OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"O que seus antepassados viram de errado em mim para que se afastassem tanto de mim,e seguissem ídolos sem valor, e se tornassem eles mesmos sem valor? Os que lidam com a Lei não me conheceram,os pastores se rebelaram contra mim,os profetas profetizaram em nome de Baal e foram atrás daqueles que não podem ajudar ninguém. Por isso continuarei a fazer acusações contra vocês diz Jeová,E farei acusações contra os filhos dos seus filhos". Jeremias 2:1-37

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Rejeição do Congresso cresce em meio a trégua com Bolsonaro, aponta Datafolha


Enquanto a avaliação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) melhorou, o Congresso Nacional não teve a mesma sorte. A pesquisa Datafolha mostra que o Legislativo ganhou cinco pontos percentuais de rejeição, do fim de maio para cá, passando de 32% para 37%.

O instituto ouviu 2.065 pessoas por telefone, nos dias 11 e 12 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos (saiba mais aqui).

O jornal destaca que esse aumento na rejeição ocorre justamente com a atenuação do conflito institucional alimentado pelo presidente da República. Por outro lado, em comparação com a pesquisa feita em 25 e 26 de maio, a aprovação do Congresso se manteve estável, passando de 18% para 17% entre aqueles que avaliam o Parlamento como ótimo e bom. A porcentagem do grupo que avalia o trabalho dos deputados e senadores como regular oscilou de 47% para 43%.

Já a avaliação do Supremo Tribunal Federal (STF) registrou uma oscilação negativa dentro da margem de erro. O índice de ótimo de bom oscilou de 30% para 27%, o de regular, de 40% para 38%, e o de ruim e péssimo, de 26% para 29%.

Na pesquisa anterior, a rejeição dos magistrados havia caído: de 39% para 26%. Assim como o Congresso, a Corte Suprema também travou embates com o Palácio do Planalto no período.