OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE
ARENA SHOPPING SERRINHA. Muito boa a iniciativa de trazer mais uma opção de lazer para a nossa cidade, além de valorizar mais o local onde se encontra o referido empreendimento!!!!

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Foi em vão que golpeei os seus filhos.Eles não aceitaram a disciplina.A própria espada de vocês devorou os seus profetas,Como um leão destruidor. Vocês desta geração, prestem atenção à palavra de Jeová. Será que eu me tornei para Israel como um deserto ? Ou uma terra de densa escuridão? Por que eles, o meu povo, disseram: ‘Estamos andando livremente. Não voltaremos mais para ti.Será que a moça se esquece dos seus enfeites,Ou a noiva das suas faixas? No entanto, não é possível contar os dias em que o meu próprio povo se esqueceu de mim". Jeremias 2:1-37

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Deputados aprovam desvinculação dos bombeiros à PM e promoção para professores

A Assembleia Legislativa (AL-BA) aprovou por unanimidade nesta segunda-feira (30) o Projeto de Emenda à Constituição (PEC) que institui a independência dos bombeiros em relação à Polícia Militar (PM).  Após deixar de integrar a corporação, o órgão passará a se chamar Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. “Eles agora terão autonomia e liberdade para se adequar às suas necessidades, ter planejamento e diretrizes próprias, sem com isso perder condição militar”, afirmou o líder de governo na AL-BA, Zé Neto (PT), em entrevista ao Bahia Notícias. A apreciação da matéria ocorreu mediante acordo das lideranças e o deputado Carlos Geilson (DEM), autor do texto, foi o relator. Ainda segundo o petista, a categoria passará a ter ajuda direta do governo, com recursos da taxa de incêndio (tributo vinculado ao serviço de energia elétrica). De acordo com Zé Neto, o projeto de Lei de Organização Básica chega nesta segunda à Casa – o da Polícia Militar, que foi um dos estopins para a greve da categoria em abril deste ano, já está na Casa. “Devemos fazer por acordo. Já estamos começamos a receber proposições vindas de setores da PM e a expectativa é de elencar todas até a semana que vem e de nos reunirmos com as organizações e apreciar um projeto melhorado. Apesar do projeto, no geral, ser fruto do debate com as organizações”, ressalta. Foram votadas também, com a presença de dirigentes da APLB Sindicato, duas propostas relacionadas aos professores da rede estadual: uma deles altera o Estatuto do Magistério e modifica itens na carreira. Os docentes de níveis fundamental e médio farão um curso de aperfeiçoamento que garantirá as promoções. Outra matéria dá àqueles que exercem cargos de confiança, como diretores, a opção de continuar a receber a Gratificação de Estímulo a Atividades de Classe ou receber a Gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET), que passará a ser a diferença entre o valor atribuído ao cargo comissionado e o da primeira bonificação.Fonte:Bahia Noticias

PR decide apoiar Rui Costa


Em uma das convenções mais indefinidas desde o início da pré-campanha, o PR confirmou o apoio ao candidato governista, Rui Costa, após oito horas de discussão e votação. O petista esteve na convenção desta segunda-feira (30) após a confirmação. Mesmo com a ameaçã de rompimento que pairava nos últimos dias – após a saída do ministro César Borges da pasta dos Transportes – a chapa governista foi aprovada por unanimidade.

O partido tem 16 candidatos a deputado estadual e sete a federal. Além de João Carlos Bacelar e José Rocha, que tentam a reeleição, a sigla está apostando em Pedro Alcântara, que foi deputado estadual por cinco mandatos, para chegar à Câmara Federal.Fonte:Bocão News

CIRCO DE LAMPEZÃO E MARIA BOTINA CHEGA A SERRINHA

A Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e da Caravana Tapioca, convida toda população serrinhense para prestigiar o Espetáculo de circo-teatro inspirado no universo do cangaço, “O Circo de Lampezão e Maria Botina”, que chega a Serrinha nesta terça-feira (01). A apresentação é gratuita e acontece ao ar livre na Praça Morena Bela às 19h.

Sob a direção e dramaturgia de Esio Magalhães e com a atuação de Anderson Machado e Giullia Cooper, o espetáculo conta a história de um casal anônimo que viveu no sertão, no tempo em que os cangaceiros ocupavam o dúbio papel de vilões e heróis na dramaturgia da vida real do povo. Com música ao vivo, malabarismo com baldes, claves, chicote, mágica, monociclo e muito mais, Lampezão e Maria Botina prometem encantar o público de todas as idades.

A Caravana Tapioca surgiu no ano de 2010, na cidade do Recife, e desde então percorre várias estados do Brasil fazendo suas apresentações. O Circo de Lampezão e Maria Botina, já recebeu importantes prêmios, a exemplo do Janeiro de Grandes Espetáculos, nas categorias de melhor atriz, melhor ator, melhor figurino, além de receber as indicações de melhor diretor e melhor maquiagem e do Prêmio Funarte de Teatro Miriam Muniz.A etapa Bahia é a 4° edição da turnê.

O Espetáculo conta com o apoio da Fundação Nacional de Artes – Funarte, do Ministério da Cultura e do Governo Federal. A produção local é da Trupe Malabares Mágicos e o apoio local é da Prefeitura Municipal de Serrinha.Fonte:Gilberto carvalho(e-mail)

Cantor Lobão faz música para lista negra de jornalistas perseguidos pelo PT

 O cantor e compositor Lobão, também colunista da VEJA, é um dos nove “malditos” que foram parar na lista negra do PT, assinada por Alberto Cantalice, vice-presidente do partido, divulgada no site oficial da legenda e propagada pelos blogs sujos, financiados por estatais. É a verticalização da infâmia, que os fascistoides costumam promover quando chegam ao poder: o estado, o partido e as milícias atuam como ordem unida. Só para lembrar: os outros oito da lista somos eu, Augusto Nunes, Diogo Mainardi, Demétrio Magnoli, Arnaldo Jabor, Guilherme Fiuza, Marcelo Madureira e Danilo Gentilli. Essa é apenas a fornada inicial do nacional-socialismo petista. Se o partido vencer a eleição, certamente a lista será ampliada. A “Repórteres Sem Fronteiras”, a mais importante entidade internacional de defesa da independência jornalística, expressou o seu repúdio. Janio de Freitas, por sua vez, preferiu repudiar a… “Repórteres Sem Fronteiras”. Entenderam?

Adiante! Lobão fez uma música retratando, digamos assim, a alma profunda dos “companheiros” e evidenciando o espírito destes tempos. Chama-se “A Marcha dos Infames”. Ouçam e divulguem. Na sequência, publico a letra e um breve comentário a respeito.

A MARCHA DOS INFAMES
Aqueles que não são
E que jamais serão
Abusam do Poder,
Demência e obsessão.

Insistem em atacar
Com as chagas abertas do rancor,
E aos incautos fazer crer
Que seu ódio no peito é amor

Tanto martírio em vão,
Estupro da nação,
Até quando esse sonho ruim,
esse pesadelo sem fim?

Apedrejando irmãos
E os que não são iguais,
A destruição é a fé,
E a morte e a vida, banais.

E um céu sem esperança,
A Infâmia cobriu,
Com o manto da ignorância,
O desastre que nos pariu.

E o sangue dos ladrões
De outros carnavais
Na veia de vilões,
tratados como heróis.

E até quando ouvir
Cretinos e boçais
Mentir, mentir, mentir,
Eternamente mentir?

Mas o dia chegará
Em que o chão da Pátria irá tremer,
E o que não é não mais será
Em nome do povo, o Poder.

Aloysio Nunes será o vice de Aécio Neves

Por Gabriel Castro e Laryssa Borges, na VEJA.com:
O PSDB confirmou nesta segunda-feira o nome do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) como vice na chapa de Aécio Neves na corrida pelo Palácio do Planalto. A decisão foi comunicada pelo próprio candidato tucano à Presidência, após uma reunião da cúpula do PSDB, em Brasília: “Não é apenas um homem para ser vice-presidente da República, é um homem que, em qualquer eventualidade, está preparado para assumir a Presidência do Brasil”, afirmou o senador mineiro sobre o companheiro de chapa. O prazo para a escolha se encerrava nesta segunda-feira. A reunião também confirmou a aliança dos tucanos com outros sete partidos: DEM, PTB, SD, PTC, PTN, PMN e PTdoB.

Serrista, Aloysio tem 69 anos e foi um dos primeiros aliados do ex-governador de São Paulo a apoiar o nome de Aécio para a Presidência da República. A escolha de seu nome como vice é interpretada como uma tentativa de consolidar a união do PSDB e, segundo interlocutores, atende à ala paulista do partido, que pressionava por uma chapa “puro sangue”. “É uma homenagem à coerência, matéria-prima essencial à vida pública e que, lamentavelmente, está em falta no Brasil A trajetória exemplar de Aloysio durante toda a sua vida, sempre na defesa da democracia, da liberdade, da ética na vida pública faz com que, a partir de agora, nossa caminhada se fortaleça enormemente,” afirmou Aécio Neves.

Ex-secretário da Casa Civil de São Paulo, o senador tem ainda boa interlocução com prefeitos do interior do Estado. A escolha de Aloysio é também uma tentativa de Aécio se firmar na região Sudeste. A última pesquisa Ibope aponta vantagem confortável para Dilma em São Paulo, maior colégio eleitoral do país. Aloysio Nunes Ferreira foi eleito senador em 2010 com mais de 11 milhões de votos – e é esse capital político que a campanha de Aécio pretende utilizar nas eleições de outubro. Naquele ano, Orestes Quércia (PMDB) era o candidato mais forte da coligação tucana, mas se afastou para tratamento médico e pediu votos para Aloysio, que subiu nas pesquisas e acabou se elegendo em primeiro lugar.

