NOVA RÁDIO CLUBE SERRINHA 24 HORAS NO AR

RADIOS NET:MELHOR PLATAFORMA DE RÁDIOS

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Jeová disse então a Moisés e a Arão: “Se Faraó lhes disser: ‘Façam um milagre’, diga a Arão: ‘Pegue o seu bastão e jogue-o no chão diante de Faraó.’ O bastão se transformará numa cobra grande.”De modo que Moisés e Arão se apresentaram a Faraó e fizeram exatamente como Jeová havia ordenado. Arão jogou seu bastão no chão diante de Faraó e dos servos dele, e o bastão se transformou numa cobra grande. No entanto, Faraó convocou os sábios e os feiticeiros; e os sacerdotes-magos do Egito fizeram a mesma coisa com a sua magia. Cada um deles jogou seu bastão no chão, e eles se transformaram em cobras grandes; mas o bastão de Arão engoliu os bastões deles. Ainda assim, o coração de Faraó ficou endurecido, e ele não os escutou, assim como Jeová havia falado".Êxodo 7:1-25

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Ao renunciar comissão, ministra dá sinais de afastamento do grupo pró-Lava Jato no STF

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF) renunciou à presidência da comissão que analisa mudanças no regimento da Corte. Indicada pelo atual presidente do tribunal, ministro Luiz Fux, ela integraria a comissão ao lado dos ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a atitude foi interpretada como um sinal de afastamento dos ministros alinhados à aplicação de penas mais duras, quase sempre endossando atos da Operação Lava Jato. Antes disso, nesta semana, ela já havia causado surpresa ao votar a favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo em que ele pedia acesso às mensagens trocadas entre o ex-juiz Sergio Moro e procuradores da Lava Jato.

Mas apesar dessa interpretação, o motivo apresentado por Cármen Lúcia foi já estar na Comissão de Veneza, que discute questões constitucionais no âmbito da Europa. Isso gerou estranheza porque esse grupo se reúne apenas quatro vezes por ano.