OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Estou para trazer sobre este lugar uma calamidade que fará tinir os ouvidos de quem ouvir falar dela. Farei isso porque eles me abandonaram e tornaram este lugar irreconhecível.Nele estão oferecendo sacrifícios a outros deuses, que nem eles, nem os seus antepassados, nem os reis de Judá conheciam, e encheram este lugar com o sangue dos inocentes. Eles construíram os altos sagrados de Baal para queimar no fogo seus filhos como ofertas a Baal, algo que eu não havia ordenado nem falado e que jamais havia ocorrido no meu coração". Jeremias 19:1-15

terça-feira, 12 de maio de 2020

ACM Neto diz que Salvador tem 73% dos leitos de UTI ocupados


O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou que Salvador já chegou ao nível de 73% de ocupação dos leitos de UTI, considerados essenciais para o tratamento de pacientes com casos mais graves de coronavírus.

Segundo o prefeito de Salvador, o índice não foi medido contando com os 50 novos leitos de UTI entregues nesta terça-feira (12), com o Hospital de campanha do Wet'n Wild. A taxa de ocupação de leitos clínicos, que não possuem respiradores, está em 45%.

“É fundamental que os respiradores comprados pelo governo do estado possam chegar”, falou ACM Neto ao pontuar que a capital deve receber novos leitos de UTI durante a crise provocada pelo coronavírus.

Neto aproveitou ainda para comentar o decreto do presidente Jair Bolsonaro colocando salões de beleza, barbearias e academias como serviços essenciais, ou seja, autorizados a funcionar durante a pandemia.

“Para mim, esse decreto não vale nada. Nós não vamos acatar o decreto do presidente. O Supremo Tribunal Federal já decidiu, decisão do pleno do Supremo, portanto decisão final, que prefeitos e governadores têm absoluta autonomia para baixar decretos que normatizem atividades e restrinjam atividades nessa situação de pandemia. Portanto, é mais uma decisão do presidente que não conta com a nossa concordância”, falou.