Apesar de a lista de potenciais vices do tucano já ter incluído opções como a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie, a deputada Mara Gabrilli e o próprio José Serra, nos últimos meses as negociações tinham se resumido a dois nomes: o de Aloysio e o do ex-governador do Ceará Tasso Jereissati. Com o rearranjo político, Tasso foi confirmado como candidato ao Senado pelo Ceará, em composição com o peemedebista Eunício Oliveira. O senador José Agripino Maia (RN), presidente do DEM, será o coordenador-geral da campanha. Ele também chegou a ser cotado como um possível vice de Aécio, mas concordou com a indicação de Aloysio.

O senador tucano foi filiado ao PMDB, elegeu-se duas vezes deputado estadual e uma deputado federal pela sigla. Em 1999, já no PSDB, conquistou por outros dois mandatos assento na Câmara em Brasília. Ele foi vice-governador de São Paulo, ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República e ministro da Justiça no governo de Fernando Henrique Cardoso e chefe da Casa Civil na gestão de José Serra.

Temperamento
O vice de Aécio se disse “emocionado” com a escolha e afirmou que não mudou de lado desde os 18 anos de idade, quando ingressou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. “Basicamente as minhas convicções são as mesmas em torno da democracia, liberdade, pluralismo e a luta pela igualdade”, disse o senador.

Aloysio também teve de responder sobre seu comportamento pouco tolerante a provocações. No atual mandato, ele já perdeu a paciência com militantes ambientalistas (“Vocês nunca viram uma galinha na vida, seus m…!”, disse, em uma comissão do Senado) e proferiu xingamentos quando interpelado por um baderneiro petista. “Infelizmente, ainda não há transplante de alma. Se tivesse eu transplantava a alma do Dalai Lama na minha”, brincou o senador nesta segunda-feira.

Dinastia política dos Mota em Serrinha está chegando ao fim.

Olá meus amigos! Depois do São João e do Pedrinho,voltamos a realidade do nosso cotidiano.Antes de entrar nos assuntos que iremos comentar,quero enviar um forte abraço ao colega Maurílio Souza,radialista e redator da revista "ASAS DA VITÓRIA",que circula todas as semanas em nossa cidade.Ao colega e amigo,desejo boa sorte.Quero nesta oportunidade agradecer Paulo Jorge,que está sempre colaborando conosco.Hoje entra de férias o repórter da Rádio Regional AM,Adaílton Carvalho,desejo que ele se divirta,que traga alguma lembrança pra mim quando retornar dos EUA.Durante as férias de Adaílton eu estarei acumulando a sua função dentro do programa PASSANDO A LIMPO.Ok?,Sem mais delongas,vamos aos fatos:

PREFEITO OSNI CARDOSO RECEBE ADESÃO DAS "AMAZONAS DE SERRINHA" E DE NAUM
Ao repórter Amando Santos durante entrevista a Rádio Clube Serrinha,o prefeito fez uma revelação interessante sobre a candidatura de Gika para Deputado Estadual.Quando indagado sobre possíveis apoios que estaria recebendo em prol da candidatura de Gika,Osni disse o seguinte:"Já temos cerca de 50 vereadores que irão apoiar nosso candidato.São cerca de 60 cidades que estão conosco.Ainda estamos trabalhando para ampliar esta adesão",disse Osni.Sobre a escolha do nome de Gika,o prefeito deu a seguinte declaração;"Temos pessoas capazes dentro do nosso grupo,claro que poderia ser uma outra pessoa,mas o que me motivou a escolher o Gika foi por ele ser um homem honesto e trabalhador.Gika pode até não ser um politico profissional,mais não é preguiçoso,acorda cedo e vai à luta,gosta de trabalhar".Foi perguntando se esta falta de experiência poderia prejudicar a campanha estadual do homem da "Borracharia"."O Gika ainda está aprendendo a fazer política.isso demanda tempo,temos que dar suporte a ele",disse Osni.Para Amando Santos,o prefeito afirmou que vem conquistando a confiança de lideranças da oposição,a exemplo de pessoas ligadas a ex-prefeita Tânia." Eu ainda não estive com ela,mais sei que todos querem o melhor para Serrinha,assim como eu.Estou aberto a um entendimento,quando for possível conversarei com ela sem nenhum problema." O chefe do executivo mandou um aviso:"Quero dizer aos ouvintes da Clube que tenho recebido apoios importantes de pessoas que até então eram liderados por Tânia." Neste momento entrei na conversa,pedi  ao colega Amando para também fazer uma pergunta ao chefe do executivo.Prefeito o senhor poderia divulgar os nomes dessas pessoas tidas como linha de frente de Tânia que agora estão do seu lado? "Claro,não há porque esconder.O irmão dela,Naum,Simone,que inclusive já está conosco a algum tempo,Bethânia,Kátia,pessoas da família da ex-prefeita,e tantos outros."Afirmou Osni. Olha meus amigos,na verdade,D.Tânia apenas acompanha os acontecimentos políticos nesta cidade,tudo indica que ela não irá se candidatar a mais nada.Sendo assim,está desaparecendo do cenário político de Serrinha,o grupo dos MOTA.Os outros filhos do eterno prefeito Carlos Mota,não tem força suficiente,votos e prestígio político para manter a dinastia da família.Assim,a debandada é geral,a fidelidade que as AMAZONAS pregavam a sua líder polítca era BALELA,na primeira oportunidade foram cair nos braços do PT,sem nenhuma cerimônia.

Venda de TVs para Copa foi menor do que o esperado

A indústria superestimou a produção de televisores para a Copa do Mundo. O varejo reforçou os estoques e o consumidor está comprando uma TV nova, porém num ritmo inferior ao avanço da produção. Esse descompasso explica a guerra de preços que ocorre hoje no varejo e a corrida das grandes redes de lojas para se livrar dos estoques antes do fim da Copa. Entre janeiro e abril, foram produzidos 5,6 milhões de televisores de LED na Zona Franca de Manaus, apontam dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus. Essa quantidade de TVs é 65,1% maior em relação ao fabricado no mesmo período do ano passado. De acordo a própria indústria, as vendas para o consumidor aumentaram entre 30% e 40% nos últimos meses na comparação anual. Isso significa que existe uma sobra de produto no varejo. Prova disso é que os fabricantes anteciparam as férias coletivas de dezembro para a primeira quinzena de junho e encerraram o expediente de produção de TVs para a Copa. "Não vamos comprar TVs nos próximos 30 dias", diz um executivo de uma grande rede de varejo que prefere não ser identificado. Ele afirma que as suas metas de vendas estão sendo cumpridas. Mas o fato de a rede varejista não pretender voltar tão cedo às compras indica que os estoques estão altos. "O varejo se preparou para uma venda 80% maior e o crescimento está sendo de 40%", observa uma fonte da indústria. Apesar de as vendas serem positivas, a questão é que as margens, que são pequenas, devem ser achatadas ainda mais porque os varejistas devem cortar preços, temendo o encalhe com a proximidade do fim da Copa.

Mais estudo e menos tempo ao ar livre resultam em mais gente de óculos

Um grande estudo populacional comprovou a tese de que níveis mais altos de escolaridade resultam em uma prevalência maior de miopia. Publicado na revista científica Ophthalmology, da Academia Americana de Oftalmologia, a pesquisa demonstra que, quando se trata do assunto, fatores ambientais superam a genética.

A miopia tem se tornado cada vez mais frequente no mundo, causando impacto na saúde e na economia. Os quadros mais graves são a principal causa de deficiência visual, e estão associados a risco de descolamento na retina, degeneração macular, catarata precoce e glaucoma.

Só nos EUA, 42% da população sofre de miopia. E o aumento do número de casos em países desenvolvidos da Ásia chegou a 80% nos últimos anos, o que reforça a tese de que fatores ambientais  - como hábito mais frequente de leitura e uso do computador – exercem um papel importante.

Os pesquisadores, do Centro Médico da Universidade de Mainz, avaliaram a ocorrência de miopia em mais de 4.600 alemães com idades entre 35 e 74 anos, excluindo aqueles que tiveram catarata ou passaram por cirurgia refrativa.

Os resultados do trabalho, batizado de Estudo de Gutenberg, mostram que a miopia foi mais frequente nos indivíduos com melhor nível de escolaridade:  53% dos indivíduos formados em universidades apresentaram o problema. Já entre aqueles que não chegaram a cursar faculdade, a prevalência foi de 35%. E entre os que não terminaram o colégio, de apenas 24%. A equipe também descobriu que cada ano a mais de estudo aumenta o risco de miopia.

Além disso, os autores do estudo analisaram o impacto de 45 marcadores genéticos associados à miopia na mesma população, mas concluíram que o nível de escolaridade teve um impacto mais forte na ocorrência do problema.

O antídoto para o aumento dos casos pode ser simplesmente estimular atividades ao ar livre, segundo os oftalmologistas. Nos últimos anos, estudos feitos com crianças e adultos jovens na Dinamarca e em países asiáticos mostraram que a maior exposição à luz natural foi associada a um risco menor de ter miopia. Fica a dica aos estudantes.Fonte:doutorjairo.blogosfera.uol.com.br

Chegou a hora da 'Copa das Copas' conhecer o velho Felipão

O velho Felipão está de volta. O técnico rei de mata-mata, desconfiado, que trata os rivais como inimigos e aposta no vale tudo para vencer diz ter ressurgido. Ao menos é o que ele prometeu após a classificação contra o Chile, no último sábado, após um enxurrada de lágrimas dos seus jogadores em campo. Na entrevista coletiva no Mineirão, o comandante da seleção brasileira levantou a voz e mandou um recado.

"Estamos sendo muito cavalheiros, muito educados com os estrangeiros. Falei isso com os jogadores no vestiário. Está na hora de mudar um pouco o nosso discurso. Não devemos ser apedrejados por técnicos, jogadores e imprensa estrangeira. Está na hora de eu voltar um pouco ao meu estilo: ser agressivo. Não estou conseguindo aguentar mais", disse o técnico.

