OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

OS ENCANTOS DA ZONA RURAL:FOTOS-JOSÉ RIBEIRO

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

RÁDIO CLUBE SERRINHA .NET  MUSICA DE QUALIDADE 24 HORAS

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Este povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios,mas o seu coração está muito longe de mim;E a adoração que me prestam se baseia em regras de homens, que lhes foram ensinadas.Por isso, mais uma vez farei coisas espantosas com este povo,uma coisa espantosa após outra;A sabedoria dos seus sábios acabará,e o entendimento dos seus homens sensatos se esconderá". Isaías 29:1-24

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Osni Cardoso propõe Título de Cidadão Baiano a Roger Machado


O deputado Osni Cardoso Lula da Silva (PT) apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) um projeto de resolução propondo o Título de Cidadão Baiano ao técnico do Esporte Clube Bahia, Roger Machado.

Ao justificar a homenagem ao ex-jogador de futebol, o parlamentar lembra que o técnico conquistou o Campeonato Baiano de 2019 no comando do Bahia e atualmente ganhou notoriedade nas redes sociais depois que concedeu uma entrevista tratando do racismo no Brasil. “Protagonizou uma das mais significativas reflexões sobre racismo institucional, pouquíssimo discutido no futebol e em diversas áreas da sociedade. O resultado foi uma síntese das consequências do racismo estrutural na sociedade brasileira, verdadeiras barreiras no acesso aos negros a espaços de poder”, contextualizou o deputado.

Osni reiterou que a negação ou silêncio sobre o racismo no Brasil “é só uma forma de ser conivente com o problema”. A entrevista de Roger Machado ocorreu logo após ele protagonizar uma campanha, ao lado do técnico do Fluminense, Marcão, contra o racismo.

O deputado disse ter a grata surpresa de saber que o técnico do Bahia abraçou “uma causa tão nobre como o combate ao racismo em um estado como o nosso, que é o local fora da África que tem a maior população negra e onde o racismo é algo combatido dia a dia por diversas organizações governamentais e sociais”.