OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE
ARENA SHOPPING SERRINHA. Muito boa a iniciativa de trazer mais uma opção de lazer para a nossa cidade, além de valorizar mais o local onde se encontra o referido empreendimento!!!!

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Foi em vão que golpeei os seus filhos.Eles não aceitaram a disciplina.A própria espada de vocês devorou os seus profetas,Como um leão destruidor. Vocês desta geração, prestem atenção à palavra de Jeová. Será que eu me tornei para Israel como um deserto ? Ou uma terra de densa escuridão? Por que eles, o meu povo, disseram: ‘Estamos andando livremente. Não voltaremos mais para ti.Será que a moça se esquece dos seus enfeites,Ou a noiva das suas faixas? No entanto, não é possível contar os dias em que o meu próprio povo se esqueceu de mim". Jeremias 2:1-37

segunda-feira, 31 de março de 2014

Mães se mobilizam contra possível fechamento do Hospital Municipal da Criança

Mães de crianças que recebem tratamento contínuo no Hospital Municipal da Criança, localizado no bairro Jardim Cruzeiro, em Feira de Santana, estão preocupadas com a possibilidade de fechamento da unidade. Na tarde desta segunda-feira (31), a dona de casa Joicimara Santos Silva Mota, de posse de um abaixo-assinado com mais de 200 assinaturas, se mostrou preocupada com a possibilidade de desativação do hospital.

Ela disse que pretende levar o abaixo-assinado e entregar ao prefeito José Ronaldo de Carvalho, solicitando que o hospital não seja fechado. Ela informou também que o filho, Wesley Mota, de 3 anos, que tem hidrocefalia, não pode interromper o tratamento porque correria risco de morte. “Meu filho precisa ser internado constantemente e não tenho para onde levá-lo. Toda semana, todo mês eu vivo aqui”, afirmou.

Segundo Joicimara, as alas da unidade estão aos poucos sendo desativadas para dar espaço para leitos de obstetrícia do Hospital da Mulher. Ainda de acordo com a dona de casa, o número de funcionários foi bastante reduzido, pois foram transferidos para outra unidade.

A presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, que administra o complexo materno-infantil da entidade, contesta as informações de Joicimara. Segundo ela, esses comentários de que o hospital vai fechar são apenas boatos e garante que o atendimento está normal.

Segundo ela, nem houve de leitos para internamento de crianças. No entanto, confirma que alguns setores do Hospital da Criança que estavam sem funcionar foram transformados em novas alas para obstetrícia do Hospital da Mulher. Gilberte Lucas informou que em 2013 foram atendidas mais de 4 mil crianças nas 11 especialidades que o hospital oferece. “Na questão de internamentos a gente trabalha com um número de leitos que a gente encontrou. Não houve aumento desses leitos, mas eles foram mantidos”, afirmou.

Ela disse ainda que o Hospital Municipal da Criança é mantido exclusivamente com verbas do município e que se houver a decisão do fechamento o assunto deverá ser amplamente discutido junto com os setores da sociedade. “Existem pessoas que criticam o hospital defendendo esse fechamento e que todo o espaço da unidade seja transformado em leitos para obstetrícia. Mas a gente sabe e tem consciência que tem mães que precisam desse atendimento”, afirmou.Fonte:Acorda Cidade

Com Souto e Neto, reunião do DEM decide 'acelerar' processo de definição eleitoral

Depois de o prefeito ACM mencionar, em ato falho, o “governador Paulo Souto” durante evento da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi) realizado na última sexta-feira (28), ambos participaram de uma reunião da executiva do Democratas, na manhã desta segunda-feira (31), para “acelerar a tomada de posição do partido quanto à sucessão estadual”. A reunião do partido teve a participação de deputados estaduais e federais e lideranças em Salvador e do interior, além do secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, e do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo. Ficou decidido, conforme divulgado pela legenda, que seriam intensificadas as discussões para definição da chapa. Também na última sexta, Neto afirmou que o anúncio do candidato das oposições seria feito entre a próxima quarta (2) e a sexta-feira (4).

Amando Santos:"E aí tome PROER, que era dinheiro para os bancos"


Não é preciso ser um expert em economia para perceber como as coisas mudam. Lembro-me muito bem que até o Governo de FHC, qualquer pequeno problema que acontecia no exterior, repercutia de forma preocupante no Brasil. Como se diz, um espirro lá fora causava uma grande pneumonia no nosso País. E quando isso acontecia, lá ia o Governo pedir amparo no FMI, que adorava essas situações porque abria logo a carteira de empréstimos e nos deixava reféns da sua política. E aí tome PROER, que era dinheiro para os bancos, alegando o Ministro da Fazenda que tal medida evitava uma contaminação e um colapso no sistema financeiro. Outras consequências vinham  em decorrência de tais fatos, o dólar disparava, as ações na bolsa despencavam e no final das contas, nós pagávamos o pato. Felizmente o ex-presidente Lula acabou com essa farra do FMI e quitou a dívida do Brasil com àquela instituição, nos livrando de muitos transtornos. Como eu disse no começo, a economia muda e no momento estamos vendo e ouvindo as notícias sobre a Petrobrás, infelizmente péssimas notícias. Detalhe: na semana que passou as ações da empresa teve dia de conseguir valorização de quase 8% e o dólar ter uma das suas menores cotações nos últimos meses. Agora durma com um barulho desse.Comentário do Radialista Amando Santos(Rádio Clube Serrinha.net)

Yamana:“Diálogo com a Imprensa”

No dia 27 de Abril, a Yamana e Parceria com a ML&A comunicações realizou na Mineração Fazenda Brasileiro o “Diálogo com a Imprensa”.

Este é foi o primeiro de uma série de encontros periódicos com jornalistas e comunicadores da região, que visa reforçar a transparência, estreitar ainda mais o relacionamento com a imprensa e mantê-los informados sobre os dados da empresa e os desafios do setor mineral.

O Evento contou com a presença do Vice Presidente Administrativo Arão Portugal, Andreia de Lourdes Nunes – Gerente Geral da MFB, Marcus Vinícius Cavalcante – Gerente Administrativo, Luiz Fregadolli – Gerente Reg. de SSMAC e representantes da Comunicação local como o Ivan Melo e Valdirene Leal da Rádio Morena FM de Serrinha.Fonte:Email

Democratas faz reunião hoje pela manhã

Acontece hoje pela manhã, às 11h, encontro dos caciques do Democratas, que contará com as presenças do prefeito de Salvador ACM Neto, prefeito de Feira de Santana José Ronaldo, deputados federais e estaduais, mais os membros da Executiva Estadual da legenda. Na pauta o nome de Paulo Souto para governador. O Democratas parece que vai para a ofensiva com o nome do ex-governador, fechando ou não com Geddel Vieira Lima. (foto: ACM Neto e José Ronaldo, que discutem o nome do Democratas para governador)

Pesquisa Datafolha aponta que maior parte dos brasileiros quer anular Lei da Anistia

Maior parte da população é a favor da anulação da Lei da Anistia como ela é aplicada atualmente. De acordo com pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta segunda-feira (31) – quando o golpe militar de 1964 completa 50 anos – 46% disseram ser a favor, 37% contra e 17% não souberam opinar. Ainda segundo o levantamento, há mais brasileiros a favor de punições para as pessoas que torturaram presos políticos, 46%, do que contra, 41%. O resultado, segundo o Datafolha, é o inverso do encontrado em 2010: 45% contra e 40% a favor. Entre os que têm nível superior e ganham mais de R$ 7.240, o apoio à punição de torturadores sobe para 58%. A consulta atual, com 2.614 entrevistas, foi feita em 19 e 20 de fevereiro, antes da publicação de diversas reportagens sobre os 50 anos do golpe e da repercussão do depoimento do coronel reformado Paulo Malhães à Comissão Nacional da Verdade. No último dia 25, Malhães narrou como torturava, matava e dilacerava corpos de opositores durante a ditadura. Disse não ter qualquer arrependimento disso. A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos. As infromações são da Folha.

Pesquisa divulgada por Wagner não consta entre registradas no site do TRE-BA

O site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) não aponta como registrada uma pesquisa encomendada pelo governador Jaques Wagner sobre a sucessão estadual, feita pelo instituto Babesp – mais conhecido como DataNilo, por ser do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT). Na última quarta-feira (26), o Democratas protocolou uma ação para pedir que o chefe do Executivo baiano pague uma multa de R$ 53 mil, por divulgar os números de um levantamento não registrado, em entrevista à Rádio Metrópole. No dia seguinte, ao ser questionado pelo Bahia Notícias sobre o fato, Wagner não desmentiu a informação da ausência de registro e disse que apenas “respondeu a uma pergunta”. “Espero não ter ofendido a lei. Se a interpretação for essa, vou ter que pagar, como qualquer cidadão”, acrescentou o governador.

Nesta segunda (31), o jornal Tribuna da Bahia afirmou que o levantamento foi registrado. No entanto, em consulta ao site do TRE, apenas três pesquisas relativas às eleições de 2014 aparecem como registradas, todas do Instituto Insight: uma realizada em Bom Jesus da Lapa, outra em Serra Dourada e a terceira em Ibotirama. Contatada pelo BN, a assessoria do tribunal ainda não se manifestou sobre o assunto.Fonte:Bahia Noticias

Mais um Ba-Vi: pelo histórico das finais entre os rivais, vantagem é do Vitória

O título acima parece um verso do hino do Bahia, mas é apenas em parte. Metade, para ser mais preciso. A brincadeira com um trecho da letra de Adroaldo Ribeiro Costa é para fazer referência ao grande clássico baiano. Até porque é natural falar em Campeonato Baiano e fazer logo uma ligação direta com o Ba-Vi. Em 2014 não será diferente: a goleada do Vitória por 6x0 no Vitória da Conquista, ontem, em Pituaçu, põe rubro-negros e tricolores em mais uma decisão do estadual.

De 1931, ano de fundação do Bahia, para cá, foram 34 finais disputadas pela dupla, com pequena vantagem rubro-negra. São 18 títulos do Leão, contra 17 do Esquadrão. A soma não bate porque o título de 1999 foi dividido entre os dois rivais.