A declaração soou como planejada pelo técnico, já que a pergunta feita por um jornalista sueco era sobre a atmosfera vivida pela seleção no Mineirão e sobre o risco que Scolari passou de ser eliminado precocemente na Copa.

Quem conhece bem Felipão acha que a mudança prometida faz parte de uma estratégia, uma mensagem aos jogadores. Luiz Carlos Silveira Martins, o Cacalo, ex-presidente do Grêmio e amigo do técnico, conviveu com ele na década de 1990 no clube gaúcho. Cacalo acha que o comandante da seleção está tentando mexer com um time que mostra sinais de insegurança.

"Eu não acho que ele vai mudar estilo. Eu vejo como um discurso público para mandar recado aos jogadores. Ele nunca afrouxou. Está tentando motivar o time", disse. "Não vejo o estilo dele como agressivo. A palavra que melhor descreve o jeito Felipão é irresignação. Não se entregar jamais. Ele é bom estrategista, mas é o maior comunicador com os jogadores que eu já vi. E está precisando atuar assim. O time parece inseguro", completou.

A primeira reação mais exaltada de Felipão durante a Copa do Mundo aconteceu após a estreia do time, na vitória de 3 a 1 sobre a Croácia. O pênalti marcado pelo juiz em Fred foi questionado pela imprensa internacional. O técnico se irritou e vazou informações de que havia um complô contra o Brasil.

A estratégia de procurar e apontar para um "inimigo", usada em toda a carreira do técnico como forma de motivar seus jogadores, estava armada novamente. Desde então, Felipão passou a marcar e citar todos os lances em que acredita que o seu time foi prejudicado.

O segundo alvo foi o técnico holandês Louis Van Gaal. Sem citar o nome do treinador, mandou indiretas quatro vezes na entrevista coletiva prévia ao jogo contra Camarões. Tudo porque o europeu disse que o Brasil era favorecido por jogar depois do grupo B, o que lhe dava a chance de poder escolher o rival da próxima fase.

"Ele é burro ou mal-intencionado ao falar isso", disparou Felipão, que nem tinha sido questionado sobre as declarações do holandês.

Volta ao passado

A carreira de Felipão é marcada por títulos e algumas escorregadas no fair play. Um dos casos mais marcantes na trajetória do técnico foi uma fala dele com seus atletas no Palmeiras antes de um clássico contra o Corinthians, pela Libertadores de 2000. A conversa em que o ele orientava seus jogadores sobre como agir com Edilson, então atacante corintiano, foi captada pelo microfone da TV Globo.

"Cadê a malandragem de vocês? Nunca aprendera, nada na vida? Tu sabe que ele é malandro, espeto e tal, mas é covarde. C..., cafajeste. Eu tenho um time rodado, experiente, mas que na hora do bem bom não sabe dar um pontapé, não sabe dar um cascudo, irritar o cara", gritou Scolari.

A divulgação da conversa fez os jogadores do Palmeiras, sob orientação de Scolari, não falarem mais com a imprensa até a partida. O clima tenso deu resultado. Depois de perder por 4 a 3 a primeira partida, os palmeirenses fizeram 3 a 2 na segunda e venceram na disputa de pênaltis.

O episódio está longe de ser isolado na história do treinador. Em 1996, antes da decisão do Campeonato Brasileiro, Felipão fez o lateral Arce andar com uma perna engessada na frente de jornalistas. A ideia era criar uma dúvida na comissão técnica da Portuguesa. Era um engodo do técnico, e o paraguaio jogou normalmente na partida que deu o título ao Grêmio, então comandado pelo técnico.

Em Portugal, Felipão também aprontou das suas. Logo que chegou, entrou em atrito com o presidente do Porto, queixoso de que seu clube emplacava poucos jogadores na seleção portuguesa que estava sob o comando do treinador. Em 2007, já consagrado no país, ele acertou um soco no sérvio Dragutinovic durante uma partida, o que lhe valeu uma suspensão da Uefa.

Estilo tem origem em "guru"

Uma pergunta para Felipão sobre quem é a sua maior referência profissional invariavelmente virá com o nome de Carlos Froner como resposta. O "capitão", como era conhecido, foi técnico de Felipão na década de 1970. Fez carreira no Rio Grande do Sul e chegou a ter uma passagem rápida no Flamengo de um então novato chamado Zico.

Quem conheceu Froner costuma dizer que, comparado com ele, Felipão é um moderado. Bronco, às vezes rude e boca suja, mas vencedor e muito querido pelos seus jogadores, são as descrições ouvidas pelo UOL Esporte por pessoas que conviveram com o guru de Scolari.

No livro "Alma do Penta", sobre a conquista de 2002, o jornalista Ruy Carlos Ostermann relata que Froner usava um tabuleiro onde cada jogador era representado por um cabo de vassoura. Era comum que, no meio da preleção, ele derrubasse um dos cabos para assustar o jogador em questão, dizendo: "Bandido, tu já estás te entregando!". Era o jeito dele de chamar a atenção de um atleta mais preguiçoso.

"Ele era um cara que tinha aquela coisa de linha dura, mas ao mesmo tempo um coração maior que tudo", disse Valdir Espinosa, que foi comandado pelo técnico no Grêmio. "Era um chefe excepcional, apesar de ser exigente", conclui.Fonte:Uol

domingo, 29 de junho de 2014

Médico da seleção brasileira diz que Neymar não preocupa para as quartas


O médico da seleção brasileira, José Luiz Runco, afirmou que Neymar e os outros jogadores que sofreram com problemas físicos durante a partida contra o Chile, neste sábado, deverão jogar as quartas de final contra a Colômbia, na sexta-feira. “Nenhum jogador teve um problema sério na partida. A maioria dos casos é de pancada e cãibra e ninguém preocupa. O melhor remédio agora é folga, descanso, relaxar, esfriar a cabeça. A gente tem de entender que o jogo foi às 13h, horário atípico, portanto suscetível a problemas físicos.” Runco disse que os jogadores serão submetidos a tratamento a partir de segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis.Neymar foi um dos jogadores que mais sofreu nas oitavas. Ele recebeu uma pancada forte de Aránguiz no início do primeiro tempo e jogou o resto da partida com dores. “É claro que a dor incomodou, mas deu para suportar. Esse jogo teve de tudo: dor, emoção, sofrimento. Agora vamos esfriar a cabeça, voltar a respirar e pensar no próximo jogo”, disse o camisa 10 da seleção. David Luiz, autor do gol brasileiro, deve receber tratamento especial. Ele precisou tomar uma injeção para suportar as dores de uma contratura nas costas para poder atuar diante dos chilenos. 

Para Felipão, sofrimento também pode ser um bom treino

Garantida nas quartas de final da Copa do Mundo, a seleção brasileira está de folga neste domingo – uma boa chance para que os atletas se recuperem do desgaste físico e emocional sofrido no dramático duelo com o Chile, decidido só nos pênaltis, no sábado, no Mineirão. Aliviado com a classificação, o técnico Luiz Felipe Scolari tentou encontrar a parte positiva desse sofrimento todo. “Como a seleção tem muita gente nova, situações difíceis como as que vivemos contra o Chile vão acrescentando experiência a eles. O Willian, por exemplo, errou o pênalti, mas isso vai somar algo para ele no futuro”, afirmou Felipão. Ele reconheceu que o time tem tido problemas para lidar com o nervosismo e que se assustou com alguns lances da duríssima partida de sábado. “É claro que preocupa um pouco, pois mesmo os jogadores mais experientes sentem o peso de uma Copa do Mundo. E quem disser que não sente está mentindo, pois esses não são jogos comuns.”
Como de costume, porém, Felipão já pensa em tentar usar as dificuldades como argumentos na hora de motivar e dar confiança ao grupo. “Quando se vence dessa forma, também é possível fazer disso tudo uma coisa boa. Dá para valorizar uma classificação assim.” Questionado sobre como aproveitar as lições das oitavas de final, o treinador da seleção disse que pretende trabalhar muito na redução dos erros e vacilos que um time não pode cometer numa fase eliminatória – como o lance que ocasionou o empate chileno no Mineirão, quando Marcelo e Hulk se atrapalharam na saída de bola e a bobeada complicou o jogo. “Fizemos o gol e aí tomamos o empate depois de um erro na cobrança de lateral, que é algo que não se admite no futebol. Depois, tivemos boas chances de fazer o segundo mas perdemos essas oportunidades por detalhes. Depois de um jogo assim, recupera-se a equipe mostrando como ganhamos, por que ganhamos, e também o que fizemos de errado”, explicou.
Assim como no jogo contra o México, na fase de grupos, Felipão lamentou as falhas de finalização. “Quem não aproveita suas oportunidades pode pagar caro, como aprendemos contra o Chile na hora daquela bola no travessão”, avisou, lembrando do chute perigosíssimo de Pinilla nos últimos momentos da prorrogação. “Vamos ver se cometemos menos erros daqui para frente, porque talvez da próxima vez a gente não tenha a sorte que teve contra o Chile depois de 118 minutos de jogo.” Mesmo esperando minimizar os equívocos evitáveis, como a bobagem que ocasionou o gol chileno, Felipão prevê novos “testes para cardíacos” nesta Copa. “A cada jogo o nível vai subindo, a dificuldade vai aumentando. São jogos emocionantes porque a Copa tem promovido duelos muito equilibrados, muito idênticos.” E mesmo nesse clima de altíssima tensão, Felipão continua se esforçando para manter um discurso otimista. “Não é fácil jogar uma Copa em casa. Existe apreensão, é claro, mas vamos superando tudo com as vitórias.”

Quase 90% dos professores brasileiros se sentem desvalorizados, diz estudo

Quase 90% dos professores brasileiros acreditam que a profissão não é valorizada na sociedade. Mesmo assim, a maioria está satisfeita com o emprego. O resultado foi apresentado semana passada pela Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Talis) da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) que ouviu 100 mil professores e diretores escolares em 34 países.

