OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE
ARENA SHOPPING SERRINHA. Muito boa a iniciativa de trazer mais uma opção de lazer para a nossa cidade, além de valorizar mais o local onde se encontra o referido empreendimento!!!!

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Foi em vão que golpeei os seus filhos.Eles não aceitaram a disciplina.A própria espada de vocês devorou os seus profetas,Como um leão destruidor. Vocês desta geração, prestem atenção à palavra de Jeová. Será que eu me tornei para Israel como um deserto ? Ou uma terra de densa escuridão? Por que eles, o meu povo, disseram: ‘Estamos andando livremente. Não voltaremos mais para ti.Será que a moça se esquece dos seus enfeites,Ou a noiva das suas faixas? No entanto, não é possível contar os dias em que o meu próprio povo se esqueceu de mim". Jeremias 2:1-37

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

SpaceX vai levar turistas em viagem ao redor da lua em 2018

Dois turistas devem fazer uma viagem de volta à lua durante uma semana em 2018, como parte de uma iniciativa da empresa SpaceX com apoio da Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos. Segundo a rede CNN, é provável que a dupla esteja pagando “milhões de dólares” pelo passeio particular.

Elon Musk, CEO da SpaceX, informou nesta segunda-feira que os turistas entraram em contato com a empresa mostrando interesse na viagem. Assim que eles forem aprovados nos exames físicos e médicos necessários para o treinamento e o percurso, seus nomes serão divulgados. De acordo com Musk, “não são nomes de Hollywood”.

Os dois serão os únicos tripulantes da Dragon 2, que decolará em 2018 de uma plataforma do complexo de Cabo Canaveral, na Flórida, a mesma do lançamento das missões lunares do programa Apollo. O programa teve 11 voos tripulados entre 1968 e 1972, incluindo a viagem que levou Neil Armstrong e Buzz Aldrin a pisar na superfície da lua pela primeira vez em 20 de junho de 1969.


Para a SpaceX, a viagem aproxima ainda mais a empresa de atingir a meta de levar seres humanos a Marte. “Como os astronautas do Apollo antes deles, esses indivíduos irão viajar ao espaço carregando as esperanças e sonhos de toda a humanidade, movidos pelo espírito humano de exploração”, afirmou a empresa em nota. Se bem sucedida, a missão da dupla de turistas será a primeira a enviar humanos à lua em 45 anos.

A empresa tem um cronograma apertado e otimista para a viagem, que dependerá de uma nave que nunca antes levantou voo. O foguete Falcon Heavy, com tecnologia semelhante, deve fazer um voo teste no verão americano deste ano, equivalente ao inverno brasileiro. Já a nave espacial Dragon 2, que levará os turistas, terá uma missão de treino mais tarde em 2017, informou a CNN.

(Com EFE)

Fátima Bernardes, a musa do Carnaval… na internet

Fátima Bernardes não precisou de um carro alegórico temático ou um samba-enredo em sua homenagem para chamar a atenção dos carnavalescos… digitais. No Twitter, o nome da apresentadora, que acompanhou os dois dias de desfiles no Rio de Janeiro ao vivo pela Globo, foi um dos mais comentados. A popularidade levou Fátima a entrar para o Trending Topics da rede social em ambas as noites.

Neste domingo, além de ser elogiada pelo vestido preto justinho, Fátima virou piada por sua reação à alegoria da União da Ilha, que entalou no fim da avenida e, em uma manobra apertada, chegou a encostar no estúdio da Globo. “Vai bater, vai bater, bateu!”, disse Fátima enquanto assistia de perto o quase-acidente.Fonte:Veja

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Novo golpe de Whatsapp atinge 1,5 milhão de vítimas em 3 meses

Uma mensagem que promete permitir acesso às conversas dos seus amigos no Whatsapp, ou às listas de contatos deles, tornou-se o golpe mais popular contra quem usa o aplicativo no Brasil. Desde dezembro, mais de 1,5 milhão de pessoas já clicaram no link – e perderam dinheiro.

O esquema funciona assim: o usuário recebe uma mensagem, como se fosse de um de seus amigos, que diz: “Clique aqui e saiba tudo o que seus amigos estão falando sobre você no Whatsapp”. Quando a pessoa clica, aparece uma mensagem que solicita o acesso à sua lista de contatos – ao autorizar isso, ele não só repassa o link para toda a sua lista de contatos (multiplicando o alcance do golpe) como assina automaticamente um pacote que envia mensagens de texto – os temas do serviço podem ir de novelas a esporte. O desfalque é de 2,40 reais por clique. Ou seja, em tese, os criminosos já lucraram 3,6 milhões de reais.

Um levantamento feito pela ESET Brasil, uma empresa de segurança cibernética, revela que esse foi o golpe mais popular pelo Whatsapp, de uma lista de mais de trinta que foram monitorados nos últimos três meses. “Estou para ver algo tão grande quanto este golpe”, afirma Cassius Puodzius, pesquisador da empresa. A companhia orienta quem tiver caído no golpe a ligar para sua operadora de telefonia e pedir o cancelamento do tal serviço de assinatura feito pelo golpe – o que pode limitar o estrago, mas não traz de volta o prejuízo.Fonte:Veja

Victor nega agressão à mulher grávida: ‘Jamais agrediria alguém’

O cantor Victor,  da dupla Victor & Léo, falou pela primeira vez neste domingo à noite sobre o caso envolvendo a denúncia de violência à sua mulher, Poliana Bagatini Chaves, que o acusou de agressão após uma discussão no apartamento em que moram, em Belo Horizonte, e depois voltou atrás. Em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, num hangar na Pampulha (MG) a caminho de Campinas (SP), Victor disse que jamais ocorreu agressão, mas não deu detalhes do motivo da denúncia da mulher à polícia. “Jamais houve agressão, jamais agrediria alguém, muito menos minha mulher, grávida de meu filho João.”

O cantor não quis alongar a conversa e disse que trataria de preservar a família. “Estou chocado com os acontecimentos, e surpreso com a repercussão de tudo isso. Por isso vou tratar de preservar minha família, me retirar, não quero mais exposição, não quero mais falar sobre o assunto, desculpe”, disse o cantor, repetindo: “Não vou falar mais porque qualquer coisa que falar aumenta a exposição. Não houve agressão, nunca agredi ninguém muito menos minha família.”

A repórter perguntou, então, se a mulher dele tinha algum tipo de transtorno. “Não exponho minha família˜, finalizou o cantor, que pediu para fazer imagens da família somente de costas.

Esposa foi à polícia

Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, Poliana, que está grávida, disse na sexta-feira, ao registrar a ocorrência na delegacia que foi jogada ao chão por Victor e chutada por ele. Neste domingo, no entanto, ela divulgou uma carta em seu perfil no Instagram no qual diz que Victor “não a machucou, nem nunca machucaria” e pediu paz para poder “voltar a se dedicar ao seu marido, à minha filha e à minha gravidez”.  Na mesma carta, ela afirma que Victor não cometeu nenhum crime.

Também neste domingo, à tarde, a TV Globo anunciou que ele pediu afastamento do programa The Voice Kids, onde era um dos técnicos (que orientam e julgam os cantores), mas, mesmo assim, decidiu exibir os dois episódios já gravados com ele. A gravação, no entanto, foi editada para ocultar o cantor, que só apareceu de costas, no sofá, em tomadas de câmera mais abertas. A emissora também fez gravações adicionais com Léo, que foi o único da dupla a falar no programa.Fonte:Veja

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Temer embarca para a Bahia com a família para passar o carnaval

O presidente Michel Temer embarcou no final da tarde desta sexta-feira (24) para Salvador, na Bahia, em companhia da família, para passar o feriado do carnaval, na Base Naval de Aratu. Temer passou a manhã no Planalto, administrando as diferentes crises políticas que atingem seu governo e, por conta disso, atrasou a sua decolagem em cerca de quatro horas. A principal foi a provocada pelas declarações do advogado, seu ex-assessor e antigo amigo José Yunes, que deu declarações dizendo que intermediou o recebimento e entrega de um "envelope" para o atual ministro da casa Civil, Eliseu Padilha, que conteria R$ 1 milhão para ser repassado para campanhas peemedebistas, via caixa 2.

Temer aproveitou, também, para receber o deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), quando o convidou para ser o líder da maioria na Câmara, com objetivo de estancar outra crise, da revolta de alas peemedebistas que ficaram descontentes com a nomeação do paranaense Osmar Serraglio para o Ministério da Justiça, em detrimento do peemedebista mineiro. Decidiu também anunciar a nomeação do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) para liderança do governo na Câmara. A designação do novo ministro das Relações Exteriores para o lugar de José Serra ficou para depois do carnaval. Antes de embarcar, Temer se reuniu com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e fez questão de ir ao Hospital Santa Lúcia, por volta das 15h30, visitar o presidente do Senado, Eunício Oliveira, que está internado lá desde ontem, depois de ser submetido a uma cirurgia de retirada da vesícula. Temer voltou ainda ao Palácio da Alvorada para alguns novos telefonemas.

 Pouco antes das 18 horas deixou sua residência oficial, em companhia da família e, em seguida, embarcou para a Bahia, onde deverá ficar até, no máximo, a próxima Quarta-Feira de Cinzas. Lá, Temer deverá se reunir com o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, que mora na Bahia. Temer vai descansar na Base Naval de Aratu, que também já foi usada pelos presidentes anteriores. No final do ano, ele e a família foram para a restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro, outra unidade militar. O presidente tem buscado locais reservados para aproveitar dias de folga com a família. Mas, mesmo nestas ocasiões, o presidente não deixa de ficar em contato com assessores, além de manter conversas políticas. Ao optar pela base de Aratu, Temer foi em busca de privacidade inclusive para preservar a primeira-dama, Marcela, e impedir, por exemplo, que sejam feitas imagens dela em trajes de banho.