E, na edição de número 110 do Campeonato Baiano, o Vitória tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais, por ter feito melhor campanha. O primeiro clássico será domingo, na Fonte Nova. O segundo, dia 13, em Pituaçu.

No entanto, é relevante lembrar um dado atual: o tricolor está há cinco Ba-Vis invicto. Tal invencibilidade começou desde o empate em 1x1 no segundo jogo da final de 2013, no Barradão, logo após o 7x3 rubro-negro. Depois daquela goleada histórica, o Vitória não venceu mais o Bahia. Foram três empates e duas derrotas, inclusive o “Lepo Lepo” do último encontro entre os rivais, há oito dias.

A diferença dos próximos duelos é que  vão valer taça. E valendo título, essa decisão oscilou muito ao longo dos anos. As 34 decisões tiveram momentos distintos. Nas décadas de 1940, 50, 60 e 70, o Tricolor de Aço teve supremacia. Até 1979, o Esquadrão já tinha conquistado 10 dos 16 títulos que tem sobre o maior rival. Os anos 80 foram marcados pelo verdadeiro equilíbrio. Bahia campeão em 81 e 88; Vitória em 85 e 89.

Na virada para os anos 90 e antes mesmo da chegada do novo século, o Leão virou o jogo nas decisões contra o Esquadrão. De lá para cá, o time da Toca levantou o troféu 11 vezes, das 17 conquistas. Porém, os dados, apesar de históricos, tornam-se quase subjetivos e irrelevantes quando a bola rola. Porque, quando a bola rola, é realmente só isso o que importa. Quem venham os Ba-Vis.Fonte:Correio da Bahia

Reajuste no preço dos medicamentos passa a valer hoje

Indústrias farmacêuticas e distribuidoras podem, a partir desta segunda-feira, 31, adotar o reajuste de até 5,68% nos preços de medicamentos regulados pelo governo. A resolução da Câmara de Regulação de Medicamentos (Cmed) que autoriza o reajuste foi publicada na última quinta-feira (27) no Diário Oficial da União.

De acordo com o Ministério da Saúde, a regulação é válida para mais de 9 mil medicamentos, sendo que mais de 40% deles estão na categoria nível três - de menor concorrência, cujas fábricas só poderão ajustar o preço-teto em 1,02%.

"O ajuste autorizado pode alterar o preço máximo de fábrica, porém não impacta diretamente no valor pago pelo consumidor, uma vez que muitas empresas adotam descontos na comercialização dos produtos", informou a pasta.

A Cmed fixa o valor do reajuste anualmente, com base em critérios técnicos definidos na Lei 10.742 de 2003. São considerados no cálculo a inflação do período (de março de 2013 até fevereiro de 2014), produtividade da indústria, variação de custos dos insumos e concorrência dentro do setor.

cenário aponta para duas candidaturas de oposição

As candidaturas só deveriam ser anunciadas após as conferências partidárias que acontecem entre o final de junho e o início de julho do ano eleitoral, contudo - como mais uma prova do descompasso das leis eleitorais – os campos políticos já devem fechar as chapas nesta primeira quinzena de abril.

A ansiedade maior está no campo da oposição, onde o ex-governador Paulo Souto (DEM) e o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB) duelam pela indicação. Na última semana algumas novidades movimentaram o cenário e os dados foram laçados.

Cabe ao prefeito de Salvador, ACM Neto anunciar o candidato que apoiará, mas assim como no grupo do governador Jaques Wagner (PT), a corda está esticada e qualquer derrapada trará consequência. Sendo a principal delas a ruptura com os peemedebistas Lúcio e Geddel Vieira Lima.

O lançamento de chapas separadas não chega a ser novidade. Aconteceu na eleição municipal. Neto saiu vitorioso e, em um cenário projetado dentro do próprio grupo político, poucos são os que apostam que em caso de duas candidaturas Geddel termine à frente de Paulo Souto.

Muitas conversas reservadas entre as lideranças estão acontecendo durante todo o fim de semana. De oficial existe a posição do PSDB que em reunião da Executiva Estadual retirou a sugestão – não é decisão porque não há imposição – de apoiar Paulo Souto. 11 dos 13 membros do colegiado ficaram com o ex-governador.

O deputado federal Antônio Imbassahy e o presidente da Câmara Municipal de Salvador Paulo Câmara foram os únicos que se opuseram a este posicionamento. Os dois defenderam a tese de que era melhor não se optar por um dos lados neste momento. A decisão cabe ao prefeito, que na conjuntura atual, foi alçado à condição de coordenador do processo.

Do lado peemedebista, o diretório e seus principais representantes, os irmãos Viera Lima, aguardam o cumprimento da “palavra” dada lá atrás. Lá atrás quando Souto recusou ser candidato, Neto teria confidenciado a Geddel que o ex-ministro seria o representante do grupo. Dias depois, o ex-governador desdisse e quis participar da disputa.

Tirando as fontes do PMDB, todas as outras apostam que a situação está resolvida e que Paulo Souto vem para a cabeça da chapa e João Gualberto (PSDB) será o vice. Falta apenas o ocupante da vaga para o Senado, sobre este não pairam dúvidas de que não será Geddel, mas nenhum outro nome foi aviltado. PV, PTN ou outro partido menor pode dar a solução.

Governo

Como disse durante o Carnaval, Jaques Wagner (PT), deve estar tranquilo, pois o “lado de lá” está bem mais enrolado. A tese dos petistas era de Neto estaria “valorizando a decisão” de indicar Geddel, mas tudo indica que não será este o desfecho.

Se confirmada as duas candidaturas, o confronto será no terreno relativamente mais interessante para os atuais comandantes do Poder Executivo estadual. Se por um lado Lídice da Mata (PSB) “tira” votos dos governistas, do outro Geddel e Paulo Souto disputarão os votos da oposição. Mas isso tudo é conjuntura e só no final da semana é que se espera uma definição concreta.

"Não conte comigo", diz Geddel sobre o Senado

O pré-candidato para a disputa ao governo da Bahia, Geddel Vieira Lima (PMDB), a cada dia que passa dá mais demonstrações de que está decidido em concorrer apenas ao posto governista. 

Mais uma vez ele utilizou as redes sociais para demostrar que não vai recuar de desejo político traçado para a temporada 2014. Apontado por um seguidor do Twitter como um “excelente” candidato ao Senador, ele não acolheu a ideia e disparou: "Grato pela sugestão, mas não conte comigo".

Como já anunciado amplamente, nem o peemedebista, nem o seu concorrente ao posto pela oposição, Paulo Souto (DEM), se sentem confortáveis em disputar a única vaga no Senado, posto que surgem como maiores oponentes o vice-governador Otto Alencar (PSD), e a ex-ministra do STJ Eliana Calmon (PSB).Fonte:Bocão News

TV aberta vê fuga de audiência aos domingos

As poltronas em frente à TV aos domingos estão mais vazias. E quem ficou está correndo para os canais pagos.

É o que mostra o nível de audiência de um dos horários mais disputados da TV brasileira, os domingos à tarde.

Com base nos índices de audiência ao longo dos 25 anos do “Domingão do Faustão” (Globo), o líder na faixa, é possível observar a fuga de público da TV aberta.

Em 2000, Fausto Silva registrava média de 20,9 pontos de audiência na Globo. Nasceu aí a guerra mais famosa de ibope, Faustão X Gugu, que registrou naquele ano média de 20,8 pontos com seu “Domingo Legal” (SBT). Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande SP.

Em 2000, o percentual de televisores ligados no horário era de 60%. Atualmente, está em 51%. Nos primórdios da TV paga, a participação de canais pagos e em UHF no total de televisores ligados no horário era de 6%. Hoje, é de 21,9%.

Em 2001 e 2002, o “Domingão” chegou a alcançar média de 23,2 pontos, enquanto o “Domingo Legal” registrava média de 22,5 pontos.

De lá para cá, os índices despencaram. Faustão perdeu cerca de 30% de seu público e registra em 2014 média de 15,3 pontos.

Já o SBT perdeu mais de 60% da audiência no horário e registra hoje 6,8 pontos na mesma faixa de horário.

Como era a Dilma que lutou durante a ditadura? Companheiros da época respondem


A presidente Dilma Rousseff foi descrita como tendo sido uma militante "disciplinada e dedicada", além de ter demonstrado "grande capacidade de liderança" durante o período em que integrava os quadros da organização Colina (Comando de Libertação Nacional), grupo que lutou contra a ditadura e que tinha aparelhos (esconderijos) em Belo Horizonte.

A descrição do perfil da então estudante Dilma Rousseff foi apresentada por Jorge Nahas, 67, e por Fernando Pimentel, 63, ex-ministro da pasta de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, em entrevistas ao UOL. Ambos participaram ao lado de Dilma na luta contra a ditadura como militantes, entre outras organizações, no Colina. Em 1969, Nahas tinha 23 anos e estudava medicina na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já Pimentel, com 17 anos, era aluno do Colégio Estadual Central, localizado na capital mineira e onde a presidente também estudou.

Do golpe à prisão

"Ela sempre foi um quadro destacado, uma pessoa com qualidades, dedicada, muito disciplinada no que fazia, muito diligente e entregue à luta. Ela se aplicava muito nas tarefas", afirmou Nahas.

Por sua vez, Pimentel contou que Dilma "sempre teve grande capacidade de liderança". "Era aplicada, estudiosa e determinada. Sempre demonstrou coragem e inteireza moral na militância e na prisão", escreveu Pimentel em e-mail para a reportagem do UOL.

Nahas disse ter integrado uma célula da Colina idealizada para o embate armado contra as forças de repressão. Já Dilma seria de outra vertente da organização. "Nossa intenção era partir para um enfrentamento armado. Nós advogávamos a resistência armada à ditadura através da guerrilha rural e da guerrilha urbana", disse Nahas. "A ditadura não te dava brecha. Ou você radicalizava ou então se submetia ao regime",completou.

Jogue
"Dilma não pegou em armas"
Os dois, no entanto, afirmam que Dilma não pegou em armas. Segundo Jorge Nahas, a então estudante Dilma Rousseff participava de trabalhos denominados de "agitação de massas". "Ela coordenava trabalhos de agitação de massas, como dizíamos na época. Ela tinha trabalho voltados para os movimentos estudantis e operários. Ela também participava de uma imprensa clandestina, nós tínhamos um jornalzinho que era distribuído nas portas das fábricas e entre os estudantes", disse Nahas.

