OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Este povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios,mas o seu coração está muito longe de mim;E a adoração que me prestam se baseia em regras de homens, que lhes foram ensinadas.Por isso, mais uma vez farei coisas espantosas com este povo,uma coisa espantosa após outra;A sabedoria dos seus sábios acabará,e o entendimento dos seus homens sensatos se esconderá". Isaías 29:1-24

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Confederação dos municípios pede compra de vacinas e manutenção de auxílio

Aquisição imediata de todas vacinas, manutenção do auxílio emergencial e parcelamento das dívidas da previdência são questões levantadas em carta aberta da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e das 27 entidades estaduais, entre elas a União dos Municípios da Bahia (UPB).

Segundo a CNM, o documento expressa “enorme preocupação com o avanço da pandemia da Covid-19” no país em meio à segunda onda da epidemia do novo coronavírus. A entidade pede ao governo federal a adoção de novas medidas emergenciais diante das limitações das prefeituras.

“Vivenciamos um momento de extrema dificuldade, uma vez que nossas equipes de saúde estão sobrecarregadas e a expansão rápida do vírus prejudica o planejamento de novas ações para o combate aos efeitos da pandemia”, diz trecho da missiva. A organização pede ainda a manutenção do estado de calamidade pública, uma forma de contratar serviços e compras emergenciais, o cumprimento da Emenda Constitucional 99/201 para disponiblizar linhas de crédito para o pagamento dos precatórios, dívidas judiciais.

“Cumpre-nos, ao encerrar, contar com a sensibilidade das altas autoridades do País, com uma visão de presente e futuro, que passa necessariamente pela viabilidade administrativa, política e financeira dos Entes federados locais, que, ao lado do povo, geram emprego, renda, oferecem educação, saúde, assistência social e fomentam o desenvolvimento”, diz outro trecho da carta.