OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE
ARENA SHOPPING SERRINHA. Muito boa a iniciativa de trazer mais uma opção de lazer para a nossa cidade, além de valorizar mais o local onde se encontra o referido empreendimento!!!!

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Foi em vão que golpeei os seus filhos.Eles não aceitaram a disciplina.A própria espada de vocês devorou os seus profetas,Como um leão destruidor. Vocês desta geração, prestem atenção à palavra de Jeová. Será que eu me tornei para Israel como um deserto ? Ou uma terra de densa escuridão? Por que eles, o meu povo, disseram: ‘Estamos andando livremente. Não voltaremos mais para ti.Será que a moça se esquece dos seus enfeites,Ou a noiva das suas faixas? No entanto, não é possível contar os dias em que o meu próprio povo se esqueceu de mim". Jeremias 2:1-37

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

SERRINHA:Projetos "Um Caminhar para a Cidadania & Juventude Cidadã "consistem em ações conjuntas

Prefeitura Municipal de Serrinha, em parceria com o Décimo Sexto Batalhão de Polícia Militar, realizou, na tarde desta terça-feira, 28, no auditório do Centro Juvenil Santo Alessandro, em Serrinha, a formatura dos Projetos Sociais, edição 2017.2.

Na oportunidade, as instrutoras dos projetos, ST PM Elisângela e Sd 1ª CI PM Aline Maria, foram homenageadas pelos alunos das escolas participantes. Além disso, seis alunos (um representante de cada escola), que se destacaram em redações, ganharam da Secretaria de Educação um tablet cada um, como forma de estimulá-los a continuarem estudando.

Os Projetos Um Caminhar para a Cidadania & Juventude Cidadã consistem em ações conjuntas entre a Polícia Militar, as Escolas e as Famílias, no sentido de prevenir o uso de drogas e a violência entre estudantes, bem como em ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem para o acesso às drogas e à prática de violência, a fim de que desenvolvam habilidades para resisti-las.

Os dois Projetos são, portanto, mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar e acolhido pela Secretaria de Educação, estabelecendo, sobretudo, uma relação de confiança entre a PM e a sociedade como um todo, tendo como foco a valorização da vida.

O evento contou com presenças ilustres, a saber: a Secretária de Educação, Luana Moreira; o Subcomandante do 16° BPM, o Major PM Marcelo; o Comandante da Segunda Cia e idealizador de um dos projetos, Cap PM Araújo; o comandante do TG 06/014, Subtenente Hinaldo Martins da Silva; o diretor da vigilância sanitária, Lailson Cunha; e José Henrique Daltro, Presidente do CONSEG e representante dos Bombeiros Civis. Além dessas autoridades, o evento contou com as presenças das diretoras/coordenadoras das escolas participantes: Olavo Coutinho; Maria Áurea Pimentel, Sofia Kateb Pereira da Silva; Carlos Augusto Vilalva Negreiros Falcão, Ivete Oliveira e Leobino Ribeiro.Fonte:ASCOM/PMS

Bahia é 2º estado em número de cidades com risco de surto de dengue, zika e chikungunya

A Bahia é o segundo estado com maior número de municípios em risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Das 417 cidades baianas, 281 fizeram o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa): 76 estão em risco (27%), 124 estão em alerta (44%) e 81 apresentaram índice satisfatório (29%). A informação contraria um estudo divulgado pelo Laboratório de Pesquisa em Infectologia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que aponta que a Bahia não deve ter surtos do vírus de zika nos próximos anos (veja aqui).

O estado perde apenas para Rio Grande do Norte, onde 42% dos municípios apresentam risco. Os dados foram apresentados nesta terça-feira (28), pelo Ministério da Saúde. A pasta apontou que 357 municípios brasileiros em situação de risco de surto das aborviroses, o que equivale a 9% das cidades que fizeram o levantamento. No total, 3.946 cidades de todo o país fizeram o levantamento.

 "O enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti é prioridade do Governo Federal, por isso definimos um dia de mobilização, a Sexta Sem Mosquito, quando mobilizaremos ministros de estado e autoridades locais para estarem em todos os estados do país chamando a atenção da população para a importância de combater o mosquito", afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

 Além das cidades em situação de risco, o LIRAa identificou 1.139 municípios em alerta, com índice de infestação de mosquitos nos imóveis entre 1% a 3,9% e 2.450 municípios com índices satisfatórios, com menos de 1% das residências com larvas do mosquito em recipientes com água parada. Salvador está entre as capitais com índices satisfatórios.Fonte:Bahia Noticias

Em ritmo de campanha, Wagner volta a provocar ACM Neto em redes sociais

O ex-governador Jaques Wagner voltou a usar as redes sociais para provocar o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), nesta quarta-feira (29). Na última semana, Wagner criticou o reajuste das tarifas de ônibus e a modalidade da concessão do serviço na capital baiana (lembre aqui).

Pré-candidato ao Senado na chapa da reeleição do governador Rui Costa (PT), cujo nome de ACM Neto aparece como principal adversário, o secretário de Desenvolvimento Econômico sugeriu que o grupo político do prefeito de Salvador poderia publicar um anúncio com o seguinte dizer: “Procuram-se candidatos para o Senado.

 Quem conhecer algum minimamente popular, favor entrar em contato com a Turma do Atraso”. “O nosso problema é um bom problema. Temos muitos nomes preparados e com condição de disputar, tanto no PT como nos partidos aliados”, provocou Wagner, em meio a especulações de que partidos da base aliada de Rui como PP e PR estariam negociação uma aproximação com ACM Neto.

Segundo o ex-governador, o prefeito da capital baiana e os aliados dele estariam “desesperados tentando encontrar candidatos para formar uma chapa para 2018 e por isso ficam a todo instante querendo criar intriga na nossa base”.

 “E além de tudo nosso grupo é unido, tem maturidade e saberá chegar a uma equação que satisfaça os desejos de cada um e o desejo maior de todos, que é ter uma chapa forte para garantir a reeleição de Rui Costa na Bahia e a vitória de Lula no Brasil”, provocou Wagner.Fonte:Bahia Noticias

Renúncia de Neto para candidatura ao governo é apoiada por 57% dos soteropolitanos

Para 57,2% dos soteropolitanos o prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM), deveria renunciar ao cargo para ser candidato ao governo da Bahia em 2018. O número é menor do que o índice verificado nas respostas a mesma pergunta realizado em junho de 2017, quando 64,9% dos soteropolitanos eram favoráveis à renúncia.

O levantamento foi realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas. Segundo a pesquisa, 38,5% dos entrevistados são contrários à saída de ACM Neto do Palácio Thomé de Souza para ser candidato a governador no próximo ano – em junho esse índice era de 30,2%. Não sabe ou não responderam somaram 4,3% em novembro, frente ao percentual de 4,8 registrado em junho.

 A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 22 de novembro com 702 eleitores e possui margem de erro de 4 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. O Paraná Pesquisas questionou ainda se Salvador ganharia ou perderia com a eventual renúncia do prefeito. Para 57,1% dos entrevistados, a capital baiana mais ganha com a saída para candidatura ao governo, enquanto 38,1% acredita que a cidade mais perde – 4,9% não souberam responder.Fonte:Bahia Noticias

Polícia apresenta dupla suspeita de matar subtenente em shopping; dois são procurados

As polícias Civil e Militar apresentam nesta quarta-feira (29) dois homens suspeitos de matar o subtenente da PM Fabiano Fortuna e Silva, em setembro deste ano, no Shopping Paralela. Eduardo Santos de Araújo, o Dudu, de 37 anos, foi localizado no bairro do IAPI, em 23 de outubro, a bordo de um Gol branco, de placa PKM 2057 roubado.

 Já Marcelo de Moura Fernandes, de 34 anos, foi preso em 30 de outubro, no Vale dos Barris, por equipes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e confessou participação na morte do policial. Ele era procurado por roubo e tentativa de latrocínio.

A polícia procura ainda por outros dois suspeitos: Michel da Silva Nascimento, autor do disparo, e Luís Eduardo Santos Ribeiro, o Chapão, que conduzia o veículo e anunciou o assalto.Fonte:Bahia Noticias

Presidente do PR se entrega à Polícia Federal em Brasília

Após quatro dias foragido, o ex-ministro dos Transportes e presidente do Partido da República (PR) Antonio Carlos Rodrigues se entregou nesta terça-feira à Polícia Federal em Brasília.

Rodrigues era procurado desde o dia 24, quando a Justiça determinou sua prisão pelos crimes de corrupção, extorsão, participação em organização criminosa e falsidade ideológica.

O presidente do PR é investigado na mesma ação que resultou na prisão dos ex-governadores do Rio de Janeiro Anthony Garotinho e Rosinha – ambos do PR.

A prisão do ex-senador tem relação com o depoimento prestado por Ricardo Saud, da JBS, à PF, no qual ele diz ter feito pagamentos ao PR em troca de apoio do partido à chapa da então presidente Dilma Rousseff, em 2014.

