquérito já foi encaminhado à Justiça, segundo a delegacia de Ipirá.

DEPUTADO LUIZ ARGOLO SOFRE ACIDENTE


No ultimo sábado (26), às 19 horas, ao trafegar pela BA-093, nas imediações da cidade de Mata de São João, o deputado Luiz Argolo (PP) foi vítima de um acidente de trânsito. Um taxi, ao ultrapassar dois caminhões, bateu de frente com o seu veículo, em que também estavam o seu motorista, esposa e filha. Todos tiveram ferimentos leves, foram medicados, passam bem e já estão em suas residências. O motorista do taxi teve fraturas e foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado. Em contato com o Bahia Notícias, Argolo diz estar vivo graças ao seu carro, um Toyota Hilux SW4, e o funcionamento do sistema de Airbags.

ELEIÇÃO 2010: SÁBADO COMEÇA SÉRIE DE PROIBIÇÕES


No sábado (3), três meses antes das eleições, entram em vigor as restrições impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o objetivo de evitar privilégios de candidatos em prejuízo aos seus concorrentes. A partir desse dia, é proibido aos agentes públicos cujos cargos estejam em disputa na eleição “autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos municipais, ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral”. Nenhum governante candidato pode fazer pronunciamento em cadeia de rádio e de televisão fora do horário eleitoral gratuito, e é vetada também “a realização de inaugurações, a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos”. Do mesmo modo, candidatos-gestores estão impedidos de dar as caras em inaugurações de obras públicas. A partir de sábado, será proibido também “nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa até a posse dos eleitos”. Informações do A Tarde.

PESQUISA CRIA MOSQUITO DA DENGUE QUE NÃO VOA


Uma nova técnica de combate à dengue está em fase de testes no município de Juazeiro. A idéia é encontrar o controle biológico do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti. Consiste na criação em laboratório de uma linhagem transgênica dos mosquitos para serem liberados em locais onde há incidência dos insetos e, com isso, permitir o cruzamento entre eles. A nova geração de insetos possuirá uma característica definida que é a existência de um gene que impede as fêmeas de voar. Ao atingirem a fase adulta, elas têm dificuldade de sair para se alimentar e reproduzir provocando uma redução da população de Aedes aegypti. Os machos transgênicos, por sua vez, podem continuar cruzando com fêmeas naturais e passando o gene adiante. O estudo está sendo desenvolvido pelo Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de São Paulo (USP). “Em agosto, já estaremos produzindo em massa o mosquito em nossa unidade e fazendo a liberação dos insetos”, destaca o gerente técnico da Moscamed em Juazeiro, Rodrigo Viana.

Convenção do PT: Dilma afirma que Lula mandou Wagner se reeleger nesta eleição


Na entrevista coletiva que concedeu ontem pela manhã, na convenção estadual do PT, apesar de reafirmar não ter preferência entre os dois candidatos que a apóiam na Bahia (Jaques Wagner, do PT, e Geddel Vieira Lima, do PMDB), a presidenciável petista Dilma Rousseff disse que, em conversa com presidente Lula hoje, ele pediu para ela dizer a Wagner para não “parar de brigar e ver se ele se elege nessa eleição, governador da Bahia”. A candidata afirmou também que irá participar dos debates com os seus adversários. (Thiago Ferreira)

Convenção do PT: Aliado oficializa candidatura de mulher de Varela à Assembleia


A convenção do PRB oficializou ontem a candidatura da mulher do radialista e apresentador de TV Raimundo Varela, Sheila Varela, à Assembleia Legislativa. Várias pessoas estavam vestidas com a camisa da candidata, onde havia uma foto dela ao lado do marido e a frase “Cartão Verde pro Povo”, uma referência aos cartões distribuídos pelo comunicador em seu programa na TV. O PRB fechou coligação para deputado estadual com o PT, o PDT e o PP. (Thiago Ferreira)

