OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"O que seus antepassados viram de errado em mim para que se afastassem tanto de mim,e seguissem ídolos sem valor, e se tornassem eles mesmos sem valor? Os que lidam com a Lei não me conheceram,os pastores se rebelaram contra mim,os profetas profetizaram em nome de Baal e foram atrás daqueles que não podem ajudar ninguém. Por isso continuarei a fazer acusações contra vocês diz Jeová,E farei acusações contra os filhos dos seus filhos". Jeremias 2:1-37

quarta-feira, 30 de junho de 2021

Jovem que estudava sem energia elétrica supera concorrência e conquista tão sonhada vaga em curso de Medicina

 

 Por enquanto, as aulas ainda serão remotas. Iniciaram-se ontem (28). Em casa, à frente do notebook ou pelo celular, o jovem Matheus de Araújo Moreira Silva, de 26 anos, não vê a hora de colocar os pés no campus da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), em Santo Antônio de Jesus, onde foi selecionado para cursar Medicina, com uma concorrência de 300 candidatos para uma vaga.

Neste ano, o estudante de família humilde, fruto da escola pública, realizou a prova do Enem 2020 e tirou 980 na redação, quase a nota máxima, que é de mil pontos na prova. No geral, ele fez 708 pontos. Para Matheus, que mora no bairro Viveiros, todo o esforço e renúncia valeram a pena durante os quatro anos em que deixou de sair com os amigos, ir a festas, viajar, para ir em busca dos seus objetivos de estudar e um dia se tornar médico.

“Eu nem acreditei realmente, foi um processo seletivo cheio de etapas, e quando eu vi meu nome na lista e vi que o tempo de estudo que eu tive se realizou, só tenho gratidão. Foi surreal pra mim e pra minha família ver o meu sonho de anos se realizando”, contou o estudante em entrevista ao Acorda Cidade.

No dia 6 de abril deste ano, Matheus já havia conversado com a reportagem do Acorda Cidade, e contou como se deu a sua rotina de estudos antes de alcançar a nota do Enem. Com o fechamento das bibliotecas, após o início da pandemia, Matheus ficou sem ter onde estudar e se concentrar para as provas.

Em casa, era muito difícil, com a presença dos irmãos menores. Ele então optou por utilizar a casa de uma amiga, um imóvel vazio no mesmo bairro onde mora. O local não tinha energia elétrica, apenas água encanada. O jovem tentava aproveitar ao máximo a claridade até as 17h, e quando queria esticar o horário de estudo, ligava a lanterna até por volta das 19h.

“Peguei uma mesa e uma cadeira, assinei um pacote de internet e ficava lá estudando até 17 horas, porque escurecia e tinha que voltar para casa, mas de vez em quando eu ligava a lanterna e ficava até as 19h”, revelou Matheus ao Acorda Cidade à época.

Agora, o jovem celebra a vitória e lembra o que serviu de inspiração para que ele superasse todos esses desafios.“Eu tenho um irmão que é especial, teve sequelas da meningite meningocócica e era minha fonte de inspiração. Quando eu pensava em desistir, olhava para ele e isso me dava força.”

Segundo Matheus, o primeiro dia de aula o deixou com um frio na barriga. Ele sabe que de agora em diante terá que se esforçar para permanecer no curso. O desafio é economizar, juntar dinheiro, para quando as aulas retornarem de modo presencial, ele ter condições de residir em Santo Antônio de Jesus

Nova rotina

“Estou tentando me adaptar à nova rotina. A questão financeira é o que está pesando mais, as aulas começaram ontem, dia 28, e o primeiro semestre termina em outubro. Em novembro ou em janeiro, vou ter que mudar para o pólo da faculdade, então vou precisar de recursos. Teve a aprovação e agora tem o pós, que é o que eu vou fazer para conseguir me manter na cidade. O custo é alto, vou ter que pagar aluguel. A faculdade até oferece auxílio, mas demora bastante”, explicou.

Para diminuir os custos, Matheus planeja recorrer a livros em PDF e materiais na internet, porém há outros materiais que ele vai precisar comprar. Além disso, haverá as despesas em breve com moradia, alimentação e transporte. O jovem está estagiando pela manhã e analisa como adequar a atual rotina de estudos com o trabalho pra continuar se mantendo e ao mesmo tempo economizar.

Ele contou que após sua história ser contada nos meios de comunicação, entre eles o Acorda Cidade, muita gente já o ajudou e ele conseguiu um novo notebook, impressora e notebooks para os irmãos, como também um armário para organizar os livros, sua paixão. Com a fama, conquistou ainda o reconhecimento de outros estudantes, que sempre o procuram para obter orientações.

Atualmente Matheus mora com um irmão, em uma casa construída pelo pai, que é pedreiro. E para sempre se lembrar da sua trajetória de luta, na parede, ele pendurou três quadros com as palavras ‘Sonhe, acredite, conquiste’. Mas olhando depois, ele percebe que uma palavra ficou de fora.

“Faltou colocar ali a ‘fé’, pois sem ela a gente não é nada. São palavras que a gente tem que ter, principalmente com essa pandemia, devido às dificuldades. Uma pessoa sem sonhos é uma pessoa vazia”, refletiu.

Para auxiliar o estudante Matheus de Araújo Moreira Silva a seguir adiante nos estudos, a comunidade pode realizar doações através da chave do Pix 75 982453570 ou da vaquinha virtual criada pelo jovem na internet. Basta acessar o link vaka.me/2065919.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade. 

Prefeito Adriano Lima visita obras de construção do primeiro Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos da região

 

O prefeito de Serrinha, Adriano Lima, esteve na comunidade da Lagoa Seca, visitando as obras de construção do primeiro Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos (CTR) da região. Com capacidade de tratamento de 80 toneladas por dia, o CTR gerará ao menos 15 empregos diretos.

O CTR é um local onde todos os tipos de resíduos encontram uma destinação final ambientalmente adequada. Em seu pleno funcionamento o equipamento proporcionará o aproveitamento para reciclagem de até 95% do total de lixo produzido em Serrinha.

Este dispositivo garante o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/2010, dando possibilidade de encerrar o lixão, maior passivo ambiental dentro do nosso município. Com tecnologia 100% nacional, esse é o primeiro maquinário desse porte a ser implantado no Nordeste.

Acompanharam a visita o administrador do CTR, Paulo Saciloto, o secretário de meio ambiente, Diego Tomaz, de infraestrutura, Silvaney Santiago e de finanças, Willian Henrique. Esse projeto conta também com o apoio e intermédio do vereador Rogério da Cerâmica.

Cai para 24 o número de casos ativos para Coronavírus em Serrinha

 

A Prefeitura de Serrinha informa que nesta terça-feira, 29/06, foram confirmados 25 novos casos de coronavírus, 27 novas curas e nenhum óbito.

Com isso, a cidade atinge um total de 6.909 casos da Covid-19, 6.799 curados, 86 óbitos e 24 casos ativos.

Ainda segundo o boletim epidemiológico, Serrinha registra um total de 55 casos suspeitos da doença.

Prefeitura de Serrinha inicia a construção de 36 unidades de Melhorias Sanitárias Domiciliares no povoado do Tamburi

 

A Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria de Saúde, em parceria com o Governo Federal, iniciou a construção de 36 unidades de Melhorias Sanitárias Domiciliares (MSD) no povoado do Tamburi.

As Melhorias Sanitárias Domiciliares (MSD), são intervenções promovidas nos domicílios, com o objetivo de atender às necessidades básicas de saneamento das famílias, por meio de instalações hidrossanitárias mínimas, relacionadas ao uso da água, à higiene e ao destino adequado dos esgotos domiciliares.

O Programa de MSD tem os seguintes objetivos:

✅ Implantar soluções individuais e coletivas de pequeno porte, com tecnologias apropriadas;

✅ Contribuir para a redução dos índices de morbimortalidade provocados pela falta ou inadequação das condições de saneamento domiciliar;

✅ Dotar os domicílios de melhorias sanitárias, necessárias à proteção das famílias e à promoção de hábitos higiênicos.

 

Diante do atual contexto político, a maior parcela da população cearense votaria no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se a eleição presidencial de 2022 fosse hoje. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ficaria em segundo lugar.

Esse foi o resultado de um levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas, em 84 cidades cearenses. Os entrevistadores ouviram 1.528 eleitores, a partir dos 16 anos, de sexta (25) a terça-feira (29). A amostra indicou grau de confiança de 95% e margem de erro de 2,5% para os resultados gerais.

No primeiro cenário, Lula sairia na frente, com 45,9% dos votos e Bolsonaro teria 19,4% de apoio. Já Ciro Gomes (PDT), ex-governador do Estado, amargaria na terceira posição, com 13,3% dos votos. Além deles, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) apareceria com 4,3% das intenções de voto, o apresentador Datena, com 2,6%, o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro, com 2,3%, o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com 1%, a senadora Simone Tebet, com 0,2%, e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, com 0,1% das intenções de voto.

Outras 7,5% pessoas votariam branco, nulo ou em nenhum dos possíveis candidatos listados e 3,4% não responderam a questão.Fonte:Bahia Noticias

Bahia recebe mais 264 mil doses de vacinas contra Covid-19 nesta quarta-feira

Uma nova remessa de imunizantes contra a Covid-19 chega à Bahia nesta quarta-feira (30). A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas.