Segundo o empresário, o contato era feito por meio do senador e o repasse para o partido, segundo Saud, chegou a 36 milhões de reais. O pagamento teria sido feito por meio de doação oficial fraudada, uso de notas frias e propina paga em espécie. Saud afirmou na delação que se encontrou com Antonio Carlos Rodrigues “não menos que dez vezes”.Fonte:Veja

PF: Geddel cometeu crimes de lavagem e associação criminosa

A Polícia Federal concluiu a investigação sobre o bunker com 51 milhões de reais em dinheiro vivo descoberto em Salvador, em imóvel ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) e ao irmão dele, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA). No relatório de conclusão do inquérito, remetido ao Supremo Tribunal Federal (STF) no fim da semana passada, os investigadores atribuem a Geddel e Lúcio os crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. Também são acusados dos mesmos delitos a mãe dos irmãos, Marluce Quadros Vieira Lima, e os ex-assessores deles Gustavo Ferraz e Job Ribeiro Brandão.

A fortuna em espécie, dividida entre 42 milhões de reais e 2,6 milhões de dólares, foi encontrada na Operação Tesouro Perdido, desdobramento da Operação Cui Bono?, que apura se Geddel Vieira Lima e outros peemedebistas receberam propina em contratos e empréstimos da Caixa Econômica Federal enquanto ele foi vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco estatal. A PF encontrou digitais de Geddel, Job Brandão e Gustavo Ferraz em cédulas na montanha de dinheiro. O ex-ministro está preso na Papuda, em Brasília.

No relatório de 36 páginas, os investigadores não indicam a origem dos recursos, mas afirmam ter “inúmeras razões” para não se convencerem de que o dinheiro tinha origem lícita. Entre os cinco motivos listados, a PF afirma não ser “crível” que “uma pessoa dispusesse da absurda quantia de aproximadamente R$ 51.000.000,00 em espécie, inclusive transportá-la de um local para outro, colocando em risco de assalto fortuna” e que Lúcio e Geddel “deixassem de auferir rendas sobre a milionária quantia de aproximadamente R$ 51.000.000,00 se este valor estivesse devidamente declarado e formalmente inserido no sistema financeiro nacional”.

O apartamento onde a fortuna foi descoberta fica no bairro da Graça, na capital baiana, e pertence ao empresário Silvio Silveira, amigo de Lúcio Vieira Lima. O imóvel teria sido emprestado aos irmãos Vieira Lima para que armazenassem bens de seu pai, morto em janeiro de 2016. Conforme depoimento de Job Brandão, que busca um acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), os valores costumavam ficar armazenados dentro de um closet na casa de Marluce Vieira Lima.

Ao atribuir a Geddel e Lúcio o crime de lavagem de dinheiro, a PF afirma que os irmãos tentaram ocultar valores ilícitos “mantendo-os armazenados em locais de difícil acesso, como um closet do quarto de um apartamento da genitora, uma senhora de quase 80 anos, mesmo possuindo residência no mesmo edifício (como no caso de Geddel) ou em edificação contígua (situação de Lúcio Vieira Lima), ou em apartamento com desvinculação da cadeia de propriedade ou posse – como ocorreu com o apartamento tomado por empréstimo de um amigo”.

Para a PF, a localização do dinheiro enquanto Geddel Vieira Lima estava em prisão domiciliar mostra que ele manteve “postura tendente ao crime” mesmo depois de o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) revogar a primeira prisão preventiva dele, em julho.Fonte:Veja

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Receita divulga regras sobre contribuição ao INSS de trabalhador que ganha menos que o mínimo

A Secretaria da Receita Federal divulgou nesta segunda-feira (27) as regras para que os trabalhadores complementem a contribuição previdenciária caso recebam menos de um salário mínimo em um determinado mês.

Essa medida é necessária porque a nova lei trabalhista, sancionada neste ano pelo presidente Michel Temer, criou a figura do trabalhador intermitente, que pode ser chamado para exercer funções ou prestar serviços de forma esporádica.

Nessa situação, o trabalhador, mesmo que registrado, pode vir a receber remuneração inferior a um salário mínimo em um determinado mês. Se isso acontecer, a contribuição previdenciária dele seria menor que a necessária para que esse mês seja considerado na conta do tempo para requerer a aposentadoria no futuro.

Com o ato declaratório da Receita, portanto, o trabalhador vai poder pagar, do próprio bolso, a diferença para que a contribuição chegue, pelo menos, ao valor referente a um salário mínimo. Assim, aquele mês entrará na conta do tempo para requerer a aposentadoria.

O que será preciso fazer?

Segundo a Receita Federal, a Medida Provisória 808, de 2017, estabeleceu essa previsão e criou para o segurado empregado a possibilidade de complementação da contribuição até o valor relativo ao salário mínimo, especificando que a alíquota aplicada será a mesma da contribuição do trabalhador retida pela empresa.

"Todavia, a referida MP não fixou a data de vencimento dessa contribuição, nem deixou claro qual seria a alíquota aplicada", acrescentou o Fisco.
O ato declaratório da Receita Federal estabelece que o valor pago será calculado mediante aplicação da alíquota de 8% sobre a diferença entre a remuneração recebida e o valor do salário mínimo mensal;

O recolhimento da contribuição previdenciária deverá ser efetuado pelo próprio segurado até o dia 20 do mês seguinte ao da prestação do serviço.

"Não será computado como tempo de contribuição para fins previdenciários, inclusive para manutenção da condição de segurado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e cumprimento de prazo de carência para concessão de benefícios previdenciários, o mês em que a remuneração recebida pelo segurado tenha sido inferior ao salário mínimo mensal e não tenha sido efetuado o recolhimento da contribuição previdenciária complementar", diz a Receita Federal.Fonte:G1

Com uma rodada para o fim do Brasileirão, risco do Vitória cair diminui para 13,8%


O triunfo do Vitória sobre a Ponte Preta por 3 a 2 no último domingo (26), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), deixou o time comandado pelo técnico Vagner Mancini em uma situação um pouco mais amena na luta contra o rebaixamento. Com uma rodada para o término do Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro chegou aos 43 pontos e agora ocupa a 15ª posição.

O risco de cair, que era de 37% antes da bola rolar contra a Ponte, diminuiu para 13,8%. O estudo é do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O Avaí, que aparece em 18º, tem 81,6%, enquanto o Sport (17º) contabiliza 76,2%. Primeira equipe fora do Z-4, o Coritiba soma 28,4%.

 O levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes no certame, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários. O próximo compromisso do Vitória é contra o Flamengo, domingo (3), às 16h (horário de Salvador), no Barradão. Para se livrar da degola, o Leão depende apenas de suas próprias forças. Fonte:Bahia Noticias

Bahia registrou média de um caso de suicídio por dia em 2017

A Bahia registrou oficialmente, neste ano, 373 suicídios até 9 de novembro, o equivalente a um caso por dia. Segundo informações do jornal Correio, 23% das ocorrências envolveram jovens entre 15 e 29 anos e 9% foram de idosos acima de 70 anos. No Brasil, de acordo com dados do Mapa da Violência (2014), o suicídio é a terceira causa de morte na juventude, ficando apenas atrás de homicídios e acidentes de trânsito.

A taxa de suicídio ampliou de 4,4 por 100 mil habitantes para 5,3 por 100 mil pessoas entre 2002 e 2012, um crescimento de 20,3%. No mesmo período, na Bahia, foi registrado um aumento de 92%, passando para 3,4 suicídios por 100 mil habitantes em 2012. No ano passado, foram registrados 412 casos no estado, o que representa 2,7 por 100 mil habitantes, mas os números podem ser mais altos, já que nem todas as ocorrências são notificadas ou podem entrar em outras estatísticas, como acidente de trânsito.

“Os primeiros sinais são manifestações de sofrimento psíquico. A pessoa fica triste, mais isolada, não necessariamente chorando. Muda o comportamento de forma brusca, passa a ser agressiva, irritadiça. É importante estar atento”, disse, em entrevista ao Correio, a psicóloga Soraya Carvalho, coordenadora do Núcleo de Prevenção do Suicídio (Neps), do Centro Antiveneno da Bahia (Ciave), do Hospital Roberto Santos.

 Especialistas recomendam que, para lidar com pessoas em sofrimento psíquico, devem ser feitas perguntas diretas, como: “Onde está doendo?”, “O que está acontecendo com você?” e “Como eu posso te ajudar?”. Na sequência, é necessário procurar acompanhamento psicológico e psiquiátrico.Fonte:Bahia Noticias

Primeira parcela do 13º deve ser paga até dia 30

Os trabalhadores com carteira assinada devem receber a primeira parcela do 13º salário até o final deste mês e, segundo a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), a maioria pretende utilizar o benefício para quitar dívidas.

De acordo com o G1, especialistas apontam que essa é uma das saídas mais aconselháveis, mas lembram que as pessoas devem se preparar para outras despesas e evitar um novo endividamento.

Segundo o Ministério do Trabalho, mais de 83 milhões de brasileiros devem receber o 13º salário neste ano, o que irá injetar mais de R$ 200 bilhões na economia. Os dados incluem os empregados com carteira assinada e os aposentados e pensionistas, que também têm direito ao benefício.

Cada trabalhador assalariado deverá receber, em média, R$ 2.758,70 até dezembro, enquanto o valor médio a ser pago a aposentados e pensionistas é de R$ 1.923,14.

Presidente da UVB-BA revela que pode deixar o PR: "existe essa possibilidade"

A presidente da União dos Vereadores do Brasil - Seção Bahia (UVB-BA), a vereadora de Serrinha, Edylene Ferreira (PR), foi entrevistada pela WebTV do BNews nesta semana.

Durante conversa, ela relatou as adversidades que tem enfrentado à frente da associação, e defendeu uma aproximação do Legislativo e a sociedade.  “Tem sido com um pouco de dificuldade. Temos uma Bahia formada por 417 cidades. Não se passa por um processo de capacitação, de entender de fato o que é o Poder Legislativo. A sociedade precisa participar mais da escolha de vereadores”.

