NOVA RÁDIO CLUBE SERRINHA 24 HORAS NO AR

RADIOS NET:MELHOR PLATAFORMA DE RÁDIOS

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Eles têm na boca uma língua falsa. Portanto, eu golpearei você e o ferirei, Deixando-o devastado por causa dos seus pecados. Você comerá, mas não ficará satisfeito; Haverá um vazio dentro de você. Você tentará colocar seus bens em lugar seguro, mas não conseguirá salvá-los; E o que você conseguir levar, eu entregarei à espada. Você semeará, mas não colherá. Pisará azeitonas, mas não usará o azeite; E pisará uvas, mas não beberá o vinho".Miqueias 6:1-16

terça-feira, 22 de março de 2022

Dança das cadeiras: Rui publica exonerações em secretarias que eram ocupadas pelo PP

 A dança das cadeiras na administração estadual continua. Nesta terça-feira (22) o governador Rui Costa (PT) assinou mais de 70 exonerações em secretarias que eram ocupadas por antigos aliados e pelo Progressistas, partido que integrou a base governista durante 14 anos e rompeu a aliança na última semana. A movimentação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

Entre as pastas em questão, estão a de Desenvolvimento Econômico (SDE), da Infraestrutura Hídrica e Saneamento, a do Planejamento e também a de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri). Na lista, o filho de Jabes Ribeiro, atual secretário-geral do PP, Jabes Souza Ribeiro Júnior foi exonerado do cargo de assessor técnico da Seagri.

Quem também teve a exoneração publicada no DOE foi Marcelo Cajado Sampaio, irmão do deputado federal e presidente do PP, Cláudio Cajado. O familiar do parlamentar deixou o cargo de coordenador Superintendência de Infraestrutura Hídrica, órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento. Marcelo havia assumido o posto no governo de Rui Costa em abril de 2019 (relembre aqui).

Ele é engenheiro civil, e à época, substituiu Jacy Torres da Silva. O deputado Cláudio Cajado era do grupo do então prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), até abril de 2018, mas rompeu após o democrata decidir não ser candidato ao governo da Bahia na eleição daquele ano. Agora, com o desembarque dos Progressistas no grupo de Neto, Cajado volta a se aliar com o ex-prefeito da capital baiana.

No último dia 14 de março, o vice-governador João Leão (PP) entregou a carta de demissão do cargo de secretário estadual de Planejamento ao governador Rui Costa (PT) e foi seguido pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, que ocupava a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o secretário de Recursos Hídricos, Leonardo Góes (leia mais aqui).

Outra pasta que também sofreu mudanças com a publicação desta terça-feira foi a de Administração Penitenciária e Ressocialização, onde o deputado federal Marcelo Nilo (PSB) tinha ampla influência. Em fevereiro, Nestor Duarte Neto, que é aliado de Nilo, entregou o cargo de titular da secretaria após o parlamentar romper com o grupo de Rui Costa.

Nestor foi titular da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização por quase 11 anos, entre maio de 2011 e fevereiro de 2022.