De acordo com o levantamento, somente 12,6% dos professores brasileiros consideram-se valorizados. A proporção está abaixo da média internacional, de 30,9%. No entanto, 87% dos professores brasileiros consideram-se realizados no emprego, próximo da média global de 91,1%.

Apesar de não se sentirem valorizados, os professores brasileiros estão entre os que mais trabalham, com 25 horas de ensino por semana, seis horas a mais do que a média internacional. Em relação ao tempo em sala de aula, os professores brasileiros ficam atrás apenas da província de Alberta, no Canadá, com 26,4 horas trabalhadas por semana, e do Chile, com 26,7 horas.

Mesmo trabalhando mais que a média, os professores brasileiros gastam mais tempo para manter a ordem em sala de aula. Segundo o levantamento, 20% do tempo em sala é usado para controlar o comportamento dos alunos, contra 13% na média internacional.

Todos os entrevistados na pesquisa dão aula para a faixa etária de 11 a 16 anos. A publicação também mostra que nos países em que os professores se sentem valorizados, os resultados no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) tendem a ser melhores.

Quanto à formação, mais de 90% dos professores brasileiros dos anos finais do ensino fundamental concluíram o ensino superior, mas cerca de 25% não fizeram curso de formação de professores. Segundo a falta de especialização reflete-se no ensino. Professores com conhecimento de pedagogia e de práticas das disciplinas que lecionam relataram se sentir mais preparados do que aqueles cuja educação formal não continha esses elementos.

Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), os dados serão incorporados aos dados do Censo Escolar e das avaliações nacionais, para que se possam criar descrições ainda mais detalhadas da situação educacional brasileira.FonteÛol

‘Day after’ de Júlio César tem pastel de feira e assédio

Um dia após brilhar na classificação do Brasil para as quartas de final da Copa do Mundo, Júlio César fez algo comum para milhares de brasileiros. Ou melhor, tentou, como destacou Susana Werner.
Em sua conta no Instagram, a esposa do goleiro da seleção brasileira mostrou o assédio ao marido enquanto ele comia um pastel de feira.
“Será q ele vai conseguir comer pastel e caldo de cana?”, escreveu Susana. Pela foto, dá para imaginar que Júlio César terá um pouco de dificuldade para matar a fome…

Talisca nega ida para Udinese: Não autorizei nenhuma negociação do Bahia

O meia Anderson Talisca viu seu nome envolvido em mais um possível negócio. Desta vez, a Udinese, da Itália, demonstrou interesse no jogador do Bahia.
 
Porém, ainda não será dessa vez que ele deixará o Fazendão. O clube italiano procurou o Tricolor e propôs um parcelamento do pagamento, o que não foi aceito.
 
Além disso, Talisca, em entrevista ao Galáticos Online, revelou que não aceita nenhuma negociação em que apenas empresários que não tenham relação com ele saiam lucrando. "Sou atleta e não autorizei nenhuma negociação do Bahia para vender meus direitos econômicos", disse.
 
A lei exige a anuência do atleta em qualquer negociação. No caso do meia, o ex-presidente Marcelo Guimarães Filho já havia cedido parte dos seus direitos sem sua autorização.
 
Anderson Talisca garantiu, ainda, que está disposto a entrar na Justiça para evitar que detentores de seus direitos econômicos, sem sua anuência, recebam qualquer valor de uma possível negociação.
 
Já o Esquadrão pretende manter o meia, que tem contrato até 2017, pelo menos até dezembro deste ano, para a disputa da Série A, e só ao final do ano vender o jogador.

Torcida do Brasil no Mineirão tem maioria branca e rica, diz Datafolha

A percepção de pessoas que defendem que quem vai ao estádio, na Copa do Mundo, é a “elite branca” pode não estar tão errada. Em pesquisa realizada pelo Datafolha no jogo entre Brasil e Chile neste sábado (28), no Mineirão, 67% dos 693 entrevistados se declararam brancos e 90% pertencem às classes A ou B. Os porcentuais diferem do perfil da população brasileira, em que 41% se declaram pardos – contra 24% presente no estádio – e 6% pretos – no país, são 15%. O instituto de pesquisa também mediu a avaliação da presidente Dilma Rousseff, que foi pior do que a média geral. Quem acompanhou o jogo no estádio de Belo Horizonte considera a gestão ruim ou péssima (55%), quando em pesquisa realizada entre brasileiros no início de junho revelou que 38% das pessoas classificam o governo como regular e 33% como ótimo ou bom. Mesmo assim, 61% dos ouvidos na capital mineira disseram não concordar com os xingamentos na abertura do mundial. O torcedor que foi ao estádio também é bastante escolarizado (86% com ensino superior), tem média de 34 anos e é predominantemente masculina (75%). Praticamente metade dos presentes eram mineiros.

Número de casos de dengue pode ser 10 vezes maior do que o registrado

O Ministério da Saúde registrou, até o último dia 14, 590.004 casos de dengue no Brasil. Mas para infectologistas ouvidos pela Folha de S. Paulo o número pode ser até dez vezes maior do que os dados oficiais sugerem. No país, a notificação de casos suspeitos e confirmados da doença é obrigatória. Porém, há muita burocracia e, em algumas vezes, os exames comprobatórios nem ao menos são realizados. Isso faz com que as autoridades de saúde não consigam planejar adequadamente as ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor. "Com registro correto, é possível direcionar as ações de controle do mosquito para uma região, avaliar tendência de crescimento ou declínio da doença, estruturar a rede de assistência e ver se os programas implantados estão dando resultado", diz Rodrigo Angerami, da Sociedade Brasileira de Infectologia. Para Luiz José de Souza, infectologista e presidente da Sociedade de Clínica Geral do Rio, as notificações estão muito aquém da realidade. "No atendimento público, são tantos casos de suspeita que os médicos não têm tempo para registrar todos. É preciso multiplicar por dez", diz. Outro problema é a semelhança dos sintomas com outras doenças e o tratamento simples, muitas vezes prescrito sem exames. Segundo o infectologista Filipe Prohaska, uma das fichas cadastrais tem mais de 60 itens. "Não há tempo para o médico fazer o atendimento e preenchê-la, com fila de espera de pacientes", reclama. O Ministério da Saúde nega que haja subnotificação e afirma que destinou R$ 363 milhões para o aprimoramento das atividades de prevenção e controle da doença nos municípios, dos quais R$ 53,6 milhões para sedes da Copa.

Maradona chama Pelé e Beckenbauer de idiotas

O argentino Diego Armando Maradona acusou, em seu programa de televisão, Pelé e Franz Beckenbauer de defenderem a Fifa apenas por interesses particulares. “Hoje estive revendo algumas besteiras que Pelé e Beckenbauer disseram, de que estavam de acordo com a Fifa. Claro! Como não vão estar, se são pagos por eles? É uma vergonha!”, disse o argentino. “Estes dois, que saíram do museu, dizem coisas estúpidas porque são dois idiotas. No fim das contas, são dois idiotas, a mando do chefe”, disse, referindo-se ao presidente da Fifa, Joseph Blatter.
As críticas feitas no programa De Zurda, exibido na emissora venezuelana Telesur, foram motivadas pela punição ao atacante uruguaio Luis Suárez, por causa da mordida no italiano Giorgio Chiellini. Segundo Maradona, Pelé e Beckenbauer nunca foram exemplos de jogo limpo. “Fico louco com essa gente, porque querem defender o indefensável. Os dois deveriam estar calados. Pelé lesionou vários companheiros de profissão, e Beckenbauer dava cada cotovelada no ombro que até poderia te matar.”

Holanda marca dois no fim e aumenta maldição mexicana

Contando com o calor de Fortaleza e a força da torcida que invadiu o Castelão a seu favor, o México teve a classificação nas mãos, mas levou dois gols da Holanda nos minutos finais e foi eliminado nas oitavas de final pela sexta vez consecutiva com uma inacreditável derrota por 2 a 1. O México saiu na frente com Giovani dos Santos e segurou a vantagem com grandes defesas de Guillermo Ochoa até os 43 minutos da segunda etapa. No entanto, os gols de Wesley Sneijder e Klaas-Jan Huntelaar frustraram o sonho mexicano de igualar as melhores campanhas de sua história (apenas em 1970 e 1986, quando sediou o Mundial, a equipe chegou entre os oito melhores). Ao final do jogo, torcedores e atletas mexicanos pareciam não acreditar no apagão dos minutos finais e deixaram a arena cearense chorando. Na próxima fase, a Holanda enfrentará o vencedor de Costa Rica e Grécia, no próximo sábado, em Salvador.

Desde o início, Louis Van Gaal teve problemas para armar a equipe holandesa. Logo aos oito minutos, o técnico se viu obrigado a mexer na formação tática do time, quando o volante Nigel De Jong saiu lesionado para a entrada do zagueiro Bruno Martins. Com isso, Daley Blind, que vinha se destacando na lateral-esquerda neste Mundial, foi jogar no meio-de-campo e o atacante Dirk Kuyt foi deslocado para a ala. Talvez por isso, a Holanda tenha se fechado e dado muitos espaços para os mexicanos. O meia Miguel Layún arriscou duas vezes de fora da área, mas a bola foi para fora. Aos 16 minutos, Giovani dos Santos e Oribe Peralta fizeram boa tabela e a bola chegou a Héctor Herrera, que girou e bateu com muito perigo, à direita da meta de Jasper Cillessen. Três minutos depois, o mesmo Herrera dividiu bola com Ron Vlaar e Stefan De Vrij na área. O mexicano reclamou que ambos os adversários levantaram demais a perna na jogada, mas o árbitro português Pedro Proença nada marcou.

