OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE

ARENA SHOPPING SERRINHA.: O MAIS MODERNO CAMPO SOCIETY DA CIDADE
ARENA SHOPPING SERRINHA. Muito boa a iniciativa de trazer mais uma opção de lazer para a nossa cidade, além de valorizar mais o local onde se encontra o referido empreendimento!!!!

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
"Eu sou Jeová. Esse é o meu nome;Não dou a minha glória a nenhum outro,nem o meu louvor a imagens esculpidas. Vejam, as primeiras coisas já aconteceram;Agora estou anunciando coisas novas. Antes que ocorram, eu as revelo a vocês". Isaías 42:1-25

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Pesquisa indica que Moro contrariou padrão da Lava Jato ao divulgar grampos de Lula

O então juiz Sérgio Moro adotou procedimento diferente do estabelecido na Lava Jato quando mandou retirar o sigilo das investigações sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A revelação partiu de um levantamento feito pela Lava Jato em 2016. À época, diversas ligações do ex-presidente vieram a público. Segundo reportagem da Folha de São Paulo deste domingo (24), o levantamento – que analisou documentos de oito investigações em que também houve escutas telefônicas – indicou que apenas no caso de Lula os áudios dos telefonemas grampeados foram anexados aos autos e o processo foi liberado ao público sem nenhum grau de sigilo.

Quando determinou a liberação dos áudios, o então magistrado disse que apenas seguira o padrão estabelecido pela Lava Jato, garantindo ampla publicidade aos processos que conduzia e a informações de interesse para a sociedade. Na época, o agora ministro da Justiça e Segurança Pública foi repreendido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavasck, relator da operação na Corte Suprema.

Moro e os procuradores da força-tarefa discordam das conclusões do levantamento feito em 2016. Conforme disseram, a regra era divulgar tudo que tivesse interesse público e não houve diferença no tratamento do caso de Lula. O levantamento do sigilo das investigações sobre Lula é um dos fatos apontados pelo habeas corpus que a defesa do ex-presidente apresentou ao STF para questionar a imparcialidade de Moro como juiz nas ações em que o petista foi condenado.

O ex-presidente pede que o tribunal declare a suspeição de Moro e anule os processos contra ele. Não há data definida para o julgamento do pedido. Ministros do Supremo acham improvável que ele ocorra ainda neste ano.