Por conta disso, uma equipe do escalão avançado com um enorme número de seguranças voou para Salvador na manhã desta quinta-feira para fazer reconhecimento e proteção do local. Até a área próxima à base naval será isolada para que curiosos e a imprensa não tenham acesso ao local, o que lhes permitiria registrar a intimidade do casal. A ordem é não deixar tirar fotos especialmente de Marcela e da família do presidente. Em janeiro de 2010, uma imagem tomou conta de todas as mídias e foi amplamente divulgada. Mostrava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva carregando na cabeça uma caixa de isopor, na Praia de Inema, na Bahia, acompanhado da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

Em outra imagem, D. Marisa usava um maiô branco com a estrela vermelha do PT. O ex-governador da Bahia Jacques Wagner e sua mulher, Fátima, costumavam se encontrar com o casal petista na casa da Marinha. A proteção da base naval de Aratu não será apenas por terra. A Marinha vai disponibilizar embarcações militares para evitar que qualquer tipo de lancha particular se aproxime do local. Este tipo de proteção, fazendo uma imensa área de isolamento, por terra e por mar, sempre foi adotado durante o período que os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff estiveram na Bahia. Dilma se queixava e brigava também pela necessidade de privacidade de sua família. No caso de Lula, D. Marisa era quem mais reclamava dos curiosos.

Quando esteve em Mangaratiba no réveillon passado, Temer andou na praia, às vezes acompanhado de Marcela, às vezes do ajudante de ordens. Em algumas das caminhadas, Temer usava boné para disfarçar e, muitas vezes, passou por pescadores da região, sem ser notado. Em outras ocasiões, se sentiu incomodado ao ser reconhecido e assediado para tirar fotos ao seu lado. Em uma de suas caminhadas, o presidente acabou cruzando com a frase escrita na areia "Fora Temer" e seguiu em frente, sem se incomodar.Fonte:Estadão

Livre após decisão da Justiça, goleiro Bruno segue vinculado à clube de Minas Gerais

Após deixar a prisão em virtude de uma liminar deferida na última terça-feira (21), o goleiro Bruno, acusado de matar Eliza Samúdio, tem um porto seguro no futebol De acordo o presidente do Montes Claros-MG, com quem tem contrato até 2019, as portas estão abertas para o jogador. "O Bruno tem contrato conosco até 2019. Abrimos as portas pra ele quando fizemos o contrato em 2014", declarou Ville Mocellin, em entrevista ao jornal Extra. O Montes Claros, no entanto, está com as atividades paradas em virtude das dificuldades financeiras. "Vou me encontrar com o advogado do Bruno depois que ele sair da prisão e vamos conversar para ver o que será feito", indicou. O contrato do Bruno com o clube mineiro segue ativo no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Petrobras anuncia nova redução de preços da gasolina e diesel

Na noite da última sexta-feira (24), a Petrobras anunciou que decidiu reduzir o preço do diesel nas refinarias em 4,8% e o da gasolina em 5,4%, em média. Os novos valores começaram a valer neste sábado (25). De acordo com a estatal, a decisão é explicada principalmente pelo efeito da valorização do real desde a última revisão dos preços, pela redução no valor dos fretes marítimos e ajustes na competitividade do mercado interno.

"A Petrobras reafirma sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis com alta volatilidade. Os novos preços continuam com uma margem positiva em relação à paridade internacional, conforme princípio da política anunciada, e estão alinhados com os objetivos do plano de negócios 2017/2021", informou a empresa, que acrescentou que as revisões podem ou não se refletir no preço final ao consumidor.

"Isso dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e postos revendedores. Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode cair 3% ou cerca de R$ 0,09 por litro, em média, e a gasolina 2,3% ou R$ 0,09 por litro, em média", pontuou.Fonte:Bahia Noticias

Reinaldo Azevedo:Indignados com Bruno solto? Eu também! Então agora vamos pensar!

Sim, vou falar sobre a liminar que o ministro Marco Aurélio concedeu ao tal goleiro Bruno, que tanta indignação tem gerado. E é compreensível. Todos devemos estar de acordo com que o lugar dele é a cadeia. Por mim, ficaria lá para sempre. A Editora Record publicou o livro “Indefensável: O goleiro Bruno e a história da morte de Eliza Samudio”, de Leslie Leitão, Paulo Carvalho e Paula Sarapu. Não sou especialista na área. Mas o seu comportamento na tragédia caracteriza a pscicopatia — sem cura conhecida. Nesses casos, só uma postura protege a sociedade: a reclusão permanente. Sigamos.

A depender da razão por que você acesse o meu blog, não tenho como não dizer logo de saída: ERRO DE PÁGINA! É para ler o que eu penso a respeito de um determinado assunto, com base na lei, que é o que chamo de “opinião objetiva”? Então acertou. É para ver se repito a língua negra do bueiro do inferno das redes sociais e dos blogs caça-níqueis e pega-pra-capar? Então vocês têm alternativas variadas: dos oportunistas aos psicopatas, passando pelos bucaneiros, a rede está lotada. Boa viagem.

Escrevi aqui umas oitocentas vezes que essa história de que a impunidade no Brasil é apanágio do STF é lorota. Escrevi aqui umas oitocentas vezes que é mentira que um processo demore mais para ser julgado no STF do que nas instâncias inferiores. Escrevi aqui umas oitocentas vezes que esse debate está absolutamente desfocado. Escrevi aqui umas oitocentas vezes que a celeridade com que o juiz Sergio Moro condena está longe de ser o padrão das instâncias inferiores, estaduais ou federais. Escrevi aqui umas oitocentas vezes que Moro vive a situação privilegiada de cuidar de um único caso…

Ah, mas a língua negra que vaza do bueiro, lotado de estrume moral, ético, burrice e vigarice vai se espalhando… “Ah, quer foro especial!? Quer impunidade!” Não basta lembrar que o STF condenou um réu do mensalão a mais 40 anos, enquanto Moro condenou Sergio Machado a uma vida de nababo. “Tá vendo, já está falando do Sergio Moro!” Em primeiro lugar, quando quero, falo. Em segundo, estou constatando um fato.

A impunidade que realmente infelicita a vida dos brasileiros é aquela — e as razões são as mais diversas; não quero demonizar ninguém — que se pratica nas instâncias inferiores, nos foros que não são especiais.  Ela, sim, acaba botando na rua um assassino frio, determinado, meticuloso — incapaz, note-se, de sentir empatia.

Ler

Vamos fazer o que, resta evidente, a esmagadora maioria dos babões não fez: ler o habeas corpus concedido por Marco Aurélio. Ele está aqui.

Nos últimos anos, costumo discordar de boa parte das decisões de Marco Aurélio. Não que lhe falte competência técnica. Ao contrário. Poucos ministros argumentam tão bem se a gente consegue atravessar o glacê retórico e aquela sintaxe de exceção em que gosta de se esmerar. Mas é notório que ele, com frequência, apela ao direito criativo, como quando resolveu afastar Renan Calheiros da Presidência do Senado, monocraticamente, contrariando a letra explícita da lei. Ou quando determinou que o presidente da Câmara abrisse um processo de impeachment contra o então vice-presidente, Michel Temer.

Marco Aurélio, por quem tenho simpatia pessoal, destaco, é o que a meninada chama um “causão”.

Mas e o habeas corpus para Bruno? Encontra ou não respaldo na lei? A resposta, infelizmente, é “sim”. O goleiro Bruno está preso há mais de seis anos. O julgamento em primeira instância, quando foi condenado a 22 anos e 3 meses de reclusão, em regime inicial fechado, por “homicídio qualificado por motivo torpe, com emprego de asfixia e com recurso que dificultou a defesa da vítima”; sequestro e cárcere privado qualificado por haver vítima menor de 18 anos (referência ao filho de Elisa e Bruno) e ocultação de cadáver”.

O tribunal de primeira instância recusou o pedido para que o condenado recorresse em liberdade, alegando razões para a prisão preventiva ou cautelar.

Por onde vai Marco Aurélio e por que ele erra?

Escreve o ministro de forma absolutamente correta: “3. Os fundamentos da preventiva não resistem a exame. Inexiste, no arcabouço normativo, a segregação automática tendo em conta o delito possivelmente cometido, levando à inversão da ordem do processo-crime, que direciona, presente o princípio da não culpabilidade, a apurar-se para, selada a culpa, prender-se, em verdadeira execução da pena. O Juízo, ao negar o direito de recorrer em liberdade, considerou a gravidade concreta da imputação. Reiterados são os pronunciamentos do Supremo sobre a impossibilidade de potencializar-se a infração versada no processo. O clamor social surge como elemento neutro, insuficiente a respaldar a preventiva. Por fim, colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas”.

Para quem não entendeu

O doutor está a explicitar um fundamento do direito, que não tem sido seguido, diga-se, pelo juiz Sergio Moro e pela segunda instância federal: o crime já cometido, em razão do qual o sujeito se tornou investigado ou réu, não pode ser causa da preventiva, determinada por riscos presentes:

a) para manter a ordem pública;

b) para manter a ordem econômica;

c) em benefício da instrução criminal e

d) para garantir a aplicação da Lei Penal.

Qualquer advogado sabe que boa parte das preventivas da Lava Jato não obedeceu a esse critério — contou sempre o crime cometido, em desacordo com a lei. Ora, se a lei é ruim, mude-se.

No seu despacho, Marco Aurélio diz que o atraso do julgamento não pode concorrer para que uma pessoa fique em prisão preventiva sem prazo. Em si, faz sentido. A propósito: se isso é verdade para quem já está condenado em primeira instância, como explicar as preventivas sem prazo no Brasil mesmo para quem não é nem réu?

Você teria concedido o habeas corpus, Reinaldo?

Não. Não teria. Embora reconheça que a decisão de Marco Aurélio tem amplo respaldo na lei e na jurisprudência do Supremo. Eu teria me fixado na “garantia de manutenção da ordem pública”. Quando a gente se informa sobre os detalhes do crime, resta a suspeita, quando menos, de que estamos diante de um psicopata.

Não é por aquilo que fez que a preventiva deveria ser mantida. É por aquilo que pode fazer quando se leva em conta o que e como fez. Mais: que Marco Aurélio tivesse cobrado mais informações sobre o caso e levado a questão à turma, ora. Afinal, que urgência há na concessão da liminar para um assassino comprovado, com pena de 22 anos?

Concluo

De todo modo, eis aí um caso escancarado e chocante da ineficiência das instâncias inferiores da Justiça. E, por incrível que pareça, isso não mobiliza os Robertos Barrosos da vida.

Ele prefere cair no colo da galera e, sendo o mais esquerdista de todos ministros, cair nos braços da direita xucra, que, por xucra, o abraça e o saúda.

“Comida não é um inimigo”

Com cerca de 500 000 livros de culinária vendidos em sete títulos, Rita Lobo se viu há duas semanas no centro de uma polêmica que movimentou a internet. No Twitter, a apresentadora do Cozinha Prática, do canal pago GNT, citou uma pergunta que sintetiza dúvidas frequentes de seus seguidores: “ ‘Por que você não ensina maionese com óleo de coco e iogurte, em vez de gema e óleo?’ 1) Porque não é maionese; 2) Trate seu distúrbio alimentar”.