Pimentel relembrou os riscos que ele e a presidente corriam na época. O ex-ministro classificou o período como o "mais pesado" da ditadura. "Como é sabido, aquele foi o período mais pesado da ditadura militar, os chamados "anos de chumbo". Os direitos civis tinham sido extintos com o AI-5 (Ato Institucional nº5) e a tortura, as mortes e os desaparecimentos eram prática constante da repressão política. A militância era arriscada, tensa. Sabíamos desse risco, mas fizemos a opção pelo enfrentamento da ditadura. Aliás, boa parte da juventude brasileira se engajou nessa luta, com graus diferentes de envolvimento", descreveu.

 clandestinidade. No início da manhã de 29 de janeiro de 1969, a polícia localizou e estourou um aparelho da Colina localizado no bairro São Geraldo, em Belo Horizonte. Segundo Nahas, houve intenso tiroteio no local. Em decorrência do embate, dois policiais foram mortos.
"Foi uma ação mal conduzida pela polícia. A gente reagiu e dois policiais acabaram sendo mortos. A gente ia ser imediatamente assassinado ali, mas houve uma ação do chefe da diligência que impediu o massacre. Porque seria um massacre, nós já estávamos rendidos", disse ele.

Nahas relembra que o episódio representou o início do périplo de Dilma na clandestinidade. "Ela iria ser presa porque eles já tinham chegado, de alguma maneira, ao nome dela e estavam de vigília no endereço da família dela em Belo Horizonte. Muito espertamente, ela e o marido perceberam e conseguiram burlar essa vigilância e fugiram. A partir desse momento, ela entrou para a clandestinidade", relembrou.

Ele afirmou que o grupo acreditava ter se escondido em um aparelho que dificilmente seria rastreado pela polícia. "Tinham sido presos anteriormente um ou dois companheiros. Nós suspeitávamos que eles já estavam no nosso rastro. A gente tinha três aparelhos e nos concentramos, éramos oito pessoas, no terceiro aparelho, achando que a polícia não chegaria lá", relembrou.

Na véspera, a célula da qual Nahas fazia parte assaltou duas agências bancárias na cidade de Sabará, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte.Fonte:Uol

sábado, 29 de março de 2014

Neto entrega jogo e diz que secretário representava 'governador Paulo Souto'

O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) cometeu um ato falho, na noite desta sexta-feira (28), durante o evento que marcou a posse da nova diretoria da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi) e "anunciou" o nome do possível candidato escolhido para representar a união das oposições. Diante de um auditório lotado na Associação Comercial da Bahia, no bairro do Comércio, ele anunciou a presença do secretário estadual de Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, como "representante do governador Paulo Souto". O discurso do democrata foi interrompido imediatamente por palmas efusivas dos presentes na plateia, que entenderam o recado. Neto, que coordena o processo de escolha do postulante, pediu desculpa ao público, se disse constrangido, e justificou a derrapada como fruto do afunilamento do período de decisão. O anúncio oficial, segundo ele mesmo, será entre a próxima quarta (2) e sexta-feira (4). O concorrente de Souto é o presidente estadual do PMDB Geddel Vieira Lima.

Protesto na web critica cultura de estupros

Um dia depois de uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgar uma pesquisa que revela que 65% dos brasileiros acham que mulheres que usam roupas curtas merecem ser atacadas, as redes sociais se tornaram palco de protestos e debates. No Facebook, mulheres de todo o Brasil se organizaram para protestar contra o resultado da pesquisa. "Você não concorda com isso? Nem eu! Então bora mostrar o corpo pra mostrar o quão revoltadas estamos?", convocava o texto publicado na página do evento na rede social. Até as 21h, desta sexta-feira (28), a manifestação virtual teve adesão de 16 mil pessoas. "A ideia é que a gente tire a roupa e se fotografe, da cintura para cima, com um cartaz tampando os seios com os dizeres Eu também não mereço ser estuprada e postemos, todas juntas, ao mesmo tempo, online", explicava a organizadora do ato, a jornalista Nana Queiroz. Ela estimulava as mulheres a postarem fotos da maneira que se sentissem à vontade: "de burca, de roupa de futebol ou de biquíni", exemplificava. Com a hashtag #EuNãoMereçoSerEstuprada, as pessoas começaram a postar suas fotos às 20h. Reunidas, sozinhas, velhas, novas e até amamentando, as mulheres exibiram seus cartazes. Homens também aderiram ao protesto. "Canso de escutar que se uma mulher usa roupa curta é pedir pra ser estuprada. E quanto a homens sem camisa? Eles também estão pedindo isso?", escreveu Eduardo Winther de Medeiros, que exibia um cartaz com os dizeres: "Roupa curta não justifica estupro". Johannes Antonius Wiegerinck também apoiou a causa: "Se eu vir você abusando de uma mulher, eu vou quebrar o seu pescoço - fisicamente, verbalmente ou moralmente". Apesar da grande adesão, algumas mulheres se sentiram intimidadas com comentários machistas em seus posts. "Em um movimento virtual que tem como objetivo o respeito às mulheres, eu publico uma foto e sou xingada. É como ser rotulada e julgada", reclamou uma manifestante. As outras a apoiaram: "Não dê ouvidos a eles. Nos enjoa ver gente que pensa assim".

Petrobras demite primo de ex-presidente

A Petrobras demitiu o engenheiro José Orlando Azevedo, ex-presidente da Petrobras America entre 2008 e 2012, período em que a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, foi questionada judicialmente pela estatal. Azevedo é primo do ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e ocupava atualmente o cargo de diretor comercial da Transportadora Associada de Gás (TAG). Ele estava à frente da subsidária durante o processo que resultou no pagamento de US$ 820 milhões pela Petrobras para aquisição da refinaria de Pasadena. Funcionário de carreira, ele foi indicado ao cargo pelo primo, mas foi substituído em 2012, logo após a posse da atual presidente da estatal, Graça Foster. Desde então, ocupava a diretoria da subsidiária de gás. A demissão foi definida na última quinta-feira (27), em reunião da diretoria da empresa, e revelada pelo jornal O Globo neste sábado (29). Em nota, a Petrobras confirmou a demissão, considerada "rotineira". "A substituição do Sr. José Orlando Azevedo foi uma mudança de caráter gerencial rotineira. Junto com essa substituição, na mesma pauta, foram aprovadas mais oito alterações e reconduções", diz o comunicado. Esta é a segunda demissão na diretoria das subsidiárias da Petrobras em duas semanas. No dia 21 de março, Nestor Cerveró, diretor da área internacional da estatal na época da compra da refinaria de Pasadena, também foi exonerado do cargo de diretor financeiro da BR Distribuidora, que ocupava desde 2012.

por Antonio Pita / Agência Estado

Neymar e Daniel Alves são vítimas de racismo na Espanha

Os jogadores Neymar e Daniel Alves foram vítimas de mais um ato de racismo no futebol mundial. Durante partida do Barcelona contra o Espanyol realizada neste sábado (29), na Catalunha, torcedores espanhóis imitaram sons de macaco e jogaram cascas de banana no gramado. De acordo com a Agência Estado, os atos hostis podem ter tido como alvo os jogadores brasileiros, já que eram os únicos negros do Barça. Os principais jornais espanhóis não noticiaram o suposto ato racista, que foi divulgado pelo site Sphera Sports Channel.

Francisco Cuoco fala sobre relação com namorada 53 anos mais nova

Em entrevista ao programa Estrelas, da TV Globo, Francisco Cuoco, 79 anos, falou a Angélica sobre sua relação com a namorada, a estilista Thaís Almeida, 26, e a diferença de 53 anos entre os dois.

"Para gente, a diferença de idade não atrapalha em nada. Fazem uma polêmica muito grande, a gente tira de letra. Temos a consciência de que não se pode fazer nada com a cabeça dos outros, ainda mais na nossa atividade, em que a gente é sempre julgado. Leio muito pouco a respeito do que falam da gente. Eu estudo, voltei a fazer teclado, faço academia, fico ocupado. Ela é mais ciumenta do que eu", comentou. "Eu estou muito feliz, nada me aborrece. Eu tenho uma companheira, um amor, um carinho, e ela cozinha lindamente", completou.

Thaís contou ainda que ajudou a mudar o visual do ator. "Foi aos poucos. Eu fui vendo o jeito dele se vestir, e fui dando dicas, escolhendo novas peças", explicou a estilista, que também ajudou a organizar a casa do amado. "Eu organizei tudo, joguei muita coisa fora, tinha pilhas de jornais pela casa", explicou.

O casal, que mora junto há quase cinco anos, se conheceu através de amigos em comum. "Eu estava fazendo faculdade de moda, e uma amiga da minha turma conhecia o Francisco. Fui ver a peça dele com os amigos, depois fomos jantar e pronto", explicou. "Nos primeiros dez minutos eu já me interessei por ela", comentou o ator.

Em entrevista à CARAS, Cuoco já havia falado sobre o relacionamento. "Nos cuidamos muito, ou melhor, Thaís cuida mais de mim que eu dela. Ela me ajuda a ter o equilíbrio mental e físico que antes não tinha. Estamos ligados por muito amor e carinho”, contou na ocasião.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Serrinha:Sessões fracas afastam o povo da Câmara de Vereadores

Estamos praticamente no começo do ano e a Câmara de Vereadores de Serrinha está em em situação muito ruim junto a opinião publica.Os trabalhos do legislativo parece não surtir nenhum efeito positivo,situação que poderá ficar na historia da Câmara de Vereadores de desta Cidade como os piores anos em participação popular .
Ontem teve cerca de 15 pessoas presenciando os debates,que por sinal,foram muito fracos.Comentam por ai, que a culpa de tudo isso se deve a inexperiência da direção da casa,que deixou os debates irem de mal a pior,colocando os problemas da população de lado.
Não culpo a mesa diretora,acho que alguns vereadores,os que se acham dono casa,interferem nos trabalhos,dando pitacos e metendo o dedo onde não é chamado.