Edylene Ferreira também contou que após dialogar com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel (PSD), e conseguir um espaço na Casa para a entidade, agora pretende dialogar com o governador Rui Costa.

Na oportunidade, a presidente da UVB-BA revelou também que pode mudar de partido. “Existe sim essa possibilidade. Já fui convidada para outros partidos. Estou analisando com muita prudência. Vamos fazer uma boa escolha porque nós temos muito o que aprender”, disse.Foto/Arquivo-NBC

Carpegiani tem três jogadores suspensos para a partida contra o São Paulo

Na noite deste domingo (26), o Bahia perdeu para a Chapecoense por 1 a 0 e três jogadores para o próximo duelo, contra o São Paulo, que está marcado para o próximo domingo (3), às 16h, no Morumbi, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Paulo Cézar Carpegiani não contará com o meia Zé Rafael, que foi expulso no jogo contra a Chape, nem com o lateral Eduardo e o volante Feijão, que receberam o terceiro cartão amarelo na partida.

Com a derrota, o Bahia agora ocupa a 11ª colocação do Brasileirão, com 49 pontos.Fonte:Bocão News

Vitória perde três titulares para decisão contra o Flamengo

Vitória ainda comemora o triunfo heroico e suado sobre a Ponte Preta, de virada, em Campinas (SP). Mas, o Rubro-Negro também teve o que lamentar na partida.

O técnico Vagner Mancini perdeu três titulares para a decisão contra o Flamengo, no próximo domingo (3), no Barradão. Tréllez, Geferson e Wallace receberam o terceiro cartão amarelo e desfalcarão a equipe.

Além do trio, o volante Willian Farias, que seria titular contra a Macaca sentiu um desconforto e foi vetado ainda no vestiário. O jogador também deve ficar de fora do confronto com o time carioca.Fonte:Bocão News

Pesquisa Paraná: Neto lidera, mas Rui diminui a diferença

O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) mantém a liderança na pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Paraná, contratada pela Record TV Itapoan. O levantamento será divulgado nesta segunda-feira (27), contudo, ao BNews chegou a informação de que embora continue na liderança, a diferença entre o demista, que ainda não confirmou a candidatura ao governo, e o governador Rui Costa diminuiu. Divulgada em julho, a pesquisa anterior trouxe Neto com 56,4% e Rui com 25,8%, 

Em se tratando de pesquisa pré-eleitoral a Bahia tem um histórico que contradiz os levantamentos. O próprio Rui Costa teve desempenho no pleito de 2014 vertiginosamente distinto aos apresentados nas pesquisas. No entanto, como costumam afirmar os agentes políticos, levantamentos de intenção de votos servem como “retratos de momentos” e não devem servir para instauração de um “mate ou morra”, mas também não é prudente ignorá-los totalmente.

Neste sentido, os dois principais pré-candidatos valem-se dos percentuais para organizar a agenda publicitária e presencial. Rui Costa, por exemplo, tem o carro chefe em Salvador o metrô. Pesquisas internas contratadas pelo Palácio de Ondina demonstram que este é um equipamento com bons resultados do ponto de vista da aprovação popular e que está consolidada a “paternidade”.

Não faz muito tempo prepostos do governo federal desembarcaram em Salvador com o intuito de “apadrinhar” a obra e “fissurar” a narrativa que coloca o governo estadual como “pai da criança”. Deputados federais da base do presidente Michel Temer (PMDB) analisam que esta é uma estratégia válida e que vai ser intensificada. O próprio deputado José Carlos Aleluia (DEM) tem se debruçado para destravar obras como a Fiol e o Porto Sul. 

Apontados como eixo de desenvolvimento nas regiões sul e oeste, os equipamentos foram projetos por atores ligados ao governo estadual e teve o seu início durante a gestão petista no Palácio do Planalto. Rui Costa foi a China em busca de investidores, mas, concomitantemente, o governo federal retomou o interesse nos equipamentos tendo o deputado Aleluia também viajado tendo como item da pauta os dois vetores desenvolvimentistas.

Nesta frente de “batalha”, o governo apostou agora na descentralização das instalações de Saúde. Inaugurando Policlínicas Regionais e Hospitais. Neto, por outro lado, conseguiu eleger prefeitos aliados em cidades importantes. O problema é que as gestões municipais capengam e o impacto positivo em um primeiro momento começa a acender a luz amarela. Gestões temerárias atrapalham mais que ajudam.

A pesquisa que será divulgada nesta segunda traz bons resultados percentuais para ambos no que se refere à avaliação de gestão. Os dois estão bem “vistos” neste quesito. A disputa na Bahia, restando pouco menos de um ano para o pleito, está aberta e a engenharia de montagem da chapa majoritária será determinante para o resultado. Outro fator indispensável em qualquer análise de “retrato de momento” projetado é o se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será ou não poderá ser candidato à presidência da República. Fonte:Bocão News

sábado, 25 de novembro de 2017

Uma a cada cinco pessoas que vão aos hemocentros é considerada inapta para doar sangue no Brasil

Uma a cada cinco pessoas que vão aos hemocentros da rede pública é considerada inapta a doar sangue no Brasil. É o que mostra um levantamento feito pelo G1 nos 32 hemocentros coordenadores, espalhados pelas 27 unidades federativas.

De janeiro a agosto deste ano, 2.036.138 compareceram para doar sangue em um dos mais de 200 pontos de coleta da rede pública. Desse total, 21,7% dos candidatos (440.968) foram considerados inaptos para a doação.

Esses candidatos foram reprovados nas etapas que antecedem a coleta de sangue: a pré-triagem e a triagem. Primeiro, a pessoa precisa passar pela fase em que são checados a pressão arterial, a temperatura e se o doador voluntário tem anemia e peso mínimo de 50 quilos.

Depois, na triagem, um médico faz perguntas ao candidato a doador de sangue. O conteúdo varia de comportamento sexual a uso de medicamentos e viagens recentes. O candidato não pode ainda ter dormido poucas horas na noite anterior nem ter tido perda de peso nos últimos meses, por exemplo.

O levantamento do G1 coletou dados de todos os hemocentros coordenadores, que respondem pela rede pública do país. Apenas o Hemocentro Coordenador de Palmas (Hemoto) não tem os números completos e, por isso, a taxa de inaptidão no estado não pôde ser verificada. Não estão incluídos na conta os dados da rede particular.

Alagoas é o estado com mais candidatos considerados inaptos para a doação de sangue. De janeiro a agosto de 2017, foram 16.574 comparecimentos e 10.725 bolsas de sangue coletadas. Uma a cada três pessoas não conseguiu doar sangue.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas afirma que "o protocolo do Ministério da Saúde é seguido à risca pela Hemorrede de Alagoas e os pré-requisitos para doação são os mesmos [de outros pontos de coleta]". A assessoria de imprensa ainda destaca que o estado fez quatro campanhas para "conscientizar a população sobre a importância da doação".

Por outro lado, o Mato Grosso do Sul apresenta a menor taxa de candidatos considerados inaptos para a doação. Apenas 15% das pessoas que foram aos hemocentros não conseguiram fazer o procedimento.

Recomendação da OMS

O Brasil ainda não tem doadores de sangue suficientes para cumprir a recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde). A entidade propõe que o número de doadores voluntários seja de, no mínimo, 2% da população nacional.

Para esse ideal ser alcançado, o Brasil precisa de 4,15 milhões de doadores de sangue nas redes privada e pública. A estimativa mais recente do Ministério da Saúde (de 2015) indica que 1,8% da população brasileira seja doadora de sangue (contando as duas redes).
Para alcançar o mínimo sugerido pela OMS, o país precisa que mais 410 mil pessoas passem a doar sangue.

O G1 pediu os dados de comparecimento e de bolsas de sangue coletadas em 2016 e 2017 para o Ministério da Saúde via Lei de Acesso à Informação. A pasta diz, no entanto, que os números mais recentes são de 2015.

Uma bolsa de sangue pode salvar quatro vidas. O tamanho da bolsa de sangue varia de 400 ml a 450 ml, dependendo do peso do doador.
O sangue coletado pode produzir até quatro componentes diferentes: concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas, plasma fresco congelado e crioprecipitado.

O médico hemoterapeuta Leonardo Campos lembra que ainda não há substituto para o sangue. Por isso, a doação é a única forma de garantir transfusão em pacientes que passam por tratamento oncológico, que precisam de transplante de medula óssea, que sofreram acidentes e perderam sangue, entre outros.

concentrado de plaquetas: serve para corrigir a quantidade de plaquetas (quando estão baixas) ou para fornecer plaquetas em pacientes com plaquetas que não funcionam corretamente (uso de determinados medicamentos ou alterações genéticas), o que auxilia o processo da coagulação, que impede o sangramento;
plasma fresco congelado: serve para corrigir os fatores da coagulação que atuam no controle do sangramento;
crioprecipitado: serve para corrigir determinados fatores com o fibrinogênio, que é importante no controle do sangramento.