Em entrevista à edição impressa de VEJA desta semana, ela falou sobre a mania de alimentação saudável. “As pessoas estão muito confusas, achando que comer bem é sinônimo de fazer dieta, de restrição, de cortar lactose. Isso está errado. Saudável é algo feito na cozinha de casa, a partir de produtos que vêm da natureza. Muitos trocam o padrão de alimentação tradicional no Brasil — o feijão com arroz, os legumes refogados, que são ótimos — pela medicalização dos pratos.”

Não se trata de um resgate da “comida da vó”, que exige “tempo e habilidades culinárias” raras nos dias de hoje. “Precisamos simplificar. É o resgate de se sentar à mesa, do vegetal, do feijão, em vez de invenções supostamente saudáveis, criadas pela indústria.”

Ela critica também a mania de substituições à mesa. “Não venham me falar para substituir a farinha por fécula que o bolo vai ficar mais saudável porque não é verdade. Alimentação saudável não é isso.” Seria ela uma anti-Bela Gil? “O nosso discurso é diferente. Ela está dizendo que você tem de olhar para os nutrientes para fazer as escolhas.

Acho que essas substituições são ruins. Sou amiga da Bela Gil. Já conversamos várias vezes sobre isso. Acho ruim o terrorismo nutricional. Não há polêmica. Ela segue uma linha que não sei qual é. Eu sigo a da Organização Mundial da Saúde e do Guia Alimentar para a População Brasileira. Agora, a gente tem uma coisa em comum, que admiramos muito uma na outra: temos o objetivo de colocar a pessoa na cozinha e sabemos fazer isso muito bem, ainda que com ideias diferentes.” Fonte:Veja

Victor, da dupla Victor e Leo, é acusado de agredir a mulher

O cantor Victor Chaves, da dupla sertaneja Victor e Leo, está sendo acusado de agredir a mulher Poliana Bagatini, grávida do segundo filho do casal. A empresária prestou queixa na manhã desta sexta-feira, 24, em delegacia da Polícia Civil de Belo Horizonte. Em seguida, ela foi encaminhada para a Delegacia da Mulher local para o exame de corpo de delito, mas não aguardou o atendimento.

Segundo a assessoria de imprensa do Departamento de Proteção e Orientação da Família da capital mineira, Poliana relatou que teria sido jogada no chão pelo companheiro, que desferiu diversos chutes nela. Ao tentar sair do apartamento, a moça foi impedida por um segurança e pela irmã do cantor.

O caso será investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais. Tanto Victor, quanto Poliana e os demais envolvidos deverão prestar depoimento em breve. Procurada para comentar o caso, a assessoria de imprensa da dupla Victor e Leo não foi encontrada. O casal já tem uma filha, Maria Vitória, de 1 ano.Fonte:Veja

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Silas Malafaia é indiciado pela PF na Operação Timóteo

São Paulo - O pastor Silas Malafaia, da Associação Vitória em Cristo, ligada à Assembleia de Deus, foi indiciado pela Polícia Federal na Operação Timóteo por lavagem de dinheiro. Em 16 de dezembro do ano passado, o pastor foi alvo de mandado de condução coercitiva - quando o investigado é levado a depor e liberado.

A Operação Timóteo investiga um esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties da exploração mineral (65% da chamada Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais - CFEM - tem como destino os municípios).

Malafaia é suspeito de apoiar na lavagem do dinheiro do esquema, que recebeu valores do principal escritório de advocacia investigado. A suspeita a ser esclarecida pelos policiais é que este líder religioso pode ter "emprestado" contas correntes de uma instituição religiosa sob sua influência com a intenção de ocultar a origem ilícita dos valores.

O mandado de condução coercitiva na Operação Timóteo provocou a ira do pastor Silas Malafaia. No dia da condução coercitiva, em seu Twitter, colérico, o pastor publicou mensagens, áudio e vídeo negando as suspeitas da investigação.

"Eu sei o poder das trevas", afirmou em áudio.
O nome da operação é referência a uma passagem do livro Timóteo, integrante da Bíblia Cristã: "Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição".Fonte:UOL

Irmã de Léo Moura admite à polícia golpe de R$ 130 mil em Renato Augusto

Lívia da Silva Moura, irmã do lateral do Grêmio Léo Moura, admitiu que aplicou um golpe de R$ 130.950,00 no meia da seleção brasileira Renato Augusto. Ela prestou depoimento à polícia e confessou parcialmente os desvios dos quais foi acusada pelo jogador. Lívia também confirmou o furto de duas folhas de cheque e a falsificação das assinaturas - ambas voltaram do banco por divergência no registro. O caso foi revelado com exclusividade pelo UOL Esporte em 8 de fevereiro.

Renato Augusto prestou notícia notícia-crime contra Lívia Moura por suposto estelionato e furto qualificado. O problema ocorreu em razão de o meia e a mulher Fernanda Klarner terem organizado uma festa para a celebração do primeiro ano de casados.

A irmã de Léo Moura, amiga da família há pelo menos 12 anos, foi chamada para tratar da produção musical do evento - ela já havia feito o mesmo serviço no casamento, em 11 de dezembro de 2015.

O cantor Thiaguinho postou uma foto com o casal logo após o show na polêmica festa
Após a festa, Renato Augusto e família alegaram ter notado a cobrança excedente de pelo menos R$ 160 mil, além do furto de duas folhas de cheque. No depoimento, Lívia confirmou os danos ao jogador. Ela admitiu ter sido a responsável por negociar e contratar os artistas para a festa. Em relação ao cantor Thiaguinho, Lívia afirmou que o valor inicial do show seria de R$ 40 mil, sendo informada posteriormente por uma funcionária do artista que o cachê da apresentação era de R$ 100 mil.

Ela confirmou então que furtou a primeira folha de cheque do talão de Renato Augusto e preencheu com o valor de R$ 100 mil, falsificando a assinatura do jogador, que só teria tomado conhecimento do cachê real após o show. Thiaguinho se apresentou sem ter recebido, já que o cheque não foi compensado por divergência de assinatura. Renato Augusto ressarciu o cantor para contornar o problema.

Em relação ao artista Péricles, Renato calculava um prejuízo de pelo menos R$ 40 mil. O pagodeiro nem sequer compareceu ao evento. Segundo o depoimento de Lívia, o valor do show de Péricles seria de R$ 65 mil, mas ela mesma orientou um depósito de aproximadamente R$ 55 mil. O valor jamais foi repassado ao cantor.

Um dia antes da festa, Lívia disse ter entrado em contato com o pagodeiro Belo para negociar a apresentação. O show custaria R$ 50 mil, mas o valor informado ao meia foi de R$ 40 mil. A transferência foi feita, mas a irmã de Léo Moura foi informada que o show não seria feito por menos do preço inicial. Ela disse no depoimento que ficou sem graça de comunicar o fato ao jogador. Desta forma, furtou a segunda folha de cheque, já que tinha livre acesso à residência.

Lívia o preencheu com o valor de R$ 10 mil e falsificou a assinatura. O cheque novamente voltou por divergência no registro. Ao final do depoimento à polícia, Lívia calculou um prejuízo de R$ 130.950,00 ao jogador da seleção brasileira e disse que deseja ressarcir em breve a quantia. Os cheques furtados - totalizando R$ 110 mil - não foram considerados por ela como parte do prejuízo, já que o dinheiro não saiu da conta de Renato Augusto.

Sobre a empresa DIVERSHOW, que esteve envolvida em boa parte dos depósitos não repassados aos artistas e demais serviços, Lívia garantiu que a proprietária e amiga Joyce não teve envolvimento nos desvios, além de descartar a obtenção de vantagem financeira. Segundo a irmã de Léo Moura, Joyce não prestou serviços para a festa, tendo emprestado apenas a conta de pessoa jurídica para os depósitos.

Segundo apuração do UOL Esporte, o valor do golpe admitido por Lívia Moura é menor do que o calculado pela família de Renato Augusto. Inicialmente, o prejuízo estimado pelo jogador e familiares era de pelo menos R$ 200 mil. A conta atualizada, no entanto, já está em R$ 250 mil.

De acordo com a acusação, Lívia disse que não se apropriou da diferença, mas também não comprovou o destino do montante. Uma nova investigação sobre os pagamentos está em andamento, assim como uma triagem profunda sobre a DIVERSHOW, já que a fraude só foi possível por conta da participação da empresa no recebimento dos valores.

Com os elementos coletados e as confissões no depoimento à polícia, Lívia da Silva Moura deve ser indiciada pelos crimes de estelionato e furto qualificado, com o processo sendo remetido ao Ministério Público.Fonte:UOL

"Bruno chorou e ficou muito emocionado" ao saber de soltura, diz advogado

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza, 32, "ficou muito emocionado e chorou" ao saber da liminar assinada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), garantindo a soltura dele.

A afirmação é do advogado do ex-goleiro, Lúcio Adolfo, na entrada da Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) onde Bruno está preso, desde 2015, na cidade de Santa Luzia (região metropolitana de Belo Horizonte). Bruno aguarda o alvará de soltura que deve chegar à unidade prisional por meio de um oficial de Justiça.

A decisão de Mello é da última terça (21), mas só foi divulgada pelo Supremo na manhã desta sexta-feira (24).

"Ele ficou muito emocionado e chorou quando soube da liminar. Agora está calmo e esperando a soltura", afirmou o advogado, ao UOL, na entrada da Apac. A estimativa de Adolfo é que o ex-goleiro seja liberado "nas próximas horas" –uma vez que a VEP (Vara de Execuções Penais) de Santa Luzia precisa ser notificada da decisão do STF para lavrar o alvará de soltura.

Bruno estava preso desde 2010. Ele foi condenado em 2013 a 22 anos e 3 meses de prisão, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver contra a ex-amante, Eliza Samudio, além de sequestro e cárcere privado do filho que ele teve com Elize. A decisão de Mello é da última terça (21), mas só foi divulgada pelo Supremo na manhã desta sexta-feira (24).
Na decisão, o ministro do STF advertiu que Bruno não pode se ausentar da localidade que definir como residência sem autorização do juízo. Também terá de atender "aos chamamentos judiciais" e "informar eventual transferência e adotar a postura que se aguarda do cidadão integrado à sociedade."