Geddel diz que Wagner também tem apoio de legendas que não estão aliadas a Dilma


O candidato do PMDB ao governo estadual, Geddel Vieira Lima, em telefonema ontem ao Política Livre, respondeu às declarações do governador Jaques Wagner (PT) que o alfinetou dizendo que todas as legendas que o apoiam também estão coligadas à candidata Dilma Rousseff (PT) na eleição nacional. “Ou Wagner se faz de bobo ou pensa que na Bahia só tem bobo ou até imagina que pode enganar Dilma. Ele tem um discurso para cada uma de suas conveniências. O PSL tem candidato próprio a presidente, não apoia Dilma, mas tá com ele. O PP não fechou apoio a Dilma, mas ele quis. O prefeito de Alagoinhas vota com Serra e recebe dele elogios pela coerência para que ele não perca o apoio. O que ele não teve foi competência para buscar os partidos que me apoiam, porque tentar eu sei e ele sabe que tentou”, declarou. (Thiago Ferreira)

Carro de som e comício são liberados em horário das 8h às 22h


A partir do dia 6 de julho, os candidatos a cargo eletivo nas próximas eleições estarão liberados para fazer campanha nas ruas. Diante dos excessos dos carros de som com jingles e músicas de candidatos em ação pelos municípios, o eleitor pode assumir a postura de alerta e fiscalização. A propaganda em carros de som ou comícios pode ser feita somente das 8 às 22 horas, desde que dentro dos padrões de volume de até 70 decibéis, previsto na Lei Municipal nº 5.354/98 (Lei do Silêncio). As exceções no uso de carros de som ficam por conta das propagandas em distâncias inferiores a 200 metros de órgãos públicos e federais, dos hospitais e casas de saúde, das escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros, quando em funcionamento. Nesses casos, é proibido qualquer tipo de propaganda. (A Tarde)

Marina muda tom e agora flerta com a base de Lula


A chegada de um operário ao poder tirou 25 milhões de pessoas da pobreza e mostrou que é possível crescer com distribuição de renda. O presidente Lula não precisa de um opositor, mas de um sucessor que saiba reconhecer suas conquistas e fazer o país avançar mais. O povo brasileiro perdeu o medo de ver um Silva no Palácio do Planalto. As ideias acima podiam estar numa cartilha petista, mas foram apresentadas nas últimas duas semanas pela candidata do PV à Presidência, Marina Silva. Depois de iniciar a campanha com críticas duras ao governo, ela mudou o tom e adotou um discurso mais ameno, valorizando as semelhanças com o ex-chefe. (Folha)

Casos de dengue na Bahia reduzem 75,2%


Febre, dores no corpo, náuseas e manchas vermelhas na pele. Estes são os principais sintomas da dengue, que, segundo dados da Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), entre 1º de janeiro e 4 de junho, atingiu 27.310 baianos. O número pode assustar, mas é 75,2% menor que o total dos casos apresentados no mesmo período de 2009, que foi de 110.173. De acordo com a diretora da Vigilância Epidemiológica da Sesab, Alcina Andrade, o resultado se dá pelo comportamento cíclico da doença, que vai esgotando a dimensão de pessoas suscetíveis para o sorotipo circulante – atualmente o sorotipo 2. Ela também credita à melhoria do trabalho de campo, diminuindo os índices de infestação, e à aquisição de equipamentos e capacitação dos agentes. “Foram adquiridos mais de três milhões em materiais de trabalho para os agentes de campo”, diz.

