NOVA RÁDIO CLUBE SERRINHA 24 HORAS NO AR

RADIOS NET:MELHOR PLATAFORMA DE RÁDIOS

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Jeová disse então a Moisés e a Arão: “Se Faraó lhes disser: ‘Façam um milagre’, diga a Arão: ‘Pegue o seu bastão e jogue-o no chão diante de Faraó.’ O bastão se transformará numa cobra grande.”De modo que Moisés e Arão se apresentaram a Faraó e fizeram exatamente como Jeová havia ordenado. Arão jogou seu bastão no chão diante de Faraó e dos servos dele, e o bastão se transformou numa cobra grande. No entanto, Faraó convocou os sábios e os feiticeiros; e os sacerdotes-magos do Egito fizeram a mesma coisa com a sua magia. Cada um deles jogou seu bastão no chão, e eles se transformaram em cobras grandes; mas o bastão de Arão engoliu os bastões deles. Ainda assim, o coração de Faraó ficou endurecido, e ele não os escutou, assim como Jeová havia falado".Êxodo 7:1-25

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Patrimônio do sindicalista Alberto Nery cresceu de R$168 mil para R$963 mil em quatro anos, diz Fernando Torres

 

O patrimônio do presidente do Sindicato dos Rodoviários de Feira de Santana, ex-vereador Alberto Nery, cresceu de R$168 mil, em 2012, antes de iniciar o seu primeiro mandato, para R$963 mil, quatro anos depois (representa mais de 550%). A informação foi levantada pelo vereador Fernando Torres (PSD) junto à declaração patrimonial de Nery, na Receita Federal, e apresentada na Câmara, nesta terça (9).

“Em 2004, este sindicalista não tinha nada, zero. Em 2012, tinha 168 mil reais. Elegeu-se e, depois disso, passou a ter patrimônio de R$963 mil. Com quatro anos ganhando R$11 mil por mês (subsídio líquido de um vereador), aumentou em R$14 mil por mês o seu patrimônio”, observa Fernando, considerando estranha essa evolução. “Não deve ter comido nem bebido.

O valor (do crescimento) é exorbitante em relação às despesas que um cidadão tem para manter a sua família”. O vereador do PSD voltou a propor a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar irregularidades sobre o transporte coletivo para “desvendar o que acontece”. Pediu aos colegas governistas, e também aos vereadores de oposição, que aprovem a futura proposição.Fonte:Acorda Cidade