OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"O que seus antepassados viram de errado em mim para que se afastassem tanto de mim,e seguissem ídolos sem valor, e se tornassem eles mesmos sem valor? Os que lidam com a Lei não me conheceram,os pastores se rebelaram contra mim,os profetas profetizaram em nome de Baal e foram atrás daqueles que não podem ajudar ninguém. Por isso continuarei a fazer acusações contra vocês diz Jeová,E farei acusações contra os filhos dos seus filhos". Jeremias 2:1-37

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

SOLENIDADE DE FORMATURA CFOAPM - ASPIRANTES 2018

A Polícia Militar da Bahia, através da Academia de Polícia Militar, entregou à sociedade baiana, 183 novos Aspirantes PM, em uma solenidade emocionante que contou com as presenças de diversas personalidades públicas, a exemplo do Subsecretário da Segurança Pública, Dr. Ary Pereira, Chefe da Casa Militar do Governador, Coronel PM Carlos Augusto Gomes Souza e Silva, Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel PM Anselmo Alves Brandão, Diretor da Academia de Polícia Militar, Coronel PM Nilton Paixão Silva Santos, e outras autoridades civis e militares.

O Aspirante Fábio Rogério, 1º Colocado no curso, recebeu a Espada das mãos do Subsecretário da Segurança Pública, Arma-Símbolo do Oficial, além do prêmio 10º Voluntários da Pátria, pelo excelente resultado das notas obtidas ao longo do curso. Participaram também do ato o Comandante Geral da PMBA e o Diretor da Academia de Polícia Militar.

Destaque também para a homenagem prestada pela Turma à viúva do Patrono, a quem foi entregue um belo bouquet floral e uma singela lembrança, deixando-a bastante emocionada.

Para finalizar, a turma Maj PM RR José Eduardo Menezes Braga - Turma Falcões, desfilou em continência ao Comandante Geral e recebeu o comando de “Fora de Forma” do Comandante da Companhia de Formandos, o Capitão PM Leonardo Pires.

Sucesso aos novos Aspirantes!

PM e Comunidade na Corrente do Bem!

Seção de Comunicação Social da APM

Desemprego fica em 12,2% em janeiro de 2018 e atinge 12,7 milhões de pessoas

O índice de desemprego no Brasil atingiu 12,2% no trimestre encerrado em janeiro de 2018. Isso significa que 12,7 milhões de pessoas estão desempregadas no país. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua.

O desemprego ficou maior do que o registrado no trimestre encerrado em dezembro, quando a taxa foi de 11,8%, mas ficou estável em relação ao trimestre anterior, quando a taxa também foi de 12,2%. O número, no entanto, está abaixo da taxa registrada no trimestre encerrado em janeiro do ano passado, de 12,6%.

O índice de desemprego calculado pelo IBGE é uma média móvel trimestral, divulgada mensalmente. Isso significa que o resultado de janeiro se refere ao período entre novembro de 2017 e janeiro de 2018.

Efeito sazonal
Para o IBGE, o índice de desemprego só não continuou em queda no trimestre encerrado em janeiro por motivos sazonais. Janeiro é um mês em que muitos trabalhadores temporários são dispensados e tradicionalmente há um aumento do desemprego.

“A gente teve duas quedas seguidas na taxa de desocupação (em relação ao trimestre anterior). Isso significa que houve uma melhora no mercado de trabalho. Mas, quando chega em janeiro deste ano, você tem uma estabilidade. Se não fosse o período sazonal, a expectativa era de que a taxa tivesse caído pela terceira vez”, disse o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.

“Janeiro é um mês em que tem dispensa de trabalhadores, mas não aconteceu. Então, pode ter havido dispensa e ao mesmo tempo novas contratações”

Segundo Azeredo, a taxa de desocupação indica que há uma melhora no mercado. “Já não temos a maior taxa de desocupação para janeiro da série histórica, o que é um ponto positivo”.

A maior taxa para este mês foi registrada em 2017, quando ficou em 12,6%, enquanto a menor foi observada em 2014, quando foi de 6,4%.

Sem carteira assinada
De acordo com o levantamento, a população ocupada aumentou em mais de 1,8 milhões de pessoas em relação a janeiro do ano passado, puxada pelo crescimento do trabalho informal.

“As políticas (do governo federal) ainda não foram eficientes para gerar postos com carteira de trabalho assinada. No paralelo disso, você vê a informalidade crescendo em nível recorde,” disse o coordenador do IBGE.

Veja de onde veio o crescimento do volume de pessoas ocupadas em 1 ano:

986 mil novos trabalhadores por conta própria;
581 mil novos empregos sem carteira assinada;
317 mil novas vagas com carteira assinada no serviço público;
267 mil novos trabalhadores domésticos;
180 mil novos empregadores;
79 mil pessoas trabalhando como auxiliares de familiares
-562 mil vagas a menos com carteira assinada no setor privado

Azeredo destacou que apenas 317 mil postos de trabalho criados podem ser considerados efetivamente formais, já que foram contratações do serviço público.

“A gente tem que dar conta que esse crescimento (da população ocupada) que aconteceu foi pelo trabalho informal. Desse 1,8 milhão que cresceu, parte expressiva é do mercado informal”, ressaltou.

Lógica do telhado de vidro impede que oposição faça ataques mais duros a Rui e Wagner

O governador Rui Costa “ainda” não é investigado em ações derivativas da Operação Cartão Vermelho. O grifo no “ainda” é de uma fala de um membro da Polícia Federal, em meio à coletiva de imprensa que apresentou o resultado dos mandados de busca e apreensão na última segunda-feira (26). De acordo com a PF, os recursos desviados da parceria público-privada (PPP) entre Fonte Nova Participações (FNP) e o governo da Bahia teriam abastecido campanhas eleitorais petistas em 2014 o que, traduzindo, tornaria o governador beneficiário indireto dos R$ 82 milhões investigados. Em outros tempos, a oposição faria muito barulho diante da possibilidade de ter Rui entre os investigados numa operação da PF.

 Porém não foi o que se viu. O máximo de crítica pública foi uma sugestão de que o grupo iria requerer a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com fins de acompanhar em paralelo as ações da PF. É a lógica do telhado de vidro. Assim como Jaques Wagner foi colocado no olho do furacão – e obviamente negou qualquer irregularidade com o caso -, adversários de Rui também apareceram em condições similares na lista de políticos citados nas delações do Grupo Odebrecht, a exemplo do prefeito de Salvador, ACM Neto.

Não se espera que todos sejam colocados numa vala comum ou jogados aos leões. Wagner agora é indiciado pela PF. Nada impede que, no futuro, escândalos semelhantes estourem entre os membros da oposição. Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém, já diziam os antigos. Ou seja, não adiantar fazer estardalhaço no telhado alheio quando é possível ser atingido por uma pedra parecida.

Que o diga a dupla Geddel e Lúcio Vieira Lima, por vezes conhecidos como canhões a favor da moralidade e atualmente subjugados pela opinião pública diante de um bunker com R$ 51 milhões escondido. Wagner pode não ser santo. E, para evitar qualquer trauma futuro, sequer é tratado como um demônio a ser exorcizado pelo governo ou atacado pela oposição. Até o fim da Operação Lava Jato e das ações derivadas dela, poucos serão os políticos que podem dormir sem a expectativa de acordar com a PF batendo à porta.Fonte:Bahia Noticias

Juízes federais declaram greve para pedir manutenção do auxílio-moradia

Os juízes federais vão deflagrar uma greve no dia 15 de março para pedir a manutenção do pagamento do auxílio-moradia de R$ 4,3mil. A liminar que garante o pagamento da verba aos magistrados será julgada no Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 22 de março. A Associação dos Juízes Federais (Ajufe) fez uma consulta aos associados sobre adesão a paralisação. Mais da metade dos dois mil associados da entidade votou “sim”.

A consulta termina nesta quarta-feira (28). Ainda nesta quarta-feira, a classe deve se reunir com o ministro Luiz Fux, relator da ação sobre o auxílio-moradia. Foi Fux que deferiu a liminar para garantir o pagamento do auxílio-moradia. O receio dos magistrados é extinção do benefício, previsto na Lei Orgânica da Magistratura (Loman).

O chamamento para uma greve é uma reação a decisão da presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, de pautar o processo. O pagamento é garantido via liminar desde setembro de 2014. A Ajufe afirma que a presidente do STF foi seletiva por não incluir o julgamento da ação que questiona o pagamento de penduricalhos aos magistrados estaduais.

Paraná Pesquisas: Bolsonaro e Alckmin empatam em SP; Wagner tem máximo de 5,9%

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, dividem as intenções de voto para a Presidência da República em levantamento realizado no estado de São Paulo pelo instituto Paraná Pesquisas. Em um dos cenários, tendo o ex-governador Jaques Wagner como candidato do PT, este pontua apenas 1,3%, enquanto a disputa se concentra entre os dois primeiros, tecnicamente empatados – Bolsonaro obteve 23,5% e Alckmin, 23,2%.

O terceiro maior percentual é composto por eleitores que não votariam em nenhum dos prováveis candidatos (16,6%), enquanto 4,3% afirmam não saber em quem votariam. Marina Silva aparece com 13,3%, seguida por Ciro Gomes (7,2%), Álvaro Dias (4%). Na casa de 1 ponto percentual estão Fernando Collor de Mello (1,5%), Rodrigo Maia (1,4%) e Henrique Meirelles (1%).

Abaixo de 1% estão Manuela D’Ávila (0,8%), João Amoedo e Levy Fidelix com 0,7%, e Guilherme Boulos, com 0,5%. Quando o candidato do PT é Fernando Haddad (6%), a diferença entre Bolsonaro e Alckmin aumenta ligeiramente, mantendo o empate: o primeiro tem 23,4%; o segundo, 22,1% -- a margem de erro é de 2% (com grau de confiança de 95%).