O momento é delicado,com a total falta de interesse da população com o que está acontecendo no Legislativo.Está na hora das lideranças que ali estão,tomarem alguma providência,e procurarem reverter este afastamento do cidadão(a)pois o povo tem que acompanhar o trabalho dos legisladores.A debandada geral da população pode sim,ser um sinal que o eleitor não está satisfeito, não está gostando de como estão sendo tratados os assuntos de interesse da coletividade.E sendo assim,já sabem né!Mudança na próxima Eleição.

PT culpa Dilma e Ideli por CPI da Petrobras

A CPI da Petrobras, que pode em breve ser instaurada no Senado, é um daqueles casos excepcionais em que os governantes se infligem um dano que poderiam ter evitado - bastando para isso ficar em silêncio.

Quando a presidente Dilma Rousseff, inquirida sobre a compra da refinaria de Pasadena, no Texas, resolveu explicar que o Conselho de Administração da estatal, na época comandado por ela, havia tomado a decisão com base num parecer "incompleto e falho",  sem querer abriu uma brecha para que a gestão da petroleira nos anos de presidência do PT fossem duramente questionados. Em uma semana, a ideia de uma CPI, que a oposição tentava emplacar sem sucesso há anos, saiu do papel, e senadores como Álvaro Dias, do PSDB, ganharam de presente os holofotes para denunciar a maneira como um patrimônio brasileiro - a Petrobras - foi dilapidado por Lula e sua sucessora.

Esse enredo está bem claro na cabeça de figuras iminentes do PT. Diante dos microfones, deputados e senadores do PT prometem – ainda que não saibam dizer como – retaliações ao PSDB e ao PSB, partidos dos futuros adversários da presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro, pelo requerimento de abertura da CPI da Petrobras. Porém, em diferentes reuniões a portas fechadas, parlamentares do partido atribuem o sucesso da coleta de assinaturas feita pela oposição à incompetência da articulação política do governo e à própria presidente Dilma Rousseff.

"Foi um festival de incompetência do governo. E começou com a própria presidente", afirmou um influente deputado petista, sob condição de anonimato. Para um grupo de petistas na Câmara, Dilma chamou a atenção da opinião pública e da oposição com sua declaração, escrita de próprio punho, sobre o parecer falho que embasou a compra da refinaria de Pasadena, que causou prejuízo de 1,18 bilhaõ de reais para a Petrobras.

Na próxima semana, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, deve passar o cargo para o sucessor, provavelmente o deputado Ricardo Berzoini (PT-SP). Ex-ministro do governo Lula e ex-presidente do PT, Berzoini tem mais trânsito na bancada petista e perfil mais truculento que o de Ideli. É ligado à ala sindical do partido e tem a confiança de Lula – ele foi escalado para comandar o partido após a descoberta do mensalão derrubar a antiga cúpula do PT.

Nesta quinta-feira, no Congresso, Ideli demonstrou conformismo com a instalação da investigação sobre a Petrobras. Contra a vontade do governo, o Senado recebeu o requerimento de criação da CPI, enquanto, na Câmara, o número mínimo de 171 assinaturas para a abertura da comissão já foi ultrapassado. "É da vida", resumiu Ideli.

Dentro do PT, entretanto, o clima é diferente: o vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), reclamou que não há CPI inevitável. "Inevitável nunca é. Esta CPI é fruto mais da falta de articulação política do governo do que de qualquer outra coisa", diz ele, expondo uma crítica frequente entre petistas. Vargas diz que o próprio governo ordenou que a Polícia Federal investigasse as denúncias, mas admite que a situação é delicada.

As críticas à articulação política do governo não são novidade e também ecoam em outros partidos aliados, especialmente na Câmara. Mas, desta vez, as reações também atingem a presidente Dilma Roussseff, que precisará neste ano ainda mais do PT para tentar a reeleição.Fonte:Veja

Novela da oposição deverá ter último capítulo amanhã (29)

Parece que o último capítulo da novela: “O anúncio do pré-candidato da oposição” será gravado e exibido amanhã (29), em um hotel no bairro de Itapuã, em Salvador. Diretor da trama, o prefeito ACM Neto (DEM) esconde o roteiro, mas algumas informações vazaram para o Bocão News.

Na data oportuna, aniversário de 465 anos de Salvador, o gestor da capital baiana vai receber o deputado federal e líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, além dos pré-candidatos ao governo Paulo Souto (DEM) e Geddel Vieira Lima, ambos coadjuvantes, mas que lutam pelo papel de protagonista. João Gualberto (PSDB) já tem o papel de vice garantido.

A expectativa de todos é que Neto faça o anúncio completo, inclusive ao representante para o Senado, posto que Geddel e Souto não querem disputar. Os dois só aceitam entrar na briga pelo governo. Neto garantiu em inúmeras oportunidades que a oposição vai marchar unida, mas Geddel já declarou que vai para a disputa de qualquer jeito levando a crer que: ou ele é o escolhido, ou o bloco vai rachar.

O roteiro pode haver surpresas e provocar a produção de novos capítulos e prolongar a trama e o drama. Em conversa com o colunista Levi Vasconcelos, Imbassahy garante que tem trabalhado pela união das oposições e que a luta dele é pela construção do melhor cenário para o pré-candidato tucano à presidência da República, Aécio Neves.

Informações extraoficiais apontam para uma leve vantagem de Geddel. Com a escolha pelo PMDB, Neto sabe que Souto não abandonará o barco, mas com a opção pelo DEM, não tem tanta certeza em contar com a anuência do peemedebista. Especulações à parte, agora é só aguardar pelo anúncio que está bem próximo.Fonte:Bocão News

Benedito Ruy Barbosa detona novelas da Globo e não concorda com beijo gay

O autor de novelas Benedito Ruy Barbosa causou polêmica durante uma coletiva de imprensa de sua nova trama, 'Meu Pedacinho do Chão', que estreia no início de abril na Globo. Segundo informações da coluna Retratos da Vida, do jornal 'Extra', o escritor decidiu falar sobre o beijo gay na TV aberta, tema recorrente na emissora.

"Não escrevo cena de beijo gay. Tenho responsabilidade com o público que assiste novela. No interior, as pessoas não aprovam isso. Não estou dizendo que é certo ou errado, mas não é o tipo de coisa que eu concorde", disparou ele.

Benedito ainda disse que sente falta de conteúdo político nas novelas atuais: "Entreguei uma sinopse para o horário das nove, mas as novelas que a Globo têm aprovado não são as que eu sei e gosto de fazer. Novela nenhuma mais me pega. Começo a assistir a dos amigos, mas depois abandono".

Wagner tenta vender pesquisa como “coisa boa, mas é péssima”, diz Lúcio Vieira

Em conversa com o apresentador Zé Eduardo, na manhã desta sexta-feira (28), o cacique do PMDB na Bahia, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, minimizou a pesquisa divulgada pelo governador Jaques Wagner na rádio Metrópole nesta semana. “O governador cometeu uma ilegalidade ao anunciar uma pesquisa sem registro. Não fica bem para o governador, que deve dar o exemplo da legalidade. O comandante do chefe estado ficar cometendo esse tipo de crime eleitoral”, disse.

Ele ainda comentou a pesquisa apresentada pelo petista, que indica um bom posicionamento do pré-candidato ao governo, Rui Costa (PT) com o apoio de da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não ajuda o secretário da Casa Civil.

“A pesquisa que ele anunciou, caso verdadeira seja, e não apenas um factoide para tentar alavancar o nome do seu candidato, traz o candidato dele com 13%, e quando o colocado o apoio de Lula e Dilma, subiria para o patamar de dois dígitos. Ora, é muito ruim, caso se confirme isso. Porque sendo a arma secreta dele, a bala de prata onde ele deposita o fato de ser candidato do ex-presidente Lula, não coloca acima de 30, mesmo com o apoio de tudo isso é um patamar baixo. Sem contar que essa pesquisa não reflete a queda da presidente Dilma de 7%. Ele tenta vender como uma coisa boa, mas é uma coisa péssima para ele”, dispara.

Fonte:Bahia Noticias

Procuradoria pede que TRE condene Rui Costa, Otto Alencar e PT por propaganda antecipada

A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA) ajuizou, nesta quarta-feira (26), uma representação contra o secretário da Casa Civil, Rui Costa, o vice-governador Otto Alencar e o Partido dos Trabalhadores (PT) por propaganda antecipada. A PRE requer que o Tribunal Regional Eleitoral na Bahia (TRE/BA) determine a interrupção imediata do “Programa de Governo Participativo” (PGP2014), que são encontros públicos promovidos pelo PT em cidades do interior da Bahia. Na representação, a procuradoria solicita que os políticos e o partido paguem multa diária de R$ 25 mil e sejam condenados por propaganda fora de época, com pagamento, cada um, de multa de R$ 50 mil. De acordo com a peça jurídica, foram recolhidos vídeos, áudios e fotografias da passagem da “caravana” em Teixeira de Freitas e Jequié, no sul da Bahia, nos dias 15 e 16 março, pelas promotorias Eleitorais dos municípios. Ainda foram analisadas publicações dos sites dos pré-candidatos, Facebook, Twitter e da própria página do programa. O material, diz a procuradoria, evidencia que, "a pretexto de realizar encontros, os políticos, juntamente com partidos aliados, senadores, deputados estaduais e federais, entre outros, reúnem milhares de eleitores em potencial, para pedir apoio à campanha". Ainda conforme divulgou a PRE, nas ocasiões, Rui Costa e Otto Alencar fazem comícios em prol de suas candidaturas, e seus aliados reforçam a ideia de continuidade do atual programa de governo, que será conduzido pelo “futuro Governador”, como Costa é apresentado. A Lei Eleitoral permite que sejam realizados eventos fechados, mas, segundo o órgão, as reuniões foram realizadas em 19 territórios do estado e reuniram 15 mil pessoas. A propaganda eleitoral somente é permitida após o dia 5 de julho do ano da eleição, as divulgadas antes desse período constituem fraude à legislação eleitoral.