Campos lembra que, com o aumento da expectativa de vida, há o diagnóstico mais frequente de doenças crônicas que podem necessitar transfusão de sangue, como o câncer.
Segundo ele, as vítimas de projéteis de arma de fogo também podem ter contribuído para a percepção de os hospitais precisarem de mais bolsas de sangue.Fonte:G1

Temer está internado para fazer procedimento cirúrgico no coração


O presidente Michel Temer (PMDB) foi submetido a uma angioplastia de três artérias coronárias com implante de stent na noite desta sexta-feira (24), informou a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto. Temer chegou a São Paulo no início da tarde e deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, onde está internado, por volta das 18h40.

O procedimento foi bem sucedido e o presidente se recupera na Unidade Coronariana do Hospital Sírio-Libanês, informa nota da Secretaria de Comunicação. O presidente deve ficar internado por mais dois dias, informou o hospital.

Temer passou por bateria de exames antes da angioplastia. Todo o procedimento terminou pouco antes da meia-noite.
Temer ainda passará por uma reavaliação urológica, segundo informou a assessoria de imprensa da Presidência. Em 25 de outubro, o presidente teve um mal-estar e foi levado para um hospital militar em Brasília. A Presidência da República divulgou uma nota informando que ele teve um problema urológico, em tratamento agora.

A jornalista Andréia Sadi havia informado em seu blog que o presidente aproveitaria a internação para passar por avaliação do procedimento urológico a que foi submetido no fim de outubro, que consistiu de "desobstrução uretal através de ressecção da próstata".

A obstrução parcial da artéria coronária de Temer foi divulgada à imprensa em 10 de outubro. Segundo a TV Globo apurou, Temer cogitou fazer o procedimento naquela época, mas optou por adiar para depois da votação pela Câmara dos Deputados da denúncia por organização criminosa e obstrução de Justiça. A Casa rejeitou a acusação.

À época, o Palácio do Planalto declarou que Temer goza de perfeita saúde. E acrescentou que, nos exames, "não foi constatado nem reportado ao presidente nenhum problema”.Fonte:G1

Zagueiro do Vitória espera partida 'aberta' contra a Ponte Preta

Uma partida aberta. É o que espera o zagueiro Kanu, do Vitória, no confronto contra a Ponte Preta, domingo (26), às 16h (horário de Salvador), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes brigam contra o rebaixamento. O Leão tem 40 pontos e ocupa a 16ª posição, enquanto o time campineiro possui 39 e aparece em 17º.

“É o jogo do ano para as duas equipes. Não podemos vacilar. Temos que ter atenção máxima durante os noventa minutos para vencer. Vamos em busca de uma vitória. Sabemos da qualidade da equipe deles. Vai ser uma partida aberta, com boas possibilidades para os dois lados”, disse o defensor, em entrevista ao Bahia Notícias.

Kanu ainda garantiu que a sua equipe está preparada para suportar a pressão da torcida adversária. A expectativa é de estádio cheio, já que a diretoria do time campineiro colocou ingressos a partir de R$ 3,00 (meia entrada).

“Claro que a torcida deles vai apoiar do início ao fim e o estádio estará com um grande público, mas temos um grupo experiente e que sabe lidar com essa situação”, pontuou.

Por fim, Kanu espera manter a intensidade no confronto para voltar com um resultado positivo na bagagem.

 “Vamos procurar manter a intensidade para sair de lá com os três pontos”, concluiu.Fonte:Bahia Noticias

Bahia e Vitória se preparam para mais uma competição

A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou na última quarta-feira os grupos de mais uma edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A competição, que é referência entre as divisões de base de todo o país, vai contar com 128 clubes.

O Bahia, que faz parte do grupo 28, sediado em Guarantinguetá, vai enfrentar o Manthiqueira (SP), São Bento, e Botafogo (PB).

Já o Vitória, que vai ficar em Indaiatuba, terá o Primavera (SP), Atibaia (SP) e o Globo (RN) no grupo 15.

As datas e horários das partidas ainda serão divulgados pela entidade. Confira todos os 32 grupos da competição nacional.

Tiago mira triunfo em jogo 'cheio de emoções' contra a Chapecoense

Para continuar vivo na briga para se classificar à Copa Libertadores da América, o Bahia não tem outro resultado em mente que não seja o triunfo sobre a Chapecoense no próximo domingo (26), na Arena Fonte Nova, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A importância do jogo e de um bom resultado a favor do Esquadrão de Aço foi destacada pelo zagueiro Tiago, que apontou a necessidade de uma boa atuação dentro de casa.

"A gente não tem nada a perder. Se empatar, pouco vai importar. O triunfo é nosso objetivo claro e único. Respeitamos a equipe da Chapecoense, que sabe jogar muito bem fora de casa, sabe jogar dentro de casa. A gente respeita isso, mas temos a consciência de que precisamos fazer um grande jogo, que é último da temporada diante do nosso torcedor, que com certeza vai lotar o estádio", disse, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (24), no Fazendão.

Ainda sobre a briga pela Libertadores, o capitão destacou a importância da competição.

"É a nossa Champions League. Maior competição. Todo jogador sonha em jogar uma Champions e uma Libertadores. Uma competição muito disputada, são as melhores equipes de todos os países da América do Sul, então é o sonho de todo jogador", indicou.

A partida marca uma lembrança triste para os dois clubes. Enquanto o Esquadrão chora os dez anos da tragédia na antiga Fonte Nova, o clube catarinense ainda tem muito vivo na memória o acidente aéreo que praticamente vitimou toda a sua delegação, em novembro do ano passado.

"Não só a tragédia que aconteceu [na Fonte Nova]. Vai fazer um ano a tragédia da Chape, então é uma data especial. Então vai ser um jogo de grandes emoções", apontou o defensor.

Bahia e Chapecoense sonham com uma vaga na Copa Libertadores. Com 49 pontos, o Tricolor é o 10º colocado, enquanto o clube de Santa Catarina tem 48 e é o 12º.Fonte:Bahia Noticias

Câmeras de segurança desmentem alegação de agressão de Garotinho, diz Sindicato

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, preso desde a última quarta-feira (22) na Cadeia Pública José Frederico Marques, será transferido para outra unidade prisional após alegar que foi agredido durante a madrugada desta sexta (24), em sua cela durante a madrugada. Um procedimento para apurar o caso foi aberto.

Porém, de acordo com O Globo, o presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Penal Do Rio, Gutembergue de Oliveira, afirmou que as imagens das câmeras de segurança desmentem a versão do ex-governador Anthony Garotinho de que alguém entrou na cela para agredi-lo. Oliveira disse que o que Garotinho alegou é delírio ou mentira.

PGR solicita condenação da senadora Gleisi Hoffmann

A condenação da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), do marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, e do empresário Ernesto Rodrigues, foi solicitada pela Procuradoria Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Eles são réus no STF pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O Ministério Público afirma que eles se envolveram em um esquema que teria desviado R$ 1 milhão da Petrobras. Todos negam as acusações.

Além da condenação, a PGR solicitou ainda a perda de função pública e o pagamento de danos materiais e morais, por lesão à administração pública. De acordo com o G1, o parecer da PGR, assinado pela procuradora-geral, Raquel Dodge, foi enviado ao ministro Edson Fachin nesta quinta-feira (23), mas a informação foi divulgada pela PGR nesta sexta (24).

Foragido, presidente do PR diz que não se submeterá 'às humilhações do cárcere'

O presidente nacional do PR e ex-ministro dos Transportes (Governo Dilma 2012-2014), Antônio Carlos Rodrigues, foragido da Operação Caixa DÁgua - que pegou os ex-governadores do Rio Anthony Garotinho e Rosinha - aposta em novo pedido de habeas corpus, agora ao Tribunal Superior Eleitoral. Ainda nesta sexta-feira, 24, os advogados Daniel Bialski e Marcelo Bessa vão entrar com o habeas na Corte superior. Por meio de sua defesa, Rodrigues sinaliza que não pretende se entregar.

"Nosso cliente não se submeterá, por ora, às mazelas e humilhações do cárcere porque confia que as instâncias superiores reverterão esta arbitrária medida. Ele nunca fugiu às suas obrigações e nem o fará", afirmam Daniel Bialski e Marcelo Bessa.

Rodrigues teve a prisão preventiva decretada pela Justiça Eleitoral do município de Campos dos Goytacazes, norte do Estado do Rio, por suspeita de envolvimento com propina de R$ 3 milhões da JBS para a campanha eleitoral de Garotinho em 2014.

 Os advogados do presidente nacional do PR negam taxativamente sua ligação com o caso. Um primeiro habeas foi pedido ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio na quinta-feira, 23. Nesta sexta-feira, a defesa decidiu bater à porta do TSE.Fonte:Estadão

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Bahia teve avalanche de busca por aposentadorias em três anos, aponta Rui Costa

O governador Rui Costa afirmou, durante visita guiada à policlínica regional de saúde de Guanambi, que o Estado da Bahia vivenciou uma avalanche de busca por aposentadorias nos últimos anos. Em sua gestão, Rui diz que o número deve chegar a 20 mil pedidos em dezembro.

Para repor o quadro, o governo prevê a realização de concursos públicos. A novidade é o concurso para preencher quadros administrativos da Secretaria da Fazenda (Sefaz). "A previsão é que o edital saia ainda neste ano", apontou o governador Rui Costa.

Além do certame para a Sefaz, já estão em andamento os concursos para professores da Secretaria de Educação e para agentes da Polícia Civil. "O objetivo é repor o número de aposentadorias", frisou.