Eleitores formam o terceiro maior percentual (16%), enquanto 3,9% afirmam não saber em quem votariam. Marina Silva aparece com 12,3%, seguida por Ciro Gomes (6,5%), e Álvaro Dias (3,8%). Rodrigo Maia (1,3%), Fernando Collor de Mello (1,1%) e Henrique Meirelles (1%). Abaixo dessa faixa estão João Amoedo, Levy Fidelix e Manuela D’Ávila, todos com 0,7%, e Guilherme Boulos, com 0,5%. Com Lula, Bolsonaro (22,3%) e Alckmin (20,1%) mantém a liderança, com o petista logo abaixo (19,7%).

Nesse cenário, é menor o número de eleitores que não sabem em quem votar (11,6%); 3,7% dizem não saber em quem votar. Marina Silva cai para 8,8%, seguida por Ciro Gomes (5,3%) e Álvaro Dias (3,6%). Rodrigo Maia (1,1%) e Henrique Meirelles (1%) continuam na faixa de 1 ponto percentual. Abaixo de 1% ficaram Collor (0,8%), João Amoedo (0,7%), Manuela D’Ávila (0,5%), Guilherme Boulos (0,4%) e Levy Fidélix (0,4%). A pesquisa também verificou como se dividem os eleitores de Lula, sem ter o ex-presidente como opção. Com Jaques Wagner como substituto (5,9%), 25,1% afirmam que não votariam em nenhum outro candidato, enquanto 22,4% optariam por Marina Silva e 16,8% por Alckmin.

 Ciro Gomes obteve 10,2%, seguido de Bolsonaro (6,4%), Wagner (5,9%). Levy Fidélix e Rodrigo Maia conseguem cada um 1,5%; Álvaro Dias, 1,3%, e Manuela D’Ávila alcança 1%. Abaixo dessa faixa, ficam Meirelles (0,8%), Boulos (0,5%) e João Amoedo (0,3%). Com Haddad, ex-prefeito de São Paulo, o PT fica melhor posicionado: 22,2% ainda dizem não votar em nenhum candidato, mas o petista lidera logo abaixo desse grupo, com 20,9%.

Marina Silva vem ligeiramente abaixo, em empate técnico, com 19,3% e Geraldo Alckmin cai para 13%. Ciro Gomes fica desce para 8,7%, seguido de Bolsonaro (5,9%) e Collor (3,1%). Levy Fidélix e Rodrigo Maia estacionam em 1,3%; Álvaro Dias e Boulos em 0,8%; Manuela D’Ávila fica com 0,5%; Meirelles e Amoedo obtém 0,3%. Fonte:Bahia Noticias

Mentor do estupro coletivo de quatro meninas no Piauí é condenado a 100 anos de prisão

Julgado por chefiar e participar do estupro coletivo de quatro meninas, no Piauí, em 2015, Adão José de Souza foi condenado a 100 anos e oito meses de prisão. A decisão foi proferida nesta quarta-feira (28), no fórum da cidade de Castelo do Piauí, onde o crime aconteceu, segundo informações de O Globo. O Ministério Público o denunciou pelos crimes de porte ilegal de arma, estupro qualificado, homicídio qualificado, tentativa de homicídio, corrupção de menores e associação criminosa.

O caso em questão ocorreu no dia 28 de maio daquele ano, quando Adão, que hoje tem 43 anos, usou uma arma para abordar as quatro jovens, com idades entre 15 e 17 anos, no Morro do Garrote, zona rural da cidade (lembre aqui). De acordo com a publicação, elas estavam no local para tirar fotos. O homem, então, as forçou a ter relação sexual com ele e depois levou as garotas até quatro adolescentes que prosseguiram com os abusos e agressões.

 Um dos jovens envolvidos, Gleisom Vieira da Silva relatou que após estuprarem as meninas, eles as apedrejaram e empurraram de uma altura de cerca de sete metros. Todas ficaram internadas com rostos e partes dos corpos dilacerados. Uma das jovens, Daniely Rodrigues, de 17 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Detido no Centro Educacional Masculino, Gleisom foi assassinado dentro da cela pelos outros três menores envolvidos no crime.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Mortes por febre amarela chegam a 96 em MG, segundo balanço do governo estadual

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou, na tarde desta terça-feira (27), que o número de mortes por febre amarela em Minas Gerais chega a 96 desde dezembro do ano passado. Em relação ao informe epidemiológico anterior, divulgado no último dia 20, foram dez novos óbitos.

•Tire suas dúvidas sobre a vacina

No total, 264 casos da doença foram confirmados no estado. Outros 589 continuam sob investigação.

Entre os casos confirmados, 235 (89%) se referem a pacientes do sexo masculino, e 29, a pacientes (11%) do sexo feminino. Em relação aos óbitos, cinco vítimas eram do sexo feminino.

A média de idade dos pacientes é de 48 anos. O mais novo tem 3 anos, e o mais velho, 88. A letalidade da doença é de aproximadamente 36,4%.

Das mais de 16 milhões de pessoas que se vacinaram em Minas Gerais, 11 tiveram febre amarela. A SES informou que estes pacientes "permanecem em investigação para levantamento de informações clínicas e epidemiológicas fundamentais para conclusão dos casos". A eficácia da vacina é de 95% a 98%. O índice de pessoas imunizadas que se contaminaram no estado está bem abaixo dos 2% a 5% que não respondem à vacina.

Atualmente há uma comissão que investiga casos suspeitos com histórico de vacinação. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma única dose da vacina contra Febre Amarela confere proteção por toda a vida.

Atualmente, a cobertura vacinal em Minas Gerais está em torno de 89,82%.

O balanço divulgado nesta terça se refere ao monitoramento da SES iniciado em julho de 2017. Segundo a pasta, entre o início do monitoramento até dezembro de 2017, não foram registrados óbitos.Fonte:G1

Conselho instaura processos que podem cassar mandato de Lúcio Vieira Lima e de Maluf

Quatros processos disciplinares que podem levar à cassação dos mandatos dos deputados Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Paulo Maluf (PP-SP), Celso Jacob (PMDB-RJ) e João Rodrigues (PSD-SC) foram instaurados pelo Conselho de Ética da Câmara nesta terça-feira (27).

De acordo com o G1,  o presidente do conselho, Elmar Nascimento (DEM-BA) irá definir os relatores de cada processo por meio de sorteio. Não participam do sorteio os deputados do mesmo estado, partido ou bloco parlamentar dos envolvidos, além de parlamnetares do partido autor da representação.

Inicialmente os relatores irão formular um parecer preliminar em que vão avalar se as representações possuem fundamento para seguir adiante ou se devem ser arquivadas. Caso os relatores optem pela continuidade dos processos, provas e depoimentos de testemunhas deverão ser coletados em até 40 dias úteis.

 Se o conselheiro aprovar um relatório que recomende a punição do deputado o caso será votado no plenário da Câmara. O prazo estabelecido para tramitação de processos no Conselho de Ética é de 90 dias úteis, mas pode haver prorrogação por conta de feriados, do calendário legislativo e de recessos. Um dos casos mais conhecidos é o do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que teve um processo de quase 8 meses de duração.Fonte:Bahia Noticias

Paulo Afonso: Câmara aprova em regime de urgência pensão vitalícia para ex-prefeitos

A Câmara Municipal de Paulo Afonso aprovou por unanimidade a criação de uma pensão especial vitalícia para os ex-prefeitos do município. O Projeto de Lei Municipal de autoria do prefeito Luiz Barbosa de Deus (PSD) foi apreciado em regime de urgência pelos 15 vereadores da Casa durante sessão realizada nesta segunda-feira (26).

A pensão concede aos ex-gestores um auxílio vitalício que corresponderá a 10% do salário vigente para o cargo. Recebem o benefício os ex-prefeitos com idade mínima de 85 anos com rendimentos próprios líquidos de, no máximo, 2 salários mínimos.

 De acordo com o portal Pan Notícias, a pensão beneficia, no momento, o ex-prefeito Abel Barbosa, idealizador da emancipação política de Paulo Afonso. Para o atual gestor e criador do texto, o pagamento é uma forma de valorizar os políticos da cidade.

 “Essa foi uma preocupação pessoal minha porque desta forma podemos beneficiar esses grandes nomes da política da nossa cidade, como é o caso de Abel Barbosa”, airmou o prefeito Luiz Barbosa de Deus. Pessoal e intransferível, o auxílio entrou em vigor já na data de sua publicação.

Acir Gurgacz perde mandato e é condenado a prisão por crime contra sistema financeiro

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) foi condenado pela primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) a quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto por ter cometido crime contra o sistema financeiro nacional. De acordo com a Folha de S. Paulo, Gurgacz ainda perdeu o mandato, os direitos políticos e deverá pagar multa.

A Procuradoria-Geral da República denunciou que entre 2003 e 2004 Gurgacz obteve financiamento junto ao Banco da Amazônia por meio de fraude, já que o senador teria se apropriado de R$ 525 mil da verba de R$ 1,5 milhão liberada pelo banco. O recurso total foi destinado à renovação da frota de ônibus Eucatur, empresa de transporte cuja filial era gerida por ele.

Além do recurso que teria sido apropriado, o resto do dinheiro teria sido utilizado para usado para comprar ônibus usados. A prestação de contas foi feita com a apresentação de notas fiscais falsas e o delito foi enquadrado como desvio de finalidade de recursos provenientes de financiamento concedido por instituição financeira oficial.

Relator do caso, o ministro Alexandre de Moraes votou pela condenação do senador. Ele argumentou que os valores deveriam ter sido integralmente aplicados na compra de veículos novos, uma vez que o financiamento do banco serviria para renovar a frota da empresa. A maior parte dos magistrados acompanhou o voto do relator.

'Teremos uma noite longa', avisa presidente da sessão do julgamento do Ba-Vi

A sessão do julgamento dos denunciados no clássico Ba-Vi, nesta terça-feira (27), a partir das 18h, no Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA), será presidida por Jaime Barreiros Neto. Antes do início dos trabalhos, ele conversou com a reportagem do Bahia Notícias e disse acreditar que a sessão será longa. "É um julgamento atípico. Os julgamentos geralmente são rápidos aqui, mas hoje com certeza teremos uma participação maior dos advogados, da própria procuradoria, provas que a gente nem está muito acostumado a realizar, serão realizadas aqui. Então, acredito que teremos uma noite relativamente longa para o que normalmente acontece", disse em entrevista ao Bahia Notícias.