Policiais civis param por 24h nesta sexta-feira

Os policiais civis do estado param nesta sexta-feira (28) em campanha pela valorização da categoria. Em assembleia na terça (25), os trabalhadores decidiram paralisar as atividades e aprovaram um modelo de gestão da corporação que deverá ser apresentado ao governo do Estado. Uma das reclamações da categoria, segundo o Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (Sindpoc),  delegados titulares deixariam de dar boas notas para os funcionários para impedir que os agentes sejam promovidos. “Esse tipo de comportamento de, por não gostar do policial, os delegados não darem a nota que ele merece, tem que ser abolido dentro da polícia. Temos que acabar com esse formato que hoje só presta para meia dúzia de pessoas”, critica o presidente do Sindpoc, Marcos Maurício.

Maioria dos brasileiros acha que mulher de roupa curta ‘merece’ ser atacada, diz Ipea

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que 65,1% dos brasileiros atribuem – parcial ou totalmente –, às próprias mulheres vítimas de abusos físicos ou sexuais, a culpa pelos ataques. De acordo com o levantamento, baseado em 3,8 mil entrevistas realizadas em todos os estados do país, 42,7% da população acredita que, quando usam roupas curtas e decotadas, elas “merecem” ser violentadas. Outros 22,4% apoia, com ressalvas, a assertiva. Em meio à onda de crimes sexuais registrados no transporte público da capital paulista, o estudo aponta que 58,5% dos brasileiros concorda (35,3% totalmente e 23,2% parcialmente) que “se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros”. O diagnóstico mostra ainda parcelas de 63,8% da população que designa, aos homens, a função de “cabeça do lar” e, de 68,9%, que supõe ser o casamento o maior sonho feminino.

Retirada de cadáver 'para' treino do Vitória na Toca do Leão

O treino do Vitória foi tenso na tarde desta quinta-feira (27), na Toca do Leão. Nada de jogadas mais duras ou discussões entre atletas. O que chamou a atenção e deixou o clima ruim no Manoel Barradas foi a retirada do corpo de um homem,  baleado com cinco tiros ao lado do CT do clube, no bairro de Canabrava, em Salvador. A equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) da Polícia Civil realizou perícia e em seguida passou com o cadáver à mostra por dentro do local onde era realizado um treino tático com o time reserva. Alguns jogadores evitaram olhar e pararam as atividades até a o deslocamento do corpo para o rabecão. Logo depois, o time visivelmente angustiado com a cena, voltou ao batente.

'Comando está com Neto e Azi', diz presidente nacional do DEM sobre candidatura da oposição

O presidente nacional do Democratas, senador Agripino Maia (RN), deixa a escolha do postulante da oposição ao governo do Estado nas mãos das lideranças locais da legenda. “O comando do processo está entregue ao nosso prefeito ACM Neto, junto com o presidente [estadual] do partido, Paulo Azi. Tenho conversado com eles, acompanhando, mas seguindo a orientação. Tenho ouvido o partido inteiro, [secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos] Aleluia e aliados, mas a decisão está com eles. É a única coisa que tenho a declarar sobre esse assunto”, afirmou o parlamentar, em entrevista ao Bahia Notícias. O líder já havia declarado, em conversa com o BN, que a preferência da sigla para a candidatura única dos contrários era o ex-governador democrata Paulo Souto, que disputa o posto com o comandante do PMDB baiano, Geddel Vieira Lima. ACM Neto considera que a escolha do candidato não será pessoal, e sim fruto de uma “vontade majoritária” do grupo opositor. O prefeito prometeu que o anúncio da decisão deve ocorrer “nos próximos dias”. O adiamento do processo só ocorreria, segundo o gestor, para garantir “a unidade” em torno do nome final.

Trabalhadores de empresa de bebidas não descartam greve às vésperas da Copa do Mundo

Promovido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins), o 2º Encontro Nacional dos Trabalhadores da Ambev, realizado em Brasília nesta quinta-feira (27), aprovou questões que podem influenciar na produção de bebidas para a Copa do Mundo. Representantes de sindicatos decidiram que a empresa tem até o meado do mês de abril para abrir uma negociação sobre as reivindicações dos funcionários que trabalham na linha de produção das bebidas. Caso contrário, a entidade não descarta possibilidade de greve e de uma campanha de boicote aos produtos da companhia, o que pode prejudicar a produção para o mundial de futebol. Os salários dos trabalhadores da linha de produção variam de R$ 910 a R$ 1,1mil e uma das reivindicações é que o piso nacional passe a ser R$ 1,5 mil. Os sindicatos e as federações também reivindicam a concessão de cestas básicas ou vales-compra, participação do trabalhador no plano de saúde com valor fixo e transparência no programa de participação nos lucros. A CNTA aguarda uma reunião marcada para o próximo mês com a Ambev, quando também deve ser discutido o combate ao elevado número de acidentes e doenças ocupacionais. A empresa informou “que está e sempre estará aberta ao diálogo com os sindicados, as federações e com a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação”. Disse, porém, que as conversas devem ser de “maneira individualizada", pois acredita que esta seja a melhor forma "de assegurar o tratamento das peculiaridades locais das negociações junto aos sindicatos e aos trabalhadores das suas unidades”. As informações são do Extra.

Câmara diz que Geddel convidou Imbassahy para disputar Senado, mas não crê em acordo

O vereador Paulo Câmara (PSDB), presidente do Legislativo soteropolitano, confirmou nesta sexta-feira (28) que o pré-candidato ao governo da Bahia Geddel Vieira Lima convidou o deputado federal (PSDB) Antonio Imbassahy (PSDB) a ocupar a vaga de candidato a senador, na pretendida chapa unificada das oposições. No cenário imaginado por Geddel, o tucano disputaria uma vaga no Senado – atualmente rejeitada pelo peemedebista e pelo ex-governador Paulo Souto (DEM), que também mira a cabeça da chapa. Caso consiga convencer Imbassahy, Geddel cria uma novidade, resolve o “problema” de preencher a vaga de candidato ao Senado e assegura sua candidatura como nome indicado pelo prefeito ACM Neto. A possibilidade, no entanto, parece pouco provável para Câmara. “Imbassahy é um deputado de primeiro mandato que teve uma ascensão nacional muito rápida. Ele fica muito lisonjeado pelo convite feito, mas está muito feliz no Congresso. Acho que o desejo pessoal dele é continuar na Câmara”, opinou o vereador ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM. Câmara informou que Imbassahy chega a Salvador neste sábado (29) e o processo de definição da chapa deve se afunilar nos próximos dois dias. “Acho que as conversas vão acontecer no final de semana. Temos a semana de aniversario de Salvador e o prefeito deve estar focado na cidade”, afirmou, ao apontar que a negociação deve ser finalizada até segunda (31). Apesar da tradicional aliança PSDB-DEM, Câmara disse que não há preferência dos tucanos por Souto e afirmou que a legenda apoiará o candidato indicado pelo prefeito.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Internauta:" quando somos honestos no nosso dia a dia, na política não será diferente"


BOM DIA,NÃO SEI PORQUE NO BRASIL,AS AUTORIDADES GOSTAM DE GOZAR COM A CARA DAS PESSOAS,,VEJA BEM UM PREFEITO DE UMA CIDADE PEQUENA,GANHA NO MAXIMO 10 MIL POR MES ,ENTÃO VEJA, 120 MIL POR ANO,E 480 MIL NOS 4 ANOS, SÓ QUE PARA ELE GANHAR A ELEIÇÃO ELA GASTA 2 MILHÕES, UM DEPUTADO FEDERAL NOS 4 ANOS GANHA DE SALARIOS, APROXIMADAMENTE 1 MILHÃO DE REAIS, MAIS PARA SE ELEGER GASTA NO MINIMO ,3 MILHÕES, E AI POR DIANTE, ATÉ UMA CRIANÇA COM 5 ANOS DE IDADE SABE DESTES CALCULOS, MENOS A JUSTIÇA ELEITORAL, OU SEJA CORRE FROUXOOOOOOOOOOOOOOOOOO: bolinha do incra disse:


O meu conselho é para as faculdades de Serrinha.procure saber se algum professor acha minimamente honesto curso de graduação cujas disciplinas são com apenas duas semanas de aulas?. Obviamente que nenhum será insano para achar isso, mas as circunstância da miséria obriga não só isso, como ainda aplicar alguns golpes baixos, pois não há extra para todo mundo.outra coisa,será que alguém dessas faculdades a distância pode explicar tanta falta de segurança fora e dentro do prédio?:Emanoel Lima


A honestidade como conceito filosófico/moral, e inerente ao caráter do homem. A honestidade na gestão do bem publico, é a probidade administrativa, e, ai, esta incutido um conceito que vai além da moral, pois a probidade é jurídica, e essa probidade jurídica, não se aplica, porque ainda vivemos em um sistema falho, lento, que permite aos gestores, apostarem na morosidade do judiciário, na prescrição de seus crimes, e, principalmente na “quase” certeza da impunidade. É difícil ser honesto na política? NÃO. Mas na gestão publica, com raras exceções, eu diria ser impossível, associada a cultura de que em nosso pais, a lei de Gerson, sempre resolve…:Pedro Rodrigues


Prezado José Ribeiro:Não é só na politica que é dificil ser honesto é em qualquer cargo público ou na vida pessoal.
Tem pessoa que sente vergonha de dizer que é honesto, por conta de tanta desonestidade neste País.
Na politica o candidato eleito pode até entrar com boas intenções, mas quando está lá dentro e passa a conhecer e conviver com as tramóias, sente o gosto da mordomia e do poder ou entra no “esquema” ou fica isolado, sofre perseguição e corre o risco de não se reeleger. Então por falta de princípios e caráter, deita-se em “Berço Explêdido” e vai curtir as mordomias.
Quanto aos sem mandatos ou poder, também não são diferentes. estão sempre tirando vantagens, seja furando uma fila de banco ou dando o seu boleto para o que está na frente pagar, desrespeitando os que estão esperando sua vez chegar. Pegar o lixo que é produzido na sua casa e jogar ou mandar jogar na rua dos outros, assim também como animais mortos, destruir e roubar o patrimonio público e privado e não respeitar o próximo.
Reclamamos dos políticos! Eles são o reflexo de nossa sociedade:Lucas Pinto Correa



Meu caro amigo José Ribeiro,não é difícil ser honesto. Difícil é querer ser:Henrique Lima


Caro mestre José Ribeiro, quando somos honestos no nosso dia a dia, na política não será diferente. O político só reflete os valores já sedimentados na sua existência:Mirtes Paranhos