Serão 228.250 doses da AstraZeneca, que tem previsão de chegada às 13h50, e 36.270 doses da Pfizer, que estão previstas para às 16h20.

Segundo dados da Sesab, até 17h desta terça-feira (29), 4,8 milhões de baianos já haviam tomado a primeira dose da vacina e 1,8 milhões a segunda dose.

VACINA DA JANSSEN

Nesta terça-feira (29), em reunião na Comissão Intergestores Bipartite (CIB) ficou definido que as novas remessas de vacinas da Janssen serão distribuídas para os 417 municípios da Bahia (leia mais aqui).

O primeiro lote do imunizante de dose única chegou à Bahia na semana passada e foi distribuído para 16 municípios baianos: todos os integrantes da Região Metropolitana de Salvador, além de Conde, Santo Amaro e Saubara.Fonte:Bahia Noticias
 


Perda de olfato por Covid-19 pode durar um ano, indica estudo

 

A perda de olfato que atinge alguns pacientes de Covid-19 pode persistir por ao menos um ano após o diagnóstico, mostra um acompanhamento clínico feito ao longo de 12 meses com um grupo de pessoas diagnosticadas com anosmia (perda de olfato) ou hiposmia (redução ou comprometimento).
 
O artigo, já revisado por pares e publicado na rede aberta do Jama (Jornal da Associação Médica Americana), é de pesquisadores das universidades de Estrasburgo (França) e McGill (de Montreal, Canadá).
 
O grupo avaliado começou com 97 pacientes que tiveram perda aguda do olfato por mais de 7 dias. Após 12 meses, ao menos duas pessoas ainda não haviam recuperado a função olfativa normal em testes objetivos, e outros 14 relatavam recuperação apenas parcial em questionários subjetivos.
 
Acompanhar a evolução desses quadros é relevante, dizem os autores do estudo, porque os efeitos de longo prazo da doença prejudicam a qualidade de vida dos pacientes. A perda de olfato foi o efeito que apareceu com mais frequência (43%) em doentes com Covid-19, de acordo com meta-análise de 215 estudos feita pela University College de Londres.
 
"Pessoas com anosmia estabelecida sofrem por perderem o prazer ligado à alimentação, sentem-se mais vulneráveis por não conseguirem detectar alimentos estragados ou gases prejudicais. Também são mais ansiosas, inseguras quanto à higiene pessoal e tendem ao isolamento social", disse o médico neurologista Luciano Magalhães Melo, colunista da Folha de S.Paulo.
 
No cômputo geral, os pesquisadores avaliam que o prognóstico para a perda de olfato provocada pelo coronavírus é "excelente", já que 96,1% se recuperaram objetivamente em 12 meses. A porcentagem representa um ganho de 10% sobre os que haviam se recuperado após seis meses: 85,9% dos pacientes.
 
Um resultado intrigante do acompanhamento clínico pode ser observado num subgrupo de cerca de metade dos pacientes, que fez tanto exames subjetivos quanto objetivos, a cada quatro meses. Uma parcela significativa deles relatou que suas funções ainda estavam prejudicadas, embora os testes psicofísicos apontassem para resultados normais.
 
A avaliação subjetiva era feita a partir de um questionário sobre a percepção do paciente em relação à própria capacidade de sentir cheiros. Já a objetiva foi feita a partir de exames conhecidos como testes de olfato Burghardt, que usam canetas de feltro com odores padronizados.
 
Na pesquisa liderada pela Universidade de Estrasburgo, os pacientes fizeram testes de limiar de odor -no qual cheiravam as canetas por alguns segundos, para avaliar o grau de percepção- e de identificação do odor -no qual deviam escolher qual de quatro alternativas era a mais precisa para o cheiro de determinada caneta.
 
Dos 51 pacientes que fizeram os dois tipos de exame, após os primeiros quatro meses 28 relatavam ainda não ter se recuperado, embora o exame objetivo indicasse que apenas 8 ainda possuíam as funções afetadas do ponto de vista psicofísico.
 
Segundo a líder da pesquisa, Marion Renaud, do departamento de otorrinolaringologia dos Hospitais Universitários de Estrasburgo, essa diferença aparece porque há pacientes que percebem a intensidade dos odores, mas se queixam de distorção dos cheiros, um distúrbio qualitativo que se chama parosmia.
 
"Também podemos ter pacientes que recuperaram o olfato, mas a intensidade da percepção dos odores é menor do que antes", diz ela. Segundo Marion, alguns podiam estar perto da pontuação máxima antes de pegar Covid-19 e, depois, embora ainda tenham resultados objetivos considerados normais, estão mais próximos do limite inferior.
 
Os 8 pacientes com resultados alterados no exame objetivo (15,7% dos 51 iniciais) foram testados mais uma vez oito meses após o diagnóstico: nesse período, 6 haviam se recuperado, de acordo com os testes objetivos.
 
Dois pacientes permaneceram hipósmicos (com olfato abaixo do normal para a idade e o gênero) durante todos os 12 meses -de acordo com o relatório, um manteve limiar olfatório anormal e outro apresentou parosmia, ou seja, erro ao identificar o cheiro.
 
No outro grupo, de 46 pacientes que foram submetidos apenas ao questionário de avaliação subjetiva, 7 (15%) consideravam ter se recuperado totalmente após quatro meses. Outros 6 diziam ter tido recuperação parcial e 33 (61,8%) não viam recuperação.
 
Ao final dos 12 meses, eram 14 os ex-contaminados com Covid-19 que relatavam recuperação apenas parcial, o equivalente a 30,4% do grupo.
 
Os cientistas afirmam que o resultado de seu trabalho apoia achados de pesquisa animal fundamental, que usaram exames de imagem e patologia pós-morte e sugerem que a perda de olfato se dá por inflamação do sistema nervoso periférico (nervos e gânglios).
 
Para os autores, uma limitação do estudo é que o grupo analisado era formado principalmente de mulheres (67, ou 69% do total) e pacientes mais jovens (idade média de 38,8 anos e maioria com menos de 50 anos), dois fatores que podem propiciar uma recuperação olfatória completa mais rápida.
 
Segundo Renaud, a única forma já comprovada para melhorar a recuperação do olfato é a reabilitação olfativa. A técnica consiste em fazer o paciente cheirar frascos não identificados com alguns odores diferentes, como limão, canela ou eucalipto, durante dez segundos, concentrando a mente para tentar senti-los.
 
Depois a pessoa pode verificar embaixo do frasco se o aroma corresponde ao que sentiu e repetir a rodada outras vezes durante o dia. Como na fisioterapia, esse tratamento procura refazer o circuito de informações entre o órgão e o cérebro. Com o tempo, o paciente começa a sentir o aroma com mais força e com o frasco a distâncias maiores.
 
Renaud diz que, na fase aguda da perda do olfato, foi sugerido que o uso de corticosteroide por via oral poderia melhorar a recuperação. "Mas o nível de evidência para o benefício do tratamento médico de longo prazo (corticosteroide ou spray nasal de vitamina A) é baixo", afirma. Fonte:Folha

terça-feira, 29 de junho de 2021

Aneel decide hoje o aumento da bandeira vermelha 2 nas contas de luz

 

Diante da crise hidrelétrica no Brasil, a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fará uma reunião, nesta terça-feira (29), para definir os novos valores das bandeiras tarifárias. A mudança poderá deixar as contas de luz mais caras.

A previsão de aumento, adiantada pelo diretor geral da Aneel, André Pepitone, é de 20%. Dessa forma, a cobrança de R$ 6,24 por cada quilowatts por hora (kWh) passaria a ser de R$ 7,50 a partir de julho.

Segundo a agência, os níveis de água dos reservatórios do país estão baixos, o que gera a necessidade do acionamento de recursos termelétricos. A ação visa promover o consumo mais consciente da população, em momento de escassez.

Serrinha registra 46 novos casos de Covid-19 e 02 mortes pela doença

 

A Prefeitura de Serrinha informa que nesta segunda-feira, 28/06, foram confirmados 46 novos casos de coronavírus, 57 novas curas e 02 óbitos.

Com isso, a cidade atinge um total de 6.884 casos da Covid-19, 6.772 curados, 86 óbitos e 26 casos ativos.

O primeiro óbito ocorreu no dia 23/06/2021, a paciente de 55 anos residia na Cidade Nova. O segundo óbito ocorreu no dia 26/06/2021, o paciente de 72 anos residia no Ginásio. Ambos não possuíam comorbidades.

Ainda segundo o boletim epidemiológico, Serrinha registra um total de 25 casos suspeitos da doença.

Novos lotes de vacina da Janssen serão distribuídos para os 417 municípios baianos

As novas remessas de vacinas da Janssen contra a Covid-19 serão distribuídas para os 417 municípios. A definição aconteceu nesta terça-feira (29) em reunião entre gestores do município e do governo da Bahia, na Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

O primeiro lote do imunizante de dose única chegou à Bahia na semana passada e foi distribuído para 16 municípios baianos: todos os integrantes da Região Metropolitana de Salvador, além de Conde, Santo Amaro e Saubara.

A ampliação da distribuição para todo o estado foi anunciada pelo secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, através do Twitter. 

