OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"E continua profanando essa terra com a sua prostituição e a sua maldade.Por isso as chuvas abundantes estão retidas,e não tem chovido na primavera. Você tem o olhar descarado de uma esposa que se prostitui;Você se recusa a sentir vergonha.Agora você clama a mim, dizendo:Meu Pai, tu és meu companheiro desde que eu era jovem!Devias tu ficar ressentido eternamente,ou guardar rancor para sempre? Isso é o que você diz,Mas continua a fazer maldades até não poder mais". Jeremias 3:1-25

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Mais de mil mortos receberam o auxílio emergencial na Bahia, diz auditoria do TCU


O Tribunal de Contas da União (TCU) realizou uma triagem no auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal , destinado aos trabalhadores informais durante a pandemia causada pelo novo coronavírus e identificou que 17 mil mortos estão entre os beneficiários. Entre eles, 1.358 são da Bahia.

O levantamento preliminar da auditoria feita pelos técnicos do TCU apontou que ao menos 620 mil pagamentos foram feitos indevidamente até abril, no valor total de R$ 427,3 milhões.

Os estados onde mais mortos receberam a ajuda foram: São Paulo (2.674), seguido de Minas Gerais (1.761), Ceará (1.512), Bahia (1.358), Pernambuco (1.308) e Maranhão (1.299).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
O documento foi apresentado pelo ministro Bruno Dantas e os resultados foram enviados aos ministros da corte para que o relatório será julgado nesta quarta-feira (1/7).

Os recusos gastos com beneficiários destinados para mortos chega a R$ 11 milhões. Informações são da Folha de S.Paulo.