A Holanda parecia disposta a repetir a estratégia do último jogo, contra o Chile: segurar o ímpeto do rival na primeira etapa e guardar energias para a segunda metade. No entanto, o México atrapalhou completamente os planos de Van Gaal já no segundo minuto: o meia Giovani dos Santos se livrou bem da marcação na entrada da área e chutou forte, de esquerda, sem defesa para Cilessen.  Pouco depois, Peralta voltou a assustar em chute de longe, mas desta vez o goleiro holandês voou para fazer a defesa. A Holanda se viu obrigada a encarar o calor cearense e foi ao ataque, mas esbarrou em mais uma tarde inspirada do goleiro Guillermo Ochoa. Aos 12 minutos, De Vrij desviou após cobrança de escanteio, mas Ochoa defendeu com incrível reflexo (a bola ainda bateu na trave no lance).

Aos 28 minutos, voltou a aparecer o talento de Robben e a estrela de Ochoa. O atacante holandês invadiu a área deixando zagueiros para trás e bateu de direita, mas o goleiro mexicano fechou muito bem o ângulo. No, entanto, quando tudo parecia perdido para a Holanda, o meia Sneijder, carrasco do Brasil em 2010, pegou sobra na área e empatou o jogo com um violento tiro de direita. O México acusou o golpe e cedeu espaços aos atuais vice-campeões nos acréscimos. Aos 48 minutos, o experiente zagueiro Rafa Márquez derrubou Robben na área e o juiz apitou a penalidade. Na cobrança, Huntellar deslocou Ochoa e fez chorar os mexicanos no Castelão.

Dilma tenta, mais uma vez, usar o ódio como um ativo eleitoral!

A presidente Dilma Rousseff, a criatura, participou da convenção do PT baiano que oficializou a candidatura de Rui Costa ao governo do Estado. Disse que estava feliz por estar lá no momento em que seus “adversários apelam para o ódio, apelam para os xingamentos e apelam para a política desqualificada”.

De novo essa conversa! Muito bem! Desafia-se aqui qualquer petista a demonstrar em que momento as oposições recorreram a esses expedientes. Isso nunca aconteceu! O PT, sim, é um “odiador” profissional. Quando, em 2003, Lula, o criador, lançou a tese vigarista da “herança maldita”, estava fazendo o quê? Amando? Até porque a herança era bendita. Quem xingou Dilma no Itaquerão não foi a oposição, mas os torcedores.

Lula também estava presente, claro! O homem falou, ora vejam, da necessidade de uma reforma que moralize a política. O chefão petista que, até agora, nega a existência óbvia do mensalão, se apresenta como um moralizador. Parece piada. O PT, como sabemos, insiste em fazer um plebiscito para arrancar uma constituinte exclusiva para fazer tal reforma. O expediente só seria benéfico ao próprio partido.

O ex-presidente estava mesmo propenso à piada. Afirmou que o tal “mercado” nunca apoiou o PT, o que, obviamente, é mentira. Basta ver as doações que os petistas receberam e recebem do tal “mercado”. Aliás, é do próprio Lula a frase de que o setor financeiro nunca lucrou tanto como em sua gestão, o que é verdade.

Por Reinaldo Azevedo(Veja)

sábado, 28 de junho de 2014

Mega-Sena sorteia R$ 43 milhões; veja as dezenas

O sorteio 1.612 da Mega-Sena, realizado neste sábado (28) em Nova Veneza (SC), sorteou as seguintes dezenas:

06 - 13 - 17 -  36 - 42 - 51

O prêmio é de R$ 43 milhões e teve duas apostas vencedoras, de acordo com as informações da Caixa Econômica Federal.

Cada uma das apostas que acertaram todas as seis dezenas vai receber premiação de R$ 21.337.822,84. Elas são de apostadores de Feira da Santana, na Bahia, e do Rio de Janeiro, capital.

A quina teve 261 premiados para o valor de R$ 14.506,18, e a quadra, 16.822 acertadores, que vão levar R$ 321,52.

Como ninguém havia acertado o concurso anterior, o prêmio estava acumulado.

O sorteio do próximo concurso será realizado na próxima quarta-feira (2).

Brasil reclama da caçada a Neymar – e teme até perdê-lo

A comissão técnica da seleção brasileira avisa que há uma explicação muito simples para a atuação irregular de Neymar neste sábado, contra o Chile, em Belo Horizonte: o craque jogou quase a partida inteira sentindo fortes dores, que resultaram de uma entrada violenta logo no início da partida. “Foi na primeira jogada dele, aos cinco ou dez minutos, quando o adversário bateu pesado”, disse o técnico Luiz Felipe Scolari. Na verdade, o lance ocorreu ainda antes, aos 3 minutos, e o autor da falta, que provocou uma lesão na coxa de Neymar, foi Aránguiz. “Não conseguimos entender como alguém que bate daquela forma não leva cartão”,
reclamou o treinador. “A coxa do Neymar está deste tamanho.” Felipão chegou a colocar em dúvida a participação de seu camisa 10 na partida das quartas de final, contra a Colômbia, em Fortaleza, marcada para sexta-feira. “Teremos três ou quatro dias para tentar tratar dele, reduzir esse inchaço e ver se conseguimos colocá-lo no próximo jogo”, explicou Felipão, que deu folga aos jogadores até a noite de domingo (e pediu aos jornalistas que deixem seus atletas em paz nesse dia livre).

Mesmo sem ter repetido as atuações inspiradas da primeira fase, quando foi decisivo para o Brasil, o jovem craque segue em alta com o técnico depois da batalha deste sábado. “Neymar tem 22 anos, mas é experiente como se tivesse 35. É um jogador maduro, pronto. Ele lida com muita naturalidade com a falta de experiência que resulta de sua pouca idade”, avalia Felipão, que destaca a força mental do atleta para absorver a pressão e não se intimidar. “A trajetória de vida dele mostra que estava pronto desde os 17 anos. Ele é simples: gosta de jogar futebol, e é isso que ele quer fazer. Foi bater o último pênalti como se estivesse disputando uma pelada em Santos. Ele esquece se está batendo pênalti na Copa do Mundo ou na brincadeira com os amigos na praia.” Neymar recebeu cinco faltas na partida deste sábado. Tanto não se intimidou com o jogo de forte contato do Chile que ele próprio cometeu quatro infrações.
O craque ainda recuperou onze bolas para o Brasil, mostrando que sua importância não se restringe ao ataque – e revelando o quanto sua ausência pode pesar no encontro com os colombianos.

Preço de remédios de tarja preta e vermelha pode cair 11%

O governo publicou na sexta-feira (27) a atualização da lista de substâncias usadas na produção de remédios de tarjas preta e vermelha, e que têm isenção de PIS/Cofins. Com a isenção, a expectativa da indústria farmacêutica é uma queda de até 11% nos preços desses medicamentos. A última vez que o governo atualizou a lista, que hoje tem 1.643 itens, foi em 2007.

A estimativa de redução é da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma). Entre os produtos, estão os remédios para tratamento de câncer, de uso crônico, como para hipertensão, diabetes e asma. Ao todo, a lista, publicada no Diário Oficial da União traz 174 itens que terão a isenção. As substâncias fazem parte da composição de medicamentos de tarja preta, vermelha e de alguns produtos para hemodiálise e para alimentação por sonda. Com a atualização, 75,4% dos medicamentos vendidos no país ficarão isentos de PIS/Cofins, segundo o Ministério da Saúde.

Fernando Sampaio, diretor da Interfarma, explica que a Lei 10.147/00 prevê que todos os produtos com as tarjas podem ter a isenção, mas o incentivo fiscal ocorre somente quando o remédio tem os princípios ativos listados em decreto.

“Hoje, mais de 65% do faturamento do setor farmacêutico já estão isentos. São os produtos para as doenças mais graves, doenças crônicas, doenças contagiosas. Os que não estão são os sem prescrição, e os para doenças menos graves, exemplo disfunção erétil, obesidade”, disse Sampaio, acrescentando que “o ideal é que o beneficio fosse para todos os produtos com tarja ou que todo ano o governo publicasse uma lista”.

De acordo com o Ministério da Saúde, a seleção das substâncias isentas leva em consideração se o remédio é para patologias crônicas e degenerativas; se atende aos programas de saúde do governo instituídos por meio de políticas públicas e se o produto é essencial para a população. Para terem o incentivo, os medicamentos devem estar sujeitos à prescrição médica, ser identificados por tarja vermelha ou preta e destinados à venda no mercado interno.

Sem sexo em casa

A questão da semana é o caso da internauta cujo marido nunca quer fazer sexo. Ela não sabe se o abandona ou arranja um amante. Não tenho dúvida de que o sexo no casamento é o maior problema enfrentado pelos casais.

Todos os dias, os sete bilhões de habitantes do planeta mantêm 120 milhões de relações sexuais. Numa pesquisa o sexólogo colombiano Heli Alzate concluiu que 99% das relações sexuais de um casal, durante sua vida conjugal, são para a busca do prazer. Embora, muito diferente de outras épocas, em que a função do sexo no casamento era a reprodução, em grande parte dos casos esse prazer não é encontrado.

Durante um longo período, o casamento visou apenas à união econômica e política das famílias, nunca tendo sido considerado lugar de amor. Acreditava-se que era algo muito sério para se misturar a emoções tão fugazes. Por isso marido e mulher eram proibidos de se lançarem um ao outro com ardor.

No século 12 havia o consenso de que entre o casal poderia haver estima, mas nunca amor, porque o amor sensual, o desejo, o impulso do corpo seria a perturbação, a desordem. Contudo, as mulheres não podiam se esquivar do dever conjugal e deveriam, portanto, se dobrar às exigências do marido.

A ausência de desejo no casamento só passou a ser problema quando, recentemente, o amor e o prazer sexual se tornaram primordiais na vida a dois e se criaram expectativas em relação a isso. Jornais, revistas e programas de TV fazem matérias, tentando encontrar uma saída para a falta de desejo sexual no casamento. Como resolver a situação de casais que, após alguns anos de vida em comum, constatam decepcionados terem se tornado irmãos?