Um terço das advogadas diz ter sofrido assédio sexual em escritórios, diz pesquisa

Uma pesquisa do Datafolha indica que um terço das mulheres advogadas já sofreram atos de assédio e discriminação em escritórios de advocacia, fóruns e departamentos jurídicos de empresas. Os assédios são praticados por colegas, chefes, clientes e outros profissionais.

O levantamento também revela que cerca de um quarto das advogadas e advogados negros diz ter passado por situação de discriminação racial nos ambientes profissionais em que atua, especialmente no sistema de Justiça. Segundo a pesquisa, 35% das mulheres advogadas relataram ter sido vítimas de discriminação de gênero. Um terço das entrevistadas já sofreu assédio sexual em ambientes de trabalho. Quase um quarto da advocacia negra já sofreu discriminação racial no trabalho.

Do total de entrevistas, 18% afirmaram já ter sofrido assédio sexual cometido por clientes. Indagadas se já foram vítimas desse tipo de crime praticado por colegas de escritório ou do local de trabalho, 17% das entrevistadas responderam positivamente. Os chefes seriam os responsáveis por assédio de 16% das advogadas ouvidas pela pesquisa. O assédio também foi praticado em ambientes como fóruns, conforme relatado por 7% das profissionais.

O trabalho do Datafolha foi encomendado no âmbito da FolhaJus, iniciativa do jornal voltada para os assuntos do mundo jurídico, e teve apoio da empresa Digesto e da AB2L (Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs). ? O Datafolha ouviu 303 advogados, das cinco regiões do país.Fonte:Bahia Noticias
 


'Quantos músicos estarão vivos até lá?’, questiona Márcio Victor sobre Carnaval em 2022

 

Gritar a frase "Música do Carnaval" na Avenida, no meio de uma canção, em cima de um trio elétrico no circuito Dodô (Barra/Ondina), para folião pipoca em um sábado de fevereiro, parece ser um futuro quase utópico para o autor do maior bordão do Carnaval de Salvador, Márcio Victor, que alega estar sendo deixado de escanteio quando o assunto é retorno dos eventos em Salvador.

“Acho que tem que ter uma conversa. O nosso setor vai ser o último a voltar, não houve uma ajuda para o nosso setor. Como que as pessoas estão felizes para voltar para o Carnaval sem esse incentivo? Eles não conversam com a gente”, desabafou em entrevista ao Bahia Notícias.

O fato, no entanto, não impediu o Psirico de continuar trabalhando para levar alegria para o público. A banda escolheu resgatar as raízes do Psi no primeiro single de 2021, ‘Pega na Cabeça’, e também protestar para o reconhecimento do pagodão como arte.

“Eu sinto que precisa ser tocado nisso, mostrar esse pagodão raiz. É o pagodão que dá calo no pé, o pagodão que arrepia independente de classe, cor, religião, credo. É o pagodão que levanta a poeira do asfalto. O pagode de povo, do gari, das pessoas simples, do médico também, de todo mundo”.

No bate-papo com o Bahia Notícias o artista ainda se divertiu com um tópico quase pouco falado na mídia, sua vida pessoal. Discreto fora dos palcos, o pagodeiro de 41 anos revelou que parou de dar tanta importância com as histórias (inofensivas) que criam sobre ele, e as mais pesadas fazem ele ganhar dinheiro com processo.

“Já me mataram, já me ressuscitaram, já me comeram, rapaz... já me casaram, me separaram. Eu gosto do fuzuê”.

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Bahia registra 4.224 novos casos de Covid-19 e 113 mortes pela doença nas últimas 24h

 A Bahia registrou 4.224 novos casos de Covid-19 e 113 mortes pela doença nas últimas 24 horas, segundo boletim divulgado na quarta-feira (23) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e o registro foram realizados ontem.

No total, o estado contabiliza 1.353.328 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, com 23.467 óbitos. A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes adultos com Covid é de 81% no estado.

Situação da regulação de Covid-19

Às 12h da última quarta-feira, 66 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 30 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Índice de popularidade de Ivete cresce 51% após se posicionar contra governo Bolsonaro

 Em tempos de polarização e grave crise política no Brasil, as escolhas e manifestações públicas têm influenciado muito na imagem dos artistas

Um levantamento da consultoria Quaest divulgado pela coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, mostrou que o comentário de Ivete Sangalo sobre as 500 mil mortes por Covid-19, no qual ela afirma que “não é sobre partidos, é sobre humanidade”, foi duramente criticado, levando seu Índice de Popularidade Digital (IPD) cair de 24%, de 52,1 para 39,5, no dia 21 de junho.

Já no dia 22, após nova publicação nas redes, quando informou que não se sentia representada pelo governo Bolsonaro (clique aqui), seu IPD saltou 51%, de 39,5 para 59,6. “Agir rápido e com direcionamento correto é fundamental para quem tem uma reputação digital a zelar”, defendeu o cientista social Felipe Nunes, presidente da Quaest.

São Gonçalo: Prefeito é detido por desacato após PM encerrar evento de São João

O prefeito de São Gonçalo dos Campos, Tarcísio Pedreira, acabou detido por desacato e levado ao complexo policial de Feira de Santana após uma confusão com a Polícia Militar nesta quarta-feira (23). 

Acontece que a prefeitura da cidade promoveu uma celebração de São João com utilização de minitrio elétrico e o evento foi interrompido pela Polícia Militar (PM), e a ação acabou gerando uma confusão 

O motorista do veículo chegou a ser detido e também conduzido à delegacia por não portar Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A procuradora da cidade foi chamada ao local para negociar com os policiais

Um vídeo do momento em que o prefeito resiste a prisão foi gravado (assista abaixo) e vem circulando nas redes sociais.

No dia 21 de junho a prefeitura da cidade divulgou uma nota em que informava que realizaria uma ação durante o período de São João. A ação foi chamada de “Forró Itinerante”, e tinha por objetivo, segundo a prefeitura, animar os moradores em casa. O texto ressalta que durante a apresentação musical, não seria permitida aglomerações de pessoas. Ainda na nota, o prefeito Tarcísio Pedreira diz que, se houvesse aglomeração, a ordem é parar imediatamente.

Primeiras doses da Janssen chegam à Bahia nesta quinta-feira

 

O primeiro lote da vacina da Janssen destinado à Bahia chegou há pouco em solo baiano. O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, nas redes sociais.

"No Dia de São João, bênçãos para o povo baiano! Nosso estado recebeu hoje as primeiras doses da vacina contra Covid-19 produzida pela Janssen", compartilhou o gestor por volta de 11h10 no Twitter.

A Bahia recebeu mais de 92 mil doses, que serão distribuídas entre Salvador, os municípios da Região Metropolitana, além de Santo Amaro, Conde e Saubara. A capital ficará com metade das doses, enquanto as demais cidades receberão um percentual proporcional (saiba mais aqui).

A definição, que deixa de fora a maioria dos municípios baianos, visa garantir a rápida aplicação das doses, já que elas estão perto do prazo de vencimento. A vantagem na vacina da Janssen é que ela garante a imunização em dose única, diferente das demais vacinas já aprovadas e em uso no Brasil.

Ainda hoje, a expectativa é de que mais 343.630 doses sejam entregues à Sesab, Desse total, 181 mil devem ser Coronavac e 162.630 da vacina da Pfizer/ BioNTech,

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Hospitais estaduais terão internet sem fio gratuita para pacientes e acompanhantes

Pacientes e acompanhantes passarão a ter acesso gratuito à internet em unidades estaduais de saúde. Inicialmente o serviço estará disponível no Hospital Geral Ernesto Simões Filho, em Salvador, como forma de teste. A expectativa da Secretaria da Saúde é de que nos próximos dois meses, cerca de 30 hospitais e centros de referência terão a infraestrutura implantada. 

No Ernesto Simões o serviço foi disponibilizado nesta terça-feira (22). A rede, chamada de “Bahia meu Orgulho”, já pode ser acessada por aqueles que estão na unidade.

Segundo a Sesab, a readequação da rede conta com um investimento de R$ 2 milhões em unidades da capital e do interior, como Feira de Santana, Guanambi, Ipiaú, Jequié e Vitória da Conquista.

Para Haddad, movimentação de Roma não vai aumentar popularidade de Bolsonaro na BA

A movimentação do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), para intensificar a agenda de Jair Bolsonaro na Bahia é vista como uma tentativa vã de aumentar a popularidade do presidente na avaliação do ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). O petista foi o entrevistado desta quarta-feira (23) no programa Bahia Notícias no Ar, da rário Salvador FM 92,3

Roma é deputado federal pela Bahia licenciado e desde que assumiu a chefia da pasta da Cidadania tem se esforçado para intensificar a presença e o palco para o presidente no estado

Na visão do ex-prefeito de São Paulo, mesmo com essa estratégia, a história e ligação de Lula com o Nordeste e com a Bahia falarão mais alto em 2022

Fernando Haddad ressaltou que nas eleições de 2018, em que disputou a presidência da República contra Jair Bolsonaro, obteve 70% dos votos no Nordeste e vê como uma possibilidade ínfima que o bolsonarismo vire o jogo e que Lula tenha menos votos do que ele

Desde que o STF anulou as condenações do ex-presidente e ele se tornou novamente elegível, o nome de Lula vem sendo apontado como o grande opositor à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O petista admitiu, em uma entrevista a um veículo de comunicação internacional no mês passado, que será candidato à presidência do Brasil em 2022

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Bolsonaro lidera intenções de voto para 2022; Lula aparece à frente no 2º turno

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lidera as intenções de voto para a eleição de 2022 em um cenário estimulado em pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, no Brasil. Bolsonaro foi a opção escolhida por 34,3% dos eleitores.