Mimar demais os pets pode esconder problemas de relacionamento


O afeto por animais faz parte da vida da maioria das pessoas. Quem tem ou já teve um bichinho de estimação muito querido sabe o real valor dessa experiência. Não é à toa que o livro “Marley e Eu”, de John Grogan, emocionou milhares de pessoas e virou best-seller com direito a uma adaptação de sucesso para o cinema. Animais de estimação, por sua vez, também se mostram afetuosos – principalmente os cachorros, os preferidos. Em geral, os pets correspondem à atenção a eles dedicada. Podem ser brincalhões, divertidos, graciosos, gostosos de afagar e abraçar, fiéis, protetores... Todas essas características tornam animais de estimação um alvo fácil de atenção e diversão, encorajando pessoas a desenvolverem um vínculo afetivo com eles. “Gostar de animais é natural e remonta a nossa ancestralidade. Porém, como qualquer tipo de relacionamento, é legal enquanto for equilibrado”, comenta o psiquiatra Guido Boabaid May, de Santa Catarina.

Tratar pets como pessoas pode ser inadequado quando implica prejuízos às atividades do dono, aos seus relacionamentos familiares e sociais, ao seu lazer ou ao seu bolso. “Embora alguns pets ‘pareçam humanos’, como costumam dizer seus donos, eles não são. E as necessidades de humanos devem ter prioridade sobre a necessidade de seus pets”, destaca a psicóloga Ana Maria M. Serra, diretora-fundadora do Instituto de Terapia Cognitiva (ITC) e presidente-honorária da Associação Brasileira de Psicoterapia Cognitiva (ABPC). Ela argumenta, ainda, que sob a perspectiva dos animais tampouco é saudável tratá-los como humanos. “O animal, por mais ‘humano’ que possa parecer, tem necessidades próprias de liberdade, independência e atividade física. Ele necessita ter espaço para exercer os instintos com os quais foi naturalmente dotado, como farejar, vigiar, latir (no caso dos cães) e brincar com outros pets como forma de comunicação e de expressão emocional. Manter pets vestidos, perfumados, dentro de ambientes fechados e exigir deles um comportamento quase humano poderá prejudicar sua existência, seu desenvolvimento e sua saúde física e emocional”, salienta.

Julio Peres, psicólogo clínico e doutor em neurociências e comportamento pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), sustenta que a relação com um animal de estimação nunca será uma relação de igualdade como a que se pode estabelecer entre os seres humanos. “O dono exerce poder sobre o animal e está hierarquicamente acima dele. O animal, por sua vez, tende a absorver as regras que o dono, que o alimenta, impõe. O apego e o mimo demasiados podem prejudicar o animal e encobrir deficiências no relacionamento interpessoal dos donos, que poderiam tratar suas dificuldades entre os humanos, assim como com psicoterapia. O animal também sofre assumindo comportamentos neuróticos e ansiosos transmitidos pelo dono em sua relação patológica”, afirma.

Comportamento exagerado
1TosaUso excessivo dos serviços de grooming (tosa) pode prejudicar a saúde dos bichinhos;

2Roupas e acessóriosVestir os pets com roupas que tolhem sua liberdade podem causar lesões e afecções dermatológicas e de pelagem. Cosméticos, perfumes e banhos excessivos podem prejudicar o faro do animal;

3Pet shopVisitas frequentes aos pet shops podem representar um risco de contaminação

4DependênciaDependência em relação aos pets, em prejuízo de outras atividades de lazer;

5Isolamento socialPreferência pela companhia dos pets em detrimento das relações familiares e sociais, o que pode facilitar o isolamento social;
Exageros
Muitas pessoas acabam extrapolando nos cuidados e zelos. “Há pessoas que nunca colocam o animal no chão e os carregam no colo direto. Há pessoas que se alimentam com o animal em cima da mesa comendo até no mesmo prato, há pessoas que não fazem absolutamente nenhuma atividade social para não se desgrudarem do seu animal”, exemplifica Carla Alice Berl, diretora do Hospital Veterinário Pet Care, de São Paulo.

É o caso da universitária Sofia P. Valle, de 25 anos, que dorme ao lado de sua poodle, Lady Di, e até a deixa beliscar em seu prato. “Muita gente critica minhas manias, mas nem ligo. Adoro a minha cachorrinha e faço tudo por ela mesmo. Confesso que, às vezes, sou mais atenciosa com ela do que com gente da minha família”, diz. A empresária Vania Cristina Mendes, de 37 anos, já deixou de sair e até de viajar nos fins de semana com pena de deixar seus gatos com algum parente ou em um hotel especial. “Assumo que fico com saudade deles”, revela.