Alguns dizem que é necessário quebrar a rotina e ser criativo, o que não passa de um equívoco. É o desejo sexual intenso que leva à criatividade, e não o contrário. Quando não há tesão, a pessoa só quer mesmo dormir. Outros dão sugestões concretas: ir a um motel, viajar no fim de semana, visitar uma sex-shop. Contudo, quem se angustia com essa questão sabe que as sugestões apresentadas de nada adiantam. Desejo sexual não se força, existe ou não.

Ao contrário do que pensam alguns internautas que comentaram a questão, não significa que a mulher tenha naturalmente menos desejo sexual que o homem. Estudos recentes mostram que a sexualidade de ambos os sexos é fisiologicamente parecida. Assistindo a um filme com estímulos sexuais, a vagina fica tão intumescida quanto o pênis.

Apesar de a maioria das mulheres desejarem relacionamentos românticos, pesquisas do sexólogo americano Jack Morin mostraram que quando se trata de produzir excitação sexual, o sexo explícito é o que deixa as mulheres com mais desejo, como acontece com os homens.

Mas o número de homens que perdem o desejo sexual no casamento é bem menor do que o de mulheres. Para cada homem que não tem vontade de fazer sexo há, pelo menos, três mulheres nessa situação. Alguns fatores podem contribuir para isso.

Em primeiro lugar, o homem, na nossa cultura, é estimulado a iniciar a vida sexual cedo e se relacionar com qualquer mulher. Outra razão seria a necessidade de expelir o sêmen e, por último, a sua ereção seria mais rápida do que a da mulher, na medida em que necessita de menos quantidade de sangue irrigando seus órgãos genitais.

Mesmo que os dois se gostem, a rotina, a excessiva intimidade e a falta de mistério acabam com qualquer emoção. Busca-se muito mais segurança que prazer. Para se sentirem seguras, as pessoas exigem fidelidade, o que sem dúvida é limitador e também responsável pela falta de desejo.

A certeza de posse e exclusividade leva ao desinteresse, por eliminar a sedução e a conquista. Familiaridade com o parceiro, associada ao hábito, podem provocar a perda do desejo sexual, independente do crescimento do amor e de sentimentos como admiração, companheirismo e carinho.

Não é necessário dizer que existem exceções, e que em alguns casais o desejo sexual continua existindo após vários anos de convívio. Mas não podemos tomar a minoria como padrão. O que fazer então? Penso que está mais do que na hora de homens e mulheres refletirem a respeito do modelo de casamento vivido na nossa cultura, se quiserem viver com mais satisfação e prazer.Fonte:Uol

Corneta, sofrimento e euforia. Galvão tem narração dividida em 3 fases

O narrador Galvão Bueno viveu três fases durante os 120 minutos das oitavas de final da Copa do Mundo, quando o Brasil venceu o Chile nos pênaltis após empate por 1 a 1. Primeiro, ele cornetou a arbitragem, depois, sofreu com o empate e, por último, ele foi ao delírio com a classificação.

A corneta começou com a queda de Hulk na área. Tanto Galvão como Arnaldo cravaram que o atacante brasileiro foi derrubado e que Howard Webb deveria ter marcado pênalti.

No entanto, o auge das reclamações com o juiz aconteceu no segundo tempo. Após Hulk dominar a bola no braço e fazer o gol, a arbitragem anulou o lance. Galvão reclamou que a bola acertou o ombro, a manga da camisa, e não teria tocado na mão do jogador.

Depois de um choque entre Daniel Alves e Pinilla, já na prorrogação, o narrador voltou a criticar o juiz. “Arnaldo, é uma péssima arbitragem de um juiz da final da Copa do Mundo. Péssimo Howard Webb”, disse.

Webb foi esquecido com a possibilidade dos chilenos virarem a partida contra o Brasil. “Fecha, fecha, fecha”, narrou o locutor em um lance de perigo da seleção do Chile.

Ao começar o segundo tempo da prorrogação, Galvão soltou seu tradicional bordão para momentos de tensão: “prepare seu coração!'', anunciou. “O jogo é nervoso, o jogo é dramático'', disse já com a bola rolando.

No final da prorrogação, o nervosismo do narrador se transformou em uma bronca. “Thiago, não é o momento de baixar a cabeça. É o momento de mostrar firmeza!'', reclamou, ao ver o capitão brasileiro sendo consolado por Paulinho.

A empolgação começou a tomar conta quando Júlio César defendeu os dois primeiros pênaltis.  “O Júlio fez o gol dele na Copa do Mundo'', falou após a primeira batida.  “É Júlio! É Júlio! É Júlio! É Júlio César do Brasil! Se agiganta Júlio César, que espetáculo!'', repetiu.

Após a conquista da vaga, ficou evidente a euforia de Galvão, que chegou a perder sua voz rouca na comemoração. “O Brasil vai para Fortaleza! Vamos todos para Fortaleza! Que todo mundo beije Júlio César! Com Colômbia, com Uruguai, venha quem vier!'', gritou.

“A voz faltou porque me emocionei'', admitiu na sequência. “Quando o Jefferson e o Victor foram abraçar o Júlio César (fica em silêncio por alguns segundos). O Victor deu uma medalhinha que ele usou na Libertadores, quando defendeu os pênaltis no Atlético-MG. Nesta hora vale tudo'', completou.

“Eu tenho dez Copas do Mundo narrando, esses caras (Ronaldo e Casagrande) tem Copa do Mundo jogando, o Arnaldo apitou final de Copa do Mundo… Mas eu vou dizer uma coisa… Pode chorar, pode fazer o que quiser. O Ronaldo desabou! Que tenha sido hoje Casa… Olha os olhos do Casa!'', relatou Galvão Bueno, desconcertado.

Mineirão tem infarto na hora dos pênaltis e outros 60 atendimentos médicos


A vitória da seleção brasileira nos pênaltis foi emocionante demais para pelo menos um torcedor no Mineirão. O posto médico do estádio atendeu e removeu um homem com suspeita de infarto, logo após a última cobrança e consequente triunfo diante do Chile. Além deste caso, outros 60 atendimentos foram realizados no palco da partida válida pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

A Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais ainda não divulgou detalhes dos atendimentos, mas com a grande demanda o posto médico privado instalado no Mineirão vetou até o acesso da imprensa para conseguir dar conta das entradas.

No entorno, o posto médico avançado da SAMU registrou outros oito atendimentos e um encaminhamento para o hospital. O homem deslocado é de El Salvador, mas reside na Califórnia, Estados Unidos.

Ainda de acordo com o informe oficial, outras 28 pessoas foram atendidas na Fan Fest de Belo Horizonte, instalada no ExpoMinas. Três delas foram encaminhadas para hospitais da capital mineira, por se tratar de casos mais urgentes.

Felipão confirma David Luiz e Fernandinho para jogo contra o Chile

Passado o susto, o Brasil terá David Luiz em campo neste sábado, diante do Chile, no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O zagueiro recuperou-se de dores nas costas e está confirmado entre os titulares de Felipão para o jogo decisivo. Fernandinho também está confirmado, na vaga de Paulinho.

O problema de David começou nesta quinta-feira, quando o jogador deixou o treino mais cedo, sentindo uma contratura nas costas.

Na sexta, chegou a participar de parte dos treinamentos, mas novamente saiu antes do restante do elenco, para realizar exames. Não foi apontada nenhuma lesão, mas, mesmo assim, o zagueiro não tinha sido confirmado entre os titulares.

O zagueiro brasileiro foi considerado pelo sistema de ranking da Fifa o terceiro melhor jogador da Copa do Mundo até o momento, e está na seleção da primeira fase.

Caso bata o Chile, e avance no Mundial, a seleção brasileira terá um dia de folga neste domingo.

Com SDD em apoio a Souto, Argôlo prestigia convenção estadual do PT

Apesar do apoio do Solidariedade ao candidato das oposições ao governador, Paulo Souto, o deputado federal Luiz Argôlo (SDD) esteve na convenção estadual do PT, que oficializou nesta sexta-feira (28) a candidatura de Rui Costa ao cargo, de acordo com a coluna Tempo Presente do jornal A Tarde. Argôlo, que é alvo de duas representações no Conselho de Ética da Câmara Federal, por suspeita de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava-Jato, segue o núcleo da legenda que apóia o petista, liderado pelo também parlamentar Marcos Medrado (SDD). As expectativas de Argôlo sobre os processos não são muito positivas. “Se o julgamento lá fosse jurídico, eu estava 1.000% confiante. Mas é político”, disse ele à coluna. Na última quinta-feira (26), Costa já havia defendido o deputado. “O STF negou o pedido de abrir processo contra ele, não havia indício. Eu tenho que confiar na decisão do juiz da Suprema Corte”, disse em entrevista ao programa Acorda para Vida, da Rede Tudo FM.Fonte:Bahia Noticias

Rosemberg rebate Simões: 'Souto atendia a prefeitos em pé e só por 3 minutos'

Em resposta à comparação feita pelo colega de Assembleia Legislativa, Luciano Simões (PMDB) – que vê semelhança entre a campanha do candidato a governador do PT Rui Costa à do jurista Josaphat Marinho, em 1986 –, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) também usou analogia para atacar o adversário. Na avaliação do petista, a postura do atual postulante do DEM, Paulo Souto, deve ser remetida aos seus oito anos de comando da Bahia. "Acho que o colega deputado ficou mesmo assustado com a repercussão daquela que foi a maior convenção já realizada na Bahia. Realmente foi a convenção da virada. Na minha opinião, vai acontecer o mesmo que aconteceu nas eleições anteriores, ou seja, Paulo Souto larga na frente, vai cansando, perdendo fôlego e perde as eleições no primeiro turno", apostou. Segundo o parlamentar, a diferença entre Costa e Souto é de "estilo". "Rui é um jovem humildade, nascido e criado na periferia. Conhece a Bahia como poucas pessoas. Além disso, gosta de atender aos prefeitos, às lideranças do interior. O candidato apoiado pelo deputado Luciano Simões representa o passado, um tempo em que os prefeitos eram atendidos em pé. Ninguém aguenta mais Paulo Souto e seus três minutos em pé para atender ao povo do interior baiano", disparou.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Porto Seguro: radialista, candidatos a prefeito e vice são condenados pelo TRE

O ex-prefeito e radialista José Ubaldino Alves Pinto Júnior e os candidatos a prefeito e vice de Porto Seguro, nas eleições de 2012, Lúcio Caires Pinto e Leandro Moreira da Silva, respectivamente, foram condenados por abuso de meios de comunicação e poder econômico. A decisão foi publicada na quinta-feira (26), no Diário da Justiça.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), eles estão inelegíveis pelo período de oito anos. O TRE acolheu o pronunciamento da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia, que não se limitou à constatação do abuso. O procurador regional eleitoral auxiliar, André Batista Neves, também comunicou os fatos e encaminhou cópia do processo ao Ministério das Comunicações, que instaurou processo de apuração de infração contra a emissora, devido à violação às regras da concessão do serviço de radiodifusão sonora.

