OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Estou para trazer sobre este lugar uma calamidade que fará tinir os ouvidos de quem ouvir falar dela. Farei isso porque eles me abandonaram e tornaram este lugar irreconhecível.Nele estão oferecendo sacrifícios a outros deuses, que nem eles, nem os seus antepassados, nem os reis de Judá conheciam, e encheram este lugar com o sangue dos inocentes. Eles construíram os altos sagrados de Baal para queimar no fogo seus filhos como ofertas a Baal, algo que eu não havia ordenado nem falado e que jamais havia ocorrido no meu coração". Jeremias 19:1-15

terça-feira, 16 de março de 2021

Polícia Civil abre investigação contra homem que divulgou vídeo com ameaça a Lula

Por determinação do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a Polícia Civil do estado abriu uma investigação contra o homem que divulgou um vídeo com ameaças de morte ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A medida foi adotada depois que Doria recebeu uma carta, denunciando o vídeo.

Segundo o G1 SP, o governador telefonou para a presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, para falar sobre o caso.

As imagens em questão foram feitas por um homem e divulgadas em redes sociais. O autor aparece com uma camiseta do Brasil, a bandeira do país enrolada na cintura e uma arma na mão. Ao fazer disparos com o objeto, ele aponta e diz que Lula "vai ter problema".

Diante disso, a polícia instaurou o inquérito. "A condenação da violência política é uma regra imutável da democracia", defendeu Doria.