 O ex-presidente Lula (PT) aparece em segundo lugar com 32,5%. Em seguida aparecem o apresentador Datena, com 7,5%; o pré-candidato ao Planalto, Ciro Gomes com 5,8%; e o governador de São Paulo João Doria com 3,4%. 

Os eleitores que não souberam ou não responderam representam 3,6%. Já os que votariam branco ou nulo somam 8,6%.

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Governador anuncia convocação de 611 reservistas da PM e 54 novos investigadores da Polícia Civil

 

 Durante o Papo Correria desta terça-feira (15), o governador anunciou a convocação de 611 reservistas da Polícia Militar para voltarem a atuar em cargos não operacionais. O objetivo da medida é, segundo o governo, melhorar o trabalho da PM nas ruas, com a liberação de profissionais que hoje atuam em regime administrativo. A lista será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (16).

Também durante a transmissão ao vivo, Rui anunciou que 54 novos investigadores da Polícia Civil serão nomeados nesta quarta-feira (16). Com as nomeações, a área de segurança pública passa a contar com 237 novos profissionais somente no último ano, entre delegados, investigadores e escrivães.

Esta é a segunda nomeação para a Polícia Civil da Bahia referente ao último concurso público do órgão. O certame foi organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho - Fundação Vunesp, contratada pela Secretaria da Administração (Saeb).

"Mais uma demonstração de prioridade do Estado, em dar mais segurança a baianos e visitantes. Com todas as dificuldades e pandemia, os investimentos continuam sendo realizados", declarou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino. 

Morre o radialista Rogério Santana, ex-coordenador do departamento de esportes da Rádio Sociedade

 

 Faleceu na manhã desta quarta-feira (16), o radialista Rogério Santana, ex-coordenador do departamento de esportes da Rádio Sociedade News FM.

Rogério tinha 69 anos e estava desde a última sexta-feira (11), internado no Hospital Geral Clériston Andrade, por complicações de saúde. Na manhã de hoje, ele sofreu uma parada cardíaca, sendo socorrido pela equipe médica, mas acabou não resistindo.

A morte foi confirmada pela Fundação Santo Antônio, que em nome da Sociedade News FM, lamentou o falecimento do radialista.

“A Sociedade News FM lamenta a morte de um dos grandes profissionais do rádio feirense e enaltece o trabalho fundamental que Rogério prestou dentro do setor esportivo da nossa emissora”, diz a nota de pesar.

O Sindicato dos Radialistas de Feira de Santana também lamentou o falecimento.

“Neste momento de dor, o Sindicato dos Radialistas de Feira de Santana se solidariza com os familiares, amigos e a legião de admiradores de Rogério Santana, que durante vários anos comandou a equipe de Esportes da Rádio Sociedade de Feira, sempre com postura ética e responsável. Muito respeitosamente, prestamos nossas condolências e manifestamos os nossos mais sinceros pêsames”.

Huck anuncia que substituirá Faustão em 2022: 'Desafio mais importante da minha carreira'



 

Após especulações na política, Luciano Huck anunciou seu destino para 2022: as tardes de domingo da TV Globo.

Em entrevista ao programa 'Conversa com Bial', o apresentador confirmou que será o substituto de Fausto Silva no comando da nova atração da emissora para cobrir o espaço que será deixado pelo veterano no final do ano.

"Acredito muito na força da TV aberta num país como o Brasil, um país continental onde a TV ainda é o que mais nos conecta", justificou sua decisão.

Sem dar detalhes de como deve ser a produção, o apresentador afirmou que a ideia é trazer esperança para o brasileiro e resgatar a autoestima do público.

"Tenho certeza que eu posso contribuir muito para o país estando nos domingos da Globo e fazendo um programa que se conecte com as pessoas, que ouça as pessoas, que traga a esperança de volta e resgate nossa autoestima. Mas isso não quer dizer que eu tô fora do debate público. Poder fazer um programa popular, que tenha a mensagem positiva, de esperança, que as pessoas se divirtam, se inspiram, se emocionem, eu tô vendo esse desafio como o mais importante da minha carreira e vou dedicar cada dia, cada minuto pra que ele seja um espelho da nossa sociedade e de tudo que a gente tem de bom."

Na conversa, Huck ainda ressaltou que não é certo afirmar que ele desistiu da política, já que ele não se lançou oficialmente como candidato a nenhum cargo.

"Acho bom eu deixar a fotografia bem clara e ser o mais franco e o mais sincero possível: eu nunca me lancei candidato a nada, não estaria retirando nada porque nunca me lancei."

Primeiras cidades a receber Sputnik V devem estar próximas de Salvador, diz Rui

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou na manhã desta quarta-feira (16) que as primeiras cidades baianas a receber doses da vacina russa Sputnik V devem estar próximas de Salvador.

"Devemos pegar cidades sem muita distância de Salvador para fazer o monitoramento. A Anvisa pediu que centros de pesquisas acompanhem. [Serão] Cidades em torno de 50 mil habitantes, vamos definir hoje com a Sesab (secretaria de Saúde do Estado)", disse Rui em entrevista ao Jornal da Manhã.

O gestor também confirmou que a ideia é levar a primeira remessa de doses para cinco municípios e vacinar toda a população entre 18 e 60 anos nesses locais, e observar os resultados da vacinação em massa.

Nesta terça-feira (15), o governador participou de uma reunião com representantes do Fundo Soberano Russo e outros governadores do Nordeste. O Fundo informou que o envio das primeiras doses será feito no início de julho (lembre aqui).

De acordo com a Anvisa, cada estado vai receber o suficiente para a imunização em duas doses de 1% da população. Os estados vão poder aplicar nas seguintes quantidades: Bahia 300 mil, Maranhão 141 mil, Sergipe 46 mil, Ceará 183 mil, Pernambuco 192 mil e Piauí 66 mil doses.

A restrição teria motivação de controlar e analisar os efeitos.

NOVOS ESTADOS
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, no final desta terça-feira (15), a importação exepcional da Sputnik V por mais sete estados. São eles: Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás.

CPI da Pandemia ouve Wilson Witzel, ex-governador do Rio, nesta quarta

A CPI da Pandemia ouve, nesta quarta-feira (16), Wilson Witzel, ex-governador do Rio de Janeiro. Os requerimentos de convocação são dos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da comissão, Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Segundo Randolfe, o motivo para a convocação é a série de denúncias de que Witzel se beneficiou de um esquema de corrupção no início da pandemia. Em setembro de 2020, o ex-governador sofreu impeachment em processo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Wilson Witzel entrou com um pedido de habeas corpus junto ao STF para ter o direito de decidir sobre seu comparecimento à CPI. O ministro Kássio Nunes Marques decidu na véspera do depoimento que deixou Witzel livre para comparecer ou para responder as perguntas feitas.

Baiano autor de chacina no Distrito Federal sacrificou vítima em ritual satânico

Investigadores da Polícia Civil do Distrito Federal apuram circunstâncias macabras que envolvem o assassinato de Cloenice Marques de Andrade, de 43 anos, no Distrito Federal. Lázaro Barbosa de Sousa, 32, também é o responsável por matar o marido e dois filhos da mulher, que teria sido morta em um ritual satânico.

Segundo informações do Metrópoles, a vítima teve mechas de cabelo cortadas e uma orelha arrancada às margens do córrego próximo ao Incra 9, Ceilândia, local do crime.

As equipes de busca também encontraram perto de um riacho, objetos que supostamente foram utilizados na cerimônia. Lázaro distribuiu os mesmos itens em dois acampamentos montados por ele durante a fuga, que já dura dias.


Policiais também fizeram buscas no imóvel em que a mãe de Lázaro morava e encontraram altares e tigelas de barro com dinheiro e cachaça. No local, também havia desenhos de pentagramas e uma cruz invertida.

De acordo com a Polícia Militar de Goiás, o homem afirma estar possuído por um espírito e que "vai levar o tanto de gente que puder". Há indícios de que Lázaro pratica os rituais desde a adolescência.

Na úlima segunda-feira (14), o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, classificou o homem como "psicopata".

"Ele, além de ser psicopata, é da região. É o que nós chamamos de ‘mateiro’, acostumado a se emburacar no mato. Ele deve ter outra motivação psicótica. Está muito focado em seguir na trajetória criminosa. Mas vamos chegar até ele", disse Miranda.

Lula pede R$ 131 mil de danos morais a Regina e promete doar valor a pe. Julio Lancellotti

 

Após a Justiça desobrigar a ex-secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, a pagar uma indenização a Lula e seus filhos por espalhar fake news a respeito da ex-primeira dama Marisa Letícia, eles recorreram da decisão de primeira instância ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o escritório Teixeira Zanin Martins Advogados, que representa o ex-presidente e seus filhos, pede R$ 131 mil de danos morais à atriz, por publicação de charge em seu perfil de Instagram, na qual ela alega que foram encontrados R$ 250 milhões em uma conta da “falecida do Lula”. A informação, no entanto, é falsa. Ainda segundo a publicação, no pedido ao TJ o ex-presidente afirma que o valor da indenização será doado ao projeto social do padre Julio Lancellotti, em São Paulo.