O radialista é irmão de Lúcio Caires Pinto e, na época, possuía um programa na “Porto Brasil FM”, com cerca de 90% de alcance no município. De acordo com o TRE, durante a campanha eleitoral de 2012, o comunicador, de forma abusiva, deu tratamento privilegiado aos candidatos Pinto e Silva em seu programa. José Ubaldino é presidente municipal PMDB e ex-prefeito de Porto Seguro. Fonte:Bocão news

Roseana afirma que não disputará mais eleições

Três dias depois de José Sarney ter desistido de se recandidatar ao Senado, a filha dele, Roseana Sarney, informa que não disputará mais nenhuma eleição depois que deixar o cargo de governadora do Maranhão. Pretende se dedicar à família e cuidar da saúde.

Em discurso na convenção do PMDB do Maranhão, nesta sexta-feira (27), Roseana declarou: “Estou me despedindo, não da política, mas das eleições, porque vou continuar trabalhando pelo Maranhão.'' Depois, em conversa telefônica com o repórter Gerson Camarotti, veiculada no canal Globo News, a governadora se queixou das críticas que associam sua atuação à história do pai.

Roseana afirmou que está perdendo sua biografia, está virando apenas a filha do Sarney. Acha que dispõe de uma vida política própria. Recorda, por exemplo, que foi a primeira mulher a eleger-se governadora no país. Diz que sempre lutou pela valorização das mulheres.

A exemplo do pai, Roseana afirmou que pretende dedicar-se mais à família. Alegou que a mãe, Marly Sarney, está adoentada. Planeja também cuidar da própria saúde.

Instada a comentar a dupla aposentadoria dos Sarney, Roseana declarou que ela e o pai tiveram carreiras vitoriosas. Mas, segundo disse, “chegou a hora” de ambos se retirarem da vida pública. Até para abrir espaço para o surgimento de novas lideranças.

No momento, Roseana pega em lanças para eleger como seu sucessor o suplente de senador Lobão Filho (PMDB), que é herdeiro político de Edison Lobão, que ocupa a poltrona de ministro de Minas e Energia como apadrinhado de José Sarney. Quer dizer: no Maranhão, os Sarney tentam virar a página. Para trás.Fonte:josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br

Confiantes e "rebeldes", chilenos se dizem prontos para vencer Brasil

A palavra medo não faz parte do dicionário chileno às vésperas do jogo decisivo das oitavas de final da Copa do Mundo contra o Brasil. Apesar da tradição inferior e do retrospecto desfavorável, a seleção andina esbanja confiança diante da favorita equipe de Luiz Felipe Scolari.

Com um discurso corajoso, o técnico Jorge Sampaoli reconhece as qualidades adversárias, mas pede uma postura aguerrida aos seus jogadores.

"Sabemos que será um jogo intenso e muito difícil. A valentia e a rebeldia terão muito importância. Temos que nos posicionar diante de um estádio, de um país, de uma história que eles têm. E esse grupo tem essa característica de lutar contra isso", disse o comandante chileno.

E os confiantes jogadores parecem entender o pedido do chefe. Confiantes, eles acreditam que o Chile está pronto para vencer o Brasil e surpreender um Mineirão lotado neste sábado.

"Esse grupo está convicto que pode vencer. Podemos mudar a história. É uma linda oportunidade para mudar esse destino. Estamos muito preparados e convencidos de que podemos passar a diante", contou o lateral esquerdo Eugenio Mena.

Nem mesmo o possível desfalque de Gary Medal e a situação complicada de Arturo Vidal, que vai para o jogo com dores no joelho, assustam.

"O espírito de todo o grupo está muito bom. Vamos para cima dessa vitória", encerrou Mena.

Com Dilma e Lula, PT baiano oficializa candidatura de Rui Costa

A partir das 9h, no Parque de Exposições, em Salvador, o PT na Bahia oficializa em convenção a candidatura de Rui Costa (PT) para a disputa do governo do estado. O partido garante uma grande festa, que contará, além do governador Jaques Wagner, com as presenças da presidente Dilma Rousseff, e do ex-presidente Lula, que devem chegar ao ato às 11h.

Na oportunidade, também se confirmará a candidatura de Otto Alencar (PSD), ao Senado. João Leão, que disputa a vice, teve a candidatura homologada ontem. Deputados estaduais e federais, além dos líderes de partidos aliados se juntam ao coro petista que entra na briga para ganhar musculatura para a disputa contra o Paulo Souto (DEM), candidato oposicionista.

A convenção também servirá de espaço para o lançamento do Programa de Governo Participativo (PGP 2014), construído em processo capitaneado por Rui Costa. Desde o início do ano, uma caravana cobriu os 27 Territórios de Identidade do estado, com o objetivo de incorporar propostas.

De acordo com Rui Costa, a construção do PGP 2014 utilizou três estratégias de abordagem - plenárias territoriais, reuniões setoriais-temáticas e contribuições oriundas da participação digital, via internet, em e-mails, sites e redes sociais.

“É um programa com a cara da Bahia”, como Rui faz questão de destacar. Para o candidato, “transformar o conteúdo participativo em realidade de governo é um compromisso dos partidos coligados com a construção de uma Bahia cada vez mais democrática e transparente”.
O Bocão News trará todos os detalhes do evento.

TSE cassa mandato de Capitão Tadeu; decisão cabe recurso

A ministra Luciana Lóssio, em decisão monocrática, cassou o mandato do deputado estadual Capitão Tadeu (PSB), na última quarta-feira (25). O motivo são os cerca de 12 mil votos que pertencem a Vank Medrado, do PSL, ex-candidato a deputado estadual. Em dezembro de 2010, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considerou válidos os votos obtidos pelo ex-candidato, promovendo uma mudança no coeficiente eleitoral que acabou derrubando o deputado estadual eleito Carlos Brasileiro do PT e promovendo Tadeu para a vaga. Em entrevista ao Bahia Notícias, a advogada de Capitão Tadeu, Cristiane Sandes, informou que espera apenas a publicação para recorrer da decisão."Como saiu na quarta-feira, ainda não foi publicada no Diário. Estamos esperando essa publicação para recorrer. Enquano isso, Tadeu continua legislando", garantiu. Ainda de acordo com a defesa do deputado, a Polícia Federal concluiu um inquérito que aponta fraude no pedido de reconsideração dos votos de Vank. "A ministra, que foi advogada da campanha de Dilma Rousseff, do PT, se prendeu à jurisprudência. Mas, o mérito ainda não foi julgado", pontuou. 

Na 2ª fase, chave desequilibrada. E os argentinos festejam

Não é só a genialidade de Lionel Messi que tem iluminado o caminho da Argentina nesta Copa do Mundo: a equipe viu sua estrada até a final clarear graças à eliminação de algumas seleções tradicionais logo na primeira etapa da competição. A fase de grupos terminou nesta quinta-feira, com as últimas quatro partidas de classificação para as oitavas de final e a montagem de todos os cruzamentos na rota até o Estádio do Maracanã, palco da decisão, em 13 de julho (confira todos os confrontos). Como não houve grandes zebras nesta rodada derradeira – a poderosa Alemanha confirmou o primeiro lugar em seu grupo, deixando os Estados Unidos na segunda posição –, a Argentina será a única campeã mundial em seu lado da chave. O Brasil, por outro lado, ficará numa estrada cheia de armadilhas. Se passar pelo Chile, no sábado, em Belo Horizonte, a equipe pode enfrentar o bicampeão Uruguai já nas quartas e a tricampeã Alemanha ou a campeã França na semifinal. No lado argentino, a principal força é a Holanda, três vezes vice-campeã, que a seleção de Messi só pegaria numa possível semifinal. Trata-se, evidentemente, de uma projeção ainda distante  – num Mundial em que diversas favoritas já sucumbiram diante de equipes menos consagradas, é bem possível que alguma das cinco gigantes classificadas às oitavas saia dos trilhos antes dos cruzamentos mais aguardados, nas quartas e semis do torneio.

A trajetória menos complicada – pelo menos na teoria – foi um duplo golpe de sorte dos argentinos. A estrela dos bicampeões mundiais brilhou logo na definição dos grupos, no fim do ano passado, quando o sorteio colocou o time de Messi num cruzamento com um grupo mais modesto nas oitavas e com chances menores de cruzamento com outra campeã mundial nas quartas. Para completar, três equipes tradicionalíssimas que poderiam cruzar seu caminho foram eliminadas logo de cara. Quem via a Espanha como provável primeira colocada de sua chave e Itália e Inglaterra disputando o topo do grupo da morte com o Uruguai não imaginava que essas três campeãs (uma delas, a Azzurra, a única que era capaz de alcançar o Brasil em número de títulos nesta Copa) voltariam para casa tão cedo. Com a Alemanha confirmada no topo de seu grupo nesta quinta, um lado da chave somará onze títulos mundiais (cinco dos brasileiros, três dos alemães, dois dos uruguaios e um dos franceses) e o outro, apenas dois, dos argentinos. A chance de surgimento de uma campeã inédita no Brasil estará nos pés de outras onze seleções: Chile, Colômbia, Nigéria, México, Holanda, Costa Rica, Grécia, Suíça, Bélgica, Estados Unidos e Argélia. Derrotada em três finais no passado (1974, 1978 e 2010), a seleção holandesa, uma das melhores da competição até agora, surge como a candidata mais realista a um primeiro título – nas demais, convenhamos, é difícil crer, apesar de boas campanhas de equipes como Colômbia, México e Bélgica.

