OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Defendam a justiça e a retidão. Livrem das mãos dos exploradores os que estão sendo roubados. Não maltratem nenhum residente estrangeiro, nem prejudiquem nenhum órfão ou viúva". Jeremias 22:1-30

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Policial militar é homenageado em seus 50 anos de ingresso na instituição

 

Aos 72 anos de vida, o 1° Ten PM Américo, popularmente conhecido como "Sargento Laurinho", completou esta semana 50 anos de ingresso na Polícia Militar da Bahia. Nesta sexta-feira (20), a família preparou uma surpresa para ele. Através de um jantar em família, todos puderam demonstrar o grande amor que sentem por seu pai, marido, avô, bisavô, sogro e amigo, que dedica a sua vida à PM e à sua família.

Já são 50 anos de história. Uma história que começou em 1971 e não se encerrou com sua ida para a reserva remunerada e, por isso, faz jus a uma comemoração mais que especial.

Um painel com fotos que rememoram os anos dedicados à PMBA foi confeccionado pelos familiares do "Sargento Laurinho". O Major PM William também participou da solenidade e afirmou: "Eu fiz questão de participar deste momento, porque não é qualquer um que tem o privilégio de fazer 50 anos de história na PM. Também não é todo mundo que tem um amor tão grande pela Corporação como Américo tem. Ele merece todo nosso respeito e consideração".

A Soldada Aline Maria, que faz parte da corporação há treze anos, se emociona muito por vivenciar este momento. “Conviver com alguém como meu pai, que trabalhou por 40 anos no serviço ativo com tanto amor e tem tanta história para contar, é uma honra. Meu pai é meu orgulho, pela força, coragem e homem que é. Eu o conheço enquanto pessoa, enquanto pai, enquanto profissional, e isso faz toda a diferença. Ele é história”, conta a policial, que é filha do Ten Américo.

O Ten Américo ficou muito feliz com a surpresa, tirou fotos e contou várias histórias dos seus 50 anos de PMBA, as quais não caberiam num livro.

História

José Américo de Jesus nasceu em 1948. É filho de Maria Clara de Jesus e Maximiano Pereira. Ainda criança, saiu da zona rural onde vivia com a mãe e seus irmãos a pé, vindo para Serrinha. Passou por uma vida difícil e começou a trabalhar aos 7 anos de idade. Esforçou-se para, com o dinheiro do seu trabalho, comprar os livros para estudar, uma vez que a sua mãe, com 5 filhos para criar, mal tinha o que comer.
Aos 17 anos, após ter sido humilhado por um policial, saiu de Serrinha rumo a Salvador em busca de uma vida melhor. Lá, na primeira chance, ingressou no exército, onde se tornou Cabo. Mas o seu sonho era entrar na Polícia Militar. O que se concretizou em 17 de agosto de 1971. Ele foi Soldado, Cabo, 3°, 2° e primeiro Sargento, chegando ao oficialato em 2006. Por amor à instituição, o já Tenente Américo trabalhou até completar o limite de idade, indo para a reserva remunerada em março de 2009.

Durante o período em que serviu a Corporação, foi comandante do Destacamento de Serrinha, de Santo Amaro, Delegado de Riachão do Jacuípe, Delegado de Retirolândia, além de fazer o que era a sua paixão, trabalhar na área operacional.

Na Polícia Militar da Bahia fez e tem grandes amigos e grande parte da família, dentre os quais estão irmãos, sobrinhos, cunhados, primos e uma filha. Assim, a história dele e de sua família se confundem com a da PM. É uma verdadeira história de amor.