Em abril deste ano, a ex-titular da Cultura do governo Bolsonaro foi condenada a se retratar no Instagram por ter disseminado fake news a respeito de Marisa Letícia, tendo publicado o pedido de desculpas em maio. Na ocasião, entretanto, o juiz determinou que ela não deveria pagar qualquer indenização aos familiares da ex-primeira dama (saiba mais). Diante da decisão negativa em primeira instância, Lula decidiu recorrer da sentença.
 

Bolsonaro nega existência, mas diz não ver problema em gabinete paralelo

 

Apesar de todas as evidências, o presidente Jair Bolsonaro negou nesta terça-feira (15) a existência do gabinete paralelo que ditava a eles as regras de enfrentamento à pandemia de Covid. Caso existisse, seguiu o presidente, isso não seria um problema.
 
As investigações da CPI da Covid no Senado estão direcionadas aos 14 integrantes do grupo de assessoramento ao presidente para temas ligados à pandemia e com defesa de teses negacionistas.
 
Por meses, ao largo do Ministério da Saúde, são médicos, atuais e ex-assessores palacianos, um empresário bilionário e até um congressista desprezaram a importância da vacina e enalteceram, em sintonia com Bolsonaro, a defesa de medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid.
 
Como o jornal Folha de S.Paulo mostrou, o gabinete paralelo participou de ao menos 24 reuniões no Palácio do Planalto e no Palácio da Alvorada. Nelas estavam, por exemplo, a oncologista Nise Yamaguchi -em 5 encontros- e o deputado Osmar Terra (MDB-RS) -que foi a 11. Há elementos ainda da participação de mais seis médicos.

Uma das reuniões com especialistas da área de saúde foi transmitida em vídeo pelas redes sociais de Bolsonaro. No encontro, o presidente recebeu a sugestão de criar uma espécie de "gabinete das sombras" para tratar da resposta oficial à pandemia da Covid. A proposta foi feita pelo virologista Paolo Zanotto.
 
"Foi feita uma live e ficou na minha página. Daí a CPI pega isso, diz que era um gabinete paralelo. E se fosse? Qual o problema? Eu tenho que ouvir pessoas para tomar providências. Não posso tomar providências sem ouvir pessoas", disse o presidente.
 
"E era uma coisa inédita, ninguém sabia no mundo todo. E nós sempre defendemos o tratamento precoce depois de ouvir muitos profissionais de saúde como esses, que eram os Médicos Pela Vida", completou Bolsonaro em uma entrevista via internet à RIC TV, afiliada da Record em Rondônia.
 
Ao longo do programa, Bolsonaro fez críticas ao presidente e ao relator da CPI, respectivamente os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Renan Calheiros (MDB-AL), e disse que a comissão "não sabe o que fazer" e se transformou na "CPI da cloroquina" e "agora virou a CPI do oxigênio lá em Manaus".
 
Em depoimento à CPI também nesta terça, horas antes da entrevista de Bolsonaro, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo afirmou a ênfase no tratamento precoce em missão do Ministério da Saúde ao estado durante a crise provocada pela segunda onda da pandemia no início deste ano.
 
O ex-secretário evitou contrariar a fala do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello sobre a data em que o governo federal foi informado sobre problemas no fornecimento de oxigênio no Amazonas, mas reconheceu que ficaram sem respostas ofícios para o ministério para tratar do assunto.
 
O Ministério da Saúde enviou ao Amazonas nos primeiros dias de janeiro uma missão chefiada pela secretária de Gestão do Trabalho e da Educação da pasta, Mayra Pinheiro, que passou a ser chamada de "capitã cloroquina", por sua defesa do medicamento.
 
Campêlo também confirmou parcialmente a versão dada por Pazuello sobre a data em que o governo federal foi informado sobre o colapso no fornecimento de oxigênio.
 
À CPI o ex-ministro afirmou que teve uma conversa com Campêlo na noite de 7 de janeiro, mas que na ocasião apenas lhe foi pedido auxílio logístico para o transporte de oxigênio.
 
"Quem trata disso aí na ponta da linha desta questão é o respectivo prefeito e governador e seu secretário. Não é o governo federal", disse Bolsonaro na entrevista no fim da noite de terça.
 
"Fomos avisados informalmente e tomamos providências rapidamente para colaborar com o estado do Amazonas. Até porque lá foi uma coisa que aconteceu de uma hora para a outra", afirmou Bolsonaro.
 
"A curva de infectados subiu assustadoramente, ninguém podia esperar aquilo. E fizermos o que tinha que fazer. O ministro Eduardo Pazuello, naquele momento, em colaboração com o governador do estado do Amazonas", completou.
 
Na mesma entrevista, Bolsonaro disse acreditar que, até setembro, mais de 60% da população estará vacinada. A imunização no Brasil começou em janeiro e, até agora, apenas 15% da população tomou as duas doses de vacina.

O presidente também desmereceu a Coronavac, imunizante que garantiu o início da vacinação no país e que foi viabilizado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), inimigo político de Bolsonaro.

O mandatário disse que a Pfizer "tem bem mais credibilidade que uma outra que foi distribuída há pouco tempo aqui e continua sendo distribuída".
 
Bolsonaro insistiu ainda em sua intenção de permitir que quem já foi imunizado ou que já se infectou com o coronavírus possa dispensar o uso de máscara.

O presidente chamou de negacionistas aqueles que se opõem à ideia que está sendo estudada pelo Ministério da Saúde e que é considerada temerária por especialistas.
 
"Então, olha só, a pessoa que tomou vacina, se alguém quer que ela não seja dispensada do uso de máscara, essa pessoa não acredita na vacina. É uma pessoa, aí sim, negacionista", afirmou Bolsonaro.

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Salvador começa semana com 79% de ocupação de UTI e 6 hospitais com taxa acima de 80%

 

Salvador começou a semana com ocupação de Unidades de Tratamento Intensivo Covid-19 adulto em 79% na manhã desta segunda-feira (14). O índice consta no painel de acompanhamento de ocupação e leitos da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab).

A capital fechou o domingo (13) com o mesmo índice, depois de, pelo menos, 15 dias seguidos com o percentual de ocupação dessas vagas para pacientes graves em 80% ou mais.

O boletim mais recente da Sesab, deste domingo (13), mostrava que Salvador tinha 614 pacientes graves com a infecção pelo novo coronavírus.

Os hospitais da cidade com maior ocupação de vagas de tratamento intensivo Covid adulto na manhã desta segunda são: Eladio Laserre, que trabalha com capacidade máxima (100%); Hospital de Campanha do centro de Iniciação Esportiva com 93%; Hospital Sagrada Família 90%; Instituto Couto Maia 81%; e o Hospital Português e o Geral Ernesto Simões Filho com 80%.

O painel mostra que a capital tem 293 pacientes adultos em ventilação mecânica na manhã desta segunda.
 

Prefeito Adriano Lima vai compor câmara setorial da saúde criada pela UPB

 

O prefeito de Serrinha, Adriano Lima, visitou a União dos Municípios da Bahia (UPB) nesta quarta-feira (9) e recebeu o convite para integrar a câmara setorial de saúde, que está sendo formada na entidade por prefeitos de diversas regiões do estado. Adriano é médico e revelou grande preocupação com o custeio da saúde no pós-covid.

As cidades pólo, como Serrinha, suspenderam as cirurgias eletivas por conta da pandemia e instalaram leitos de UTI para tratamento da Covid-19. Entretanto, o recurso para custeio da Assistência Ambulatorial de Média e Alta Complexidade (MAC) é calculado com base nos procedimentos realizados no ano anterior e não inclui os leitos de UTI usados para tratar pacientes com complicações pelo coronavírus. O prefeito teme um apagão de recursos para a média e alta complexidade na saúde, em 2022, quando toda demanda reprimida buscará atendimento.

Mensagem do prefeito Adriano Lima pelo aniversário de emancipação política de Serrinha

 

Prefeito Adriano Lima:"Serrinha ganhou destaque na Bahia no pior momento para se fazer gestão. Fizemos uma revolução na saúde, investimos muito na infraestrutura, educação e em diversas outras áreas, e, principalmente, devolvemos ao cidadão o orgulho de ser serrinhense!

Deixo aqui os meus parabéns para minha amada Serrinha, são 145 anos de história e progresso".

Mensagem do Procurador do Município, Cyro Novais pelo aniversário de emancipação política de Serrinha

 

O procurador geral do município, Dr Cyro Novais passando para deixar uma mensagem nessa data tão importante que marca o dia da emancipação política da nossa amada Serrinha.

É uma honra poder participar da evolução de Serrinha, são 145 anos de história e progresso!

Hoje 13 de junho a data de emancipação política do município quando passou a condição de cidade, decreto assinado pelo presidente da Província da Bahia, Luiz Antonio da Silva Nunes, em 13 de junho de 1876. Portanto, são 145 anos de cidade.

Prova de vida do INSS pode ser feita sem sair de casa

 

 Agência Brasil - Beneficiários do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) podem realizar a prova de vida por meio dos aplicativos Meu gov.br e Meu INSS, pelo site, em caixas eletrônicos ou até por procuração.

A medida tem o objetivo de evitar aglomerações durante a pandemia. A necessidade de fazer a prova de vida foi retomada neste mês, após interrupção em março do ano passado. Durante o período, os beneficiários não deixaram de receber seus pagamentos.