Ele explicou que o Bahia poderá apresentar novas provas e testemunhas ao longo da sessão, porém terá que ter a aprovação do relator Maurício Saporito e dos auditores Silvio Quadro Mercês e Marcos Melo, que fazem parte da comissão. "O Bahia pediu a intervenção de terceiro, que vai ser analisada pelo relator que é Dr. Maurício Saporito e pela comissão como um todo. As provas podem ser apresentadas, inclusive no momento do julgamento. As primeiras provas a serem apresentadas são as documentais, depois teremos a apresentação de vídeos.

 Se, por acaso, vierem ser apresentadas, como deverão ser, provas testemunhais e a partir daí então, uma vez realizada a instrução faremos o julgamento e ainda hoje teremos o resultado", esclareceu. Demonstrando calma e tranquilidade, Jaime Barreiros também falou sobre a expectativa do julgamento. "É um momento importante. A gente tem que estar bem preparado.

Tem que ter serenidade para julgar conforme o Direito. A gente sabe que os donos do espetáculo são os atletas e os clubes, então a Justiça Desportiva deve atuar quando convocada para isso, para manter a ordem do campeonato, a disciplina e julgar dentro da lei. A expectativa é essa, aplicar o Código Desportivo, conforme as provas que venham ser apresentadas e fazer justiça, porque esse é o nosso papel", afirmou. Jaime Barreiros contou que em 14 anos de trabalhos no TJD-BA, este julgamento é o que trouxe maior movimentação no local. "Tenho observado que este é o processo que está levando a repercussão maior e não apenas local, como nacional", falou.Fonte:Bahia Noticias

Camaçari: Justiça afasta presidente da Câmara de vereadores

O juiz Cesar Augusto Borges de Andrade acatou a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e determinou o afastamento do presidente da Câmara de Camaçari Oziel Araújo (PSDB) do cargo de vereador.

Na decisão publicada nesta terça-feira (27) , o juiz determina o afastamento do político pelo prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias. O edil é acusado de improbidade administrativa ao ser o principal articulador na contratação fraudulenta de servidores comissionados da Câmara para tentar, por meio deles, receber, junto a outros vereadores, um aumento salarial aprovado pela Casa, mas barrado por uma decisão da Justiça.

Além do afastamento do cargo, o MP também pede que Oziel seja preso e tenha seus bens bloqueados. O vereador deve recorrer da decisão que o afastou. Ao lado do presidente afastado da Casa, foram acusados formalmente outros 16 vereadores por conta dos crimes de associação criminosa e peculato (apropriação de recursos públicos.

São eles o Pastor Neilton (PSB), Val Estilos (PPS), Binho do Dois de Julho (PCdoB), Fafá de Senhorinho (DEM), Jamelão (DEM), Adalto Santos (PSD), Dentinho do Sindicato (PT), Vaninho da Rádio (DEM), Jackson dos Santos Josué (PT), Gilvan Silva Souza (PR), Júnior Borges (DEM), Niltinho (PR), Zé do Pão (PTB), José Marcelino (PT), Jorge Curvelo (DEM) e Téo Ribeiro (PT).Fonte:Bahia Noticias

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Secretaria de Educação de Serrinha faz coletiva com a imprensa

A Secretaria Municipal de Educação apresentou para a imprensa local como se dará o reordenamento das escolas municipais de Serrinha. Na coletiva de imprensa, estiveram presentes representantes das rádios locais, bem como blogueiros conhecidos em Serrinha e região. A Secretária de Educação, Luana Moreira, fez uma explanação dos motivos que levaram à necessidade de reordenamento e, consequentemente, à chamada “enturmação”.

A Secretária enfatizou que a ação não está sendo feita de forma leviana, mas, sim com muita responsabilidade, amparada na lei, uma vez que estão obedecendo à portaria de matrícula, que tem como parâmetro o MEC, o qual determina que as turmas devem funcionar com, no mínimo, 20 estudantes e, no máximo, 35 alunos, a depender da turma. Contudo, muitas escolas, por questões alheias à vontade da gestão municipal, não conseguiram atingir sequer o quantitativo mínimo necessário para o adequado funcionamento.

O reordenamento em escolas municipais é uma ação necessária, a fim de que “possamos organizar as finanças da Secretaria sem que isso cause qualquer prejuízo aos alunos que dependem da rede municipal de ensino. O que queremos é viabilizar a economia financeira e ao mesmo tempo garantir a qualidade de ensino”, declarou a Secretária.

Apesar das críticas que surgiram no tocante às ações, o que se tem buscado é oferecer aos alunos qualidade de ensino e cortar gastos desnecessários para o município, uma vez que a notória queda na arrecadação requer uma ação de contenção de gastos e distribuição de forma equilibrada os serviços.Fonte:PMS

Mancini valoriza goleada do Vitória e comenta julgamento de terça

Após a goleada sobre o Jequié, Vagner Mancini foi só elogios aos jogadores do Vitória. O técnico valorizou o adversário e enalteceu a atuação da equipe.

"Não foi fácil. O Vitória teve que imprimir um ritmo forte no começo do jogo e depois administrou a partida. Nós temos que valorizar o Jequié, a nossa Vitória, porque esse time, há um tempo atrás, era um dos que estava nas semifinais", disse.

O treinador também comentou sobre o carinho que tem recebido dos atletas e admitiu ser um 'paizão'. "Sempre fui. Atletas são meus filhos. Não só porque são filhos que são sempre elogiados, até porque na educação dos filhos, às vezes, a gente é severo. Que isso fique internamente. A gente não pode expor ninguém. Minha linha de trabalho é ter coragem de olhar os olhos das pessoas. Assim é nosso ambiente aqui no Vitória".

Sobre o confronto da próxima quarta-feira (28), contra o Bragantino, pela Copa do Brasil, o comandante confirmou a manutenção da equipe titular e pediu atenção com o adversário. "Time vinha numa sequência de dez jogos com a mesma equipe. Hoje vim com o time titular, na quarta a gente joga com essa equipe. É importante que tire o pé em alguns momentos. Vamos ter que ter cuidado. São dois jogos a partir de agora. Serão jogados 90 minutos iniciais e, depois, 90 minutos em Salvador. É importante que a equipe, madura, demonstre isso fora do estado".

Por fim, Mancini abordou o julgamento da próxima terça (27), sobre a confusão do BAVI, e blindou o elenco. "Importante dizer que, diante de tudo isso que vai ser apresentado na terça, na quarta a gente vai jogar. O grupo está muito focado, muito fechado. A gente tem que tentar manter o equilíbrio emocional para, na quarta-feira, fazer um bom jogo".Fonte:Bocão News

Presidente do PT diz duvidar que STF impeça prisão de Lula a tempo

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou neste sábado (24) não acreditar que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue o habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a tempo de evitar uma prisão do petista. Em seminário realizado em Brasília e transmitido pelas redes sociais, a senadora criticou a "demora" do STF em pautar o pedido de Lula, que está na corte. A defesa do petista tenta no STF evitar uma prisão antes do processo transitar em julgado, ou seja, chegar ao Supremo. O pedido já foi negado pelo ministro Luiz Edson Fachin, que enviou o caso ao plenário. A decisão de pautar o assunto cabe à presidente da corte, Cármen Lúcia.

"A gente não consegue que o Supremo Tribunal Federal se manifeste sobre o habeas corpus que está lá, que pelo menos paute isso e se manifeste contra ou a favor", comentou a presidente do PT. "Eu acho que a tendência é eles deixarem o TRF-4 julgarem os embargos e aí confirmar a sentença", completou. No Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), os advogados do petista entraram com embargos de declaração para questionar o julgamento que confirmou sua condenação e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão, em janeiro. Se a apelação for negada, a prisão poderia ser decretada na sequência, antes de recursos ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao STF.

 Para Gleisi Hoffmann, não basta à Lava Jato impedir que Lula dispute a eleição presidencial, condenando o petista em segunda instância, mas "tem que prender para humilhar". Admitindo a possibilidade de o ex-presidente ficar de fora da eleição, a senadora afirmou que a defesa do PT vai além de uma candidatura. "Nós queremos o Lula candidato, o PT quer, acredita nisso e vai lutar por isso, mas a candidatura do Lula, o direito de ser candidato, representa toda essa luta que estamos fazendo, essa resistência consubstancia isso, porque se não nós vamos ter uma eleição manietada".Fonte:Estadão

DEM começa a discutir saída do governo Temer para trabalhar candidatura de Maia

Com a perspectiva de lançar a candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à Presidência da República, o DEM já começa a discutir sua saída do governo do presidente Michel Temer (MDB). Isso deve acontecer após o dia 8 de março, data programada para a convenção partidária da sigla.

Segundo informações do colunista Bruno Boghossian, da Folha de S. Paulo, o rompimento não deve ser marcado por ataques, afinal o partido apoiou o impeachment de Dilma Rousseff (PT), que levou Temer à Presidência.

Mas os democratas se preocupam em reduzir a ligação entre Maia e o emedebista por conta da impopularidade que Temer deve atingir. De acordo com a publicação, dirigentes acreditam que qualquer candidato do partido só terá chances na disputa se estiver desvinculado do atual governo.

 Assim, com a saída de Mendonça Filho (DEM) do Ministério da Educação (MEC), o DEM não deve indicar nenhum nome para o cargo. Mendonça Filho anunciou que vai deixar a pasta para disputar as eleições.

'Estamos discutindo é qual será o meu partido', diz Meirelles sobre eleição

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiu que poderá sair do PSD para ser candidato à Presidência da República. O destino preferido, até agora, é o MDB. Dono de apenas 2% das intenções de votos, Meirelles disse, porém, que tem conversado "com vários partidos" e feito pesquisas qualitativas para medir o seu potencial de crescimento.

