NOVA RÁDIO CLUBE SERRINHA 24 HORAS NO AR

RADIOS NET:MELHOR PLATAFORMA DE RÁDIOS

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Jeová disse então a Moisés e a Arão: “Se Faraó lhes disser: ‘Façam um milagre’, diga a Arão: ‘Pegue o seu bastão e jogue-o no chão diante de Faraó.’ O bastão se transformará numa cobra grande.”De modo que Moisés e Arão se apresentaram a Faraó e fizeram exatamente como Jeová havia ordenado. Arão jogou seu bastão no chão diante de Faraó e dos servos dele, e o bastão se transformou numa cobra grande. No entanto, Faraó convocou os sábios e os feiticeiros; e os sacerdotes-magos do Egito fizeram a mesma coisa com a sua magia. Cada um deles jogou seu bastão no chão, e eles se transformaram em cobras grandes; mas o bastão de Arão engoliu os bastões deles. Ainda assim, o coração de Faraó ficou endurecido, e ele não os escutou, assim como Jeová havia falado".Êxodo 7:1-25

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Cláudio Prates explica montagem do time de transição do Bahia para o Baiano

 

A equipe de transição do Bahia, comandada por Cláudio Prates, que também é auxiliar técnico do Esquadrão de Aço, está se preparando para o Campeonato Baiano. Em entrevista para o programa BN na Bola, da rádio Salvador FM 92.3, apresentado por Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama, o comandante falou sobre o trabalho de montar a equipe B do Tricolor e explicou a relação de equilíbrio em um time com destaques da base e contrações em potencial.

“Desde o momento que eu abracei esses projetos, foi um pedido do próprio presidente, que eu não deixasse de realizar as minhas funções como auxiliar técnico e, acima de tudo, continuar ajudando o Dado nessa caminhada nessa reta final de Campeonato Brasileiro. E isso é até bacana porque a gente consegue manter um elo entre a transição e o time principal”, comentou Cláudio Prates sobre a dupla função no clube.

O técnico destaca que o fato de poder estar em contato com as duas equipes ajuda com que os atletas do time B possam ser melhores preparados e avaliados para reforçar o principal, ou ainda motivá-los a serem revelações do Bahia.

“Atletas que são usados hoje no principal fizeram parte desse projeto no ano passado, então a gente tem isso também para motivar essa galera que está chegando e principalmente os atletas da base”, explicou.

“Hoje a gente tem um equilíbrio muito grande entre atletas da base e os que estão sendo contratados, ainda vão chegar mais alguns para que a gente consiga novamente montar um elenco competitivo, um time vencedor, capaz de chegar às finais do campeonato para reforçar a camisa do Bahia”, completou Cláudio.

Os jovens jogadores já estão em preparação sob o comando do treinador para estrear no Campeonato Baiano no próximo dia 21. Segundo ele, o trabalho está sendo intenso e o amistoso contra o Jacuipense, marcado para esta quarta-feira (3), será um teste para observar os atletas que irão compor o time ao longo do estadual.

“Até agora, está muito bom trabalho. A gente tem se dedicado muito, o trabalho é força total na equipe principal, mas mesmo assim, a gente não deixou um dia de trabalhar. Estamos fazendo isso em tempo integral: chegamos às sete da manhã e saindo às sete da noite do Clube”, ressaltou o técnico.

Questionado sobre a montagem da equipe de transição com jogadores da base e jogadores contratados, Prates explicou que, para ele, o time precisa de equilíbrio, com experiências de quem vem de fora e potenciais internos que precisam de motivação.Fonte:Bahia Noticias