O advogado informou que o ex-goleiro ficará em Minas, mas, por questões de segurança, não especificou onde. Ele também informou vai trabalhar para que o ex-goleiro tenha outro julgamento.  Sobre isso, Adolfo argumentou que Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, foi condenado a uma pena de 12 anos pelo mesmo crime. O defensor avisou que defenderá a tese do princípio da isonomia para pedir o mesmo tempo de pena para o cliente.
Para o advogado, o fato de a acusação apontar que Bruno teria sido o mandante dos crimes --e Macarrão, o comparsa --não deverá interferir nessa linha de defesa pretendida. "Eles têm a mesma tipificação de acusação" , resumiu.

Questionado sobre o que o ex-goleiro vai fazer quando sair a prisão, o advogado disse que ele tem propostas de times de futebol, além de "projetos pessoais", que ele não quis adiantar quais são. " Não me sinto habilitado a falar sobre isso", desconversou, sem revelar, também, quais times seriam os interessados.

Defesa havia apelado de decisão do Tribunal do Júri

A defesa do ex-goleiro havia apresentado apelação à Justiça após a decisão do Tribunal do Júri da Comarca de Contagem, que havia determinado que Bruno cumprisse regime inicial fechado e negado o direito de ele recorrer em liberdade --ao afirmar que estavam presentes os requisitos da prisão preventiva, determinada em 4 de agosto de 2010.

Depois de não ser admitido pelo relator, no STJ (Superior Tribunal de Justiça), o recurso foi apresentado ao STF, onde seria relatado pelo ministro Teori Zavascki. Com a morte de Teori em acidente aéreo, mês passado, a apelação foi redistribuída a outro relator, por determinação da presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia. Com isso, Mello assumiu a relatoria no último dia 13.

Ao Supremo, os advogados do ex-goleiro argumentaram que houve "excesso de prazo da constrição cautelar, uma vez transcorridos mais de 3 anos desde o julgamento, sem análise da apelação" e definiram que isso se tratava de antecipação de pena. Eles ainda observaram "as condições pessoais favoráveis do paciente –primariedade, bons antecedentes, residência fixa e ocupação lícita" e requereram a revogação da prisão.

Preso tem "bons antecedentes", diz ministro do STF

Na decisão divulgada hoje, Mello ponderou que os fundamentos da preventiva "não resistem a exame" e definiu que "o clamor social" é "insuficiente" para respaldá-la.

"Inexiste, no arcabouço normativo, a segregação automática tendo em conta o delito possivelmente cometido, levando à inversão da ordem do processo-crime, que direciona, presente o princípio da não culpabilidade, a apurar-se para, selada a culpa, prender-se, em verdadeira execução da pena. O Juízo, ao negar o direito de recorrer em liberdade, considerou a gravidade concreta da imputação. Reiterados são os pronunciamentos do Supremo sobre a impossibilidade de potencializar-se a infração versada no processo", escreveu Mello, no despacho datado do último dia 21.

"O clamor social surge como elemento neutro, insuficiente a respaldar a preventiva. Por fim, colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas. A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato. A complexidade do processo pode conduzir ao atraso na apreciação da apelação, mas jamais à projeção, no tempo, de custódia que se tem com a natureza de provisória", afirmou.

O ministro do Supremo ainda advertiu que Bruno não pode se ausentar da localidade que definir como residência sem autorização do juízo. Também terá de atender "aos chamamentos judiciais" e "informar eventual transferência e adotar a postura que se aguarda do cidadão integrado à sociedade."

Pena havia sido ampliada pelo STJ

Em 2015, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) havia acatado parcialmente recurso do Ministério Público do Rio de Janeiro e aumentou a pena aplicada ao ex-goleiro Bruno Fernandes pelo sequestro, lesão corporal e constrangimento ilegal de Eliza, sua ex-amante.

Ex-braço-direito de Bruno, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, havia sido condenado apenas pelo cárcere privado. Os crimes, segundo a denúncia do MP, ocorreram no Rio de Janeiro, em 2009, antes de a ex-modelo ser morta, já em Minas Gerais, no ano seguinte.

O STJ havia passado o regime dos dois para o semiaberto e majorou a condenação de Bruno para dois anos e três meses. Já Macarrão viu sua sentença aumentar em mais dois meses. Conforme a assessoria do órgão, a decisão não será somada à condenação que o goleiro e Macarrão cumprem pelo homicídio de Eliza (22 anos de prisão e 15 anos, respectivamente), imposta pela Justiça de Minas Gerais, por se tratarem de processos distintos.Fonte:Veja

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Serrinha:Prefeito Adriano Lima e a secretária Marcele fazem a alegria de centenas de família

A entrega das chaves das 286 casas para as famílias contempladas pelo Programa Habitacional Minha Casa, Minha Vida no residencial Vila Novais, nesta quinta-feira (23), foi carregada de emoção e alegria. Autoridades municipais, representantes do Banco do Brasil (BB) e famílias beneficiadas comungavam do mesmo espírito. Todos estavam satisfeitos e felizes. "Tenho certeza que vamos fazer todas as parcerias possíveis para o benefício da população da nossa cidade", disse o prefeito Adriano Lima.

Em seu discurso, o Prefeito agradeceu a presença de todos e em especial a sua esposa Marcele. “Quero agradecer do fundo do meu coração à minha esposa, Marcele, pela dedicação desses últimos dias, pois só a gente sabe o que temos passado [...]”

Adriano aproveitou o momento para falar um pouco sobre a importância do pagamento antecipado aos servidores públicos municipais: “Acho que em poucas vezes quem trabalha aqui em Serrinha como funcionário público efetivo ou concursado, passou o carnaval recebendo o dinheiro antes do tempo. Mas isso será uma das ações da nossa gestão. Todos os funcionários serão pagos amanhã, e se a gente puder fazer isso no São João, no Natal... vamos fazer, porque vocês é que são, na verdade, as estrelas de todo esse processo que está acontecendo. E nenhum de nós estaria aqui se não fosse por cada um de vocês.”

Além do Prefeito e da Primeira-Dama Marcele Lima, participaram da Cerimônia o Vice-Prefeito, Berg da Aragom; o Deputado Estadual Luciano Simões (PMDB); o Deputado Gika Lopes (PT); o Gerente do Banco do Brasil de Serrinha, Victor Cezar da Silva; a representante da superintendência do BB, Andreia Porfirio Costa; a Gerente de Governo do BB, Carla Santos Cavalcante; o assessor da superintendência estadual do BB, Jarivaldo Bispo dos Santos; o empresário Vardinho Serra e Gabriel Nunes, Superintendente de Habitação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia – SEDUR –representando o Governo do Estado.

A Câmara Municipal de Serrinha foi representada, na Cerimônia, pelos vereadores Alex da Saúde, Rege de Vila de Fátima, Edylene Ferreira, Flávio Ferreira, Deca da Bela Vista e do Presidente da Câmara, Rogério da Cerâmica.

Na oportunidade, foi sorteada uma casa mobiliada, prêmio conseguido pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Serrinha, tendo como contemplada, a dona de casa Gleidma Carneiro Brito de Jesus.
“Meu Deus, até agora estou sem acreditar, não tenho palavras para descrever tamanha felicidade. Quero agradecer em primeiro lugar a Deus, e depois ao Prefeito Adriano Lima e a sua esposa Marcele por esse momento de extrema felicidade”, disse dona Gleidma. Fonte:Marcos Rodrigues-SECOMS.

Serrinha:CAPS realiza baile de carnaval para pacientes

Com o apoio da Prefeitura de Serrinha, CAPS realiza baile de carnaval para pacientes
Ao som de músicas carnavalescas, pacientes atendidos nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) II e III, em Serrinha, puderam se divertir em bailes preparados exclusivamente para eles. A quarta-feira (22) foi de confete e serpentina com cores que deram o tom das festas.

Segundo a coordenadora do Caps II, a psicóloga Adelaide Aparecida Santiago Castro, esta é uma oportunidade de promover a sociabilização e interação entre os usuários, “Há gente dançando aqui, no meio de todos e que, no dia a dia, prefere o isolamento. É um progresso e tanto”.

Já a coordenadora do CAPS III, Virginia Carneiro, disse que “este é um momento muito especial, poder proporcionar umas horas de alegria para essas pessoas. A Prefeitura de Serrinha e todos os envolvidos estão de parabéns.”

O CAPS II fica localizado na rua Juazeiro, 130, bairro Colina das Mangueiras. O CAPS III, está situado às margens da BA-409, sentido Serrinha / Coité.Fonte:ASCOM/PMS(Marcos Rodrigues)

Serrinha:Diretor de Esportes de Serrinha recebe visita da vigilância sanitária

Na tarde de hoje recebi no estádio municipal a visita do diretor da vigilância sanitária de Serrinha Vereador Lailson Cunha onde nós entregou o resultado das análises feitas com a água do poço do referido local para nossa surpresa o resultado foi satisfatório é o governo municipal afirmando o compromisso com o progresso.Texto:Zé Trabuco

ACM Neto termina noivado a poucos dias do Carnaval, mas diz estar ‘comportado’

O prefeito ACM Neto confirmou, na coletiva desta quinta-feira (23) que está “solteiro, mas comportado”. Fontes próximas do Bahia Notícias relatam que o prefeito e Tatá Canhedo terminaram o relacionamento uma semana antes do Carnaval. O casal celebrou o noivado em maio do ano passado e iria consolidar o relacionamento matrimonial logo após a folia de Momo.Fonte:Bahia Noticias

Roberto Jefferson “Lula quer ser preso”

Depois de uma temporada preso e uma luta feroz contra um câncer no pâncreas, o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) prepara o retorno à cena política. Decidiu disputar uma vaga na Câmara dos Deputados no ano que vem - resta saber se pelo Rio de Janeiro, seu estado de origem, ou São Paulo. Condenado por corrupção no mensalão, ele aguarda apenas a decisão da sua filha, a deputada Cristiane Brasil, que estuda se candidatar ao Palácio Guanabara. Aos 63 anos, Jefferson recebeu VEJA para uma conversa em seu escritório no Rio: opinou sobre a operação Lava-Jato, desafiou Lula a ser candidato em 2018 e admitiu que o bloco do Centrão usou métodos ilegais para derrubar o PT do poder.