Para Carla Berl, quem tem esse tipo de atitude não poupa o bichinho da solidão, e sim o prejudica. “O animal fica mal acostumado, literalmente falando. Quando o dono nunca se ausentou e uma hora o faz, abre espaço para o surgimento de um problema chamado síndrome da ausência do dono. O animal toma várias atitudes psicóticas e sofre. O ideal é sempre deixá-lo um pouco sozinho. E conviver com outras pessoas faz bem a ele, que se acostuma naturalmente a estas condições”, explica.

Substituição perigosa
Todos desenvolvemos, desde muito cedo, crenças a respeito do quanto somos amados por outros, ou o quanto acreditamos que reunimos, ou não, os fatores que nos levam a ser amados por outros. “Em termos cognitivos, dizemos que todos desenvolvem o que chamamos de um esquema de estima, ou, em alguns casos, um esquema de não estima”, explica a psicóloga Ana Maria. “No caso de pessoas que chegam à adolescência ou à idade adulta com um esquema de não estima, ou seja, acreditando que não são amadas, estas podem se distanciar de tentativas de vinculação a outras pessoas e, como estratégia compensatória, supervalorizam a relação com animais. Há ainda pessoas que, com base em suposto déficit em habilidades sociais, podem considerar as relações afetivas ou sociais como exageradamente demandantes e ameaçadoras, e se sentirem vulneráveis frente a elas. Nesse caso, poderão evitar ou se esquivar de aproximações afetivas ou sociais com outras pessoas, e dedicar-se exageradamente aos seus animais”, completa a especialista.

Isso é comum principalmente nos centros urbanos, segundo o psicólogo da USP Julio Peres. A maior parte dos casos inclui mulheres que procuram substituir a não-maternidade ou um companheiro. O amor incondicional de um animal de estimação pode diminuir o sofrimento do abandono, do desamparo e do isolamento, especialmente em pessoas mais sensíveis que sofreram traumas ou decepções com relacionamentos afetivos. Contudo, mesmo aplacando a dor, o relacionamento com o animal não resolve o sofrimento ou o trauma sofrido pelo dono. “Por exemplo, uma senhora que vivia com cinco gatos e dois cachorros me procurou para psicoterapia por não conseguir se relacionar com as pessoas, generalizadas como ‘agentes ameaçadores’. Essa senhora se lembrou de que os castigos severos de seu padrasto deram início ao seu forte vínculo com os animais. Ao se libertar dos traumas de infância, os relacionamentos saudáveis com as pessoas passaram a ocorrer”, conta Julio.

Filhos x pets
Vale ressaltar que apesar de pets representarem uma companhia importante e um fator de equilíbrio para crianças, adultos e idosos (neste caso, ajudando até a prevenir doenças como o mal de Alzheimer e outras formas de demência), eles não podem nem devem substituir a companhia de pessoas. Também é comum, hoje em dia, ver casais jovens que preferem manter animais de estimação em casa (cachorros, na maior parte dos casos) a ter filhos. Uma justificativa normal é o fato de que as responsabilidades associadas à posse de um bichinho são muito menos numerosas e graves do que aquelas que envolvem a chegada e a criação de um filho. “Cada caso é um caso, mas, via de regra, um animalzinho jamais conseguirá substituir, de modo adequado, a vivência de ter um filho”, alerta o psiquiatra Guido Boabaid May, de Santa Catarina.