"A questão que estamos discutindo é qual será o meu partido. Kassab vai se posicionar em relação a fatos concretos: ter um candidato a presidente da República ou ter candidato a vice-governador de São Paulo. No caso, ele próprio", afirmou Meirelles ao Estado.

A referência ao ministro de Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab, não foi à toa. Chefe do PSD, Kassab negocia para ele a vaga de vice na provável chapa a ser liderada pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), ao governo paulista. Em troca, o PSD está disposto a apoiar a candidatura do governador tucano Geraldo Alckmin ao Palácio do Planalto, mesmo tendo Meirelles como presidenciável.Fonte:Estadão

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Temer tem fazenda no nome do coronel Lima, afirma delator

O ex-diretor da JBS Ricardo Saud afirmou durante depoimento à Polícia Federal (PF) que o presidente Michel Temer possui uma fazenda  que está em nome do coronel João Baptista Lima, amigo do peemedebista já acusado de receber propina em nome dele.

"O deputado federal Paulinho da Força (SD-SP) comentou com o depoente que Michel Temer possui uma fazenda no interior de São Paulo/SP em nome da Argeplan ou mesmo do coronel Lima", diz o registro do depoimento de Saud. A empresa citada pertence ao coronel.

Ainda segundo o delator, Paulinho da Força relatou ter recebido de Temer um pedido para ajudar a retirar integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) da fazenda invadida.

"Inclusive Paulinho da Força disse ao depoente que Michel Temer havia lhe telefonado solicitando auxílio quando da invasão da fazenda em questão pelo Movimento dos Sem-Terra, ocasião em que Michel Temer teria dito que a fazenda de um 'amigo' havia sido invadida e que necessitava de ajuda de Paulinho da Força para sua desocupação", diz o depoimento.

Saud prestou depoimento no dia 16 de fevereiro no inquérito que investiga se Temer recebeu propina do setor portuário em troca da publicação de um decreto alterando regras do setor.Fonte:Bocão Newa

Desemprego, depressão e 45kg: mulher supera drama e fica 'sarada' com reeducação alimentar e exercícios físicos


Quem olha o antes e depois de Paula Vanessa Edo, de 37 anos, não imagina o esforço dela para superar dramas pessoais e os quilos acumulados em dois anos. Magra e ativa, de uma hora para outra ficou desempregada, com a obra do apartamento embargada, deprimida e obesa. Quando percebeu, estava sedentária, com dores por todo o corpo e na "porta do diabetes". Com o auxílio de um programa de emagrecimento do posto de saúde perto de casa, em Campinas (SP), reaprendeu a comer e, com ajuda dos exercícios físicos, deixou os 113kg para ostentar um visual 'sarado', com 68kg, um ano e meio depois.

Paula relata que faz questão de espalhar a quem pode sua história, de contar que perdeu 45kg, na tentativa de ser referência para quem sofre dos males da obesidade. "Quando eu estava nesse processo de emagrecimento, tinha uma ansiedade de ver alguém que tivesse emagrecido para eu saber que era real, que era possível", conta.

"Quando eu falo para a pessoa que é possível perder peso sem cirurgia, só com alimentação e exercícios, eu vejo nos olhos que ela se emociona. Eu me emociono! Eu sei que é uma necessidade ter uma referência. É difícil", explica.

Antes de iniciar a luta contra a balança, Paula precisou lutar contra si mesmo. A administradora destaca que não percebeu o ganho de peso ao longo dos anos e, afundada numa depressão, agia no "piloto automático", mesmo com a necessidade constante de mudar as peças de roupa pelo tamanho.

O gatilho para começar as mudanças surgiu quando o médico disse que Paula estava pré-diabética. "Ele falou que eu estava com a saúde de uma pessoa de 50 anos. Fiquei assustada."

A administradora chegou ao ponto crítico depois de enfrentar uma mudança turbulenta na vida profissional e pessoal. A falência da empresa onde trabalhava significou o desemprego. Nesse mesmo período, viu a obra do apartamento onde iria morar com o futuro marido ser embargada. A tristeza tomou conta, a depressão minou suas forças e o peso foi consequência.

"Comia chocolate, bombom, pé de moleque. O doce mais porcaria que tivesse eu queria. Sorvete e bolacha recheada não faltava na minha casa. Cozinhava muito pouco. A maioria das refeições tinha lasanha congelada, pizza, salsicha."

Tudo errado

Foi preciso aceitar que estava tudo errado para Paula começar a mudar de vida. Por indicação de uma amiga, que é agente de saúde, a administradora conheceu, em 2015, o programa de emagrecimento Viva Leve, realizado em parceria pela nutricionista Maria Alice Codarin e pela psicóloga Fernanda Gregório no posto de saúde do bairro Taquaral, em Campinas (SP).

O programa consiste em reuniões semanais, por quatro meses, que incute nos participantes uma nova visão sobre a relação delas com a comida. "Aprendi a descobrir o que é fome, o que é vontade de comer. Foi lá que fui orientada a ler rótulos dos alimentos, a fazer a reeducação alimentar mesmo", explica.

Com a ajuda do Viva Leve, Paula trocou enlatados e congelados por comida fresca, com muitas verduras e legumes, e uma nova rotina de alimentação e exercícios físicos.

"Às vezes a gente pensa que sabe o que está fazendo, que está agindo certo, e que algumas orientações são até bobas. Mas aprendi a não comer em pé, não comer correndo e nem na frente da televisão", destaca.

Para mudar, Paula convocou a ajuda do marido. "Disse que sem ele não iria conseguir. Pegamos tudo de errado, como congelados, e descartamos tudo. Começamos do zero, tudo muito natural, fresco", relembra.

Atualmente a nova refeição é predominantemente de legumes e verduras. Macarrão, uma paixão dos tempos antigos, é visto no prato muito remotamente. A alimentação também é feita a cada três horas e a farra dos doces, enfim, foi abolida.

"Não tem escapadinha. No fim de semana eu me dou o direito de comer um doce, mas escolho o que vai ter o menor impacto", brinca.

Exercício físico

Para turbinar a perda de peso, Paula Edo aliou a mudança na alimentação com a rotina de exercícios físicos. Mais do que acelerar o processo de emagrecimento, a prática regular de atividade física devolveu sua disposição.

"Eu era uma pessoa ofegante, mas conseguia andar um quarteirão, tudo doía. Levantar da cama era dolorido", revela.

Durante a participação no programa Viva Leve, além da palestra, o grupo costuma caminhar. Atualmente, os participantes se reúnem na Lagoa do Taquaral. Aquilo foi apenas o estopim para Paula que, matriculada em uma academia de Campinas, raramente dava as caras por lá.

"Acabei me desafiando e até hoje vou quase todos os dias. Ajudou e muito a acelerar o processo. Hoje sou mais disposto. Corro sete, oito quilômetros", garante a agora 'sarada' Paula Edo, que só deixa de frequentar a academia aos domingos.

Novo corpo

O processo de transformação de Paula foi além de devolver seu corpo e mente ao peso ideal. As mudanças devolveram a autoestima e a administrado experimenta agora uma forma que nem em seus melhores momentos exibiu.

"Você fica prisioneiro de si mesmo e por muito tempo pensei que ainda tinha aquele corpo, aquele peso. Quando fui comprar uma calça, experimentei a 44, e ficou larga. Testei a 42, a mesma coisa. Quando vesti a 40, foi uma alegria só."

Com 1,72m de altura e 68kg, Paula está mais 'sarada' do que era no tempo anterior aos problemas e a obesidade. O ganho de músculos ajudou no processo. Hoje, guarda algumas peças de roupa como recordação e para relembrar como venceu tudo isso.Fonte:G1

Perícia aponta que pagamento para Odebrecht 'é compatível' com repasses ligados a Lula

 A perícia da Polícia Federal feita em sistemas de contabilidade da Odebrecht aponta que um saque de R$ 1,034 milhão ‘é compatível’ com uma transferência da empresa DAG Construtora ao engenheiro Glaucos da Costamarques e ao escritório Teixeira, Martins Advogados. O montante seria uma participação dos dois na compra de um terreno que abrigaria a sede do Instituto Lula, em São Paulo.

 Uma investigação do Ministério Público Federal aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu propina no valor de aproximadamente R$ 13 milhões da Odebrecht, por meio da compra do terreno e de um apartamento vizinho na cidade de São Bernardo do Campo.

 Costamarques teria sido usado como "laranja" no negócio, enquanto Roberto Teixeira, sócio do escritório de advocacia, seria um intermediário legal da compra. O resultado da perícia da PF nos sistemas da Odebrecht já foi entregue à Justiça.

Rodelas: Estudantes criticam fechamento de 1ª escola da cidade: ‘Se fecha prisão, não colégio’

Estudantes de uma escola estadual de Rodelas – norte baiano na divisa com Pernambuco – se queixam do fechamento da primeira unidade escolar construída na cidade, há 54 anos. No último dia 15 de fevereiro, foram encerradas as atividades no Colégio Nossa Senhora do Rosário, mais conhecido como Ireg.

 Por conta do fechamento, manifestações já foram realizadas na Câmara de Vereadores e uma passeata foi organizada na última segunda-feira (19). Em contato com o Bahia Notícias, um estudante do Ireg disse que a comunidade escolar foi obrigada a se matricular na outra unidade pública disponível para o ensino médio, o Colégio Dufina Cruz Lima. Conforme o aluno, a justificativa dada aos estudantes é que o Ireg não teria número suficiente de matriculados para ocupar as sete salas da escola. "Como não tinha? Só não teve número porque não fizeram matrícula.

 Mas se fizessem, o colégio teria entre 150 a 250 estudantes. Se fecha prisão, não colégio", brada em entrevista ao BN um estudante que está no segundo ano do ensino médio. Em nota, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (Seec) declarou que a decisão de fechar a escola foi tomada em razão do Colégio Nossa Senhora do Rosário funcionar em prédio cedido e possuir apenas 98 alunos matriculados. O órgão disse ainda que os estudantes da unidade serão transferidos para o Dulcina Cruz Lima, que funciona em imóvel próprio e dispõe de 300 vagas para absorver os discentes.