Depois de cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro, o senhor anunciou que pretende voltar a se candidatar em 2018. Por que? Estou dentro da faixa etária que não deve se aposentar segundo a reforma da previdência. Falando sério, acho cedo para me recolher em casa, tenho muito a dar ainda. Minha carreira foi abruptamente interrompida no passado. Já tive a sentença do Joaquim Barbosa no processo do mensalão. Agora quero saber a avaliação do povo. Esta sim, soberana, muito acima da dele.

Acha que Lula também tentará voltar a disputar eleições? Torço para que tente de novo o Planalto. Esta sim será a grande sentença moral que ele irá receber: a derrota nas urnas. Vai valer muito mais do que um mandado de prisão expedido pelo Moro. Contra uma decisão judicial, Lula poderá sempre dizer que é vítima. A cara de pau para inventar discursos é imensa. Já ouvi recentemente que o Moro estava trabalhando para a CIA e que a Dona Marisa foi assassinada.

Não considera que ele pode ser preso antes da campanha? No fundo, é o que ele quer. Lula deseja ser preso para poder ter o discurso de que foi perseguido pela caneta togada do Moro. Ao contrário de 2005, no auge do mensalão, desta vez acho certa a tese do FHC. É importante deixá-lo sangrar até a eleição. Se Lula for preso, vai ter romaria com bandeira de foice e martelo todo dia na porta da penitenciária em Curitiba.

Na época do mensalão, o senhor dizia que Lula era inocente... É verdade. Na CPI, falei: “Sai daí Zé, antes que faça culpado um homem inocente”. Hoje é diferente, são muitas as evidências: apartamento no Guarujá, sítio em Atibaia e o enriquecimento dos filhos. Mesmo assim, o Moro precisa ser inteligente e não prendê-lo. Lula precisa ouvir um basta da sociedade.

O que o senhor vai dizer para o eleitor quando for cobrado pelo envolvimento no mensalão? Vou perguntar se as pessoas acharam justa a sentença. Também quero saber se consideram que tive alguma importância na transformação que está ocorrendo no país. Fiz uma luta solitária no momento mais forte do PT no poder.

Então considerou injusta a sua condenação pedida pelo ex-ministro Joaquim Barbosa no processo do mensalão? Sim, ele exagerou. Uma coisa é o delito eleitoral, que eu sabia que tinha cometido. Outra é a corrupção. Encarei com serenidade aquela conduta histriônica do Joaquim Barbosa. Ele jogou para a plateia, só não esperava que anos depois apareceria o Sérgio Moro. Sem televisão ao vivo, um juiz de vara de primeira instância se tornou muito maior do que ele. Fico satisfeito de ver que o Joaquim Barbosa não passou para a história como o maior magistrado do país.

Essa tese de separar caixa dois e corrupção não é uma conversa conveniente para políticos apavorados com a delação da Odebrecht que vem por aí? Acho que tem que haver a separação do joio do trigo. Uma coisa é quem recebeu dinheiro por corrupção para facilitar negócio para empreiteira. Outra, o financiamento eleitoral. Não se pode chamar caixa dois de corrupção.

Mas essa não é uma linha muito tênue? Não. Caixa dois houve no Brasil o tempo todo, as empresas não participavam de campanha de outra forma. Elas sempre queriam dar 10% por dentro e 90%, por fora. Ninguém queria ficar exposto e aparecer em prestações de contas bancando um candidato que depois poderia perder a eleição.

Foi este o seu caso? Sim. Recebi 4 milhões de reais em caixa dois na eleição de 2004 em um grande acordo com o PT. Tudo entregue na sede do PTB pelo Marcos Valério em malas de dinheiro. Comprometi-me a não lançar candidato no Rio de Janeiro e São Paulo. Agora isso virar corrupção ativa?

E não é? Não. Corrupção é quando existe algum ato do executivo envolvido. Quando um agente público faz ou deixa de fazer algo na administração que lesa a sociedade. Eu não tinha como saber naquela época de onde o dinheiro vinha.

O eleitor está do seu lado nesta tese? Claro. Do taxista à caixa do supermercado, todos me cumprimentam hoje em dia. Recentemente, fui almoçar com a minha mulher em um restaurante em Copacabana e fui aplaudido de pé. Muitos dizem: “Obrigado por derrubar o José Dirceu, senão teríamos virado uma Venezuela”.

Até onde vai a operação Lava-Jato? Para o bem dela, acho que está na hora de parar de inventar. É hora de fechar o pacote, senão vira uma guerra napoleônica. Chega de aceitar novas delações. O país tem que andar para frente.

“É hora da Lava-Jato parar de inventar. Senão vira uma guerra napoleônica”

Qual a diferença entre a Lava-Jato e o mensalão? O mensalão era mais genérico e não tinha provas tão densas. Contas no exterior foram rastreadas com valores monstruosos. Ajudou também o fato de um monte de madame usar cartão de crédito para comprar roupa de grife.

A Lava-Jato desvendou um esquema de recursos montado por PT e PMDB. Não é contraditório você e seu partido baterem apenas nos petistas? Não. O governo Temer não está envolvido na Lava-Jato. Por enquanto só há fumaça contra os integrantes do governo, mas não há fogo.

Temer não está tentando proteger seu governo com a indicação de Alexandre de Moraes para o Supremo? Não há blindagem neste tipo de escolha. Por exemplo: quando o Lula nomeou o Joaquim Barbosa naquela cota para negros que ele criou no Supremo, jamais se imaginou que ele condenaria petistas. Os ministros Luiz Fux e Dias Toffoli também agiram com independência mesmo depois de indicados pelo PT. Tenho certeza que Alexandre de Moraes seguirá pelo mesmo caminho. Ele é um profissional extremamente qualificado. Não tentará agradecer a indicação dando canetadas contra evidências em processos.


Roberto Jefferson canta 'O que tinha que ser', de Tom Jobim. O hobbie se tornou uma terapia

O seu partido, o PTB, participa do Centrão desde os tempos de Eduardo Cunha. Vocês continuarão no grupo? Não, chegou a hora de passar uma borracha nisso. Aquilo foi um grupo montado para derrubar a Dilma Rousseff usando os métodos de guerrilha das FARCs: vendendo entorpecente, sequestrando e extorquindo. O mesmo jogo que o PT sempre praticou.

E por que a maioria do sistema político se aliou a estas FARCs durante o impeachment? Porque eles eram um mal menor ao país. O mal maior era o PT continuar no comando do Palácio do Planalto. Usaram instrumentos legais e ilegais? Sim, usaram. Mas chegou a hora de celebrar a paz como na Colômbia. Tem que desarmar todo mundo.

Qual o candidato favorito a vencer a eleição presidencial de 2018? Geraldo Alckmin. Faz um governo muito sério em São Paulo e emplacou o João Dória no primeiro turno.

Mas como fica o Aécio, atual presidente do PSDB? Este é um grande amigo. No período em que estive preso, sempre me enviou uma palavra de solidariedade através da minha filha. O problema é que ele perdeu as duas últimas eleições em Minas Gerais.

E o Serra, que agora deixou o governo? É um grande pensador, mas se afastou da gestão diária de um orçamento. O grande executivo tucano é o Geraldo.

Marina Silva tem chance em 2018? Não acho. O partido da Marina é um puxadinho do PT. Ela faz aquela pose de Madre Teresa de Calcutá, mas foi ministra desse governo petista que não teve ética alguma. Também não ficou sabendo de nada?

“O Centrão atuou como as FARcs para derrubar a Dilma Rousseff. Extorquindo, sequestrando, o mesmo jogo que o PT sempre praticou”

E a febre Bolsonaro? Este terá um grande desempenho. Pode chegar a mais de 20% dos votos. Sozinho e em um partido nanico, está fazendo um marketing impressionante na internet. É uma espécie de Trump brasileiro, representando a antítese da nova ordem mundial globalizante. Vai dar trabalho.

No Twitter, o senhor tem se caracterizado por algumas posições semelhantes as do Bolsonaro. Depois de um período aliado ao PT, é neste espectro político que o senhor se sente mais à vontade? Nunca fui de esquerda. Perdi por 32 a 1 na executiva nacional do PTB a votação que tratava desta aliança. Estava claro que não dava para misturar água com azeite. Foi um grave equívoco apoiar o governo Lula em 2003. O PT fez um projeto de poder populista. Queriam se perpetuar no poder de qualquer jeito.

O PT acabou? De jeito nenhum e nem desejo isso. O PT tem um papel importante. São melhores na oposição do que governando.

O que dizer sobre a descoberta de que Sérgio Cabral mantinha contas no exterior com saldo de 100 milhões de dólares? Nunca imaginei um esquema tão grande. Sinto muito pelo pai e pelos filhos dele. O que pesou para Cabral foi a sua falta de liturgia no exercício de um cargo público. Expôs-se demais em festas. Colocou guardanapo na cabeça para dançar em restaurantes. Isso demoliu o patrimônio moral dele.

Depois do seu período no cárcere, que tipo de conselho o senhor daria para o presidiário Cabral? Ele tem que se reaproximar de Deus. É importante se reconciliar com valores religiosos e morais para que possa pacificar o seu coração. Cabral precisa admitir seus erros e pedir perdão para Deus e toda a sociedade. E vai ter que se preparar psicologicamente: pelo caminho que as coisas vão, a sentença judicial será muito dura contra ele.

O que mais chamou a sua atenção na cadeia? Vi muitas coisas lá dentro. Eu que sou católico, aprendi a respeitar o trabalho feito pela igreja Universal. Também vi o PSOL trabalhando a favor de marginais sempre com o discurso safado de que a culpa de existir um estuprador ou homicida é da sociedade.

O que o senhor fazia para passar o tempo? Lia livros e assistia TV. Vi o Brasil perder de 7 a 1 para a Alemanha na cela. Certa vez, acharam que eu ia me matar com extensores, mas estava apenas me preparando para malhar. O banho frio, o boi (buraco no chão que serve como vaso), nada disso me afetou. O mais difícil mesmo foi ficar isolado do mundo e longe da família por longos 14 meses.Fonte:Veja

Foto Marcos Michael

Um a cada três presos no Brasil nunca foi submetido a julgamento

Um a cada três presos nas penitenciárias brasileiras ainda não foi submetido a julgamento, segundo números atualizados divulgados nesta quinta-feira pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que mostra ainda que detentos com esse perfil podem ficar quase mil dias encarcerados à espera de ser ouvido por um juiz.