O novo sistema viabiliza a prova de vida online através de tecnologia de biometria facial, desenvolvida pelo Serpro e pela Dataprev. O procedimento vai facilitar a vida de cerca 36 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários de programas assistenciais. Para utilizar a funcionalidade, é necessário que o usuário tenha feito a coleta de biometria para o título de eleitor, além de possuir uma conta no gov.br, o portal de serviços de governo.

Os aplicativos Meu Gov.br e Meu INSS estão disponíveis na Google Play e App Store, ou, ainda, nos ambientes web.

Prova de vida

Realizada anualmente para comprovar a existência do beneficiário e evitar fraudes, a prova de vida é exigida de todos os que recebem benefícios de seguro social por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético. Para não ter o pagamento suspenso, as provas já vencidas devem ser realizadas novamente até as datas limite. Segundo estimativas da autarquia, cerca de 11 milhões de pessoas se encontram em situação de pendência, o que corresponde a um terço dos beneficiários.

Caso não seja possível a realização da prova de vida por celular, a orientação do INSS é que o cidadão procure a agência bancária responsável pelo recebimento do benefício.

Alguns bancos permitem que a validação seja feita por biometria nos próprios aplicativos ou até mesmo em caixas eletrônicos.

Uma terceira opção, para aqueles que não puderem ir ao banco por motivo de doença ou dificuldades de locomoção, é fazer a prova de vida por meio de um procurador. Mas, para isso, é preciso que a procuração seja cadastrada no INSS. A prova de vida por procuração também é uma alternativa para beneficiários que moram no exterior.

Coelba corta energia da Prefeitura de Ribeira do Pombal por dívida de R$ 21 milhões

A Prefeitura de Ribeira do Pombal, no interior da Bahia, está sem energia. A Coelba cortou a luz da sede da gestão e de outros órgãos municipais por conta do não pagamento de uma dívida de R$ 21 milhões.

Fontes relataram ao Bahia Notícias que o apagão se estende à orla do açude, à fonte luminosa da orla, ao estádio municipal e à garagem municipal. A dívida se estende desde 2016, quando a cidade era gerida por Ricardo Maia (PSD), hoje pré-candidato a deputado federal. Atualmente, o prefeito é Eriksson Silva (PSD), de quem a população aguarda uma posição.

O site da prefeitura traz uma nota de esclarecimento sobre o tema. Segundo a gestão, a suspensão da energia é referente a uma ação na Justiça, impetrada na gestão anterior, que questiona a "falta de transparência e incongruência" nos repasses realizados pela Coelba em relação à Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip). A atual gestão diz que no início do mandato uma decisão judicial determinou que os valores relativos a débitos anteriores a 2021 não fossem levados em conta e que as contas referentes a este ano estão "rigorosamente em dia".

Sendo assim, a prefeitura acusa a Coelba de ter ignorado a decisão judicial ao cortar a luz de alguns órgãos da administração municipal. O município acionou a Justiça para garantir o restabelecimento do serviço de iluminação e também questiona os valores cobrados antes de quitar a dívida.


Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar o auxílio emergencial nesta segunda

Os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em setembro podem sacar, a partir desta segunda-feira (14), a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 22 de maio. A terceira parcela poderá ser sacada a partir de 4 de agosto e, a quarta, a partir de 3 de setembro.

De acordo com a Agência Brasil, os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

REGRAS
Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.
 

Shoppings e salões de beleza estudam ir à Justiça para indenização por fechamentos

Donos de salões de beleza e shoppings centers preparam ações para pedir reparação a governos e municípios pelas perdas sofridas com medidas restritivas de funcionamento durante a pandemia.

O movimento segue a mesma linha de bares e restaurantes, que decidiram entrar na Justiça pelo menos motivo. A ação foi encabeçada pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), responsável por ações civis públicas em 26 estados e o Distrito Federal, além de 275 municípios onde a entidade possui estabelecimentos associados (leia mais aqui).

Segundo José Augusto Santos, presidente da ABSB (Associação Brasileira do Salões de Beleza), o setor enfrentou agravante porque não tiveram possibilidade de delivery. As informações são da Folha de S. Paulo.

"Não quer dizer que somos contra os fechamentos, em hipótese alguma. Entretanto, governos e prefeituras precisam arcar com a perda de faturamento", disse José Augusto.

Ainda segundo o presidente, a associação não pretende incluir o governo federal por causa do lançameto de programas na pandemia, a exemplo de redução de jornada e corte de salários.

Os shoppings analisam o movimento para pedir indenizações. A Abrasce (Associação Brasileira de Shoppings Centers) questiona o pagamento de impostos como IPTU e ICMS durante o período de fechamento, em que os estabelecimentos foram proibidos de funcionar.


Faroeste: Borracheiro que se tornou maior latifundiário do oeste recebeu auxílio-emergencial

Um dos maiores latifundiários da região oeste da Bahia recorreu ao auxílio-emergencial no ano de 2020. Segundo informações apuradas pelo Bahia Notícias, o borracheiro José Valter Dias, denunciado na Operação Faroeste, recebeu cinco parcelas do benefício no valor de R$ 600.

Com 75 anos, nascido em Grande Ribeiro, no Piauí, o borracheiro se tornou um dos maiores proprietários de terra na região de Formosa do Rio Preto, através de uma organização criminosa composta pelo “quase-cônsul” da Guiné Bissau, Adailton Maturino e por desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Através do esquema, com apoio de membros do Judiciário, o borracheiro passou a ser dono de 366 mil hectares de terras, avaliado em mais de R$ 1 bilhão.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), feita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), Adailton Maturino era uma espécie de mentor de José Valter Dias na disputa judiciária da propriedade das terras, usando sua influência junto aos membros do TJ-BA, para direcionar decisões judiciais em favor dos integrantes da organização criminosa.


A estratégia de Adailton e outros envolvidos era forçar produtores da região a encerrar o conflito fundiário de forma a garantir que José Valter Dias se tornasse o maior latifundiário da região, mesmo sem nunca ter praticado qualquer atividade agrícola produtiva de grande importância.

No curso da investigação, o filho de José Valter, Joilson Dias, afirmou que trabalhava com o pai como torneiro mecânico, tendo constituído uma empresa do ramo que funcionou até 2017. Aos investigadores, declarou que sua renda mensal era de R$ 70 mil, proveniente de acordos com produtores rurais que compraram terras na área em disputa judicial. Com isso, somente o patrimônio do filho seria de R$ 15 milhões, entre imóveis e carros.Joilson se aproximou de Adailton no início dos anos 2000, quando o “quase-cônsul” era administrador de empresa.


O pai de Joilson, José Valter, passou a ser sócio da JJF Holding, junto com a esposa de Adailton, Geciane Maturino, com capital social de R$ 581,7 milhões. Ele detinha apenas 05% das ações. Para os investigadores da Faroeste, José Valter Dias jamais empregou “um único centavo na referida empresa, a indicar que ali estava criada pessoa jurídica com o propósito de lavar dinheiro”. Na deflagração da primeira fase da operação, o ministro Og Fernandes, relator do processo, determinou o bloqueio de aproximadamente R$ 600 milhões dos investigados. O borracheiro, desde 2016, reside em Terezina, no Piauí, por problemas com pistoleiros na região de Barreiras. Devido a idade e ao estado de saúde, ele não foi preso na Operação Faroeste.


Em depoimento a Polícia Federal, ele negou ser borracheiro e disse que é empresário, tendo sido dono de uma retificadora de motoroes, autopeças e mecânica em Barreiras, de 1974 a 2001. A empresa era a Retifica Pernambucana. Também relatou que foi dono de uma empresa de perfuração de poços artesianos, a Sondar, que operou por 30 anos. A referida empresa também locava tratores de esteira.

Em 1985, ele a esposa, Ildenir Gonçalves Dias, ingressaram com uma ação judicial prossessória, após produtores de soja do Paraná chegarem à região, incentivados pelo Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados (Prodecer II), para plantar soja. O casal afirma ser os verdadeiros donos da Fazenda São José, por ter comprado os direitos de herança da área, que não tinha limites definidos quando foi dado entrada na ação. Em 2017, uma liminar do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, emitida em pleno período de colheita, forçou os produtores a deixarem suas terras, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. O juiz também é investigado na Operação Faroeste, e está preso desde novembro de 2019.


quinta-feira, 10 de junho de 2021

Serrinha confirma mais 01 óbito e registra 34 novos casos de Covid-19

 

A Prefeitura de Serrinha informa que nesta quarta-feira, 09/06, foram confirmados 34 novos casos de coronavírus, 34 novas curas e um óbito.

Com isso, a cidade atinge um total de 6.473 casos da Covid-19, 6.329 curados, 81 óbitos e 63 casos ativos.

O óbito registrado nesta quarta-feira (09), foi de um paciente de 59 anos, morados da Urbis que possuía diabetes tipo 2. O óbito ocorreu em 27/05/2021.

Ainda segundo o boletim epidemiológico, Serrinha registra um total de 207 casos suspeitos da doença.

Bahia recebe nova remessa com 227 mil doses de vacinas contra Covid-19

Na madrugada desta quinta-feira (10) a Bahia recebeu uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19. As 227 mil doses de imunizantes da Astrazeneca/Oxford chegaram 0h25 no aeroporto de Salvador.