Segundo o chefe do Executivo baiano, a discussão da reforma da Previdência acelerou as solicitações por aposentadorias.Fonte:Bocão News.Foto/Arquivo

Serrinha: Educadores participam de seminário do Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Durante todo o dia desta quinta-feira (23), educadores participaram de um seminário do Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. O Pacto  é um compromisso formal assumido pelo Governo Federal, estados e municípios, de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental.

O Seminário, que ocorreu na AABB, em Serrinha, teve como objetivo socializar as experiências e as produções de conhecimento entre os professores e gestores dos municípios atendidos. Na opinião da Secretária de Educação de Serrinha, Luana Moreira, “Esse é um momento de diálogos e reflexões a respeito dos caminhos percorridos ao longo do processo formativo desencadeado pelo pacto”.

Durante o Seminário, foram apresentados os resultados dos trabalhos do NALFA na gestão da política de alfabetização e elencados indicativos que precisam ser potencializados pelos gestores da política de alfabetização em âmbito municipal, territorial e estadual, para assegurar a consolidação da política de alfabetização no território do Sisal.

A mesa foi composta por Luana Moreira, Secretária  de Educação; Perpétua Boaventura, representante da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME); Lucas Maciel, Coordenador de Atendimento Regional (COARE), representando o Núcleo Territorial de Educação; Luís Carlos Jandiroba, Presidente do Conselho Municipal de Educação; Kariny Brizolara, representante do NALFA, do município de Serrinha; Juciene  Ferreira Cordeiro, representando os coordenadores do pacto, em Coité; Ione Souza de Matos, representando coordenadores pedagógicos de Araci; Nilson Moreira, Diretor pedagógico de Serrinha; Cássio Ramon Alves Oliveira, Diretor geral da Secretaria de Educação de Serrinha; e das responsáveis pela política do pacto, Professores Nilson de Jesus, Maura Miranda e Gláucia Leal.Fonte:ailtonpimentel.com

Osni Cardoso visita Extremo Sul ao Sertão!

Volto ao meu sertão energizado com todo o carinho e receptividade dos amigos e companheiros da região Sul da Bahia. Em uma movimentada agenda, visitei diversos municípios e lideranças que apresentaram demandas ao Governo do Estado.

A iniciativa faz parte de uma série de visitas regionais com o propósito de criar um ambiente de diálogo entre o Estado e lideranças políticas e comunitárias, buscando soluções práticas e viáveis ao desenvolvimento local e ao fortalecimento regional.

Em retorno a Serrinha, passei novamente por Itanhém, onde me reuni com os vereadores e com diretores da coordenadoria da APLB. À noite, fui à Câmara Municipal, onde fiz um pronunciamento a população, falando das conquistas promovidas pelo governo do estado no extremo sul da Bahia.

Seguindo compromissos firmados com os companheiros, Leleu da Sacaria, professor Regilmar, e com Jorge da escola do tambor, visitei o município de Itabela, a tarde segue viagem com destino a Arataca, onde bati um papo com os moradores do assentamento terra vista, acompanhado dos amigos Joelson, Nego Elder, Lanns da Biofabrica da Bahia e lideranças locais.Fonte/texto:Osni Cardoso

Prefeitura Municipal de Serrinha realiza mobilização pelo fim da violência contra as mulheres

A Prefeitura Municipal de Serrinha, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher, realizou, na manhã desta quarta-feira (22), a caminhada de mobilização pelos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. Com o tema “Sou guerreira, sou mulher”, a caminhada percorreu as principais ruas da cidade e contou com as presenças da primeira-dama do município de Serrinha, Marcele Lima; da Secretária de Assistência Social, Adriana Melo; e do Diretor da Secretaria de Educação, Cássio Ramon.


A Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres é uma mobilização anual, praticada simultaneamente por diversos atores da sociedade civil e poder público engajados nesse enfrentamento. Desde sua primeira edição, em 1991, já conquistou a adesão de cerca de 160 países. Mundialmente, a Campanha se inicia em 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, e vai até 10 de dezembro, o Dia Internacional dos Direitos Humanos, passando pelo 6 de dezembro, que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

No Brasil, a Campanha acontece desde 2003 e, para destacar a dupla discriminação vivida pelas mulheres negras, as atividades, aqui, começam em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

Como lembra a promotora legal popular, e também integrante do Geledés – Instituto da Mulher Negra -- a advogada Maria Sylvia Oliveira, “as mulheres negras são as que estão na base da pirâmide social e, por conta disso, são as maiores vítimas da violência de gênero”.

No Brasil, além dos movimentos de mulheres, a Campanha dos 16 Dias de Ativismo recebe adesões institucionais, como da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, da Procuradoria da Mulher no Senado, da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, do Ministério da Justiça, do Ministério da Saúde, dos Juizados e dos Núcleos do Ministério Público e da Defensoria especializados na aplicação da Lei Maria da Penha nos Estados, dentre outros.Fonte:ASCOM/PMS

Vereadores, prefeitos e secretários merecem 13º e férias?

A Câmara de Salvador aprovou, na última quarta-feira (22), uma medida que há muito é aguardada pelos vereadores: a partir da sanção da lei, os edis passam a ter direito a 13º e férias, vantagens trabalhistas até então negadas aos eleitos. De acordo com o presidente da Casa, Léo Prates (DEM), a medida atende a uma decisão de março do Supremo Tribunal Federal (STF), cujo acórdão publicado em agosto estipula o pagamento dos benefícios não apenas a vereadores, mas também ao prefeito, ao vice e a secretários da administração municipal.

Por se tratar de um tema, digamos, pouco popular, a aprovação foi discreta. Prates negou que o objetivo tenha sido omitir a informação da população. O interesse, segundo ele, é salvaguardar a Câmara de eventuais cobranças futuras de valores retroativos, cifra que chegaria a R$ 40 milhões. Em 2017, o impacto é menor: cerca de R$ 200 mil, nas contas do presidente da Câmara. A medida é considerada justa por aqueles que detêm mandato, cujos penduricalhos beiram a imoralidade.

A título de exemplo, a Assembleia Legislativa da Bahia paga aos deputados estaduais 13º salário, porém até então sem amparo legal. Ainda assim, a suposta ausência do benefício aos parlamentares sempre foi um argumento para justificar os aumentos em cascata de salários e vantagens adicionais dos deputados. Agora, com a decisão do STF que obrigou a Câmara de Salvador a regularizar a vantagem, o caminho deve ser o mesmo para a Assembleia. E não apenas lá.

 As Câmaras de Vereadores dos outros 416 municípios baianos também deverão pautar a aprovação de leis para garantir garantias trabalhistas aos nobres edis, em um tempo em que políticos de Brasília mexem na legislação para retirar alguns direitos trabalhistas. Em um contexto em que é necessário olhar o copo como meio cheio, vamos torcer para que os excelentíssimos senhores vereadores baianos não tentem cobrar os benefícios retroativos. Se for para ser pessimista, não haverá cofre público a suportar, além das benesses de ser político, o pagamento de vantagens retroativas para os “trabalhadores” que ocupam câmaras e prefeituras.por Fernando Duarte(Bahia Noticias)

Empresário de Renê Júnior confessa interesse de Corinthians e 'outros clubes'

Em processo de conversação com o Bahia para renovar o seu contrato com Tricolor, o volante Renê Júnior, que encerra o seu vínculo dentro do Fazendão e com a Ponte Preta no final do ano, desperta o interesse do Corinthians e de outros clubes para a próxima temporada. É o que disse o empresário do atleta, Fernando Garcia, em contato com a reportagem do Bahia Notícias.

 "Tem alguns clubes interessados e o Corinthians é um deles. Ainda não tem uma data para definir", resumiu. Desde setembro do ano passado no Esquadrão de Aço, Renê Júnior atuou em 77 partidas e foi uma das principais peças da equipe na conquista da Copa do Nordeste e no Campeonato Brasileiro.

Após cumprir suspensão na última rodada, ele será um reforço para o Bahia no duelo contra a Chapecoense, no próximo domingo (26), na Arena Fonte Nova, pela 37ª rodada da competição.Fonte:Bahia NOTICIAS

Wagner minimiza rumores de saída de Leão e sinaliza manutenção da vice em 2018

O ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner, minimizou nesta sexta-feira (24) os rumores de eventual migração do vice-governador, João Leão, para a base do prefeito ACM Neto. “Não conheço essa articulação. Eu conheço as notícias. Tive com Leão essa semana, tive com Cacá. Eu desconheço essa articulação e nem acredito nela. Evidentemente a gente está cuidando de todo mundo, para que todos da nossa aliança se sintam confortável.

Eu acho que o grupo está muito unido, até pela força e pela popularidade do governo”, avaliou o petista. Nos bastidores, circula a informação de que o deputado federal Cacá Leão (PP) tenta levar o pai para o grupo adversário. “Eu acho que Rui está muito bem, sinto que as pessoas, como ele sucessor do mesmo grupo, as pessoas agradecem, parabenizam pela escolha. Então eu vi a notícia, mas não acho que ela corresponda à realidade. Agora é claro que agora nesse período, o que está acontecendo? Nós temos, felizmente, mais nomes que poderiam pontuar no cenário da majoritária do que vagas para a majoritária.