Necessidades fundamentais
1Afeto e atenção
2Cuidados simplificados e contato com seu dono
3Alimentação adequada e procedimentos de higiene constantes
4Visitas ao veterinário e vacinação periódica
5Espaço adequado às necessidades físicas e emocionais
O tema divide opiniões. Carla Alice Berl, do Hospital Veterinário Pet Care, considera a decisão “normal, pois filho, hoje em dia, acarreta uma série de compromissos como tempo, dinheiro e perda da liberdade. O animal faz bem este papel e é mais flexível.” “Por outro lado, a tentativa de transformar o animal num bebê pode encobrir receios quanto à capacidade de criar, educar e se relacionar com uma criança, que se diferencia demasiadamente e nunca será substituída pela relação com um animal de estimação”, pondera Julio Peres.

Essa tentativa de transformar pets em crianças explica, em parte, o fato de que o mercado de produtos para pets não para de crescer e de inventar novidades: máscaras para cílios e perfumes para cães e gatos, calmantes, florais de Bach, acessórios fashion, homeopatia, acupuntura etc. Esse boom de artigos pet é tendência no Brasil e nos Estados Unidos e menos comum na Europa, onde o direito dos animais é amplamente difundido. O exagero na procura de tratamentos, para atender a necessidades questionáveis e na compra de objetos dispensáveis reflete, também, a tendência consumista de nossa cultura. “Isso pode envolver também a dedicação exagerada aos pets que, entre outros fatores, sugere a satisfação de uma carência afetiva por donos que não se sentem amados ou valorizados por outras pessoas”, reforça Ana Maria.

Após flagrar impedimento de Tevez, replay é banido da Copa pela Fifa


A Fifa reforçou instruções aos responsáveis pelas transmissões nos estádios da Copa do Mundo para que não sejam repetidas jogadas polêmicas durante as partidas da competição. A rodada deste domingo foi marcada por erros graves dos árbitros nos jogos de Alemanha x Inglaterra e Argentina x México. Irregular, o gol de Carlos Tevez foi exibido no telão do estádio Soccer City.

No duelo entre as seleções europeias, o replay do chute de Frank Lampard não foi mostrado. Entretanto, o gol de Tevez, marcado pelo atacante argentino em posição de impedimento, foi repetido e revelou o equívoco do bandeirinha italiano Stefano Ayroldi. A arbitragem, mesmo com o replay da jogada à disposição, não levou em conta as imagens e confirmou o gol da seleção albiceleste.

“Uma das instruções que demos aos responsáveis pelas transmissões dos jogos para os estádios é de que as jogadas poderiam ser repetidas, mas ações polêmicas não. O que aconteceu no jogo da Argentina foi um erro. Seremos mais firmes para que não se repita”, assegurou o porta-voz da Fifa, Nicolas Maingot.

Questionado sobre o fato de os estádios terem 32 câmeras de televisão e, no entanto, nenhuma delas ser utilizada para evitar erros da arbitragem, Maingot se esquivou. ‘Não vamos falar disso”, disse o porta-voz, que reforçou que a Fifa se manterá neutra sobre as questões envolvendo erros clamorosos dos árbitros.

Tais falhas de arbitragem trouxeram à tona a discussão sobre a possibilidade de utilização de mecanismos eletrônicos para facilitar o comando de jogo. Porém, não há qualquer perspectiva de mudanças para a melhoria do sistema de comando dos jogos.

A inclusão de tecnologias no futebol parece ser algo ainda distante. A International Board, órgão que regulamenta as regras do futebol, cessou no começo do ano experimentos eletrônicos voltados ao auxílio de árbitros. Estão arquivados projetos de chips na bola, que acionariam assim que passasse a linha do gol.

A Inglaterra lamenta o lance de Lampard, gol que o juiz uruguaio Jorge Larrionda não viu. A bola bateu no travessão e superou a linha do gol, mas a arbitragem não confirmou o lance. Já os mexicanos se revoltaram com a arbitragem comandada por Roberto Rossetti, que não percebeu que a jogada do gol de Tevez estava irregular. A partida estava empatada por 0 a 0. Tevez cabeceou em impedimento, abrindo o marcador. Ao término dos 90min, o placar apontou vitória da Argentina por 3 a 1.