Tabela e simulador: Confira todos os cruzamentos da segunda fase

Sobreviventes - Entre as seleções que carimbaram o passaporte para as oitavas, a Nigéria é a equipe com pior colocação no ranking da Fifa, ocupando apenas o 44º lugar – e ela está na parte brasileira da chave. Mas os nigerianos são exceção: quatro das dez primeiras colocadas (a Alemanha, em 2º lugar, o Brasil, em 3º, o Uruguai, o 7º, e a Colômbia, 8ª) estão num mesmo lado da fase eliminatória. Outras quatro (Itália, Inglaterra, Portugal e a líder Espanha, que deverá ser desbancada do topo na próxima atualização da lista) já deram adeus ao Mundial, deixando para a parte argentina da chave apenas a própria seleção de Messi (em 5º lugar) e a Suíça (em 6º), coincidentemente sua adversária nas oitavas. Há outras curiosidades no cruzamento, como a possibilidade de uma (improvável) partida de quartas de final entre dois africanos (Nigéria e Argélia), as únicas sobreviventes do continente. Além das duas seleções africanas, há cinco sul-americanas e seis europeias, e uma boa presença de representantes da Concacaf, que reúne as equipes das Américas Central e do Norte: Estados Unidos, México e Costa Rica seguem vivas, e todas terão rivais europeus nas oitavas. Os sul-americanos, com cinco de suas seis representantes na Copa classificadas às oitavas, sofrerão um corte brusco nas próximas fases: com os confrontos de sábado, Brasil x Chile e Uruguai x Colômbia, dois já voltam para casa no fim de semana. Os que vencerem se encaram em seguida, com a garantia de um semifinalista do continente que recebe a Copa pela quinta vez (e que teve o campeão nas outras quatro).

Ao mesmo tempo, do outro lado da chave, a Argentina pretende aproveitar o fato de a sorte ter sorrido para ela e espera ser outra sul-americana entre as quatro melhores seleções do planeta. Depois de duas edições consecutivas em que sua despedida foi idêntica – eliminação nas quartas de final para a Alemanha, em 2010 e 2006 – e de ter sido despachada logo na primeira fase em 2002, a equipe alviceleste quer alcançar as semis pela primeira vez desde 1990, quando foi finalista e caiu diante da Alemanha (sempre ela) na final. Neste ano, a vingança contra os alemães pode ocorrer só na decisão, desde que os tricampeões mandem embora a Argélia, como todos esperam, superem a França, favorita a bater a Nigéria, e ainda tirem do caminho a equipe vencedora da “mini-Copa América” a ser disputada por Brasil, Chile, Colômbia e Uruguai. O retrospecto recente dos alemães, aliás, mostra excelentes campanhas, interrompidas apenas pelas campeãs. Foi assim em 2002 (quando perderam para o Brasil na final), em 2006 (quando caíram na semi, me casa, contra a Itália), e em 2010 (quando só sucumbiram na hora de encarar a Espanha, que acabou levantando sua primeira taça). E neste ano, como será: a Alemanha será capaz quebrar essa sina, sendo ela própria a campeã, ou voltará a servir de amuleto para quem a tirou do páreo, como nas últimas três Copas? Como o Brasil pode encontrar com a tricampeã mundial na semifinal, a torcida é por esse último cenário. Tantos retrospectos, coincidências, estatísticas e projeções começam a ser colocadas à prova no fim de semana. Depois de uma folga na tabela nesta sexta, será o momento de dar início à fase em que o Mundial esquenta de verdade.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

PEDRINHO DE SERRINHA DESTE ANO PROMETE SER O MAIS ANIMADO

Nesse eu boto fé!A 6° edição do Pedrinho, vai reunir muita gente bonita entre os dias 26 a 29 de Junho em Serrinha. A realização dos festejos de São Pedro no município segue mantendo a tradição, com várias atrações animando o público na Praça Luiz Nogueira. Considerado o protetor das viúvas e dos pescadores, São Pedro é festejado no dia 29 de junho. Vale lembrar que na quinta-feira (26), acontece o esquenta do Pedrinho no Bairro da Cidade Nova, às 21h, e Arrastão de Quadrilhas na Praça Luiz Nogueira a partir das 18h, onde também está sendo montado o Espaço do Forró Pé de Serra, para a apresentação de manifestações artísticas animando o arrasta-pé. Você é nosso convidado!Fonte:Texto/Leon Wanderley(ASCOM)

Atacante paraguaio deve chegar ao Vitória no início de julho

O atacante paraguaio Santiago Salcedo, de 32 anos, está cada vez mais perto do Vitória. Depois de chegar a ser especulado até mesmo no rival Bahia, que também procura um ‘matador’, o atleta veterano estaria de malas prontas para desembarcar no Barradão, no início de julho, quando vai se abrir a janela de transferências internacionais.

Apelidado de ‘Sa-Sa', o jogador ganhou destaque depois de ser artilheiro da Taça Libertadores da América em 2005, quando marcou nove gols, atuando pelo Cerro Porteño, equipe que o revelou. Atualmente, ele defende o Banfield, da Argentina, tendo acumulado passagens por outros clubes ‘hermanos’, como River Plate e Newell's Old Boys.

O atleta é conhecido pela sua raça dentro de campo, onde costuma partir para o confronto com os zagueiros adversários, característica que teria chamado atenção da direção rubro-negra.

Apareça no Mineirão, companheiro Lula


Penúltimo a falar na convenção nacional do PT, Lula reservou um trecho da discurseira para fantasiar-se de doutor honoris causa em futebol, Copa do Mundo e derivados. Zanzando pelo palco feito animador de auditório, o criador voltou-se para a criatura e deu por cumpridas todas as promessas que a dupla esqueceu no palanque: “Eu acho que o que o país tinha que mostrar já mostrou, ou seja, os estádios estão todos inaugurados, de melhor qualidade pra fazer qualquer inglês morrer de inveja”, começou o Gugu Liberato de picadeiro.

Lula deve achar que Wembley é marca de uísque americano. Nunca deu as caras num dos muitos estádios cinco estrelas da Grã-Bretanha. Mas faz de conta que os ingleses sonham com governantes que enterram em arenas superfaturadas (e condenadas a transformar-se em elefantes brancos) os bilhões de dólares que poderiam tirar da gaveta as “obras de mobilidade” urbana prometidas desde 2007. Se alguém fizesse por lá o que o padrinho e a afilhada fizeram aqui, perderia o emprego. E seria transferido do gabinete para um tribunal.

“É a primeira vez, presidenta Dilma, é a primeira vez que um time perde por excesso de qualidade do nosso estádio”, continuou a aula magna de vigarice. “A Inglaterra não estava habituada a jogar num campo daquela qualidade, como ela jogou aqui no país”. Lula descobriu que os inventores do futebol só ganham jogos em campos de várzea. E achou excelente a situação dos gramados que só viu na TV porque o medo de vaia o aconselhou a acompanhar a Copa sem sair de casa.

Há poucas horas, na entrevista ao Jornal do SBT, pareceu bem menos seguro: “Possivelmente a gente tenha culpa”, ressalvou no meio do falatório sobre a goleada sonora sofrida por Dilma Rousseff no Itaquerão. Por que o ex-presidente não aproveita o jogo do Brasil contra o Chile, neste sábado, para livrar-se de dúvidas. Basta interromper a prisão domiciliar voluntária, trocar a sala do apartamento em São Bernardo pela arena de Belo Horizonte e ouvir o que pensa a multidão.

Coragem, companheiro Lula. Apareça no Mineirão.Fonte:Veja

Após punição, Suárez deixa o Brasil e volta ao Uruguai

Horas depois de ter sido punido pela Fifa, Luis Suárez já está a caminho do Uruguai. Quem confirmou a viagem foi o presidente da Federação Uruguaia de Futebol, Wilmar Valdez, claramente abalado pela situação envolvendo o principal jogador da sua seleção. "Suárez já viajou", disse o dirigente, na tarde desta quinta-feira. "Ele vai ficar um tempo em Montevidéu para descansar", completou.
Suárez foi punido após ter dado uma mordida no zagueiro italiano Chiellini no clássico da última terça-feira, na Arena das Dunas, em Natal, quando o Uruguai venceu a Itália por 1 a 0 e garantiu sua vaga nas oitavas de final da Copa. Ele foi suspenso de nove jogos oficiais, banido de qualquer atividade relacionada ao futebol pelos próximos quatro meses, não podendo sequer entrar em estádios, o que interfere em seu trabalho no Liverpool, e ainda recebeu multa de 100 mil francos suíços (cerca de US$ 110 mil).
Por causa da punição, Suárez está impedido de entrar nos estádios da Copa e não pode ir nem mesmo na concentração do Uruguai. Ele teve, inclusive, a sua credencial confiscada pela Fifa, depois que a entidade anunciou a punição mais dura de sua história numa Copa do Mundo. Assim, o atacante resolveu ir embora do Brasil, já que não poderá estar perto dos companheiros para a partida de sábado, contra a Colômbia, no Maracanã.
O presidente da Federação Uruguaia de Futebol confirmou que vai recorrer da punição. Mas admitiu que não vê qualquer chance de reverter a decisão. "Foi injusto o que a Fifa fez", declarou Wilmar Valdez.

(Com Estadão Conteúdo)