Então às vezes se cria alguma dificuldade, mas é sinal de que o grupo está bem”, aponta Wagner, que atribui as conversas neste sentido à “intriga” do bloco opositor e sinalizou que o vice deve ocupar a mesma vaga na chapa majoritária de 2018. “João Leão é nosso vice e deve se manter nessa posição. Agora todo mundo que está do outro lado está doido para que alguém saia, todo mundo fica tentando plantar intriga, mas eu prefiro ouvir isso direto de Leão e de Cacá”. Fonte:Bahia Noticias

'República Velha': Operação da Polícia Federal ataca corrupção eleitoral em SC

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (24) a Operação República Velha. A ação mira delitos eleitorais de falsa prestação de contas à Justiça Eleitoral ("caixa 2), corrupção eleitoral e formação de quadrilha, que teriam sido cometidos no decorrer da campanha eleitoral de 2014. Em nota, a PF informou que a operação contou com a participação de 44 policiais federais, os quais deram cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Florianópolis, Criciúma, Içara e Morro da Fumaça, expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina.

 As investigações, iniciadas em janeiro de 2017, colheram fortes indícios de que, no decorrer da campanha eleitoral de 2014, para eleger uma pessoa candidata ao cargo de deputado estadual, os investigados teriam constituído um grupo, composto pelo próprio candidato, atualmente ocupando outro cargo público, seus coordenadores de campanha, bem como cabos eleitorais e apoiadores, que, valendo-se de meios escusos, voltados a burlar a legislação eleitoral, notadamente a utilização de recursos de origem obscura e não contabilizados ("caixa 2"), teria custeado despesas não declaradas à Justiça Eleitoral e promovido o aliciamento de eleitores mediante o oferecimento/dação de dinheiro e/ou vantagens.

 O nome da Operação, República Velha, faz referência ao período da história do Brasil que se estendeu da proclamação da República, em 15 de novembro de 1889, até a Revolução de 1930, tempo este que se caracterizou pela concentração do poder pelas oligarquias dominantes, onde havia a figura do coronel, que utilizava seu poder econômico para garantir as eleições, mediante as práticas de voto de cabresto, compra de voto, troca de favores, entre outras - práticas estas similares às utilizadas pelo grupo criminoso investigado.

 No curso do inquérito policial que apura os fatos, os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes eleitorais previstos nos artigos 350 (falsa declaração à Justiça Eleitoral - "caixa 2") e 299 (corrupção eleitoral - compra de votos), ambos do Código Eleitoral, bem como pelo artigo 288 do Código Penal (formação de quadrilha). Fonte:Estadão Conteúdo

Os novos ricos da Lava Jato Operação produz uma nova casta de milionários: os advogados criminalistas pagos a peso de ouro para livrar das grades os poderosos acusados de corrupção

Algumas das marcas que a Lava Jato registrou até agora dificilmente serão superadas tão cedo. Na lista de milionários que a operação transformou em réus estão integrantes de duas das dez famílias mais ricas do Brasil. Somados, o patrimônio dos Odebrecht e dos Batista superam 8 bilhões de dólares.

Estão, também, cinco donos e presidentes das maiores empreiteiras do país, cujo faturamento total representa mais de 26% de todo o dinheiro movimentado pela construção civil no Brasil. Estão, por fim, 37 políticos aparentemente muito bem remunerados pelos serviços ilicitamente prestados, tanto que o montante de propinas pago a parlamentares e agentes públicos pelas empresas envolvidas no petrolão já bateu na casa dos 10 bilhões de reais.

A essa fieira de cifras superlativas, outra se junta agora. Ao longo dos três anos de duração da maior operação anticorrupção do Brasil, o cortejo de ricos que desfilou pelas barras dos tribunais não deixou lá apenas a inocência. Uma parte de sua fortuna ficou por ali também — mais especificamente no bolso dos advogados contratados para defendê-los. Antes da Lava Jato, eram cerca de quarenta as grandes bancas de criminalistas do país, concentradas sobretudo em São Paulo e no Rio. Hoje, esse número dobrou.

O novo mercado abrange Brasília e Curitiba e emprega uma rede de mais de 1.200 profissionais, que inclui desde o recém-formado encarregado de ir à penitenciária só para levar roupa lavada ao encarcerado vip até os defensores que não protocolam uma petição em tribunais superiores por menos de 1 milhão de reais. Poderosos entre os poderosos, esses supercriminalistas têm em torno de 40 anos, vêm de faculdades fora do eixo tradicional e já cobram entre 5 milhões e 8 milhões de reais por causa — pouco abaixo dos 10 milhões dos advogados da velha-guarda.

Aos 34 anos, Ticiano Figueiredo é um dos novos ricos. Em sua carteira de clientes figuram nomes como o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e os empresários Joesley e Wesley Batista. Pouco mais de dez anos atrás, Figueiredo alternava o curso de direito na Universidade de Brasília com o trabalho de promoter de festas na capital federal.

Morava em um apartamento de paredes finas no bairro de classe média do Sudoeste, em Brasília, e tinha um Ford Fiesta na garagem. Hoje, vive em uma casa de 5.000 metros quadrados no Lago Sul, dirige um SUV da montadora Jaguar e comemora vitórias profissionais com brindes de Château Pétrus (era dia claro ainda quando, numa quinta-feira de outubro, ele e seu sócio abriram uma garrafa do tinto bordelês, safra 1973, comprado em leilão por 9.000 reais, para comemorar a aceitação do pedido de desbloqueio na Justiça de 60 milhões de reais dos irmãos Batista).Fonte:VEJA

Toffoli suspende julgamento sobre restrição do foro privilegiado

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu vista no julgamento que analisa a restrição do foro privilegiado de deputados e senadores. O pedido de vista significa que ele precisa de mais tempo para construir seu entendimento e a decisão fica suspensa, embora já haja maioria no plenário do STF para restringir o foro privilegiado dos parlamentares a crimes cometidos durante o exercício do mandato e em função dele, conforme o voto do relator, Luís Roberto Barroso. A análise da limitação da prerrogativa, retomada nesta quinta-feira, havia sido iniciada em junho, mas foi adiada na ocasião por um pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes.

Ao pedir vista, Toffoli alegou que tinha um compromisso no posto médico do STF e que precisava “refletir melhor” sobre a decisão. “Conforme a deliberação que nós tomarmos aqui, os advogados são criativos, talvez possa ter como consequência atrapalhar as investigações e não acelerar as decisões. Esses questionamentos eu gostaria de refletir melhor sobre eles, sem prejuízo de, evidentemente, dialogar sempre com os meus colegas”. Antes do pedido, o ministro havia argumentado durante cerca de uma hora sobre a celeridade na análise dos casos sob sua responsabilidade e criticou “mentiras” de que, com o foro privilegiado, “há impunidade neste tribunal”. “Este tribunal trabalha, este tribunal investiga”, afirmou.

Os sete ministros que seguiram integralmente o voto do relator foram Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, a presidente do STF, Cármen Lúcia, Edson Fachin, Luiz Fux e o decano da Corte, Celso de Mello. Alexandre de Moraes propôs uma restrição menor do foro, divergindo de Barroso no sentido de que todos os crimes comuns cometidos após a diplomação no mandato, mesmo que não relacionadas a ele, devam ser abarcadas pelo foro privilegiado, enquanto infrações antes da diplomação no mandato, não.

Os oito ministros que votaram concordaram que o juiz ou o tribunal responsável por julgar um processo não podem ser alterado em função do foro privilegiado após a conclusão da instrução processual, fase em que são ouvidos testemunhas de acusação, de defesa e os réus.

Comissão da Câmara aprova restrição ao foro privilegiado

Quer caso concreto julgado pelo STF nesta quinta-feira envolve a restrição de foro privilegiado do atual prefeito de Cabo Frio (RJ), Marcos da Rocha Mendes, o Marquinho Mendes (PMDB). Ele é réu por comprar votos na eleição municipal de 2008, ano em que se reelegeu prefeito da cidade. Quando Mendes concluiu o mandato, em 2012, o caso foi remetido à primeira instância e, em 2016, passou a ser conduzido pelo STF depois que ele assumiu a cadeira do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Câmara. Mendes, entretanto, renunciou ao mandato ao ser eleito novamente prefeito, no ano passado, e o processo voltou à segunda instância, a quem cabe processar e julgar prefeitos.

Conforme uma estimativa do ministro Luís Roberto Barroso, o Supremo tem 528 inquéritos e ações penais envolvendo autoridades com foro privilegiado, que podem ser reduzidos em 90% caso a mudança entre em vigor e os processos sejam enviados a outras instâncias.

Os votos até agora

Em seu voto, dado no início do julgamento, em junho, Luís Roberto Barroso sustentou que a revisão do alcance do foro é “um interesse do país, é uma demanda da sociedade”. O relator entende que “resguardar com foro um agente público por atos que ele praticou e que não têm nada a ver com a função que o foro quer resguardar é a concessão de um privilégio”.

Ainda para o relator, o modelo de foro privilegiado brasileiro cria situações que constrangem o Supremo. “É tão ruim o modelo, que a eventual nomeação de alguém para um cargo que desfrute de foro é tratada como obstrução de Justiça. É quase uma humilhação ao STF. Eu penso que é preciso dar à cláusula do foro privilegiado uma interpretação restritiva e a interpretação que propus no meu despacho e reitero é de que o foro só prevaleça em fatos praticados pelo agente beneficiário do foro no cargo e em razão do cargo. Portanto, como é o caso concreto, se o fato foi praticado quando o individuo era candidato a prefeito e se o foro beneficia quem é deputado, nesse caso não se aplica o foro”.

Após o pedido de vista de Moraes, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello adiantaram seus votos e anunciaram que seguiriam o relator.