Segundo a nova atualização, feita a pedido da ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), após a crise envolvendo o sistema no início do ano, o país tem hoje 654.372 presos, sendo que 221.054 (34%) deles são provisórios. O percentual de presos provisórios no total da população carcerária, no entanto, já foi maior – em 2014, quando foi feito o levantamento anterior, ele era de 37%. Os números deste ano, no entanto, ainda podem mudar, porque dois estados, Mato Grosso do Sul e Tocantins, não enviaram as informações pedidas pelo CNJ.

Ainda de acordo com o novo estudo, detentos provisórios ficam encarcerados por tempo que varia de 172 dias a 974 dias, dependendo do estado onde se encontra preso. No Sergipe, por exemplo, o número de presos sem condenação representa 82% do total. Em janeiro, após a explosão da crise de superlotação nos presídios do Amazonas e do Rio Grande do Norte, Cármen Lúcia pediu que os tribunais adotassem medidas para acelerar o julgamento de presos provisórios.Fonte:Veja

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

SERRINHA:PREFEITURA MUNICIPAL INFORMA


Prefeitura de Serrinha comunica pagamento do Garantia-Safra:

Uma dívida que devia ter sido quitada no apagar das luzes de 2016 pela gestão passada, a Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria Municipal da Fazenda e Planejamento correu atrás e colocou em dia.

Atrasado durante seis meses, o pagamento do Seguro-Safra, referente à safra de 2015/2016, no valor de R$ 39.423,00 foi realizado na última sexta-feira (10), beneficiando 1.573 famílias.

O Garantia-Safra, é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), criado em 2002, a partir da lei nº 10.420, de 10 de abril de 2002 e está vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Esse benefício social garante ao agricultor familiar o recebimento de um auxílio financeiro, por tempo determinado, caso perca sua safra em razão do fenômeno da estiagem ou do excesso hídrico.
Para saber mais sobre o auxílio, visite o site: http://www.mda.gov.br

Prefeitura de Serrinha entrega kits de jogos e materiais esportivos
A Prefeitura de Serrinha, através da Diretoria geral de esportes do município, com o objetivo de proporcionar mais lazer ao desportista serrinhense, realizou a compra de vários materiais esportivos a exemplo de bolas, tênis, meiões, shorts, camisas, coletes, dentre outros itens que serão utilizados por atletas serrinhenses que farão parte da seleção de Serrinha que disputará o campeonato Intermunicipal de futebol amador , que acontecerá em Santa Barbara, tendo início dia 4 de março, e contará com 16 clubes, que estarão divididos em quatro chaves, classificando-se dois de cada grupo para a próxima fase.

Segundo o Diretor de esportes, o Ex-vereador José Trabuco, ”Existe um interesse muito grande do Prefeito Adriano Lima no tocante ao investimento ao esporte, da mesma forma, outras modalidades esportivas receberão total apoio em suas respectivas competições”.
A seleção de Serrinha enfrentará Candeal pela primeira rodada do certame que acontecerá no dia 04 na cidade de Santa Bárbara.Fonte:Marcos Rodrigues/ASCOM

Vereadora Edylene Ferreira quer revogação da zona azul

Na sessão da câmara , o debate esquentou sobre a revogação da lei da zona azul!!FIZ UM REQUERIMENTO PARA A MESA DIRETORA DESARQUIVAR A LEI DA MINHA AUTORIA,AMPLIARMOS O DEBATE COM O CDL, SECRETÁRIO DE INDÚSTRIA E COMÉRCIO A SOCIEDADE CIvil para Analisarmos qual foi o benefício ?!!! Mesmo pq a empresa fica com 80% das taxas cobradas!Texto:Vereadora Edylene Ferreira

BERG DA ARAGOM:"Ela precisa de uma cadeira de rodas adaptada"

Na tarde desta terça-feira (21), eu, não o vice-prefeito do município de Serrinha, Adalberto Dultra Rocha, mas o pai, filho, amigo, irmão “Berg da Aragom” estive no Residencial Recanto das Flores, no Bairro do Cruzeiro visitando a residência da dona Ivonice Mota.

Fiquei muito comovido com a situação desta batalhadora, que há quase 19 anos luta para cuidar da sua filha, Juliane Maria Oliveira Pereira, 18 anos, que desde bebê sofre de paralisia cerebral.

Dona Ivonice relatou que Juliane quando nasceu poucos dias depois teve icterícia por causa da incompatibilidade sanguínea e passou por um tratamento, mas não resolveu o problema e teve que fazer transfusão de sangue e por este motivo teve a paralisia.

Ela me contou que há mais ou menos 10 anos seu marido morreu vitima de câncer e ela teve que assumir tudo sozinha. Como só tem a Juliane de filha, não pode trabalhar fora e tem que se dedicar, única e exclusivamente, à sua filha.

Por isso gravei este vídeo fazendo um apelo para que todos possam ajudar a esta mãe que dedica a sua vida para sua filha e a trata com tanto carinho.

Ela precisa de uma cadeira de rodas adaptada, fraldas geriátricas, alimentos e outras doações necessárias para o sustendo de uma casa e de uma pessoa especial.

Além destas doações, as pessoas também podem contribuir com dinheiro. Os depósitos podem ser feitos na Conta Poupança da Caixa Econômica Federal de Serrinha-Bahia:

Nome da titular da conta: Ivonice da Mota Oliveira (mãe de Juliane)
Conta Poupança: 27217-7
Agência: 0077
Operação: 013
Para qualquer outro tipo de apoio entre em contato com o telefone: (75) 99175-3846

GIKA LOPES É RECONDUZIDO A COORDENADOR DA SUBCOMISSÃO DE AGRICULTURA FAMILIAR

O Deputado Gika Lopes solicitou do conjunto da comissão de agricultura e política rural, na qual é membro titular, a continuidade da subcomissão de Agricultura familiar, na Assembleia Legislativa, o parlamentar justificou que agricultura familiar tem se consolidado como um poderoso instrumento de combate à fome e fomento à renda e empregabilidade de um grande números de famílias baianas.

A Subcomissão foi criada em 2015 por iniciativa do deputado Gika, que na manhã desta terça-feira (21), defendeu a continuidade da subcomissão para reforçar a atuação de políticas em defesa dos agricultores familiares, ainda, Gika ressalta que a subcomissão “atua de forma conjunta e pautada sobre as ações da Secretaria de Desenvolvimento Rural, sempre debatendo e colhendo dos agricultores familiares, demandas, estratégias e experiências que venham a fortalecer esse seguimento”.

APROVAÇÃO

A comissão recebeu a solicitação do Deputado Gika, na qual em tempo foi aprovada pela maioria, e definiu o próprio deputado para continuar como coordenador da subcomissão, além dele, a Dep. Neusa Cadore, o Dep. Fábio Souto e o Dep. Pedro Tavares ficaram como membros.

OUTROS DEBATES

A Comissão tratou debateu o aumento da tarifa da GTA – Guia de Transporte Animal, que tem ajuste previsto para o próximo dia 28, passando de R$ 2,20 para R$ 4,00, os deputados da comissão, ressaltaram que é de suma importância a discussão junto com os criadores, entidades representativas e governo do Estado, e solicitarão via ofício, a prorrogação do prazo do ajuste da tarifa, para discutir, avaliar e acordar a melhor maneira e a melhor tarifa a ser cobrada.

Também foi levantado como pauta o debate sobre o balcão de milho da CONAB, que subsidia a compra para os pequenos agricultores, beneficiando diretamente e garantindo a manutenção das atividades do pequeno criador/produtor rural.

Câmara aprova tornar crime envio de conteúdo íntimo sem autorização

A Câmara aprovou nesta terça-feira (21) um projeto que criminaliza o envio de conteúdo íntimo da mulher sem o seu consentimento. O texto de autoria do deputado João Arruda (PMDB-PR) modifica a Lei Maria da Penha e abrange imagens, informações, dados pessoais, vídeos, áudios, montagens ou fotocomposições "obtidos no âmbito de relações domésticas, de coabitação ou de hospitalidade". Atualmente, crimes semelhantes são enquadrados como crime de injúria ou difamação. Caso a proposta também seja aprovada no Senado e sancionada pelo presidente Michel Temer, o ato vai se tornar um crime específico.

Câmara retira exigência de rádios e TVs manterem idoneidade por concessões

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira a medida provisória (MP) 747/2016, que trata da renovação das concessões e permissões do setor de radiodifusão. A proposta ainda precisa passar pelo Senado até 12 de março, quando perde a validade.Na votação da MP, deputados retiraram, de lei que tratava sobre o tema, trecho que previa que concessionários só poderão renovar os prazos de concessão, permissão e autorização se tiverem cumprido todas as "obrigações legais e contratuais, mantido a mesma idoneidade técnica, financeira e moral, e atendido o interesse público". A MP aprovada manteve os prazos de concessão, permissão e autorização em 10 anos para rádios e 15 anos para TVs.

O novo texto diz que os prazos poderão ser renovados por períodos sucessivos e iguais, mas não prevê mais como requisito para renovação que concessionárias cumpram obrigações legais e mantenham idoneidade técnica, financeira e moral. A MP aprovada prevê que as entidades que quiserem renovar suas concessões, permissões e autorizações de radiodifusão devem enviar pedido ao governo durante os 12 meses anteriores ao término do prazo da outorga.

 Até então, a legislação vigente permitia que a solicitação fosse feita apenas entre seis e três meses antes do fim do contrato. A MP também permite que entidades que não solicitaram a renovação dentro do prazo legal e que "tenham tido outorgas declaradas peremptas" (extintas) possam regularizar sua situação. Aquelas que não apresentaram pedido dentro do prazo legal serão notificadas pelo governo para que possam se manifestar. Caso o pedido de renovação tenha sido feito, mas a União não tenha tomado uma decisão sobre o caso, será possível manter os serviços de radiodifusão em caráter precário.

Também será possível transferir a outorga nessa situação precária, desde que atendidos os requisitos legais e regulamentares. A proposta atende a uma demanda do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que alegou ter dificuldades de cumprir o prazo de análise das outorgas devido à alta demanda de entidades que perderam o prazo legal para protocolar seus pedidos. Durante a tramitação, a MP recebeu 41 emendas. Relator da proposta na comissão mista que analisou a matéria, o deputado Nilson Leitão (PSDB-MT) acolheu integralmente duas emendas parlamentares, e uma parcialmente. A principal alteração foi a que estende o mesmo benefício às rádios comunitárias.