Janela instaura 'balcão' de troca partidária na Câmara

Com a proximidade do início do período permitido para a mudança de partido, em 7 de março, legendas intensificaram as negociações para atrair novos deputados e aumentar as chances de eleger uma bancada maior na Câmara em outubro. A principal moeda de troca usada pelos partidos tem sido o dinheiro público que bancará as campanhas. Além do fundo eleitoral, estimado em R$ 1,7 bilhão, mais R$ 888 milhões do Fundo Partidário poderão ser distribuídos aos candidatos. A chamada "janela partidária" foi instituída em 2016 por meio de uma emenda constitucional que, na prática, estabelece um período de 30 dias no qual parlamentares podem mudar de partido sem que percam os seus mandatos.

 Esta será a primeira eleição geral sem financiamento de empresas, proibido pelo Supremo Tribunal Federal em 2015. Com isso, candidatos terão menos recursos para bancar gastos eleitorais, o que aumenta a disputa pelo dinheiro público. Nos últimos dias, a reportagem flagrou conversas sobre o assunto dentro do plenário da Câmara. O deputado Paulinho da Força (SD-SP) tem carregado planilhas que mostram quanto cada legenda terá de recursos para "desmistificar" promessas feitas por dirigentes de outras legendas.

"Tem partido falando que vai dar R$ 2 milhões para cada deputado, mas não tem condições. Mostro logo a tabela para desmentir o cara", afirmou Paulinho. Segundo relatos de parlamentares, legendas do Centrão como PP, PR e PTB estão oferecendo aos deputados que toparem mudar de sigla o valor máximo que poderá ser gasto numa campanha para a Câmara este ano: R$ 2,5 milhões. Dirigentes dos partidos que compõem o bloco informal negam que as negociações estejam sendo feitas nesses termos. O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, no entanto, confirmou que reservou para cada deputado do partido cerca de R$ 2 milhões da fatia do fundo eleitoral a que o seu partido terá direito.

Para não ficar para trás, o MDB bateu o martelo esta semana e divulgou seus valores: vai repassar, para cada deputado com mandato, R$ 1,5 milhão para a campanha. Os senadores que disputarem a reeleição terão R$ 2 milhões. O DEM, partido que mais cresceu nesta Legislatura - de 21 para 33 deputados - evita falar em números. Segundo o deputado Efraim Filho (DEM-PB), a promessa para novos filiados é a de que eles terão o mesmo tratamento dos que já estão na legenda.Um deputado do PP que vai mudar de partido relatou o "modus operandi": procurou dirigentes das siglas com as quais tem afinidade e perguntou qual seria a fatia do fundo que lhe caberia caso migrasse de legenda.

 Do que ouviu até agora, está entre PSD e PHS - este último ainda lhe garantiria a presidência do diretório estadual. Nas negociações, partidos que vão lançar candidato à Presidência, como PT e PSDB, saem em desvantagem, porque terão de reservar uma parcela dos recursos para a disputa ao Palácio do Planalto. No PSDB, que tem o governador Geraldo Alckmin como pré-candidato, a preocupação é para não perder nenhum dos 46 atuais deputados. Líder tucano na Câmara, Nilson Leitão (MT) criticou o "balcão de negócios". "Deputado virou jogador de futebol? Tem passe agora? Leva quem dar mais?", questionou. Fonte: Estadão Conteúdo

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Joaquim Barbosa terá que indenizar repórter que mandou ‘chafundar no lixo’

A Justiça do Distrito Federal negou recurso ao ex-ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), e manteve indenização de R$ 20 mil ao jornalista Felipe Recondo, por danos morais. De acordo com O Globo, o ex-ministro foi processado pelo repórter, em 2013, ao mandá-lo “chafundar no lixo”. Joaquim Barbosa ainda pode recorrer aos tribunais superiores. Os desembargadores concluíram que Barbosa se dirigiu de maneira ofensiva ao profissional, então repórter do jornal “O Estado de S. Paulo”.

 O caso aconteceu em março de 2013, após uma sessão do Conselho Nacional de Justiça presidida por Barbosa. O jornalista iniciou o diálogo perguntando: “Presidente, como o senhor está vendo...”. Antes de terminar a pergunta, veio a resposta de Barbosa: “Não estou vendo nada. Me deixa em paz, rapaz. Me deixa em paz. Vá chafurdar no lixo, como você faz sempre”. A defesa de Joaquim Barbosa entrou com um recurso alegando questões procedimentais no processo.

O advogado do jornalista, Leonardo Furtado, disse que a decsiaõ da 4ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF, por unanimidade, ratifica o julgamento do tribunal realizado há dois anos, no qual o ex-minstro foi condenado. A Turma fixou que o réu deverá pagar também 10% do valor da indenização em honorários advocatícios, fora juros e outras taxas.

Xuxa quer enterro com 'Ilariê' e Padre Fábio de Melo diz que vai organizar

O Padre Fábio de Melo, que costuma ser bem-humorado em seus posts nas redes sociais, postou um vídeo na última quarta-feira (21) que mostra um enterro fora do convencional, onde as pessoas dançam e cantam músicas em ritmo de forró.

Como legenda, ele escreveu: “A pessoa fala a vida inteira: ‘Quero um velório bem alegre!’ Mas aí os amigos exageram”. Um comentário inesperado da apresentadora Xuxa Meneghel chamou atenção e teve mais de 5 mil curtidas.

 “Senhor, quero igual com Ilariê e Todo Mundo Tá Feliz”, comentou fazendo referência a duas de suas músicas mais conhecidas. Em resposta, o Padre se mostrou solicito. “Deixa que eu organizo. Só entrará no recinto quem estiver vestido de paquito e paquita”.

'Era divertido', diz Amado Batista sobre trabalhar quando era criança

O cantor Amado Batista falou a respeito do trabalho infantil ao qual foi submetido durante sua infância no interior de Goiás em entrevista ao Sensacional, da RedeTV!. Porém, apesar das condições que hoje seriam consideradas irregulares, garantiu ter boas lembranças da época em que foi lavrador. "Debaixo de chuva, de sol... começava tipo seis da manhã e parava seis da noite.

Era bom, sabe? Eu não sentia falta de mais nada, era muito bom. Éramos crianças, mas era divertido. E, no final de semana sobrava tempo para a gente brincar, jogar bola", disse. Ele também contou sobre pessoas que acreditam serem suas filhas até hoje: "Eu acho que por eu ser famoso tem pessoas que às vezes acham que podem se dar bem. Volta e meia eu estou fazendo DNA de algumas pessoas que acham que são meus filhos, faz e, zerado, não acontece nada.

Mas, por respeito à pessoa que acha que é, eu vou lá e faço, não tem nenhum problema, não". Amado falou ainda a respeito de sua vida amorosa: "O coração está tranquilo. Não estou casado, estou solteiro, abandonado pelas princesas, mas vou encontrar uma ainda para cuidar de mim. Ainda não tenho, mas vou ficar na esperança".

"Que bom seria se a gente nascesse já pronto, não tivesse que aprender tudo isso, mas tivemos que aprender, que ralar, para poder ter experiência. Acho que valeu a pena tudo isso. Valeu e continua valendo. Adoro o que faço", filosofou sobre a vida.Fonte:Estadão

'Descobri que preto não pode pegar táxi', diz Rafaela Silva após episódio de racismo

Campeã olímpica nos Jogos Rio 2016, a judoca Rafaela Silva fez um desabafo nas redes sociais, na noite da última quinta-feira (22). Rafaela se sentiu discriminada após uma abordagem policial no Rio de Janeiro. Ao chegar à cidade, ela pegou um táxi no Aeroporto Internacional Tom Jobim para voltar para casa, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. No Twitter, ela contou que uma viatura da Polícia Militar, com quatro policiais, sinalizou para o taxista encostar o carro, no meio da Avenida Brasil.

"Quando o taxista encostou eles o chamaram para um canto, quando olhei na janela outro policial armado mandando eu sair de dentro do carro, levantei e saí. Quando cheguei na calçada ele olhou para minha cara e falou... Trabalha aonde? Eu respondi... Não trabalho, sou atleta! Na mesma hora ele olhou para minha cara e falou... Você é aquela atleta da olimpíada, né? Eu disse... Sim, e ele perguntou... Mora aonde? Eu falei, em Jacarepaguá e estou tentando chegar em casa.

Na mesma hora o policial baixou a cabeça entrou na viatura e foi embora!", escreveu. Depois da abordagem, ela perguntou ao taxista o que os policiais falaram com ele. "E o taxista respondeu... Essa é aquela de judô, peguei no aeroporto e o policial falou... Ah, tá! Achei que tinha pego na favela", relatou. "Fiquei indignada, todo mundo na rua olhando para minha cara como se eu tivesse feito algo errado.

 Esse preconceito vai até onde?", finalizou no Twitter. Rafaela Silva ainda gravou um vídeo no stories do Instagram. "A gente no Rio de Janeiro tem que passar essa vergonha. Descobri que preto não pode andar de táxi, porque deve estar assaltando ou roubando?", afirmou. Confira o relato da campeã olímpica no Twitter:

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Procurador do TJD pede desclassificação e rebaixamento do Vitória no Baianão

O procurador Hermes Hilarião Teixeira Neto, da Procuradoria da Justiça Desportiva, ofereceu denúncia, nesta quinta-feira, contra os envolvidos na confusão do Ba-Vi do último domingo. No documento, Hermes Hilarião também pede a desclassificação e rebaixamento do Esporte Clube Vitória do Campeonato Baiano por, segundo ele, dar o encerramento de forma intencional à partida. A previsão é que o julgamento aconteça na próxima terça-feira, às 18h (horário de Brasília).