Os imunizantes começarão a ser enviados, na manhã desta quinta-feira, para as regionais de saúde em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador.

A remessa da Pfizer/BioNTech recebida nesta terça-feira (9) também será remetida para as regionais de saúde nesta logística.

As vacinas serão enviadas exclusivamente aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta foi uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado.

Com esta nova carga, a Bahia ultrapassará a marca de 7 milhões de vacinas recebidas, chegando ao total de 7.186.400 doses, sendo 3.035.800 da Coronavac, 3.793.750 da AstraZeneca/Oxford e 356.850 da Pfizer/BioNTech.


Documento enviado pela 'Capitão Cloroquina' desmente versão de Queiroga na CPI

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, recebeu um documento onze dias antes de dizer à CPI da Covid que Mayra Pinheiro não trata de "tratamento precoce" em sua gestão que desmente sua versão.

No último dia 28, Mayra, conhecida como Capitã Cloroquina, pediu ao gabinete do ministro e a outros quatro departamentos da pasta uma análise da continuação do aplicativo TrateCov. A plataforma foi lançada pelo ministério em janeiro e receitava o tratamento precoce com cloroquina e outros medicamentos sem eficácia para Covid.

Segundo o Metrópoles, o documento intitulado "Solicita análise de conveniência e oportunidade no prosseguimento da ação Plataforma TrateCov", foi assinado por Mayra Pinheiro e solicitava a "alta administração deste ministério" a examinar se o aplicativo deveria ser mantido.

Três dias antes, durante depoimento na CPI, Pinheiro foi questionada sobre o TrateCov.

"Renova-se a indicação para a análise acerca do tema, em especial pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19", escreveu Mayra Pinheiro ao gabinete de Queiroga.

"Sugere-se que, em caso positivo pelo prosseguimento, seja a ação abrigada sob a responsabilidade da Secretaria de Atenção Primária à Saúde", acrescentou.

O ofício também foi enviado para a Secretaria-Executiva, Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid, Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública, e Diretoria de Integridade da pasta.

Na última terça-feira (8), Queiroga compareceu ao Senado para segundo depoimento e deu uma versão que contradiz o documento que havia recebido onze dias antes. O ministro foi questionado pelo relator da CPI, Renan Calheiros, por que ainda mantém a "Capitã Cloroquina" no cargo.

"A doutora Mayra (Pinheiro) não trata, na minha gestão, de tema relacionado ao tratamento precoce da Covid-19", disse Queiroga.
 


Com vaga nas oitavas de final, Juazeirense já garante mais de R$ 5 milhões em premiação

Com mais R$ 2,7 milhões por chegar nas oitavas de final da Copa do Brasil, a Juazeirense já acumula R$ 5,635 milhões em premiações que serão pagas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na noite desta quarta-feira (9), o Cancão de Fogo eliminou o Cruzeiro ao vencer nos pênaltis por 3 a 2, após vitória por 1 a 0 no tempo regulamentar, pelo jogo de volta da terceira fase do torneio nacional.

A campanha do Cancão de Fogo na Copa do Brasil começou com a vitória sobre o Sport por 3 a 2 no Adautão, na primeira fase. Depois, novamente em casa, a vítima seguinte foi o Volta Redonda, onde o time baiano chegou ao empate no placar após começar perdendo por 3 a 0. Nos pênaltis, a equipe venceu por 4 a 2.

O adversário da Juazeirense nas oitavas de final será conhecido no sorteio promovido pela CBF. Enquanto isso, o Cancão de Fogo canaliza seu foco para a disputa da Série D do Brasileiro. No próximo domingo (13), às 16h, o time de Juazeirense recebe a visita do ASA, no Adautão, pela segunda rodada do Grupo A4. A equipe estreou na competição empatando em 1 a 1 com o Itabaiana, fora de casa.
 


quarta-feira, 9 de junho de 2021

Informativo prefeitura de Serrinha:Nos quatro cantos de Serrinha, o trabalho não para!

 

Tem pavimentação asfáltica chegando na comunidade do #Subaé, serão 4.700 metros quadrados de asfalto com execução de 1.100 metros de meio fio, por toda a extensão da área de intervenção, que beneficiarão os moradores da região.

Seja na zona rural ou urbana, Serrinha continua no caminho do progresso!

#SEINFRA #Infra #CompromissoComOProgresso

Serrinha regista 50 novos casos e 49 curas de Covid-19

 

A Prefeitura de Serrinha informa que nesta terça-feira, 08/06, foram confirmados 50 novos casos de coronavírus, 49 novas curas e nenhum óbito.

Com isso, a cidade atinge um total de 6.439 casos da Covid-19, 6.295 curados, 80 óbitos e 64 casos ativos.

Ainda segundo o boletim epidemiológico, Serrinha registra um total de 157 casos suspeitos da doença.

 

Delegado diz que a cada depoimento surgem fatos novos sobre motivação de morte de médico; outro médico será ouvido

 

A Polícia Civil de Feira de Santana continua investigações no caso do médico Andrade Santana Lopes, de 32 anos, que foi encontrado morto no Rio Jacuípe em São Gonçalo dos Campos no dia 28 de maio. Andrade foi assassinado com um tiro na nuca pelo colega e também médico Geraldo Freitas Carvalho Júnior, que alegou no seu último depoimento que o tiro que disparou contra a nuca da vítima foi acidental.

O delegado Roberto Leal disse ao Acorda Cidade que a polícia está analisando todas as versões, verificando principalmente dados que foram apresentados por Geraldo e que ele trouxe novas informações sobre a possível motivação.

Segundo o delegado, há pessoas que estão já agendadas para oitiva e já foram ouvidas desde a última quarta-feira até a presente data seis pessoas. Além disso, foram feitas solicitações de perícias que a polícia aguarda o resultado.

Sobre o carro do médico Andrade ter sido encontrado no município de Conceição do Jacuípe, Roberto Leal, declarou que Geraldo Júnior informou à polícia que a condução do veículo até o município foi feita por ele. No entanto, a polícia investiga como aconteceu o seu retorno à Feira de Santana.

“Ele trouxe algumas informações, nós vamos averiguar essas informações para confrontá-las com as investigações que já estão, principalmente os dados que foram angariados logo no início da investigação, tanto pela Delegacia de Furtos e Roubos, bem como pela 1ª Coordenadoria de Polícia (Coorpin) em relação a esse fato. Sabemos que ele abandonou o carro naquela região e o retorno dele para Feira de Santana é que agora é o nosso foco da investigação. Pois ele trouxe algumas informações e também nós conseguimos angariar alguns dados importantes sobre este fato. Faltam peças para fechar o quebra cabeça e é um crime que envolve uma gama de informações que foram levantadas inicialmente logo pela própria investigação e depois pelos dados apresentados pelo investigado”, relatou.

O delegado salientou em entrevista ao Acorda Cidade, que em cada oitiva realizada aparece um dado novo que precisa ser confrontado e que e também que já está agendado o depoimento de uma pessoa que supostamente seria desafeto do investigado.

"Remontamos a anos anteriores para saber se existia algum fato, algum evento que pudesse indicar a motivação. Um evento foi identificado, nós agora estamos aguardando uma oitiva de outro colega médico de ambos, tanto investigado quanto de vítima, para verificar a veracidade desses fatos”, afirmou ao Acorda Cidade.

Roberto Leal também comentou sobre as declarações do advogado de Geraldo Júnior, Guga Leal, de que o crime não teve nada a ver com sonho ou premonição e que não foi premeditado. Para o delegado, a defesa vem fazendo um excelente trabalho e a todo momento não houve nenhum tipo de conflito entre o papel da defesa e o papel da polícia judiciária de Feira de Santana.

“Entendemos o papel deles e eles também entendem o nosso papel, principalmente ali através do advogado Guga Leal que está à frente da defesa do suspeito. A polícia continua com a versão da premeditação principalmente pelos fatos que foram angariados. A compra da âncora, a ligação anterior, a solicitação para que fosse desmarcado o encontro que a vítima teria com uma amiga e então tudo isso nos indica ali uma premeditação. Então a polícia continua com essa versão. A defesa vai apresentar a linha de atuação dela, mas a Polícia Civil continua com a linha de premeditação”, acrescentou.

Vencimento da prisão temporária

A prisão temporária de Geraldo Júnior vence no dia 28 de junho e o delegado Roberto Leal salientou que a polícia tem esse prazo para tomar providências em virtude desse inquérito policial. Inicialmente a conclusão e depois a representação pela prisão preventiva.

“No caso da prisão temporária nesses casos pode representar pela prorrogação do fato, ou mesmo concluir o inquérito sem representar por prisão nenhuma. Nós vamos analisar todos os dados, vamos no momento correto fazer esse encaminhamento correto ao judiciário, com a medida que entendermos que for necessária”, concluiu.
 
Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.

Infectologista destaca efeito coletivo da vacinação contra a Covid-19 e outras doenças

 

O Dia da Imunização é celebrado anualmente em 9 de junho. O principal objetivo desta data é conscientizar a população sobre a importância de manter as principais vacinas em dia e diminuir a probabilidade de contrair doenças. Com a pandemia da Covid-19, a importância da vacinação precisa ficar ainda mais em evidência.