Nesta quinta-feira, Alexandre de Moraes argumentou pela restrição do foro a todos os crimes comuns cometidos no exercício do mandato, sejam eles relacionados ou não ao cargo. “Aquele que praticou o crime antes de ser parlamentar não sabia que seria parlamentar. Ele praticou o crime antes da diplomação, antes de se tornar parlamentar, não há relação com a finalidade protetiva do mandato. Se o ato foi praticado quando não era parlamentar, quantas e quantas vezes se busca um determinado mandato para se alterar o foro e depois se busca outro, vai mudando de mandato”, afirmou Moraes.

Para o ministro, a mudança do foro conforme mandatos políticos assumidos favorece os réus em relação à prescrição dos crimes. “Não é porque um é melhor que o outro tribunal, é porque nesse trança-trança, ele vai ganhando tempo em relação à prescrição”, completou.

Edson Fachin, que deu um voto breve, resumido em treze orações, concordou com Luís Roberto Barroso e ponderou que “resta evidente que a cláusula de prerrogativa [de foro privilegiado] deve ser restringida aos casos em que essa função esteja ameaçada. Apenas atos ilícitos praticados no âmbito de sua própria função é que dão margem à prerrogativa”.

Em manifestação ainda mais enxuta, de cerca de três minutos, Luiz Fux também seguiu o relator e declarou que “a competência do Supremo é preservada quando o ato ilícito é praticado no exercício do cargo e em razão do cargo. Isso eu não tenho a menor dúvida”.

Para o decano do STF, Celso de Mello, que decidiu antecipar seu voto após o pedido de vista de Dias Toffoli, o entendimento de Luís Roberto Barroso guarda “absoluta e estrita fidelidade ao princípio da República”.

“Os parlamentares devem estar submetidos às mesmas leis dos demais cidadãos da República no que concerne à sua submissão à jurisdição ordinária dos magistrados de primeiro grau”, declarou Mello.

Antes de encerrar a sessão, Cármen Lúcia concordou com o decano e afirmou que “o foro privilegiado é uma contradição nos termos, porque privilegiar é discriminar, e a República não admite discriminação”.Fonte:VEJA

Rio: clima de terra sem lei

A quarta-feira, 22, entrou para os anais do Rio de Janeiro por um dado vergonhoso: todos os governadores eleitos desde 1998 e todos os ocupantes da presidência da Assembleia Legislativa desde então estavam encarcerados sob a acusação de se alimentar de propinodutos que lhes encheram os bolsos enquanto dilapidavam o caixa estadual.

 A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, resumiu a situação fluminense com uma frase cortante: “Há um clima de terra sem lei que domina o Rio”. A prisão dos ex-governadores Anthony Garotinho e sua mulher, Rosinha, ambos do PR, e dos deputados do PMDB Jorge Picciani (presidente da Alerj), Paulo Melo e Edson Albertassi ilustram a percepção de Dodge.

Mas a corrupção sistêmica no Rio de Janeiro não surgiu no século XXI. VEJA desta semana mostra que os relatos de desvio de verba pública para fins privados existem desde o Brasil colonial. Um dos primeiros governantes da então capitania do Rio de Janeiro acusado por malfeitos foi o português Salvador Correia de Sá e Benevides.

Em 1637, acabou preso por receber propina para autorizar irregularmente navios holandeses a carregarem o açúcar brasileiro para fora do país. No decorrer dos séculos, pouco se fez para separar o lícito do ilícito, por convicção ideológica ou interesses escusos.  Um exemplo mais recente é que, desde os anos 1980, governantes têm sido mais do que lenientes com contraventores que tocam o carnaval carioca e o jogo do bicho.Fonte:Veja

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Atenção Vereadores: População continua desconfiada...


E, nessas voltas que a vida dá, nada muda nos pronunciamentos de alguns vereadores na Câmara de Serrinha,onde até mesmo aqueles considerados "cobras criadas" patinam de maneira 'Irresponsável',aparentando estarem perdidos em meios a tantos outros.

O básico que alguns vereadores solicitam não passa de um redutor de velocidade, limpeza de alguns terrenos, tapar buracos, até mesmo limpeza de áreas verdes que pertencem à Prefeitura,e outros pedidos considerados tão pequenos quanto os detalhes da música de Roberto Carlos.O prefeito Adriano,vem tratando sua administração com muita responsabilidade,não abrindo espaço para reclamações da bancada de oposição,que por sua vez,está mais preocupada em justificar os erros cometidos pelo ex-prefeito Osni.

O que se vê hoje no plenário, são reclamações e pedidos que não vão a lugar algum. Ainda com direito a discussões partidárias, as quais não colaboram em nada com a cidade, transformando-se em picuinhas, ficando nítido demais que a atual Câmara de Vereadores, possa ser um poder que esteja perdendo forças na opinião pública.

Alguns(novatos)estão fadados a apenas um mandato justamente por não agir com mais realismo para o bem da cidade. O que importa é defender partidos ou por que não dizer,familiares que estão de olhos na Prefeitura.Na verdade a população está decepcionada com alguns NOVATOS que andam pisando na bola,comprometendo seu futuro politico e o da cidade também.

Já comentei neste BLOG que o nobre vereador Nininho exagera nos seus pronunciamentos.Se o vereador fosse um jogador de futebol,poderia ser flagrado no exame "antidoping" (hahaha).Brincadeiras a parte,Nininho precisa rever sua maneira de discursar na tribuna do legislativo,sob pena de piorar sua situação junto a seus colegas.Esse Negócio BUFAR (não tem nada a ver com  flatulência)para empolgar a plateia com discursos inócuo não pega bem.

FERNANDO SENA ESTÁ DE VOLTA:A população conhece o trabalho de Fernando,sabe que ele é um abnegado.

Vereadores precisam saber que o número de pessoas que ouvem ou acessam as sessões de Câmara de Serrinha na NET estão atentos.Redes sociais tem poder para definir uma eleição. Alguns vereadores estão direcionando seus discursos para um punhado de gente que acompanham no plenário do legislativo,esquecendo de centenas de ouvintes em casa.É preciso que os representantes do povo mudem sua maneira de fazer politica.Do jeito que tá não dá não.

Deputado Gika Lopes incentiva estudantes a conhecerem as ações do legislativo baiano.

Incentivados pelo deputado Gika Lopes, e sob a coordenação do professor João Evangelista, cerca de 70 alunos da UNEB/Campus 11, instalada no Município de Serrinha, participaram, na tarde desta terça-feira 21, de uma visita às instalações da Assembleia Legislativa da Bahia, para conhecerem o programa “A Escola e o Legislativo”, desenvolvido pela Casa.

O ato contou com a presença dos professores Maurício Sampaio, falando sobre a importância das funções do Poder Legislativo e do professor Evandro de Carvalho que fez uma explanação sobre o mural do artista plástico Caribé (esculpido na fachada central que dá acesso ao Palácio Luiz Eduardo Magalhães), e o painel do também artista plástico Carlos Bastos (“Gratidão do Povo”), decorando uma das paredes no interior do Plenário.

Fazendo parte ainda do evento, a professora Marilanja Pereira, falou sobre a “Estrutura Organizacional da ALBA.

No primeiro momento, os estudantes ocuparam a Sala das Comissões e em seguida, foram convidados a assistirem, no Plenário, como funciona o desenvolvimento das sessões, e seus respectivos processos “ordinária” e “extraordinária”.Fonte:ASCOM/GIKA LOPES

Golpistas criam sites falsos da Casas Bahia e Americanas

Nas compras pela internet é preciso checar se o endereço do site corresponde ao da loja oficial:

O consumidor deve ficar atento na hora de fazer compras pela internet durante a Black Friday. Segundo o site Reclame Aqui, golpistas criaram páginas dublês de redes varejistas famosas, como Ponto Frio, Casas Bahia e Americanas.

Com preços muito abaixo do mercado e visual idêntico ao das páginas oficiais das lojas, os golpistas tentam enganar os consumidores. Na página falsa da Americanas a smart TV da Samsung é vendida por 1.299 reais, enquanto no site verdadeiro o preço dela é de 4.498,99 reais.

A primeira dica para evitar cair em falsas promoções é sempre procurar a página oficial da loja. Os sites falsos podem até incluir parte do nome oficial da loja, mas nunca o verdadeiro.

Órgãos de defesa do consumidor são unânimes: é preciso desconfiar de preços muito abaixo da média do mercado.

O Reclame Aqui orienta o consumidor a desconfiar de sites que aceitam pagamento apenas em boleto bancário. “Golpistas utilizam dessa prática para receber o dinheiro do consumidor com rapidez e nunca entregar o produto prometido.”

Empresas

A Via Varejo, empresa que administra os sites da Casas Bahia e do Extra, dá outras dicas par os clientes não caírem em páginas falsas de promoção. Uma delas é observar se erros ortográficos ou de concordância nos textos, além de checar a url se a url do site corresponde ao endereço original da loja.

“A companhia recomenda limitar a busca de ofertas a e-commerces bem avaliados por órgãos competentes, não confiar em e-mails e sites que enviem links e arquivos anexos suspeitos, ou que peçam informações pessoais, e utilizar senhas com alto grau de dificuldade, porém, fáceis de serem lembradas para que não seja necessário armazená-las no computador”, informa o grupo.