- Foram denunciados 12 atletas, o Vitória, o técnico Vagner Mancini e o supervisor Mário Silva – disse Hermes Hilarião, em entrevista ao GloboEsporte.com.

O procurador continua que, por decidir pelo encerramento intencional da partida, o Vitória prejudicou equipes como Jequié e o Fluminense de Feira, que disputam classificação para a semifinal da competição.

- Na nossa avaliação, o Vitória, através de seus atletas, do técnico Vágner Mancini e do supervisor Mário Silva, resolveu dar ensejo ao término da partida de forma proposital, intencional. Isso gerou prejuízo desportivo ao Jequié e ao Flu de Feira porque o campeonato está em fase de pontos corridos. Em razão desse prejuízo a terceiros, o Vitória, em razão do art. 205, parágrafo II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, merece ser desclassificados do Campeonato. O fundamento do rebaixmneto, por tudo o que falei, pela conduta antidesportiva, com base no Código Disciplinar da Fifa, que se aplica ao Campeonato Baiano, em razão do seu próprio regulamento, do art. 79, item II, entendemos que merece tambem ser rebaixado - disse o procurador em entrevista ao GloboEsporte.com.

Do lado do Vitória, vão ser julgados os jogadores Kanu, Denílson, Rhayner, Yago, Fernando Miguel, Bruno Bispo, Ramon e André Lima, além do técnico Vagner Mancini, do supervisor de futebol Mário Silva e do próprio clube. Do lado do Bahia, a procuradoria ofereceu denúncia contra os jogadores Vinícius, Edson, Rodrigo Becão e Lucas Fonseca.

Mandado de segurança

Na última quarta-feira, o Vitória ingressou com um mandado de segurança junto ao TJD-BA para tentar manter o placar do Ba-Vi empatado em 1 a 1. Com a divulgação da súmula do jogo, a FBF determinou que o Tricolor havia vencido o Ba-Vi por W.O., o que garantiu o placar de 3 a 0 para o time de Guto Ferreira.Fonte:G1

Pesquisa mostra que 70% dos brasileiros não têm plano de saúde particular

Pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apontou que 70% dos brasileiros não possuem plano de saúde particular, seja individual ou empresarial. O percentual é ainda maior entre as pessoas das classes C, D e E, atingindo 77%. Divulgada nesta quarta-feira (21), a pesquisa destaca que 45% dos entrevistados sem plano de saúde disseram utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente os entrevistados das classes C, D e E (51%) quando precisam de atendimento. O restante afirmou que arca com dinheiro do próprio bolso para pagar pelos serviços necessários. Segundo o levantamento, 39% dos entrevistados sem plano de saúde não souberam precisar com que frequência utilizam a rede pública de saúde.

 Eles manifestaram insatisfação em relação ao SUS, sobretudo quanto à demora no tempo de atendimento. Entre os entrevistados que possuem um plano de saúde privado, o preço acessível foi o fator de decisão mais citado para definição do convênio (42%), seguido pela qualidade da rede credenciada (33%) e pela recomendação de outras pessoas (22%). Segundo a pesquisa, R$ 439,54 é o valor mensal médio que o brasileiro paga pelo plano de saúde.

Dos que têm convênio privado, 42,2% disseram pagar do próprio bolso na situação de o plano de saúde não cobrir totalmente ou parcialmente as despesas necessárias. O levantamento mostra ainda que 97,1% dos beneficiários de planos de saúde estão com o pagamento das mensalidades em dia; e 69,1% dizem serem bem ou muito bem atendidos pelos seus planos de saúde particular.

"Os dados mostram que o plano de saúde é considerado uma prioridade para grande parte de seus usuários. É um serviço de primeira necessidade, relacionado aos cuidados de um bem maior, que é a vida. É tanto que a taxa de inadimplência declarada é baixíssima", afirmou Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil. A pesquisa foi feita com consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas. Foram feitas 1,5 mil entrevistas, de 15 a 26 de setembro de de 2017, com uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais.Fonte:Bahia Noticias

André Lima desiste de prestar queixa contra bandeirinha

O atacante André Lima desistiu de prestar queixa na delegacia por ofensa verbal contra o assistente Dijalma Silva Ferreira.  O centroavante acusou o bandeirinha de tê-lo chamado de “merda”, após reclamação de um suposto escanteio não marcado durante o confronto entre Vitória e Jacuipense, nesta quinta-feira (22), na Arena Valdredão, em Riachão do Jacuípe.  Visivelmente mais tranquilo depois de deixar o vestiário, o jogador optou por encerrar o caso.  “Não foi nada demais, o mais importante é que viemos aqui com o objetivo e cumprimos”, afirmou o camisa 99. O jogo terminou com triunfo do Rubro-negro por 1 a 0. O próximo duelo do Vitória é com o Jequié, domingo (25), às 17h, no Estádio Waldomiro Borges.

Após polêmica, emissora faz nova leitura labial de Mancini

Na última segunda-feira (19) a TV Bahia procurou um especialista para fazer a leitura labial do momento em que o técnico do Vitória, Vagner Mancini, teria dado a ordem ao zagueiro Bruno Bispo para tomar o segundo amarelo e ocasionar o fim da partida por insuficiência de jogadores em campo (relembre aqui).

Após a matéria, o presidente do clube, Ricardo David, reforçou o apoio ao treinador e ironizou a leitura do profissional Ronaldo Freitas. Segundo David, a análise foi “feita por torcedor do Bahia”. Após a polêmica, a emissora resolveu contratar um especialista em leitura labial de outro estado. Carlos Cristian é surdo e só consegue se comunicar porque faz a leitura labial das pessoas em tempo real.

 Além de professor, Carlos é proprietário de duas escolas de libras em Belo Horizonte. O especialista garante: “Eu não gosto de futebol, eu não sabia de nada. Eu só fiquei sabendo agora porque um amigo meu falou”, comentou. Carlos explicou três maneiras de fazer a leitura labial. “A primeira é quando ela vê sinal, vê a pessoa falando e conecta o sinal, a forma de falar e ela aprende. Essa forma de falar é esse sinal que, na minha língua, é, pra mim, a palavra.

 O segundo método é quando a pessoa surda percebe só as vogais da palavra e ela conclui as consoantes ou vice-versa”, explicou o especialista. O mineiro explicou o processo que utilizou para poder saber o que o treinador do Vitória falou para o zagueiro Ramon. “Como ele (Mancini) fez de lado, eu não pude fazer. Eu fiz a memória do lábio, onde eu vejo ele falando e lembro das pessoas falando.

 Quando peguei o vídeo, eu vi primeiro no celular, depois vi no notebook. Depois eu editei para poder ver mais de perto, eu ampliei a imagem e desacelerei pra poder ver melhor. E aí eu tive a certeza. Pra mim, com toda certeza, ele disse a seguinte frase: ‘Fala pro Bruno tomar segundo amarelo’. Só tive dúvida entre ‘segundo’ ou ‘outro’, mas o restante da frase eu não tive dúvida”, concluiu.Fonte:Bahia Noticias

Monte Gordo: Objeto encontrado após clarão no céu não é meteorito

O objeto encontrado no distrito de Monte Gordo, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, não é um meteorito.

Depois de análise preliminar, pesquisadores do Museu Geológico da Bahia descobriram que o objeto achado após a ocorrência do clarão no céu da última segunda-feira (20)tem uma estrutura composta por ferro, manganês e silício e deve ter sido fabricado industrialmente.

O níquel, característico nas rochas de meteoros, não foi encontrado durante as análises. A peça foi localizada em um buraco próximo a uma área de vegetação na noite de terça-feira (20) e passa por avaliação no Museu Geológico.

 A estrutura tem cerca de 2,9 kg e 15 cm de comprimento. Enquanto ao fenômeno visto no céu, a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros confirmou ter sido causado por um meteoro de tamanho considerável.Fonte:Bahia Noticias

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Serrinha:Desobediência a determinação judicial poderá 'quebrar' finanças do município

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Primeira Câmara Cível IV RELATÓRIO Classe:Remessa Necessária e Apelação nº 0003858-52.2006.8.05.0248 Foro de Origem: Foro de comarca Serrinha Órgão: Primeira Câmara Cível Apelante: Municipio de Serrinha Advogado: Caroline Rodrigues Campos (OAB: 31825/BA)Advogado: Camilo Ribeiro Barreto (OAB: 21586/BA)Apelado: Ministério Publico do Estado da Bahia Promotor: Alex Santana Neves Procª. Justiça : Maria Ivone Souza Rocha Relator: Des. Augusto de Lima Bispo.Assunto: Obrigações Adota-se o relatório da sentença de fls. 114/121 proferida pelo Juízo da Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais da Comarca de Serrinha, que, nos autos da AÇÃO CIVIL PÚBLICA proposta pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA contra o MUNICÍPIO DE SERRINHA, julgou procedentes os pedidos, nos seguintes termos:“(...) Isto posto,:

JULGO PROCEDENTE o que veio pedido na inicial para condenar o requerido Município de Serrinha na: a)obrigação de fazer consistente em exercitar, de modo regular e eficiente, o seu poder de polícia administrativo, para não permitir a instalação nem o funcionamento de estabelecimentos fixos ou móveis de qualquer natureza (notadamente barracas e feira-livres,na Praça Miguel Carneiro, rua Araújo Pinho, Largo de Santana e adjacências aos mesmos), no prazo de 30 (trinta) dias sob pena de multa diária de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

 b)na obrigação de fazer,consistente em retirar as barracas e carros de mão da rua Araújo Pinho e transversais promovendo a abertura das ruas de modo a restabelecer a livre circulação de pessoas e veículos, no prazo de 30(trinta) dias, sob pena de multa diária de R$ 2.000,00 (dois mil reais);c) restaurar a rua Araújo Pinho e transversais retirando todos os vestígios da feira livre existente, devolvendo-as aos pedestres e veículos, bem como restabelecer o jardim da Praça Miguel Carneiro urbanizando-a segundo sua destinação, no prazo de 60 (sessenta) dias sob pena de multa de R$ 20.000,00 (vinte mil reais). CONDENO-O.

