OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Defendam a justiça e a retidão. Livrem das mãos dos exploradores os que estão sendo roubados. Não maltratem nenhum residente estrangeiro, nem prejudiquem nenhum órfão ou viúva". Jeremias 22:1-30

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Boletim da Fiocruz aponta para crescimento de letalidade da Covid no Brasil no mês de abril

A taxa de letalidade entre as pessoas infectadas pela Covid-19 cresceu de 3% no mês de março para 4,4% em abril. O aumento foi identificado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e consta no boletim divulgado nesta quarta-feira (28). Para fim de comparação, a entidade destaca que o indicador estava em torno de 2% no final de 2020.

Os dados que apontaram o aumento foram registrados durante a 15° semana epidemiológica (18 e 24 de abril), mas que já eram observados desde o início do mês, ressalta reportagem do Portal G1. Inclusive, no boletim divulgado em 6 de abril, a taxa já era de 4,2%.

"Este aumento pode ser consequência da falta de capacidade de se diagnosticar correta e oportunamente os casos graves, somado à sobrecarga dos hospitais, que tem dificultado o acesso de pacientes aos cuidados necessários e também comprometido a qualidade do cuidado ofertado", trazem os pesquisadores em um trecho do boletim.

Valer deixar claro que há diferença entre taxa de letalidade e de mortalidade. A primeira se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela, enquanto a segunda diz respeito a quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar.

O número de mortes permaneceu elevado durante o período de observação da Fiocruz. De acordo com o boletim, foram registradas médias diárias de 2,9 mil mortes.