O deputado também incluiu emenda que permite às empresas que já efetuaram transferência indireta sem anuência prévia da União regularizarem sua situação. Basta comunicar ao Poder Executivo em até 60 dias após a publicação da leiiMP dividiu os deputados em plenário. Parte da oposição afirmou que a proposta concede uma anistia a quem não cumpriu com as obrigações legais e deixa de prever licitação para concessionários que já estão com as concessões vencidas.Fonte:Estadão

Expectativa de vida chegará a 90 anos para mulheres em 2030

A expectativa de vida continuará aumentando nos países desenvolvidos e alcançará os 90 anos em 2030 para as mulheres de países como Coreia do Sul, França e Espanha — revela um estudo publicado nesta quarta-feira. “Até pouco tempo atrás, muitos cientistas pensavam que a expectativa de vida nunca ultrapassaria os 90 anos”, lembrou o professor Majid Ezzati, autor principal do estudo publicado na revista médica britânica The Lancet.

Após combinar 21 modelos matemáticos para prever a evolução da expectativa de vida em 35 países desenvolvidos, os pesquisadores chegaram à conclusão de que as mulheres sul-coreanas são suscetíveis de superar os 90 anos até 2030. A expectativa de vida de uma sul-coreana ao nascer em 2030 será de 90,8 anos, enquanto que a das espanholas será de 88,07 anos, a das francesas, 88,6 anos, e a das japonesas, 88,4 anos.

A expectativa de vida também evoluirá para os homens, e a diferença em relação às mulheres (que são mais longevas) tenderá a se reduzir em 2030, exceto no México, onde aumentará ligeiramente, e no Chile, França e Grécia, onde ambos os sexos avançarão de forma similar. Os homens sul-coreanos terão uma esperança de vida de 84,1 anos, à frente de australianos e suíços, ambos com uma expectativa de 84 anos, enquanto a dos espanhóis será de 83,4 anos.

Segundo as últimas estatísticas da Organização Mundial de Saúde (OMS), publicadas no ano passado, os três países com maior expectativa de vida para as mulheres em 2015 eram Japão (86,8 anos), Singapura (86,1 anos) e Espanha (85,5 anos). No caso dos homens, eram Suíça (81,3 anos), Islândia (81,2) e Austrália (80,9).

Maior melhora — A expectativa de vida vai melhorar claramente na Coreia do Sul, com uma alta de 6,6 anos para as mulheres, e de sete anos, para os homens entre 2010 e 2030. Esse país melhorou o acesso aos cuidados médicos e vem promovendo uma alimentação saudável entre crianças e adolescentes. Além disso, tem taxas de obesidade e de tabagismo entre as mulheres inferiores às da maioria dos países analisados, de acordo com os pesquisadores.

Pouca mudança nos Estados Unidos — O estudo também revela que a situação não mudará significativamente até 2030 nos Estados Unidos, onde a expectativa de vida já é inferior à da maioria dos países desenvolvidos. A expectativa de vida para as mulheres americanas passará de 81,2 anos, em 2010, para 83,3 anos, em 2030, e de 76,5 para 79,5 anos para os homens.

Para explicar essa situação, os pesquisadores destacam as desigualdades persistentes, a ausência de um sistema de saúde universal e as altas taxas de mortalidade infantil e materna, assim como de homicídios e de obesidade. A progressão no México será similar à dos Estados Unidos. Para as mulheres, a expectativa de vida passará de 78,9 para 82,9 anos entre 2010 e 2030. No caso dos homens, pulará de 73,1 para 76,1 anos.

No Chile, a expectativa de vida das mulheres passará de 82,9 para 86,8 anos, e a dos homens, de 76,7 para 80,7. O estudo também revelou que, em geral, os homens melhoraram seu estilo de vida. Antes “fumavam e bebiam mais e eram vítimas de acidentes e homicídios com mais frequência”, disse Ezzati, do Imperial College de Londres, para explicar a progressão da expectativa de vida masculina.

(Com agência France-Presse)

FGTS: Passo-a-passo ensina a consultar saldo da conta inativa

O anúncio da liberação do saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) provocou um aumento na consulta do saldo depositado. O problema é que muitos trabalhadores não possuem as informações necessárias para fazer a busca pela internet.

A primeira coisa que é preciso saber é o número do PIS, que costuma estar anotado na carteira de trabalho e no Cartão do Cidadão. Também é possível verificar o número no site da Previdência (saiba como).

De posse do número do PIS, a consulta do saldo da conta do FGTS pode ser feita na página da Caixa, nas agências, pelo aplicativo no celular ou internet banking _opção válida para correntistas da Caixa.

Além de informar o PIS e a data de nascimento, o site vai pedir uma senha de autenticação para liberar a consulta ao saldo. Essa senha é a mesma do Cartão do Cidadão. Quem não tem essa senha precisa cadastrar uma na página de consulta do extrato do FGTS.

Quem esquece a senha e faz três tentativas incorretas corre o risco de bloquear o número. Se isso acontecer, há a possibilidade de cadastrar uma nova, desde que informando dados adicionais, como nome da mãe e número do título de eleitor. Com a nova senha é possível fazer a consulta no site da Caixa

O pagamento das contas inativas começa em 10 de março para nascidos em janeiro e fevereiro. O pagamento prossegue até 31 de julho. Pelas estimativas da Caixa, 30,2 milhões de trabalhadores têm direito de sacar 43,6 bilhões de reais de 49,6 milhões de contas inativas.

Podem ser sacadas as contas de FGTS que deixaram de receber depósitos a partir de 31 de dezembro de 2015 de trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa. Fora dessa regra, prevista na MP 763/2016, o saldo das contas inativas só pode ser sacado em ocasiões especiais, como compra da casa própria ou aposentadoria.

De 14 a 20 deste mês, as agências da Caixa fizeram 2,08 milhões de atendimento relativos ao saque das contas inativas do FGTS. Antes da divulgação do calendário de pagamento das contas inativas, a média de atendimento nas agências da Caixa era de 86 mil pessoas por dia.

No mesmo período, o telefone de informações do FGTS fez 2,34 milhões de atendimento. Já o site recebeu 87,3 milhões de acessos.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

DEPUTADO GIKA LOPES SOLICITA IMPLANTAÇÃO DE ESCOLA PÚBLICA DE TRÂNSITO EM SERRINHA E UMA RETRAN PARA ARACI

Com o objetivo de oportunizar às pessoas de baixa renda o acesso à primeira habilitação, bem como desenvolver cursos de capacitação, reciclagens, aperfeiçoamento e especialização de profissionais na área de trânsito, o deputado Gika Lopes indicou a implantação de uma Escola Pública de Trânsito (EPTRAN), em reunião com o diretor geral do Detran, Lúcio Gomes, na tarde desta segunda-feira (20).

O parlamentar solicitou a implantação da Escola no município de Serrinha, sede da 29ª Circunscrição Regional de Trânsito (CIRETRAN), para Gika Lopes “essa é uma grande oportunidade de oferecer as pessoas que não tem condições financeiras de tirar sua primeira habilitação, a gente sabe que muitas pessoas são prejudicas no mercado de trabalho, é muito comum encontrar ofertas de emprego onde a empresa já busca candidatos com CNH, assim, quem já é habilitado acaba tendo mais vantagem sobre quem ainda não tirou sua primeira habilitação” ressalta o deputado.

Gika Lopes também citou a segurança no trânsito como um dos principais fatores para a regionalização da EPTRAN, “a gente vê muitas pessoas conduzindo veículos sem habilitação, muitos jovens principalmente de motos que não passaram por uma autoescola, que é a única oportunidade que temos de aprender a ter educação no trânsito”, afirmou.

RETRAN ARACI

O deputado Gika Lopes também cobrou a implantação de uma Regional de Trânsito (Retran) para o município de Araci, tendo em vista, os permanentes apelos e reclamações da população que, constantemente, precisa se deslocar para a Ciretran mais próxima, no município de Serrinha, para fazer serviços como vistorias, agendamentos, inspeção, emplacamentos, licenciamentos e outros serviços relacionados aos seus veículos.

Vereador apresenta projeto de lei para batizar via expressa com o nome de Mário Sérgio

A Via Expressa Barradão, que ligará a Avenida Paralela ao Estádio Manoel Barradas, poderá ser batizada com o nome do ex-jogador Mário Sérgio, que se tornou ídolo do Vitória após uma passagem marcante pelo time Rubro-negro na década de 1970. Ele encerrou a carreira de atleta  em 1987, no arquirrival Bahia.

Logo depois de pendurar as chuteiras, Mário retornou ao Rubro-negro baiano para ser treinador. Em 2001, Vesgo, como era conhecido, voltou a comandar o Leão. Ele faleceu no trágico acidente envolvendo a delegação da Chapecoense em novembro do ano passado.

O projeto de lei é de autoria do vereador Paulo Magalhães Júnior (PV). “Mário Sérgio era um jogador reconhecido por sua grande habilidade e criatividade. Não por menos, ganhou o apelido de “Vesgo” pelo fato de olhar para um lado e dar o passe pelo outro.

Tornou-se ídolo do Vitória, defendendo a equipe por quatro anos. No rubro-negro, formou um trio de ataque histórico, junto a André Catimba e Osni, sendo premiado com a Bola de Prata nos Brasileirões de 1973 e 1974. É considerado um dos maiores jogadores da história do clube”, justifica o edil no projeto. A preposição seguirá para discussão no plenário da Câmara Municipal de Salvador. Se aprovada, precisará ser sancionada pelo prefeito ACM Neto (DEM).Fonte:Bahia Noticias

DIS comemora derrota de Neymar e espera prisão: "dinheiro está em 2º plano"

A DIS, grupo de investimentos que tinha 40% dos direitos econômicos de Neymar, comemorou muito a decisão da Justiça Espanhola desta segunda-feira (20), negando recursos de Neymar, seus pais e suas empresas e determinando o julgamento de ação criminal contra o jogador ainda neste ano. De acordo com seus representantes legais, o fundo irá até o fim no processo, e prioriza ver o atleta punido e preso a receber a compensação financeira.

"Nossos clientes estão nessa ação por Justiça, não por dinheiro. A Justiça Penal é prioridade, tem o dinheiro em segundo plano. O que nossos clientes pretendem é ver a justiça realizada. Eles foram enganados, foram vítimas de um negócio fraudulento, que desde o âmbito civil é antiético e imoral. O jogador jogou contra o clube que lhe pagou dez milhões de euros em uma final de Campeonato Mundial, já com esse dinheiro no bolso", afirma Paulo Nasser, advogado que atua em favor da DIS na ação na Espanha, se referindo ao duelo entre Santos e Barcelona, no Japão (vitória dos espanhóis por 4 a 0, em 2011).