ATENÇÃO: CONTINUAREMOS NOS PRÓXIMOS DIAS PUBLICANDO O RESTANTE DA SENTENÇA

Primeira PEC de 2018 propõe ampliar licença-maternidade para 6 meses

O primeiro projeto de lei criado pelo Senado em 2018 tem como proposta uma ampliação da licença-maternidade obrigatória para 180 dias, um período que equivale a seis meses. O texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 1/2018 também diz respeito à licença-paternidade, afastamento remunerado dos pais de bebês que, caso a regra seja aprovada, passará de 5 dias para 20 dias de licença. A justificativa da proposta explica que o prazo que é atualmente concedido pela Constituição "é insuficiente para garantir o atendimento completo às exigências maternais e paternais, em especial se considerarmos as atuais recomendações relativas à amamentação".

O texto vai de acordo com a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que prevê que o bebê seja amamentado por seis meses para que tenha uma infância saudável. O projeto também afirma que este é o momento certo para que esses direitos sejam ampliados. "Nossas taxas de natalidade estão em patamares razoáveis e a tendência é a redução no número de filhos por casal. Com isso, a dedicação acaba, por natureza, sendo mais intensiva e a presença dos pais, via de regra, inexperientes, mais demandada e necessária", diz o texto.

 A PEC seguiu para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), do Senado, onde aguarda designação de um relator. Ela será discutida e enviada para votação no plenário. No entanto, com a intervenção militar no Rio de Janeiro, fica impedida qualquer alteração na Constituição Federal, fazendo com que o processo de votação fique paralisado.

 Atualmente, o prazo do benefício é de 120 dias, ou 4 meses, para as mulheres no setor privado, enquanto as funcionárias públicas já têm direito aos seis meses. De acordo com o site Uol, terão direito à proposta pais e mães empregados nos setores públicos e privados, sejam eles biológicos ou adotantes, já que, segundo o texto, os pais que recebem uma criança na família através de adoção também precisa de tempo para se adaptar à chegada do filho em casa.

Pais são acusados de usar dinheiro de campanha para filho para manter vida de luxo

A Justiça bloqueou os R$2,2 milhões arrecadados pela campanha Ame Jonatas, criada para ajudar um bebê que sofre de atrofia muscular espinhal. A campanha, realizada através das redes sociais, chegou a arrecadar R$ 3 milhões em três meses. Diversas celebridades apoiaram a campanha. Somente uma empresária realizou bazares que arrecadou R$ 56 mil. Os valores seriam utilizados para compra de medicamentos que estabilizam a doença rara, que reduz os movimentos do corpo e tem um alto índice de mortalidade até os dois anos de vida da criança.  Cada dose custa R$ 370 mil. Além dos valores, a Justiça, a pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), bloqueou um carro avaliado em R$ 140 mil.

O carro está no nome dos pais do menino Jonatas. Os pais, Aline e Renato Openkoski, ainda podem ser investigados pela Polícia Civil por apropriação indébita. O MP-SC ajuizou uma ação em 2017 para proteger os interesses da criança. A Promotoria de Justiça de Joinville recebeu diversas denúncias de que os pais estariam utilizando os recursos para levar uma vida de luxo. O caso foi apresentado no Fantástico, da Rede Globo, na noite deste domingo (18). De acordo com a promotora de Justiça Aline Boschi Moreira, ficou acordado que o casal prestaria contas dos recursos da campanha até o fim de outubro de 2017.

Mas o acordo não foi cumprido. Logo depois, a Promotoria foi informada que o casal passou a virada do ano em Fernando de Noronha, com passagens custando mais de R$ 8 mil, e que adquiriu um carro no valor de R$ 140 mil. Em setembro do ano passado, a doação chegou a casa dos R$ 4 milhões. Os pais, desde então, não prestaram mais contas do dinheiro. Antes da campanha, Renato e Aline moravam em uma casa humilde. Logo após a arrecadação, alugaram uma casa maior e compraram dois celulares caros. A irmã de Aline, Camila, foi quem criou a campanha e também foi a primeira pessoa a denunciar o casal no MP.

 Em entrevista ao Fantástico, os pais do bebê afirmaram que mudaram o padrão de vida é “para o benefício de Jonatas”. Eles contestaram a necessidade de prestar contas de tudo, justificaram a compra dos celulares para fazer fotos melhores e postar nas redes sociais e que Jonatas é menor de idade, e como responsáveis pela criança, tem todo o “direito de responder por ele”. A Justiça garantiu que os recursos poderão ser utilizados no tratamento da criança, desde que as despesas sejam comprovadas.

Paraná Pesquisas: 64,6% da população é contrária à legalização da maconha

A legalização da maconha não é aprovada por 64,6% da população brasileira, de acordo com levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira (20). De acordo com a consulta, 30,7% dos entrevistados são favoráveis à medida, enquanto 4,7% dizem não saber ou não opinaram. A aceitação da legalização da erva é mais bem aceita na faixa etária mais jovem (16 a 24 anos), no qual o índice é de 42,6% -- os brasileiros com mais de 60 anos são os que menos defendem a iniciativa.

A legalização também tem concordância de boa parte dos que tem Ensino Superior (45,2 %). A rejeição é maior no Norte e no Centro-Oeste (71,6 %) e menor no Sudeste (61,4%). Sobre a legalização do plantio da maconha no Brasil, o índice se mantém no mesmo patamar: 65,8% são contrários; 30% são a favor, e 4,2% não souberam ou não opinaram. As mulheres tem maior aceitação à ideia (63,9%) em relação aos homens (67,8%). Novamente, a faixa etária mais jovem concorda mais com a ideia (41%), enquanto apenas 24,7% dos idosos (60 anos ou mais) apoiam a autorização legal para o plantio.

Pessoas com Ensino Superior também defendem mais a legalização (43,3%) contra 20,8% dos que tem Ensino Fundamental. A diferença de opinião entre as regiões se mantém – no Norte e Centro-Oeste ocorre a maior rejeição (70,7%) e no Sudeste a menor (63,1%). Foram entrevistadas 2.402 brasileiros em 208 municípios em 26 estados e no Distrito Federal, entre os dias 10 e 14 de fevereiro. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, com grau de confiança de 95%.Fonte:Bahia Noticias

Argentina registra primeiro caso de ameba mortal que 'come cérebro'

A Argentina registrou o primeiro caso de uma ameba chamada Naegleria fowleri, que destrói o tecido cerebral e por isso é conhecida por "comer cérebros".

Segundo informações do jornal Clarín, um menino de oito anos morreu no país depois de contrair a ameba na localidade de General Arenales, localizada a cerca de 320 quilômetros da capital Buenos Aires.

Ele ficou infectado em uma lagoa em fevereiro do último ano. A ameba teria entrado pelo seu nariz e alcançou o cérebro. O garoto passou a registrar quadro de febre, vômitos e dor de cabeça, e morreu entre cinco e sete dias depois de registrar os sintomas. Inicialmente, o caso foi diagnosticado como uma meningite.

No entanto, a situação chegou ao conhecimento da Sociedade Internacional de Doenças Infecciosas, que identificou a ameba Naegleria fowleri. Ainda segundo o Clarín, esse tipo de infecção é raro. Entre 2007 e 2016, o Centros de Controle e Prevenção de Doenças relatou apenas 40 casos nos Estados Unidos.

Foguete russo pode ter provocado 'clarão' em Salvador; agência previu queda de fragmentos

Um foguete russo pode ter provocado o clarão que foi visto no céu de Salvador na noite desta segunda-feira (20). Na última sexta-feira (16), o site Mistérios do Espaço divulgou que a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) previu a queda dedestroços para aquela noite. O foguete foi lançado esta semana na Rússia e deveria levar mantimentos para a Estação Espacial Internacional. Porém, caso voltasse à Terra por algum motivo, sua rota previa que pedaços cairiam exatamente sobre o Brasil. De acordo com o site, a possibilidade foi calculada pelo especialista Joseph Remis. A página "Mistérios do Espaço" é a maior de Astronomia do país e foi criada por um jovem de 17 anos de Conceição do Coité, na Bahia

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Ex-governador Nilo Coelho é cotado para integrar chapa de Neto, diz Herzem Gusmão

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), defende que a possível chapa do prefeito ACM Neto (DEM) na eleição para governador do estado tenha um representante da região sudoeste da Bahia.

Em entrevista ao blog Resenha Geral, o emedebista afirmou que já há conversas a respeito da ida do ex-governador Nilo Coelho (PSDB) para a majoritária do democrata. “Conversas foram iniciadas. Nilo não disse que sim, mas também não disse que não aceita”, afirmou.

“Tenho o dever como prefeito da terceira maior cidade do Estado de tomar uma posição capaz de fortalecer politicamente o interior da Bahia. Nilo Coelho é o nome capaz de robustecer a ideia política e atrair as atenções do governo para regiões esquecidas pelo PT”, alfinetou.

Para o prefeito de Conquista, Nilo Coelho pode vir a disputar o Senado ou até a vice-governadoria.Fonte:Bocão News

Amando Santos:"precisava o jogador Vinicius tinha colocar no meio da semana nas redes sociais que eles iam jogar no "barralixo"?

Caros amigos! .Reforço aqui os parabéns para a ilustre vereadora Edylene Ferreira, que é aquariana como eu. Já mandei uma msg para o zap dela. Segundo assunto é sobre o "malfadado BAVI da Paz", que de paz teve muito pouco. Todo mundo sabe que eu torço pelo Vitória e não sou hipócrita, pq sou da imprensa não devo revelar meu time, isso pra mim é idiotice, que me desculpe quem não pensa assim, tem todo o direito. Não compactuo com violência de qualquer natureza, muito menos no futebol, que deveria ser para lazer e entretenimento. Infelizmente por razões outras, os ânimos andam acirrados e muitas pessoas levam seu ódio ou suas frustrações para uma praça esportiva.