De acordo com a infectologista Melissa Falcão, o programa de imunização do Brasil é reconhecido mundialmente pela sua capacidade de vacinar muitas pessoas, num intervalo curto de tempo.

“Nós temos uma ampla gama de vacinas disponíveis para toda a população, desde o nascimento até a fase idosa. Essas vacinas fazem parte do calendário básico de imunização e outras são vacinas especiais, que são dadas àquelas pessoas que têm algum risco maior de adoecer. As vacinas mais conhecidas são a BCG, que é para prevenção de tuberculose, de hepatite B, tríplice viral, bacteriana, contra a coqueluche, tétano, meningite, rotavírus, então o nosso calendário básico de imunização inclui as principais doenças preveníveis”, explicou.

A infectologista esclareceu que o Brasil tem uma campanha muito organizada anualmente de gripe, por exemplo, que começa com as crianças pequenas, os idosos, profissionais de saúde, educação e pessoas com comorbidades. Mas esse ano, houve algumas dificuldades a mais porque coincidiu com a campanha de vacinação contra a Covid-19.

“A prioridade tem que ser dada à vacina da Covid, então quem tiver no período de tomar as duas, deve priorizar a do Coronavírus, com um intervalo mínimo de duas semanas toma a da gripe. A vacina é nossa maior esperança. As vacinas que temos disponíveis não têm 100% de eficácia, não garantem uma proteção completa, mas diminuem o risco de ter um caso grave e diminuem o risco também de ter manifestações da doença. Então precisamos nos vacinar, porque o efeito da vacina não vai ser individual, vai ser coletivo. A gente só vai conseguir sucesso na vacinação quando conseguirmos pelo menos 75% da população imunizada”, destacou Melissa Falcão.

Eficácia das vacinas

Em relação à eficácia das vacinas, Melissa Falcão explicou que elas variam, então algumas têm uma proteção maior, outras têm uma proteção menor, e por isso que o importante vai ser o efeito coletivo.

“Não importa se estarei protegida 90 ou 50%, mas sim quando toda a nossa população estiver com mais de 50% de proteção. Então não importa qual vacina eu tomei, mas sim que eu tenha um grau maior de proteção. A imunidade completa de acordo com a eficácia de cada vacina só é adquirida cerca de duas semanas após a segunda dose. Então não é pra ficar tranquilo após a primeira dose, e mesmo após a segunda dose, os cuidados precisam continuar, porque essa proteção não é de 100%, e tem as variantes que ainda estão sendo analisadas”, disse.

Sputnik V

Sobre o uso da vacina russa Sputnik V na população brasileira, a infectologista informou que ela usa uma plataforma parecida com a da Oxford. Ela utiliza um vetor viral, um vírus do adenovírus para transportar uma parte do vírus da Covid e fazer o sistema imune responder.

“A Anvisa liberou a exportação de apenas um lote pequeno dessa vacina para funcionar como um teste dessas reações adversas, mas ela não garante a segurança e a eficácia dessa vacinação, então vai funcionar mais como um estudo em grande escala da eficácia e dos efeitos colaterais em relação a essas vacinas”, destacou.

Melissa Falcão acrescentou que atualmente existem três tipos de composição principais dessas vacinas de Covid, que são vírus inativado, que funcionam como um vetor e não vai causar a doença; um vetor viral do adenovírus que transporta partículas do Coronavírus ou um RNA mensageiro, que é uma parte do código genético do Covid, que é inserido através de partículas de gorduras e faz o corpo produzir a proteção. “A CoronaVac é de vírus inativado, a da Oxford é de vetor viral do adenovírus e a da Pfizer é o MRNA mensageiro”, explicou

Com informações do repórter Ney Silva do Acorda Cidade
 

Decididos a jogar, atletas da Seleção criticam realização da Copa América

 

Conforme prometido, os jogadores da Seleção Brasileira enfim se pronunciaram. Na noite desta terça-feira (8), após a vitória sobre o Paraguai por 2 a 0, nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, os atletas publicaram um texto no Instagram criticando a Conmebol pela realização da Copa América em meio a pandemia do novo coronavírus.

"Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil. Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado em sua realização", diz um trecho.

No entanto, o jogadores confirmaram que vão disputar a Copa América. A estreia do Brasil será no próximo domingo (13), às 18h, contra a Venezuela, no Mané Garrincha, jogo que abre o torneio.

"Por fim, lembramos que somos trabalhadores, profissionais do futebol. Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira", finalizou.

Após a vitória sobre o Paraguai, o zagueiro Marquinhos reforçou que os jogadores não se recusaram a servir à Seleção Brasileira.

"A gente sabe todo contexto da Copa América. Creio que foi muito discutido nesses últimos dias internamente e externamente. A gente vê tudo que as pessoas falam sem mesmo saber da verdade dos fatos. Deixamos claro que em momento algum os jogadores negaram de vestir essa camisa. Isso aqui é o nosso sonho de criança, onde víamos todos na televisão e sonhávamos em um dia estar aqui e o hoje a gente está. É o maior orgulho para a gente vestir essa camisa da Seleção Brasileira. A partir de agora a gente fez o que a gente tinha de fazer nesses dois jogos que era o nosso foco no momento. A partir de agora vamos ver o que será decidido. Como todos vem falando, a gente sabe que existe uma hierarquia. Somos jogadores e cientes do nosso papel, que é importante. Mas deixar bem claro que em nenhum momento a gente negou de vestir essa camisa", disse.

O Brasil está no Grupo B da Copa América. Depois de encarar a Venezuela, os brasileiros enfrentam o Peru no dia 17 de junho. Na sequência, o desafio será diante da Colômbia, no dia 23. O último jogo da primeira fase será dia 27, diante do Equador.

CPI da Pandemia ouve Elcio Franco nesta quarta, ex-número dois de Pazuello na Saúde

A CPI da Pandemia continua as oitivas nesta quarta-feira (9) com o depoimento do coronel Antônio Elcio Franco Filho, ex-secretário executivo do Ministério da Saúde. A partir das 9h, Franco deve esclarecer ações nas compras e abastecimento de insumos para os estados durante a crise sanitária.

Ele foi o número dois da pasta entre julho de 2020 e março de 2021, na gestão de Eduardo Pazuello. A convocação de ELcio foi solicitada pelos senadores Alessandro Vieira (Rede-SE), Eduardo Girão (Podemos-CE), Humberto Costa (PT-PE), Otto Alencar (PSD-BA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Rogério Carvalho (PT-SE).

No requerimento, o senador Randolfe Rodrigues diz que o Ministério da Saúde, com Elcio Franco como secretário-executivo, só apresentou um Plano Nacional de Vacinação após pedido do STF em dezembro de 2020.

"Mesmo com a demora, o plano era falho. Apresentava diversos pontos em aberto e foi alvo de críticas de cientistas cujos nomes apareciam como responsáveis pela elaboração do documento e que afirmaram não terem sido consultados antes da publicação", diz Randolfe.

Em sessão temática semipresencial no Senado, No dia 4 de março, Franco defendeu a forma como o Ministério elaborou a estratégia de enfrentamento da pandemia da Covid-19 e a campanha de vacinação.
 


Executivo da SinoVac pediu fim de ataques à China para não atrasar envio de insumos

A farmacêutica SinoVac cobrou mudança de posicionamento do governo para garantir o envio de insumos ao Instituto Butantan para a produção da vacina CoronaVac. O pedido foi feito quinze dias após o presidente Jair Bolsonaro atacar a China.

A informação foi confirmada pelo Globo após acesso ao documento do Itamaraty enviado à CPI da Pandemia. A carta enviada pela Embaixada do Brasil em Pequim ao Ministério das Relações Exteriores cita uma reunião na capital da China, em 19 de maio, entre representantes do governo brasileiro e o presidente da SinoVac, Weidong Yan.

Segundo o relato, Yan solicitou uma mudança no posicionamento do Brasil para que a relação entre os países fosse "mais fluida". A carta também aponta que o executivo "fez questão de ressaltar a importância do apoio político para a realização das exportações, e mesmo a possibilidade de tratamento preferencial a determinados países".

Para integrantes da CPI, a documentação vai de encontro com depoimentos de ministros como Marcelo Queiroga, titular da Saúde, Ernesto Araújo, ex-chanceler, de que os posicionamentos de Bolsonaro não tiveram impacto em negociações com a China para o fornecimento de insumo de vacina.

Segundo a embaixada brasileira, o presidente da SinoVac “disse ainda que, apesar do bom relacionamento da empresa com o Instituto Butantan e do apoio da Chancelaria à cooperação com o Brasil, poderia ser útil que o acordo entre as empresas fosse visto como uma demanda do governo brasileiro”.

O documento também mostra que o encontro ocorreu na sede da SinoVac, em Pequim, com a presença de diplomatas brasileiros e um representante do governo de São Paulo, e teve objetivo de tratar o suprimento das vacinas contra Covid-19 contratadas pelo Butantan.

Quinze dias antes da reunião entre diplotamas brasileiros com a SinoVac, o presidente da República Jair Bolsonaro sugeriu que o coronavírus seria parte de uma "guerra química".

"É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou por algum ser humano ingeriu um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra?", disse o presidente no Palácio do Planalto.

"Qual o país que mais cresceu seu PIB? Não vou dizer para vocês", completou Bolsonaro, sem citar a China nominalmente.