A Americanas informa que o cliente deve checar sempre os produtos e preços no site, aplicativo e redes sociais oficiais da marca.Fonte:VEJA

MP-BA denuncia presidente da Câmara de Correntina, 5 vereadores e outras 3 pessoas por desvio de verba pública


Nove pessoas envolvidas em esquema de fraude de processos licitatórios e contratos na cidade de Correntina, oeste da Bahia, e de desvio de verbas públicas mediante pagamento de gratificações indevidas a servidores foram denunciadas à Justiça Pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). A informação foi divulgada nesta quarta-feira (22), pelo órgão.

O esquema foi alvo da operação "Último Tango", deflagrada na cidade pelo MP em 26 de outubro. Entre os acusados estão o presidente da Câmara de Vereadores de Correntina, Wesley Campos Aguiar, o “Maradona”, e mais cinco vereadores, que são acusados pelos crimes de peculato, corrupção passiva e por integrar organização criminosa. Além deles, dois servidores públicos e um motorista particular também foram denunciados por peculato e por integrar organização criminosa.

Segundo o MP-BA, as denúncias foram assinadas pelos promotores de Justiça Ana Emanuela Meira, Adalto Araújo Júnior, Fernando Antônio Lucena, Frank Ferrari e Leandro Meira, que integram o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), e pela promotora de Justiça de Correntina, Mariana Libório.

Além do presidente da Câmara, integravam o esquema os vereadores Adenilson Pereira de Souza, o “Will”; Jean Carlos dos Santos, o “Jean da Guarda”; Juvenil Araújo de Souza, o “Babado Pimenta”; Milton Rodrigues de Souza, o “Miltão”; e Nelson da Conceição Santos, “Nelson Carinha”.
Presidente da Câmara, conhecido como Maradona, foi preso na operação (Foto: Reprodução/ Facebook) Presidente da Câmara, conhecido como Maradona, foi preso na operação.

De acordo com o MP-BA, as investigações constataram o envolvimento deles em um esquema de desvio de verbas públicas através de distribuição irregular de cotas de combustível e inserção de “gratificações” nas remunerações de servidores da Casa Legislativa. Os servidores eram cooptados e convencidos a sacar uma parte do montante extra e entregar em espécie ao beneficiário previamente definido pelo grupo criminoso, relata a denúncia.

Segundo os promotores, a prática vinha sendo perpetrada desde o ano de 2015 e aconteceu até outubro de 2017. Para isso, os vereadores contavam com a atuação dos servidores Cleuzinete Sales, tesoureira, e Hugo Neves, assistente de Controle Interno, e do motorista particular que recolhia o dinheiro, Erickson Santos, marido de Cleuzinete.

Os membros do MP-BA identificaram ainda que, este ano, a Câmara de Vereadores de Correntina estava gastando mensalmente R$ 14 mil com combustíveis e que o motivo do gasto elevado seria a distribuição indiscriminada de cotas para os vereadores, que incorporavam o crédito aos seus patrimônios pessoais.

O presidente da Câmara comandava as ações dos demais, distribuindo combustíveis e benesses, inserindo gratificações indevidas para possibilitar o retorno e coordenando ainda solicitações e exigências indevidas ao prefeito, resumem os promotores de Justiça, ressaltando que os demais vereadores eram beneficiários das vantagens e também ajudavam a dar peso político às solicitações e exigências indevidas.

Em nota, o MP-BA afirmou que "a denúncia pelos crimes de corrupção passiva e por integrarem organização criminosa foi apresentada em razão das solicitações e/ou exigências de vantagens ilícitas em prol dos vereadores dirigidas ao prefeito Nilson José Rodrigues, que colaborou com os órgãos de investigação".

A investigação do Ministério Público apurou que, entre fevereiro e outubro de 2017, os vereadores tentaram por diversas vezes obter recursos indevidos das contas do Município. Consta na denúncia que eles “solicitaram e/ou exigiram do prefeito valores de toda sorte com o objetivo de incrementar seus rendimentos pessoais, tais como 'ajudas de custo' e 'mensalinhos', cotas adicionais de combustível, de medicamentos, em mercados ou simplesmente importâncias que tinham razões específicas”.

Além de oferecer a denúncia, o MP-BA requereu ainda aplicação de medida cautelar, pedindo a suspensão do exercício de função pública ou de atividade de natureza econômica ou financeira dos vereadores, em razão do receio de sua utilização para a prática de infrações penais, já que eles se valeram dos seus cargos para praticar os delitos e, caso continuem neles, permanecerão com acesso a documentos e testemunhas que podem estar relacionadas aos crimes que cometeram.

Operação 'Último Tango'

Em 26 de outubro deste ano, o presidente da Câmara e os cinco vereadores foram presos na operação "Último Tango", montada para investigar o esquema de fraudes em Corretina.

Três dos vereadores foram soltos em 30 de outubro, enquanto dois foram liberados no dia seguinte, 31 de outubro. Último a ser solto, o presidente da Câmara Wesley Campos Aguiar deixou a prisão em 15 de novembro.

Em entrevista ao G1, ele disse que é inocente. "Eu vou provar por A mais B que fui preso de forma arbitrária, sem direito ao contraditório e que sou inocente", disse.

Time escalado: Chapa de Rui terá Leão, Coronel e Wagner; Lídice ameaça sair sozinha

De um lado, PSD, PSB, PP, PR, PT, PDT e PCdoB disputam a possibilidade de indicar um nome para a chapa majoritária da candidatura à reeleição do governador Rui Costa (PT). Do outro, quando questionado publicamente sobre as tratativas com vistas a 2018, o petista desconversa. Sempre responde que este é o momento de trabalhar e que só conversará sobre o tema no próximo ano. Entretanto, nos bastidores, as movimentações apontam que Rui já bateu o martelo e definiu quem deve marchar ao lado dele no pleito estadual.

De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, a composição de partidos que participarão da chapa será mesmo aquela que vinha sendo especulada com intensidade, tanto no mundo político, quanto pela imprensa: PT, PP e PSD. No “alto escalão” da chapa, a reedição da parceria que venceu em 2014: Rui e João Leão (PP) sairão como governador e vice, respectivamente. Já no Senado, uma vaga é do ex-governador Jaques Wagner (PT), que abriu mão em 2014 para abrir espaço para a candidatura de Otto Alencar (PSD). A outra será mesmo ocupada pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD).

 “O jogo já está jogado”, disse ao Bahia Notícias um nome que acompanha de perto as articulações para 2018. Procurado pela reportagem, no entanto, Coronel negou que haja alguma definição sobre o assunto. “Essa é uma questão que fica para o partido definir a posição que devemos jogar. Estou na concentração, aquecido. Se o partido resolver me colocar para jogar, estou pronto”, declarou. Esse desenho da majoritária, como previsto em uma situação na qual há muitos postulantes para pouco espaço, já tem provocado resistências dentro da base governista.

 Ainda segundo fontes ouvidas pela reportagem, a senadora Lídice da Mata (PSB), que tem sido mais incisiva nas declarações públicas sobre seu desejo de disputar a reeleição ao Senado ao lado de Rui, demonstra inconformismo com a possibilidade de ser preterida. A pessoas mais próximas, ela tem declarado que pode se candidatar sozinha para mais um mandato.

“Ela sai candidata ao Senado de qualquer jeito”, afirmou uma outra fonte que participa das conversas. O possível voo solo da socialista, no entanto, não é tratado publicamente e, apesar das negociações avançadas sobre o próximo ano, nenhum dos interlocutores se predispõe a tratar do tema. Mesmo com o cenário inicialmente delineado, eventuais mudanças pontuais podem acontecer a partir das articulações que envolvem outros partidos da base aliada.Fonte:Bahia Noticias

Imbassahy não está em boa situação, muito menos em boa companhia

O baiano Antônio Imbassahy passou os últimos dias no fio da navalha. A cabeça dele na Secretaria de Governo é considerada um prêmio para o chamado “Centrão”, capitaneado pelo PMDB, partido do presidente Michel Temer. O tucano, um dos responsáveis por articular o duplo salvo-conduto da Câmara dos Deputados para que Temer permanecesse no cargo, é o braço de Aécio Neves nas relações do PSDB com o Planalto. Há algum tempo a própria bancada do partido na Câmara dá de ombros para a permanência de Imbassahy como ministro.

A prova de que a situação se tornou insustentável para que os tucanos permaneçam no governo foi o pedido de demissão do ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo. “Cabeça preta”, numa referência à nova guarda do PSDB no Congresso Nacional, o pernambucano cedeu às pressões dos confrades da Câmara e pediu para sair do cargo. Imbassahy ficou, junto com a “ministra-escrava” Luislinda Valois e o chanceler Aloysio Nunes.

Ontem, enquanto aliados do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do blocão do PMDB davam como certa a nomeação de Carlos Marun para a Secretaria de Governo, o Planalto foi obrigado a desmentir a própria informação de que o baiano viraria ex-ministro, já que minutos antes o próprio perfil do órgão divulgou no Twitter que Marun seria empossado junto com o novo ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Imbassahy permanece no cargo, porém com uma data de validade definida – que, por enquanto, não veio a público. Dizer que ele está na corda bamba é minimizar a demissão praticamente certa. O fio da navalha é mais preciso para traduzir a insistência de Imbassahy em permanecer no governo, a contragosto dos correligionários da Câmara e com o aval de Temer e Aécio. Definitivamente, o ex-prefeito de Salvador não está em boa situação, muito menos em boa companhia. Pelo menos se sabe que é uma opção própria. As consequências dessa decisão deverão ser sentidas nas urnas em 2018.por Fernando Duarte