O saudoso e distinto Rui Barbosa sem nenhuma dúvida um dos homens mais inteligente que o Brasil já teve, em vida profetizou que ” um dia o homem haveria de sentir vergonha de ser honesto”:Carlos Nampumuceno


Vivemos uma sociedade de malandros . “Transformam o país num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro” já dizia Cazuza.
Que país é esse? Renato Russo.
E no final é o salve-se quem puder ,meu amigo.
Drogas, que é o grande mal da sociedade e todos sabem onde vende, ninguém resolve, é só um exemplo:Rita Maria


Eu gostaria de saber qual dos nosso corruptos de peso é ex-trombadinha, batedor de carteira, que tenha evoluído na escala da ladroagem. Desde de quando se vai em feira livre e se encontra todo mundo roubando todo mundo?:Nonato Souza

Vejamos como são as coisa. Só no setor de construção de conjuntos habitacionais no período da ditadura, de superfaturamento e bandalheiras mil foram aplicados o suficiente para virar cultura. Alguma coisa foi investigada ? Alguém foi punido? Mas agora que é vez das esquerdas, até por uma questão de sobrevivência, querem acabar com o bem bom:Guilherme Silva


Email para:ribeiroanos70@gmail.com

O PT não se conforma que oposicionistas façam oposição! No fim das contas, isso é ódio à democracia! Ou: Ainda não temos de imitar o modelito do anão tarado


No seu esforço para tentar impedir a criação de uma CPI da Petrobras ou qualquer investigação que fuja ao estrito controle oficial, o governo não tem se poupado, e nos poupado, do ridículo. Quem deu a largada foi o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, com a entrevista coletiva que concedeu na terça-feira. Segundo o preclaro, o pedido de investigação encaminhado por um grupo de senadores ao procurador-geral da República não se justifica porque não haveria fato novo, além das denúncias publicadas pela imprensa. Ora, e quem disse que elas já não são o bastante?

Mais: Cardozo afirma que se trata de uma ação de caráter político-eleitoral, acusação repetida pela agora apenas senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que era ministra da Casa Civil até outro dia. O que os petistas querem dizer com isso? Então o PT, quando era oposição, nunca se esforçou para criar uma CPI em ano eleitoral? Então o PT não se esforça para criar comissões de inquérito nos estados e nas cidades em que é oposição? Ora, ora…

Até o quase sempre contido Paulo Bernardo, ministro das Comunicações e marido de Gleisi, resolveu dar a sua contribuição à obviedade vertida em bobagem. Segundo ele, a CPI é do interesse da oposição! Ora, não me diga, ministro! Em todo o mundo democrático, comissões de inquérito do Poder Legislativo são justamente isto: instrumentos de que dispõe a oposição para investigar atos do Executivo.

O PT é um partido curioso! Acha que é normal que governistas defendam o governo, mas considera um absurdo que os oposicionistas o critiquem. Como costumo lembrar, governos existem em todos os países do mundo, também nas piores tiranias. Vejam agora o caso da Coreia do Norte. Kim Jong-un, aquele anãozinho tarado, decidiu que todos os homens do país devem ter o cabelo cortado como o seu: raspar as laterais da cabeça e deixar aquele tufo ridículo no topo. O que faz de um país uma democracia é justamente haver oposição, ministra Gleisi. É a gente não ser obrigado a seguir o que o mestre mandar.

Dilma afirmou que o conselho da Petrobras tomou uma decisão com base num relatório omisso; Graça Foster decidiu criar uma comissão interna na Petrobras para investigar a lambança de Pasadena; o Tribunal de Contas da União investiga a compra… Por que o Congresso, como disse Eduardo Campos, haveria de ficar de joelhos?

O que pretendem os ministros José Eduardo Cardozo, Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo? Que o Parlamento se abstenha de cumprir o seu papel só porque é ano eleitoral? Digamos, por hipótese, e isto ainda não está dado, que uma CPI possa ser positiva para as oposições. Estas deveriam, então, se abster de pedi-la, mesmo diante dos descalabros, com medo de eventuais benefícios? Essa trinca deveria citar um só regime democrático em que as oposições, afinal, não transformem os erros do governo em uma questão… política!

A situação, aliás, é mais grave do que parece. Eu reitero que a entrevista de Graça Foster, presidente da Petrobras, ao Globo é nitroglicerina pura. Além de ela própria denunciar a existência de um comitê secreto na bagunça de Pasadena, deixou claro que os mecanismos para a Petrobras se precaver de outras lambanças são tênues — a rigor, inexistentes.

De resto, por que tanto medo de uma CPI da Petrobras? Se Dilma diz que foi enganada; se Graça Foster diz que foi enganada, por que o Parlamento deve ficar longe da investigação? Vejam o caso do sr. José Sérgio Gabrielli. Indagado pela imprensa sobre o tal comitê secreto, ele diz que não se pronuncia sobre o assunto. Como não? É sua sucessora na Petrobras, petista como ele, quem denuncia o bunker; a empresa é de economia mista e deve satisfação a seus acionistas. O Congresso é parte da representação de que dispõe o povo brasileiro e tem o poder para fazer o sr. Gabrielli falar o que sabe — ou, então, para que faça suas confissões por intermédio do silêncio.

De resto, uma sugestão a Gleisi: é melhor redescobrir o tom e a entonação de uma parlamentar. A senadora ainda está com aquela altivez — que anseia passar por sabedoria — de quando era ministra da Casa Civil, sempre à beira de um pito. A gente já sabe, senadora, que isso não funciona. Pode até despertar certo interesse por algum tempo, mas, depois, cai no ridículo. Especialmente quando nos damos conta do que estava, e deve estar, em curso na Petrobras.

O PT não se conforma que oposicionistas façam oposição. No fim das contas, é ódio à democracia. Enquanto isto aqui não for a Coreia do Norte, não precisaremos cortar o cabelo à moda do anãozinho tarado.

Por Reinaldo Azevedo-Veja(Foto)

"Sorridente" Neymar supera Messi. Pelo menos essa é a opinião dos espanhóis

Os dois gols e a bela atuação de Neymar durante a vitória do Barcelona por 3 a 0 sobre o Celta, pelo Campeonato Espanhol, nesta quarta-feira, foram suficientes para que a imprensa espanhola voltasse a se render ao seu futebol. O brasileiro, estava sendo muito criticado pelas suas recentes exibições, recebeu notas da imprensa maiores que até mesmo de Messi.

O jornal Ás, por exemplo, gostou do que viu. O brasileiro foi o único jogador titular do Barça a receber nota máxima do portal (3 estrelas). Messi, que fez um gol, recebeu duas. "Neymar, com dois gols, e Messi solucionaram a partida em que o Celta jogou muito recuado".

Na enquete do Mundo Deportivo, nova vitória do camisa 11 do Barça. Os leitores do portal elegeram o brasileiro como o melhor jogador em campo, com 45% dos votos. Messi recebeu 30%. No relato, mais elogios ao camisa 10 da seleção brasileira: "Ney marcou o primeiro e o terceiro e , além disso, fez jogadas dignas de serem mencionadas".

"Jogou com grande mobilidade, mostrando sua habilidade com a bola e atrevendo-se a encarar seus rivais", dizia outro trecho.

O jornal Marca rasgou elogios ao craque e destacou "a volta do sorriso de Neymar em uma vitória tranquila do Barça". "Recuperou o faro de gol. O que se esperava do brasileiro faz muito tempo por fim apareceu. Marcou dois gols e recuperou o sorriso", diz trecho da matéria. Na avaliação do portal, Neymar recebeu nota 8 e foi o melhor da partida ao lado de Messi e Iniesta.

Aprovação ao governo Dilma cai 7 pontos percentuais, diz CNI/Ibope

O índice de aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) caiu sete pontos percentuais, para 36%, de acordo com a pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria) em parceria com o Ibope, divulgada na manhã desta quinta-feira (27). O levantamento revela a avaliação da população sobre o desempenho do governo federal e a atuação da presidente.

Na última pesquisa, divulgada em dezembro passado, 43% dos entrevistados consideravam o governo Dilma ótimo ou bom. Após a brusca queda na pesquisa de julho de 2013, feita após a onda de manifestações que tomou o país e a aprovação chegou a 31%, esta é a segunda queda na popularidade do governo na série histórica da pesquisa. Entre os entrevistados, o índice dos que consideram o governo Dilma ruim ou péssimo aumentou de 20% para 27%.

Ainda de acordo com a pesquisa, a aprovação à maneira de governar caiu de 56% para 51%. O índice de confiança na presidente caiu no limite da margem de erro, de 52% para 48%.

A pesquisa aponta que houve o descontentamento aumentou mais com relação às políticas econômicas, que tratam de inflação e desemprego. O percentual dos que desaprovam o combate à inflação apresentou aumento de 63% para 71%. Os entrevistados que desaprovam o combate ao desemprego subiu de 49% para 57%.

Ainda sobre a avaliação pessoal da presidente, o índice dos que desaprovam a maneira de governar subiu de 36% para 43%. A pesquisa aponta que a queda da aprovação foi mais intensa entre os entrevistados com renda familiar mais elevada (acima de cinco salários mínimos), entre os mais jovens (com 16 a 24 anos) e entre os residentes em municípios pequenos (com até 20 mil habitantes).

Segundo a pesquisa, em nenhuma das nove áreas de atuação avaliadas o percentual dos que aprovam supera o dos que desaprovam as ações do governo. São analisadas as áreas de educação, saúde, combate ao desemprego, segurança pública, combate á fome e à pobreza, meio ambiente, impostos, combate à inflação e taxa de juros.

Comparação com Lula
Na comparação com o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 46% dos entrevistados consideram os dois governos iguais. Os que consideram que o governo Dilma é pior que o de Lula aumentou de 34% para 42%, e o grupo dos que afirmam que o governo da ex-ministra de Lula é melhor oscilou de 14% para 11%, com variação dentro da margem de erro.

A percepção da população com relação à cobertura da imprensa sobre o governo Dilma também oscilou dentro da margem de erro. O índice dos que consideram as notícias favoráveis caiu de 19% para 15%, e dos que consideram as notícias desfavoráveis cresceu de 28% para 32%.