A rivalidade sadia deve existir, a brincadeira também. Fui a inúmeros BAVI's na Fonte Nova e no Barradão também. Nunca vi ou participei de qualquer ato de selvageria. A imprensa, principalmente a baiana que é quase toda tricolor, tá caindo de pau nos jogadores do Vitória. Esquecem esses senhores de um ditado muito importante: "pra toda ação, existe uma reação". Pq o jogador Vinicius tinha que colocar no meio da semana nas redes sociais que eles iam jogar no "barralixo"? Ele tem que respeitar a instituição Vitória que tem profissionais sérios e corretos que fazem parte dela.

 Recentemente Vinícius Júnior do Flamengo fez um gol no Botafogo e fez um gesto de um chorôrô. Pronto, foi o bastante para o Botafogo não alugar o Engenhão para o Flamengo disputar a final da Taça Guanabara. Vcs lembram que num jogo Corínthians e Palmeiras, quando Edílson Capetinha ficou fazendo embaixadinha dentro do campo? Paulo Nunes veio de lá e deu um pontapé pra quebrar Edílson. Deu em que? Nada.

 O ser humano é de momento. Se o Jahia, o incolor de Itinga estava com parte de sua torcida no estádio, pq Vinicius, que já tinha postado msg pejorativa foi fazer dancinha na frente da torcida do Vitória? Quem procura acha e ainda saiu barato pra ele. Fernando Miguel errou? Errou. Kanu errou? Também. Só que como eu disse anteriormente, pra toda ação, existe uma reação. O Tribunal vai dar os 3 pontos ao Jahia, até pq o regulamento das competições diz isso, mas na bola o tabu de 7 anos não foi quebrado e vão passar mais 7 esperando. kkkkkkkk.Texto: Repórter- Amando Santos

Mãe de Geddel volta a pedir ao STF que não seja presa

O deputado Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) e sua mãe, Marluce Vieira Lima, voltaram a pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que não seja acolhido o pedido Procuradoria-Geral da República (PGR), que versa sobre o pedido de prisão da genitora e acolhimento noturno do parlamentar.

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, a dupla foi denunciada por envolvimento no caso do bunker de R$ 51 milhões encontrado em um apartamento na Graça, em Salvador. Na acusação da titular da PGR Raquel Dodge, em que ela pede as medidas cautelares contra os Vieira Lima, ela requereu novamente que a ação seja cumprida. A petição é datada da última quinta-feira (15).

Raquel solicitou que Lúcio Vieira Lima seja colocado em recolhimento domiciliar, com fiança de 400 salários mínimos e ressaltou: “A propósito, só em patrimônio, ele declarou ao Tribunal Superior Eleitoral, nas eleições de 2014, o equivalente a R$ 7.720.882,46 (sete milhões, setecentos e vinte mil, oitocentos e oitenta e dois reais e quarenta e seis centavos)”.

Já para Dona Marluce, a chefe do Ministério Público Federal pediu prisão domiciliar, fiança – também de 400 mínimos – e proibição "de manter contato, receber em casa ou usar para fins pessoais secretários parlamentares do filho deputado, notadamente Milene Pena e Roberto Suzarte".

Além de expulsões, árbitro relata invasões e cobranças de dirigentes

A tão esperada súmula do jogo entre Vitória e Bahia, disputado no último domingo (18), no Barradão, foi publicada pela FBF na tarde desta segunda-feira (19). Além das nove expulsões do jogo e das cenas de pugilato, o árbitro Jailson Macedo Freitas relatou reclamações de Diego Cerri e Erasmo Damian, diretores de futebol do Bahia e Vitória, respectivamente.

 De acordo com o juiz, Cerri proferiu as seguintes palavras: "Jaílson, no gol do Vitória a bola foi mão claramente". Já o cartola Rubro-negro se dirigiu ao árbitro na volta do intervalo no primeiro tempo e depois na etapa final.

"Não aceite pressão do dirigente do Bahia”, disse Erasmo. Na outra queixa, Macedo relatou invasão de Damiani. “Você está de brincadeira. Aceitou a pressão do Bahia”. Jaílson Macedo também citou a invasão de dois torcedores do Vitória, que foram identificados e detidos.

O clássico entre Bahia e Vitória terminou pela insuficiência de jogadores do Rubro-negro, aos 35 minutos do segundo tempo, quando o jogo estava em 1 a 1. Com base no Regulamento Geral de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Federação Bahiana de Futebol (FBF) declarou o Tricolor como vencedor pelo placar de 3 a 0.Fonte:Bahia Noticias

Magistrados e servidores do TJ podem ter até 180 diárias por ano com valor de até R$ 1 mil

Um decreto assinado pelo presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto, regulamenta o pagamento de diárias para magistrados e servidores. De acordo com o decreto, o magistrado ou servidor que se deslocar a serviço para qualquer lugar do país ou para o exterior poderá receber o pagamento de diárias para “atender às despesas com alimentação e hospedagem, sem prejuízo do fornecimento de passagens ou do pagamento de indenização de transporte”. O benefício não será pago quando o magistrado ou servidor se deslocar para mudar o local de trabalho. O valor das diárias para desembargadores é de R$ 1 mil ou US$ 480.


Adiária de juízes é de R$ 700 ou US$ 380. Já os servidores em cargos comissionados (FC-1 e FC-2), tem diária de R$ 450 ou US$ 250. Os servidores em cargos comissionados e cargos de nível superior (FC-3 e FC-4) tem diária de R$ 350 ou US$ 200. Por fim, os servidores de cargos comissionados (FC-5 e FC-6) e cargos de nível médio tem diária de R$ 300 ou US$ 180. Até 2017, a diária era de R$ 900 para desembargador, R$ 600 para juiz e até R$ 375 para servidores (relembre aqui). O decreto estabelece que, para pagar as diárias, é preciso comprovar que o deslocamento tem interesse público e a correlação entre o motivo do deslocamento e as atribuições do beneficiado.

O membro do TJ ainda não poderá ter pendências de comprovações referentes a diárias concedidas anteriormente. “As diárias de magistrados ou servidores, atendidos os requisitos prescritos neste decreto, somente serão concedidas dentro dos limites orçamentários próprios, após autorização direta, ou por delegação formal do ordenador da despesa”, diz o texto, publicado no Diário da Justiça Eletrônico desta segunda-feira (19). O pedido de diárias será formalizado mediante o preenchimento do formulário constante no Sistema de Diárias, o qual será impresso e assinado pelo beneficiário e pelo titular da unidade, após a devida conferência.

 Os juízes designados como assessores especiais da Mesa Diretora do TJ receberão diárias de desembargadores. O TJ ainda poderá pagar apenas 50% do valor das diárias quando não for necessário dormir no local destino e se permanece pelo menos seis horas no local. Também poderá pagar metade da diária quando a alimentação ou hospedagem for fornecida por instituições oficiais. A concessão de diárias em sábados, domingos e feriados deverão ser justificadas e autorizadas.

 O magistrado ou servidor público não fará jus ao valor das diárias quando sua alimentação e hospedagem forem custeadas por instituições oficiais ou não oficiais. As diárias sempre serão pagas antecipadamente, se houver recurso disponível. O valor em diárias não poderá ultrapassar a 180 dias por ano, salvo em casos especiais. Quem receber o valor e não se afastar da sede, será obrigado a restituir o valor recebido aos cofres públicos em cinco dias úteis.Fonte:Bahia Noticias

Defesa de Cunha tem 47 pedidos negados por juiz de uma só vez

O ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, (PMDB-RJ) teve 47 pedidos negados pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília. Um dos pedidos feito pela defesa do ex-parlamentar foi para quebrar o sigilo do celular do empresário Henrique Constantino, a fim de verificar se o presidente Michel Temer (PMDB) pediu adiantamento para a campanha de Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo, em 2012.

Segundo informações de O Globo, o magistrado negou o pedido por "não ter qualquer pertinência com o objeto do presente processo" – o magistrado é responsável pela ação que trata de desvios na Caixa Econômica Federal (CEF).

Neste processo, o Ministério Público Federal (MPF) pediu a condenação de Cunha a 386 anos de prisão por suspeita de receber recursos desviados do banco. Outros pedidos negados por Vallisney foram para quebrar os sigilos fiscal e bancário de Lúcio Bolonha Funaro e a realização de perícias em planilhas informadas por Funaro e Fábio Cleto.

Contra ‘Sodoma e Gomorra’, vereador pede que Kannário e Pabllo Vittar não cantem em Feira

Alegando que “Deus está no controle da nação” e que não permitirá que aconteça em Feira de Santana o que aconteceu com as cidades bíblicas de Sodoma e Gomorra, o vereador Edvaldo Lima (PP) afirmou que solicitará a não contratação de Igor Kannário, Daniela Mercury e Pabllo Vittar para a tradicional micareta do município, que acontece em abril.

Durante sessão ordinária na câmara do município desta segunda-feira (19), o vereador afirmou que encaminhará ao prefeito José Ronaldo (DEM) um ofício que solicita a não contratação dos três artistas. “Neste ofício, peço ao prefeito que não contrate os cantores. Acredito que ele terá bom senso e não irá jogar no lixo o dinheiro público, pois eles não têm condições de se apresentarem em nossa cidade”, analisou.

Lima também lembrou que deu entrada em um requerimento solicitando a redução de 90% dos investimentos na Micareta, mas foi rejeitado pelos pares. “O dinheiro que foi gasto no Carnaval de Salvador, por exemplo, poderia ser investido na construção de um novo hospital geral em Feira de Santana. O Hospital do Câncer de Salvador está fechado por falta de recursos”, relatou. Em defesa do que chama de “família brasileira”, Edvaldo questionou o objetivo da realização da micareta na cidade.

“Não precisamos de festas de prostituição, precisamos de saúde, educação e segurança”, declarou. O vereador relatou que recebeu um vídeo mostrando um homem nu e outro baixando as calças no circuito do Carnaval de Salvador. “É para isso que serve nosso dinheiro? É para agir contra a família brasileira? Esses elementos não respeitam a família”, questionou.Fonte:Bahia Noticias