OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS: "Estou para trazer sobre este lugar uma calamidade que fará tinir os ouvidos de quem ouvir falar dela. Farei isso porque eles me abandonaram e tornaram este lugar irreconhecível.Nele estão oferecendo sacrifícios a outros deuses, que nem eles, nem os seus antepassados, nem os reis de Judá conheciam, e encheram este lugar com o sangue dos inocentes. Eles construíram os altos sagrados de Baal para queimar no fogo seus filhos como ofertas a Baal, algo que eu não havia ordenado nem falado e que jamais havia ocorrido no meu coração". Jeremias 19:1-15

sábado, 11 de abril de 2020

Bolsonaro critica governadores e vê “caos” com isolamento social


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), usou as redes sociais, neste sábado (11), para criticar a atuação dos governadores durante a pandemia do novo coronavírus. “Espero que o Brasil volte à normalidade”, destacou.

Segundo o chefe do Executivo, as medidas de isolamento propostas pelos mandatários dos estados são muito rigorosas e atrapalham a economia.

“Certas autoridades estaduais e municipais estão tomando medidas, no meu entender, além da normalidade, proibindo tráfego de pessoas, tráfego em rodovias, fechando empresas e comércios”, assinala o titular do Planalto no início do vídeo.

Para Bolsonaro, é necessário que as pessoas voltem a trabalhar normalmente. “O caos está aí: sem dinheiro e sem produção. O homem do campo também vai deixar de produzir. Vamos viver do quê? Brasileiros, acordem para realidade.”

De acordo com o presidente da República, a desordem da economia será estabelecida “se não acordarmos”. “O caos está vindo: desemprego em massa e o desabastecimento começa a se fazer presente”, asseverou o mandatário do país.

“Espero que o Brasil volte à normalidade e encare o vírus como se fosse uma guerra, mas em situação de igualdade, em pé. Se nós nos acovardamos, se formos pelo discurso fácil de todo mundo em casa, será um caos”, finalizou.