A pesquisa foi feita antes da eclosão da série de denúncias sobre a Petrobras, que deve culminar na abertura de uma CPI no Congresso.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 141 municípios, entre os dias 14 e 17 deste mês, para este levantamento. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número BR-00053/2014.

Em desabafo, família de Zacarias acusa Renato Aragão de abandono

O "Câmera Record", da TV Record, exibiu na noite desta quarta-feira (26) um especial sobre Renato Aragão, que está internado em um hospital, no Rio de Janeiro, depois de sofrer um infarto, no último dia 15.

O programa contou histórias do humorista desde a época de "Os Trapalhões" e como ele lidou com a perda de Mussum e Zacarias, e a longa amizade com Dedé. A reportagem foi atrás da família de Zacarias - que morreu em 1990 aos 57 anos vítima de insuficiência respiratória - que acusou Renato de abandono.

Segundo as irmãs do humorista morto, Renato nunca mais os procurou. "Nunca ninguém veio aqui, nada, sumiram todos. Essa atitude contraria a gente, pois nós perguntamos: que amizade foi essa?", desabafou uma das irmãs de Zacarias. "Não gosto de ficar lembrando, é muita emoção, sinto muita saudade", disse, chorando, uma outra irmã.

Ainda durante o programa, a reportagem ouviu amigos de Renato Aragão, como a atriz Lucinha Lins e o apresentador Rodrigo Faro. "Já trabalhamos juntos. Ele é muito amoroso, trata todo mundo muito bem. Estar com o Renato é uma aula constante, aprende o tempo todo. Eu tive essa honra", elogiou Faro.

Em seu depoimento, Carlos Alberto de Nóbrega destacou a generosidade do humorista. "Eu precisava escrever para ganhar cachê e meus pais morrendo de câncer. O Renato escrevia e colocava meu nome nos textos para eu também ganhar cachê. Não entendo como ele teve um infarto, pois não bebe, não fuma", disse Carlos Alberto, que mandou um recado para ele:

"Não dá pra dizer palavras, dá pra guardar no coração os anos que trabalhei com você, os momentos alegres. Aprendi muito com você, exemplo para todos nós. Que pena que a vida nos separou. Nossa amizade é eterna", emocionou-se o apresentador de "A Praça é Nossa".

Internação

O humorista Renato Aragão deu entrada no último dia 15, no hospital Barra D'Or, após passar mal pela manhã. O ator de 79 anos sofreu um infarto e teve que ser submetido a uma angioplastia, cirurgia realizada com o intuito de desobstruir uma artéria do paciente, segundo o boletim médico divulgado no dia 16. Ele começou a passar mal após a festa de 15 anos da filha Livian, um dia antes da internação.

O humorista chegou a receber alta, mas foi internado novamente dias depois. Segundo o "Câmera Record", Renato foi transferido do Barra D'Or para o hospital Samaritano na tarde desta quarta-feira (26). Seu estado  é estável e ele permanece com infecção urinária.

Líder em enquete sobre novo vocalista do Araketu, Tonho Matéria dispara: ‘Não morri’

Tatau ainda não deixou o Araketu, mas o público já pensa em nomes que poderiam substituir o cantor no tradicional grupo afro baiano. E, segundo enquete realizada na coluna Holofote do Bahia Notícias, Tonho Matéria é o mais lembrado para ocupar o posto. No momento o artista, que foi vocalista do 'Ara' na década de 80, continua o trabalho na carreira solo, com shows internacionais e lançamento de CD. Segundo ele, em entrevista ao BN, sua passagem pela banda foi um sucesso e ele não fecha portas para um retorno. "O Araketu foi uma escola, foi onde eu coloquei pela primeira vez a capoeira no palco", lembra o cantor. No entanto, ainda não surgiu um convite para assumir os microfones. "Se o Araketu me fizer um convite, se a gente puder fazer um bom trabalho, é uma entidade pela qual eu tenho um carinho muito grande. Eu e a Vera [Lacerda, fundadora do grupo], nós nunca tivemos problemas, somos amigos e sempre tive as portas abertas para ela. Se isso acontecer, acho bacana, mas hoje não sou simplesmente cantor. Tem muitas coisas que tem que ajeitar, já que eu promovo formação cidadã com música, capoeira...", explicou o músico ao BN.

João Henrique deixa família, aliados e partido em total confusão

O ex-prefeito João Henrique, que inicialmente, ao sair da Prefeitura de Salvador, divulgou que seria candidato a governador, desistiu. Optou pela Câmara Federal, deixou o PP, filiou-se ao PSL, lançou sua atual esposa, Tatiana Paraíso, como candidata a deputada estadual, prometera apoio incondicional ao seu fiel escudeiro na Câmara Geraldo Júnior e agora resolveu lançar o filho para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). João ultimamente despacha no gabinete da ex-esposa, a deputada estadual Maria Luiza Orge (PSC), que não se sabe se tentará a reeleição. O atual partido dele divulgou em evento recente que oferecerá apoio ao candidato do governo a chapa majoritária, Rui Costa (PT). No entanto, JH tem comentado que apoiará o candidato do prefeito ACM Neto, mesmo que esse venha a ser Geddel Vieira Lima – há pouco tempo, eram inimigos mortais. De acordo com o que se comenta, a decisão de apoiar o prefeito deve-se a garantia de o democrata ajudá-lo  em um futuro programa de rádio de João. Consultado pelo Bahia Notícias, o até então parceiro político do ex-prefeito, o vereador Geraldo Junior (SDD), afirma se sente traído, mas que vindo de João Henrique, não se surpreende. Ele ainda disse que as lideranças de JH já lhe confirmaram simpatia. Segundo dirigentes do PSL, caso o antigo chefe do Executivo municipal insista no apoio a chapa de oposição, há possibilidade de perder a legenda.Fonte:Bahia Noticias

DEM move ação contra Wagner por divulgação de pesquisa eleitoral

Depois de deixar alguns aliados para lá de insatisfeitos com o arranjo final da chapa situacionista que deve disputar o pleito de outubro deste ano, o governador Jaques Wagner (PT) pode acumular mais um problema ligado à pré-campanha. Nesta quarta-feira (26), ele se tornou alvo de uma ação protocolada pelo Partido Democratas na Procuradoria Regional Eleitoral da Bahia (PRE-BA), após divulgar dados de uma pesquisa encomendada sobre as intenções de voto em municípios do interior. O levantamento foi mencionado pelo líder do Executivo baiano durante entrevista ao Jornal da Bahia no Ar, da Rádio Metrópole FM. Em documento entregue à PRE, a legenda contrária alega que o diagnóstico não foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e, por isso, não pode ser veiculado em meios de comunicação. “Este registro visa, acima de tudo, atestar a idoneidade da pesquisa. (...) Seus dados podem ser manipulados a ponto de passar à sociedade uma situação que inexiste em relação aos candidatos de preferência daquele que divulgou”, diz o texto, assinado pelo advogado do DEM, Ademir Ismerim. Na representação, o partido pede que Wagner seja condenado à multa mínima prevista pela legislação eleitoral para a infração, de R$ 53 mil. No artigo 33 da Lei 9.504/97, o Tribunal Superior (TSE) determina que pesquisas de opinião pública sejam registradas até cinco dias antes de sua divulgação.

Candidato das oposições: ‘Não pode demorar muito mais’, admite ACM Neto

Com a promessa de que o nome do candidato da oposição ao governo estadual fosse divulgado até o final do mês, o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) – coordenador do processo de escolha – afirmou, em conversa com o Bahia Notícias nesta quarta-feira (26), que o comunicado está próximo. “A gente está na reta final. De fato, não pode demorar muito mais. Nos próximos dias, devemos anunciar um desfecho para todo esse processo”, determinou, em entrevista durante a reinauguração da Escola Municipal Artur de Sales, no bairro de Santa Cruz. A prorrogação do prazo para o anúncio, de acordo com o chefe do Executivo municipal, só ocorreria em nome da discussão em favor da união dos contrários. “Eu sempre coloquei que, para mim, gastar uma semana a mais ou uns dias a mais, se for para garantir a unidade, é, na verdade, um investimento, não perda de tempo, e sim ganho de resultados”, considerou. Neto avalia que a uniformidade das siglas opositoras em escolher o ex-governador Paulo Souto (DEM) ou o presidente estadual do PMDB Geddel Vieira Lima como postulante único é o principal fator que deve ser levado em conta. “Os dois candidatos lideram as pesquisas [de intenção de voto]. A pesquisa é um elemento que não pode ser considerado individualmente, até porque é um retrato do agora. O que posso lhe garantir é que várias questões estão sendo consideradas, mas que, para mim, o mais importante é a unidade. Mais importante do que sair com um candidato A, B ou C, é sair com um candidato que possa reunir o apoio de todo mundo”, julga. “Espero que [a decisão] seja em torno de um projeto único e, se não puder, nós vamos ver de que maneira os dois partidos [PMDB e DEM] irão se comportar. Independentemente de qualquer coisa, terão que ser aliados em um objetivo comum de eleger um governador da Bahia”, cogita. O prefeito diz concordar com a afirmação do gestor de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM) que, em entrevista ao jornal A Tarde, declarou que a responsabilidade do veredicto deve ser tirada um pouco da mão do administrador da capital. “Evidente que a decisão, quando ela acontecer, não será minha. Tem que ser fruto de uma vontade majoritária, que se construa dentro do ambiente político que nós estamos inseridos. Então, a declaração do prefeito José Ronaldo vai ao encontro do que eu penso e coincide, portanto, com o trabalho que a gente vem fazendo”, avalia. Neto conta que, ao cumprir agenda administrativa nesta terça (25) em Brasília, para se reunir com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, aproveitou para conversar sobre as eleições com os presidentes nacionais do PDT, PV e DEM, respectivamente, Carlos Lupi, José Luiz Penna e Agripino Maia, e com o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antônio Imbassahy (BA). Preterido na definição do deputado federal João Leão (PP) como postulante a vice na chapa do petista Rui Costa, o PDT ainda prioriza o candidato de Jaques Wagner (PT), mas não determinou a quem será direcionado apoio no estado. Fonte:Bahia Noticias

Estudante de 24 anos morre vítima de dengue hemorrágica em Salvador

Uma estudante de direito de 24 anos morreu vítima de dengue hemorrágica em Salvador nesta quarta-feira (26). Segundo o coordenador da Vigilância de Emergência e Saúde Pública do Estado da Bahia, Juarez Dias, que foi confirmou o óbito nesta quinta-feira (27), a morte é a primeira decorrente de dengue hemorrágica na capital baiana neste ano. De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a jovem morava do bairro da Pituba e deu entrada no Hospital do Subúrbio na segunda-feira (24). Depois, foi transferida para o Hospital Couto Maia onde veio a falecer. Nos dois primeiros meses de 2014, já foram confirmados 392 casos da doença em Salvador – aumento de 63% em relação ao mesmo período do ano passado – três deles da forma grave. No estado, segundo a Secretaria de Saúde (Sesab), houve diminuição de 91,89% dos casos em relação aos dois primeiros meses de 2013. Ainda de acordo com a SMS, agentes de combates às endemias já realizaram ações preventivas e de bloqueio no perímetro da residência da vítima, com tratamento de depósitos preferenciais do Aedes Aegypti, bem como eliminação de focos encontrados. A atividade foi intensificada com a utilização do fumacê.