Neymar é acusado pela DIS e pelo Ministério Público espanhol de dois delitos: estafa (estelionato) e corrupção entre particulares. Cada um deles prevê pena máxima de quatro anos – tanto a DIS como o MP pedem nos autos a prisão do jogador.

"Para o jogador, o Ministério Público da Espanha e nossos clientes, DIS e FAAP (Federação de Atletas Profissionais), estão de acordo que uma das penas que devem ser aplicadas ao jogador é de prisão. Nós pedimos cinco anos de prisão, o MP da Espanha pede dois anos de prisão. Ainda existe a possibilidade de pena de inabilitação profissional, para que o jogador não possa exercer a profissão durante a condenação. Além disso, que sejam indenizados nosso  clientes em razão dos prejuízos que sofreram", explica Nasser.

Com a decisão desta segunda feira Neymar, seus pais e ex-dirigentes de Santos e Barcelona serão julgados pelos crimes. Não há um prazo definido para julgamento, mas a expectativa é de que ele aconteça ainda neste ano, entre julho e agosto – isso tudo pode mudar dependendo das novas etapas do processo.

O caso é parte de uma queixa do grupo de investimento brasileiro DIS, que era dono de parte dos direitos de transferência de Neymar e diz ter recebido menos dinheiro do que deveria quando Neymar se transferiu do Santos ao Barcelona, em 2013.

Investigações foram realizadas na Espanha e no Brasil sobre se alguma parte da quantia de transferência de Neymar foi ocultada quando ele foi para Barcelona.

Para o tribunal espanhol, os argumentos expostos por Neymar em seu recurso deverão ser esclarecidos no julgamento já que é indiscutível a "assinatura do próprio jogador nos contratos" investigados.

O principal argumento do jogador é que ele se manteve fora do negócio e que, desde o tempo em que era menor até alcançar a maioridade "se dedicou exclusivamente a jogar futebol, depositando a sua confiança absoluta e cega em seu pai, para qualquer outro aspecto".

Os juízes consideraram que o argumento é semelhante ao do também jogador do Barcelona Leonel Messi, em outro processo, recordando que ele foi julgado e condenado a 21 meses de prisão e a pagar 2 milhões de euros por fraude fiscal.

Procurados pela reportagem através de sua assessoria de imprensa, Neymar e seus pais preferiram não se manifestar sobre a decisão e as declarações.

Pílula do dia seguinte deve ser usada com precaução e apenas em situações emergenciais

Em até quanto tempo após o sexo desprotegido a pílula do dia seguinte pode ser tomada? Qual a forma corrreta de usar o medicamento? Há a possibilidade de engravidar mesmo após tomar a pílula? Há contraindicações para seu uso? O medicamento causa efeitos colaterais? São muitas as dúvidas sobre o uso correto desse método, mas o mais importante é a conscientização de que se trata de um medicamento que deve ser usado apenas para anticoncepção de emergência, ou seja, para evitar uma gravidez indesejada após uma relação sexual sem a devida proteção.

"É um método contraceptivo de emergência que deve ser usado o quanto antes e até 72 horas após uma relação sexual desprotegida," esclarece o ginecologista Jorge Valente, diretor médico do do Ceparh (Centro de Pesquisa e Assistência em Reprodução Humana).

O médico adverte que a pílula do dia seguinte não deve ser usada continuamente, pois tem uma dosagem hormonal muito elevada, que pode desencaderar vários efeitos colaterais sérios se usada com frequência, além disso a sua eficácia é menor que a dos métodos contraceptivos tradicionais. A pílula do dia seguinte é indicada para casos emergenciais, quando o ato sexual aconteceu sem o uso de preservartivo ou o mesmo se rompeu ou ainda quando a mulher foi vitíma de violência sexual.

Segundo Jorge Valente, quando usada nas primeiras horas após a relação sexual, a pílula pode evitar a gravidez em cerca de 95% dos casos. "É um método considerado seguro, quando usado de forma adequada", ressalta. Dentre os efeitos comuns, náuseas e vômitos e desregulação da menstruação. A pílula do dia seguinte não deve ser usada por mulheres que sofrem de hipertensão descontrolada, insuficiência hepática ou que possuem histórico de trombose.

Mulheres que têm uma vida sexual regular e desejam evitar filhos devem ser avaliadas por um ginecologista porque há no mercado diversos tipos de métodos contraceptivos e só o médico pode avaliar qual o mais indicado de acordo com o histórico de saúde cada paciente.Fonte:Acorda Cidade

Desaparecimento de menina de 7 anos completa um mês: 'A vida da gente parou, estamos sofrendo', diz mãe

Há um mês, a Polícia Civil de Feira de Santana investiga o desaparecimento da menina de 7 anos Gabrielly Gomes Santana, que sumiu quando estava brincando na porta da casa da avó, numa manhã de sábado, no residencial Solar da Princesa, no bairro Gabriela. A mãe da menina, Jeisa Santana, disse ao Acorda Cidade que desde o desaparecimento, a vida dela não é mais a mesma.

“Até o momento nenhuma notícia. O delegado João Uzzum está bastante empenhado e digo a você que está com minha filha, seja você homem ou mulher, que eu te perdôo em nome do Senhor Jesus. Te peço: traga minha filha de volta. A gente está sofrendo. A vida da gente parou, a gente não quer comer, não dormimos direito. É muita aflição, ela é uma menina tão meiga, tão inocente, um anjo do Senhor. Como um ser humano faz uma coisa dessa? O Deus que eu sirvo me faz ser forte e eu luto pela minha filha e quem pensa que essas informações falsas sobre ela vão me colocar numa cama estão pensando errado, porque Deus tem me colocado de pé e vou contar minha vitória", declarou.

Uma força-tarefa com quatro delegados e vários policiais, investigadores e escrivães, está trabalhando exclusivamente no caso com a participação da Delegacia de Apoio à Pessoa Desaparecida (DAPD). De acordo com o coordenador regional de polícia, delegado João Rodrigo Uzzum, a equipe já foi em várias cidades do estado em busca de informações.

Já esteve em Itaberaba, Alagoinhas, Pintadas, Jacobina e Salvador, entre outras, após receber informações de pessoas afirmando terem visto crianças com fortes semelhanças. Infelizmente nenhuma delas era Gabrielly, mas a equipe continua apurando as informações, ouvindo depoimentos e até mesmo solicitando exames periciais. Um suspeito foi preso por conta de provas iniciais contra ele, mas a polícia chegou à conclusão de que ele não tinha envolvimento com o fato.

O delegado informou que houve uma enxurrada de informações falsas que atrapalharam bastante a investigação, mas também houve informações de pessoas que acreditaram de fato terem visto a menina.

A comunidade se sensibilizou com o que houve e há muitos compartilhamentos nas redes sociais. Alguns motoristas colaram a foto dela em seus veículos e amigos e familiares fazem caminhadas para que o caso não caia no esquecimento das pessoas.

"Todos os esforços possíveis já foram empreendidos. Temos esperança de que ela esteja viva, existe essa possibilidade e estamos trabalhando com ela. Na última sexta-feira fomos até Salvador e ouvimos o depoimento de uma pessoa", informou o delegado.Fonte:Acorda Cidade

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Jovem quer ensinar mulheres a identificar possível contaminação letal com absorventes

Quando a britânica Phoebee Bambury, de 19 anos, começou a apresentar sintomas como febre e dor de cabeça, suspeitou que poderia ser algo mais grave do que um simples resfriado.

E foi sua extrema cautela que salvou sua vida.

A jovem britânica reconheceu sinais da mortal Síndrome do Choque Tóxico (SCT), doença causada por bactérias que invadem o organismo e liberam quantidades letais de toxinas.

O professor que revelou ser gay na frente de mil alunos
Japoneses criam desenhos 'indecifráveis' para explicar normas a turistas; tente desvendá-los
Após o fim do pesadelo, Phoebee vem se dedicando a alertar outros jovens sobre como detectar a enfermidade a tempo.

Absorventes
"A princípio, achei que estava com um mal-estar e que me sentiria assim por alguns dias", diz a jovem em entrevista à BBC.

Mas, em poucas horas, os sintomas mudaram. Além da enxaqueca e da febre, ela começou a ter dores musculares e vômitos.

Por que um país que vive do turismo quer receber menos visitantes
"Você não quer pensar 'estou tendo um choque tóxico', mas suspeitei de que esses eram os sintomas, eu precisava checar isso", acrescenta.

Embora a síndrome possa ser adquirida de várias formas, ela geralmente está associada ao uso de absorventes internos por longos períodos.

É possível encontrar a descrição dos sintomas da doença em algumas embalagens desses produtos.

"Tinha todos os sintomas; por isso, telefonei ao serviço de emergência e me disseram que deveria ir ao hospital imediatamente", relembra Phoebee.

Tratamento imediato
A intoxicação avançou de forma acelerada.

Dez minutos depois de dar entrada no hospital, Phoebee foi posta no soro. A equipe médica também colocou um ventilador do seu lado para reduzir sua temperatura corporal.

Em seguida, seu corpo começou a inchar.

Os médicos confirmaram que o absorvente provocou em Phoebee a Síndrome do Choque Tóxico, embora a jovem reitere que não usou o produto por mais de oito horas seguidas.

Ela conta que estava na casa do namorado quando começou a sentir os primeiros sintomas.

Phoebee garante que, como havia estudado Farmácia, tinha maior familiaridade com as infecções.

"A mãe de um amigo morreu por choque tóxico, por isso sempre fiquei alerta", diz.

Educação sexual
Casos como o de Phoebee são extremamente raros.

No Reino Unido, por exemplo, 40 pessoas são diagnosticadas com SCT por ano. E, em média, apenas duas morrem em consequência da doença.

"Acredito que deveríamos falar mais sobre essa síndrome como parte da educação sexual e das conversas sobre o uso de absorventes e preservativos", destaca a jovem.

Desde que deixou o hospital, há três semanas, Phoebee Bambury vem se dedicando a promover palestras sobre a doença em sua universidade.

"É impossível para muitas mulheres deixar de usar absorventes, por isso elas precisam ter ainda mais cautela", alerta.Fonte:Uol