OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Estou para trazer sobre este lugar uma calamidade que fará tinir os ouvidos de quem ouvir falar dela. Farei isso porque eles me abandonaram e tornaram este lugar irreconhecível.Nele estão oferecendo sacrifícios a outros deuses, que nem eles, nem os seus antepassados, nem os reis de Judá conheciam, e encheram este lugar com o sangue dos inocentes. Eles construíram os altos sagrados de Baal para queimar no fogo seus filhos como ofertas a Baal, algo que eu não havia ordenado nem falado e que jamais havia ocorrido no meu coração". Jeremias 19:1-15

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Para Bolsonaro, Maia, Doria e Alexandre de Moraes formam complô para derrubá-lo


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem dito que está convencido da existência de um complô formado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. O objetivo do grupo seria derrubá-lo do governo.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, Bolsonaro já expressou essa desconfiança a mais de um interlocutor e ministros de tribunais superiores também já tomaram conhecimento disso.

A ideia é que, como Moraes já foi do PSDB, ele seria aliado de Doria numa conspiração que visa tirar Bolsonaro do governo para facilitar a chegada do governador paulista à Presidência em 2022. De acordo com a publicação, uma das estratégias do grupo seria desgastar o governo para tentar conduzir um processo de impeachment. É neste ponto que entra Rodrigo Maia, já que é o responsável por apreciar os pedidos.

Mas outra possibilidade aventada por Bolsonaro seria de tentarem cassá-lo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que agora tem Moraes entre seus membros.