Levantar peso pode aumentar pressão nos olhos e elevar risco de glaucoma

Especialistas da área da visão afirmam que milhares de pessoas sem o diagnóstico de glaucoma podem se expor ao risco da cegueira caso usem pesos na academia, ou instrumentos de sopro, pelo fato de esses hábitos aumentarem a pressão nos olhos. Os especialistas consideram que embora o glaucoma tenha ligação genética, muitas pessoas desconhecem a presença da doença e podem apostar em hobbies que acelerem a pressão ocular. Segundo o jornal inglês Daily Mail, diversos estudos já associaram o levantamento de peso e o hábito de tocar instrumentos de sopro à pressão no olho. Uma pesquisa feita ao longo de 20 anos no Manhattan Eye, Ear and Throat Hospital mostrou que o ato de soprar durante a atividade de supine aumenta a compressão do nervo óptico, especialmente em momentos de apneia, quando a pessoa prende a respiração. Outras atividade, como bungee jumping, podem agravar a condição. O risco é maior se estas atividades são praticadas por períodos longos. Segundo o professor de oftalmologia clínica Robert Ritchm, um paciente dele se tornou cego depois de plantar bananeira repetidamente na aula de ioga. O médico ressalta que levantadores de peso podem reduzir a pressão expirando ao levantar o peso. O glaucoma se manifesta quando o líquido dos olhos não é drenado de forma correta. A região frontal do olho fica cheia de um líquido fluido, chamado aquoso, que circula pelo olho e volta para a corrente sanguínea, o que faz constante pressão.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Homem acusado de atear fogo em ex-namorada é preso e diz que não está arrependido

Foi preso, por policiais da Delegacia de Homicídios (DH) e da 2ª Delegacia, Ronaldo Santos, 22 anos, acusado de ter ateado fogo na adolescente Luana Viana de Oliveira, de 14 anos, ex-namorada dele, que teve mais de 80% do corpo queimado e encontra-se em coma induzindo no Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. O crime aconteceu na manhã do último domingo (23).

Ronaldo Santos foi encontrado na Fazenda Pedra Nova, zona rural de Coração de Maria, e segundo a delegada Ana Cristina, da Delegacia de Homicídios, ele não ofereceu resistência e confessou o crime.

Na delegacia, Ronaldo Santos disse que não está arrependido do crime e justificou que ateou fogo na jovem, pois ela o traía. “Como é que eu vou me arrepender? Eu já fiz. Só me arrependo porque estou aqui e vou ter que pagar”, afirmou.

Ronaldo contou que Luana Viana não tinha terminado o relacionamento com ele, mas que ainda assim, foi para uma festa na noite de sábado com outro homem.

“Eu falei com ela pra não sair e ela saiu com outro homem. De madrugada ela foi até a minha casa, mas não me achou. Quando cheguei fui na casa dela e trouxe pra dormir comigo. Quando acordamos, ela ficou dizendo que ia sair e a gente brigou. Ela pegou a gasolina pra jogar em mim, quem começou foi ela. Eu nem sabia que tinha gasolina em casa. Depois joguei a gasolina nela, acendi o fósforo e saí”, relatou.

“Quando apagaram o fogo dela, ela veio atrás dizendo que gostava de mim. Ela estava andando, fazendo tudo. Ela estava me traindo, pois o cara tinha moto e eu não”, completou Ronaldo Santos.

A delegada Ana Cristina considera que a justificativa do acusado não alivia a culpa dele, que segundo ela, é frio e não demonstrou arrependimento pelo que fez.

“Ainda que isso seja verdade, nada justifica a atitude desse rapaz. Ele sabe das consequências do que fez e sabe o estado de saúde dela, mas ainda assim não se arrepende e tenta colocar na vítima a culpa do crime que cometeu”, afirmou.

As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Nilo diz que deputados vão processar Mário Kertész

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), informou nesta quarta-feira (26) que 62 dos 63 deputados da Casa decidiram, em reunião ocorrida na noite desta terça (25), processar o radialista Mário Kertész, apresentador da Rádio Metrópole. Segundo o pedetista, os parlamentares consideram que o comunicador “ultrapassou os limites” da liberdade de imprensa. “Ele disse que na Assembleia existe um esquema de corrupção e que todos os deputados são sacanas”, acusou o presidente da AL-BA, em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102,5. De acordo com Nilo, o veículo estaria em uma “campanha difamatória” contra a Casa Legislativa. O pedetista anunciou também que os deputados decidiram não dar mais entrevista à Metrópole, em represália. Apenas o deputado Capitão Tadeu (PSB), desafeto de Nilo (veja aqui e aqui), não compareceu à reunião dos parlamentares.

Edilson ficará preso até que a Justiça delibere o contrário, garante delegada

Além dos processos trabalhistas que já responde na Justiça, o jogador Edilson “Capetinha” foi preso, na tarde desta quarta-feira (26), por não pagar pensão alimentícia. Em entrevista ao programa Se Liga Bocão, da rádio Itapoan FM, a coordenadora geral da Polícia Interestadual (Polinter), Neide Barreto, deu mais detalhes sobre a prisão.

Edilson foi detido por volta das 16h, na Avenida Garibaldi, em Salvador, enquanto dirigia seu carro. O mandado foi deliberado no dia 21 de outubro na Polinter, expedido pela 9ª Vara da Família de Salvador. Até então, policiais procuravam o ex-jogador. Um outro processo foi encaminhado por uma vara da família no Distrito Federal, expedido pela 4ª Vara da Família de Salvador.

De acordo com informações que chegaram à reportagem, o ex-jogador do Corinthians, Palmeiras, Vitória, Bahia, e pentacampeão do mundo, deve aproximadamente R$ 120 mil pelos dois processos. Segundo o irmão do jogador, Eliomar da Silva, “dinheiro não é problema”, e o pagamento será efetuado na manhã desta quinta-feira (27) em juízo. A delegada garante que assim que for reconhecido, a Justiça solicita a soltura.

“Ele está preso, custodiado até que a Justiça delibere o contrário”, garantiu a coordenadora. Ainda segundo a delegada, Edilson está na carceragem com mais dois presos pelo mesmo crime. Sente calor e está sem camisa. As comunicações já foram encaminhadas à família e aos advogados do “Capetinha”.

A delegada ainda contou que o jogador não reagiu à prisão, mas afirmou que não tinha conhecimento do mandado. “Edilson não reagiu à prisão, tão logo foi notificado, recebeu uma cópia dos mandatos, assinou em todos e tomou conhecimento das medidas. Está recolhido à disposição da Polícia. Ele contactou os advogados que já estão à procura de uma solução”, reforçou.

A prisão preventiva é de 60 dias, ou até que a Justiça conceda o alvará de soltura.

Em entrevista ao programa, a advogada do jogador, Ana Dantas, afirmou que o processo no Distritor Federal é fruto "de uma ficada". Com isso, Edilson teria solicitado um reconhecimento de paternidade, que ainda não foi expedido. Em Salvador, o processo é referente ao filho de 16 anos com a ex-esposa, Ivana Solon. A magistrada ainda afirmou que o jogador tem cumprido com os pagamentos e não sabe porque a prisão.

Wagner convida Nilo para jantar nesta quarta-feira

O clima na Assembleia Legislativa esquentou após o anúncio de que o deputado federal João Leão (PP) ocupará a vaga de vice na chapa encabeçada pelo chefe da Casa Civil Rui Costa (PT) na eleição de outubro próximo.

O presidente da Casa, deputado estadual Marcelo Nilo (PDT) desde então deixou de “fazer as vezes” de líder do governo e deixou o “circo pegar fogo” no Plenário em disputas entre governistas e oposição.

Não demorou muito para que o governador Jaques Wagner (PT) coordenador do processo e principal articulador político do próprio governo sentisse a necessidade de sentar-se com o pedetista para dirimir os problemas e contemporizar.

A informação que chega à reportagem é de que na noite desta quarta-feira (26) os dois vão jantar juntos. A insatisfação de Nilo é clara e tratativa mudou como pode ser visto na homenagem da UPA ao presidente do TCM, Paulo Maracajá.

Aquela foi o primeiro reencontro entre os dois após o anúncio feito na última sexta-feira (21). Além da já proclamada amizade, o governador esperar resgatar a parceria política. Embora não tenha poderes para “barrar” projetos do Executivo, o simples fato de se manter impassível pode atrasa os planos do petista.

Para além, Nilo vem sendo assediado pela oposição para mudar de campo político e também por Lídice da Mata para compor com o PSB nas eleições. Até o momento, o presidente do Legislativo baiano garante que não declarará apoio a ninguém.

O PDT, no entanto, tem outros interesses e pode pender pela declaração de apoio ao candidato de Wagner. O deputado federal Félix Júnior, presidente estadual da sigla, emplacou a irmã, ex-vereadora Andrea Mendonça na secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação e não dá sinais de ruptura.

No entanto, circula a informação de que ao partido criado por Leonel Brizola foi feito o convite de preencher a vaga de vice na chapa que ainda não tem cabeça definida, mas que ficará entre Geddel Vieira Lima e Paulo Souto.Fonte:Bocão News